ACO CULTURAL - PRO DIA NASCER FELIZ - 11-03-18
3 pág.

ACO CULTURAL - PRO DIA NASCER FELIZ - 11-03-18


DisciplinaPedagogia107.407 materiais625.190 seguidores
Pré-visualização1 página
Titulo: Pro dia nascer feliz 
Data de lançamento 2 de fevereiro de 2007 
Direção: João Jardim 
Elenco: atores desconhecidos 
Gênero Documentário 
Nacionalidade Brasil 
 
SINOPSE E DETALHES 
 
 As situações que o adolescente brasileiro enfrenta no precário sistema de 
educação público do país, envolvendo preconceito, precariedade, violência e 
esperança. Adolescentes de locais dos mais variados tipos de três estados 
diferentes, de classes sociais distintas, falam de suas vidas na escola, seus projetos 
e inquietações. 
 
 
 Nesse filme é mostrada a realidade do sistema educacional brasileiro. São 
mostrados os contextos sociais, econômicos e culturais, visto de vários pontos de 
vista diferentes. As diferenças sociais são notórias, tanto financeiras, quando 
culturais das escolas e regiões mostradas. Durante o filme, foi mostrada a situação 
de algumas escolas em diferentes regiões. 
 Na região de Pernambuco, foi mostrada a Escola Dias Lima, onde a educação 
e de baixa qualidade, ate mesmo inexistindo recursos didáticos, professores sem 
formação adequada. Possui uma falta de estrutura muito grande, tanto em salas de 
aula, quanto as de necessidades básicas, chegando a não terem banheiros. O 
dinheiro da cidade, não e investido nas escolas, e consequentemente devido a 
essas situações, surge o desinteresse dos alunos e dos professores em relação ao 
ensino. 
 Outra escola que foi apresentada foi no Rio de Janeiro, onde a escola aprova 
os alunos por terem salas de aulas superlotadas. O comum na sociedade, e ate 
mesmo nas escolas, é jovens acharem comum, e interessante, andarem armados. 
Nesses casos, é de extrema importância o acompanhamento do professor, pois as 
atividades fora da sala de aula acabam influenciando dentro dela também. 
 Também foi apresentada uma escola de São Paulo, onde o estudo era 
considerado melhor, tinha interesse dos alunos em estudar, mas os professores 
faltavam as aulas, fazendo com que as aulas terminassem mais cedo, pois não 
possuíam professores reservas para substituir, isso acaba fazendo com que os 
alunos e ate mesmo outros funcionários, desacreditem da educação. 
 Após a escola de São Paulo, foi apresentada uma escola particular de classe 
media alta, também e São Paulo, onde a realidade e diferente. Não possuem 
dificuldades com recursos ou infraestruturas, mas os problemas nessas escolas 
eram entre os próprios alunos, com problemas relacionados a solidão, problemas 
psicossomáticos, descriminação entre amigos, etc. 
Ainda em São Paulo, e mostrada uma escola particular de classe media baixa, onde 
o principal problema é a violência e trafico de entorpecentes. Os professores e 
diretores informaram que a maioria dos alunos envolvidos nesse tipo de problemas, 
tem problemas familiares em casa, como, turbulência dentro da estrutura familiar, 
pais ou mães traficantes, e isso influencia na vida escolar do aluno. Também é 
possível observar, meninas adolescentes engravidando precocemente, e acabam 
parando os estudos, alguns jovens que brigam ou acabam matando por 
simplesmente não levarem desaforo para casa. 
 Entre todas essas realidades, notamos a diferença entre alunos de classes 
sociais bem desiguais, onde os de classe media alta se preocupam com o que as 
pessoas dizem a seu respeito, com os estudos futuros, e a classe media baixa 
(pobre), se preocupa com o que vai comer ou vestir. Aqui nos vimos às diferenças 
entre classes, entre estados, entre escolas, onde o Brasil precisa investir em todas 
elas, de diversas formas.