2006_Elaine Martins Pasquim
105 pág.

2006_Elaine Martins Pasquim


Disciplina<strong>ean</strong>12 materiais5 seguidores
Pré-visualização31 páginas
Universidade de Brasília \u2013 UnB 
Faculdade de Ciências da Saúde 
Pós-Graduação de Nutrição 
Programa de Pós-graduação em Nutrição Humana 
 
 
 
 
ELAINE MARTINS PASQUIM 
 
 
 
 
IMPLEMENTAÇÃO DOS PROGRAMAS BOLSA ESCOLA, BOLSA 
ALIMENTAÇÃO E CARTÃO ALIMENTAÇÃO 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Brasília 
2006 
 
 
ELAINE MARTINS PASQUIM 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
IMPLEMENTAÇÃO DOS PROGRAMAS BOLSA ESCOLA, BOLSA 
ALIMENTAÇÃO E CARTÃO ALIMENTAÇÃO 
 
 
Dissertação apresentada como requisito à 
obtenção do grau de Mestre em Nutrição 
Humana, Curso de Pós-Graduação em Nutrição 
Humana, Departamento de Nutrição, 
Universidade de Brasília. 
 
Orientadora: Prof.ª Dr.ª Leonor Maria Pacheco Santos 
 
 
 
 
 
 
 
 
Brasília 
2006 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
FICHA CATALOGRÁFICA: 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 Pasquim, Elaine Martins. 
 Implementação dos Programas Bolsa Escola, Bolsa Alimentação e Cartão 
Alimentação/ Elaine Martins Pasquim \u2013 Brasília, 2006. 
. 105 f. 
 
 Dissertação (Mestrado em Nutrição Humana) \u2013 Universidade de Brasília, 
2006. 
 Orientadora: Profª. Dr.ª Leonor Maria Pacheco Santos. 
 
 Transferência de renda. 2. Política Pública. I. Santos, Leonor Maria 
Pacheco, orient. II. Título. 
 
 
 
ELAINE MARTINS PASQUIM 
 
 
Implementação dos Programas Bolsa Escola, Bolsa Alimentação e Cartão Alimentação 
 
Dissertação apresentada ao Curso de Pós-Graduação 
em Nutrição Humana, Departamento de Nutrição, 
Universidade de Brasília como requisito parcial para 
obtenção do grau de mestre em Nutrição Humana. 
 
 
BANCA EXAMINADORA 
 
 
______________________________________________ 
PRESIDENTE: Profª Drª Leonor Maria Pacheco Santos 
Departamento de Nutrição 
Faculdade de Ciências da Saúde 
Universidade de Brasília 
 
 
_____________________________________________ 
2º MEMBRO: Profª Drª Denise Oliveira 
Diretoria Regional de Brasília 
Fundação Oswaldo Cruz 
 
____________________________________________ 
3º MEMBRO: Profª. Drª. Rosa Stein 
Departamento de Serviço Social 
Universidade de Brasília 
 
___________________________________________ 
4º MEMBRO: Profª Drª Kênia Mara Baiocchi de Carvalho 
Departamento de Nutrição 
Faculdade de Ciências da Saúde 
Universidade de Brasília 
 
 
 
AGRADECIMENTOS 
 
 
Gostaria de expressar aqui meus sinceros agradecimentos aos que colaboraram para a 
realização deste trabalho, 
Em primeiro lugar à minha família por dedicarem seus conhecimentos e experiências 
para mais este desafio, em especial, a meu esposo pela paciência, a meu pai e a meu irmão 
pelas contribuições, a minha mãe e a minha irmã pelo apoio incondicional, 
À minha orientadora, por ter sido também minha referência e meu suporte, que se 
ocupou em repassar seu conteúdo técnico, na busca pelo aprimoramento com valiosas 
contribuições. Suas mãos orientadoras e seu olhar criterioso me guiaram, de modo essencial, 
para alcançar meus objetivos, 
Aos amigos, pela paciência, disponibilidade e grande apoio sem os quais o caminho 
teria sido mais difícil, 
Em especial, pela compreensão à Aline Caldas, pelo apoio e troca de conhecimentos a 
Roseane Viana, 
Aos sujeitos da pesquisa que me deram a honra de aprender com sua sabedoria, 
Meu profundo agradecimento e desculpas a minha princesinha Sarah que passou 
comigo por essa fase tão turbulenta, 
Finalmente, a todos que acreditaram em meu potencial. 
 
 
LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS 
 
ACM Antônio Carlos Magalhães 
ACS Agentes Comunitários de Saúde 
BIEN Basic Income Earth Network/ Rede mundial de renda básica 
CADSUS Cadastro Nacional de Usuários do SUS 
CADÚNICO Cadastro Único 
CAIXA Caixa Econômica Federal 
CIAN Comissão Intersetorial de Alimentação e Nutrição do CNS 
CNS Conselho Nacional de Saúde 
CONSADs Consórcio de Segurança Alimentar e Desenvolvimento Local 
CONSEA Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional 
CPF Cadastro de Pessoa Física 
CPMF Contribuição Provisória de Movimentação Financeira 
DEC Decreto 
EC Emenda Constitucional 
EN Escritório de Negócios da CAIXA 
FHC Fernando Henrique Cardoso 
HIV/AIDS Human Immunodeficiency Vírus/ Acquired Immunodeficiency Syndrome 
IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística 
ICCN Incentivo ao Combate às Carências Nutricionais 
IDH Índice de Desenvolvimento Humano 
INEP Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira 
IPEA Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada 
MDS Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome 
 
 
MEC Ministério da Educação 
MESA Ministério Extraordinário de Segurança Alimentar 
MP Medida Provisória 
MPAS Ministério da Previdência e Assistência Social 
MS Ministério da Saúde 
MS/GM Ministério da Saúde/ Gabinete do Ministro 
NIS Número de Identificação Social 
NUPENS Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde da Universidade 
de São Paulo 
ONGs Organizações Não Governamentais 
ONU Organização das Nações Unidas 
PBA Programa Bolsa Alimentação 
PBF Programa Bolsa Família 
PCA Programa Cartão Alimentação 
PETI Programa de Erradicação do Trabalho Infantil 
PFL Partido da Frente Liberal 
PGRM Programa Garantia de Renda Mínima 
PIB Produto Interno Bruto 
PIS/PASEP Programa de Integração Social/ Programa de Formação do Patrimônio do 
Servidor Público 
PNAD Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio 
PNBE Programa Nacional de Bolsa Escola 
PROAB Programa de abastecimento de alimentos básicos 
PRODEA Programa de distribuição emergencial de alimentos 
PRONAN Programa Nacional de Alimentação e Nutrição 
PSDB Partido da Social Democracia Brasileiro 
 
 
PTR Programa de Transferência de Renda 
RH Recursos Humanos 
SUS Sistema Único de Saúde 
TCU Tribunal de Contas da União 
UNICEF United Nations Children\u2019s Fund/ Fundo das Nações Unidas para Crianças 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
RESUMO 
 
A transferência de renda, parte das obrigações do Estado na garantia do Direito Humano à 
Alimentação Adequada, pode ser uma importante política de redução da pobreza e interrupção 
do ciclo vicioso da fome. Os resultados, apresentados em dois artigos, analisam a 
implementação dos programas Bolsa Escola, Bolsa Alimentação e Cartão Alimentação. Foi 
realizada uma abordagem qualitativa das falas de atores relevantes, das atas de reuniões 
deliberativas de Conselhos e discursos de parlamentares no Congresso. As transferências de 
renda promovem um avanço ao adotar o pagamento do benefício diretamente aos 
beneficiários, pelo respeito à autonomia, possibilidade de melhoria da economia local e 
percepção da necessidade de ação nos determinantes mais profundos da pobreza e da fome. 
Observou-se, ainda, no estudo, a preocupação dos gestores dos programas com o 
monitoramento e avaliação, além da melhoria da infra-estrutura nos pequenos municípios. Os 
programas caracterizaram-se por critérios de acesso focalizadores e seletivos, excluindo 
indivíduos portadores de direito ao benefício ao restringir as cotas municipais, exigir 
identificação civil, comprovantes de residência e outras informações cadastro, gerando 
necessidade de priorização entre potenciais beneficiários. Desta forma, facilitou atos de 
clientelismo. Os programas tiveram fraca ou nenhuma participação de populações específicas, 
como quilombolas, indígenas e ribeirinhos, na fase de formulação das propostas e mesmo 
enquanto beneficiários. A falta de recursos humanos e materiais, assim como a dificuldade de 
relação com o agente pagador, a Caixa