A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Resumo Sistemas Operacionais Abertos

Pré-visualização | Página 1 de 1

1- O que é Sistema Operacional? 
R: Camada de software entre o hardware a aplicação 
2- Funções do Sistema Operacional? 
R: Criar uma máquina estendida e gerenciar os recursos de hardware 
disponíveis para a aplicação. 
3- O S.O como uma máquina estendida: 
Ocultar a complexidade do hardware, oferecer interfaces padronizadas de 
acesso ao hardware, permitir uma visão homogênea de dispositivos 
distintos. 
4- Quais são os recursos da máquina? 
Processadores, espaço em memória, arquivos, conexões de rede, 
dispositivos externos. 
5- Quais são os recursos de controle de acesso? 
Equilibrar uso, evitar conflitos. 
6- Definição de Hardware: 
Responsável pela execução das instruções de um comando 
7- Computador como máquina de níveis: 
Nível 2 – Aplicativos 
Nível 1 – Sistema Operacional 
Nível 0 – Hardware. 
8- O que são interpretadores de comando? 
Ativado sempre que o sistema operacional inicia a sessão de trabalho. 
Ex: bash, tsch, sh, etc. 
9- Exemplos de Interface gráfico de usuário (GUI): 
Família Windows, MacOS, etc 
10 – O que é um Sistema em lote (batch)? P1 
Introdução de operadores profissionais, usuário era mais que o operador 
da máquina 
Job: Programa a ser compilado e executado, acompanhado dos dados de 
execução. 
Jobs são organizados em lote (batch). 
11 – O que é um monitor residente? 
Programa que fica permanentemente na memória. 
12 – O que é Multiprogramação? 
Manter mais de um programa em “execução”. 
13 – Tipo de multiprogramação, usuários possuem um único terminal? 
Sistema time-sharing 
14 – Projetados para serem usados por um único usuário. O que estamos 
definindo? 
Sistema monousuário 
15 – Projetados para suportar várias sessões de usuários em um computador. 
O que estamos definindo? 
Sistemas multiusuário 
16 - Capazes de executar apenas uma tarefa de cada vez. O que estamos 
definindo? 
Sistemas monotarefa. 
17 - Capazes de executar várias tarefas simultaneamente. O que estamos 
definindo? 
Sistema multitarefa 
18 – Quais os dois tipos de sistemas multitarefa? 
Não preemptivo e preemptivo 
18 - Distribuir a realização de uma tarefa entre vários computadores e são 
fracamente acoplados. O que estamos definindo? 
Sistemas distribuídos 
19 – Máquinas multiprocessadoras que possuem mais de um processador e 
são fortemente acoplados. O que estamos definindo? 
Sistemas paralelos 
20 - Empregado para o controle de procedimentos que devem responder 
dentro de um certo intervalo de tempo. O que estamos definindo? 
Sistemas de tempo real 
21- Mecanismo de proteção ao núcleo do sistema e de acesso aos seus 
serviços. O que estamos definindo? 
System Calls (chamadas de sistema). 
22- Nesta abordagem o SO inteiro é executado como um único programa no 
modo núcleo. Qual kkkisistema estamos definindo? P1 
Sistema monolítico 
23- Divide o sistema operacional em sistemas sobrepostos. Cada módulo 
oferece um conjunto de funções que pode ser usado por outros módulos. Qual 
sistema estamos definindo? P1 
Sistema em Camadas 
24- O sistema THE era um sistema de lote simples para um computador 
holândes. O que é? 
Electrologica X8. 
25- Uma tendência dos sistemas operacionais é tornar o núcleo menor e mais 
simples possível e para implementar esta idéia o sistema é dividido em 
processos. A utilização deste modelo permite que os servidores executem em 
modo usuário. Qual sistema estamos definindo? 
Sistema micro-núcleo. 
26- São comuns em aplicações de tempo real, industriais, avionica e militares, 
que são cruciais e tem requisitos confiabilidade muito altos. O que estamos 
definindo? 
Micro-núcleo 
27- Responsável por alocar recursos às VMs e verificar as tentativas de uso 
para assegurar que uma máquina não esteja utilizando os recursos de outra. O 
que estamos definindo? 
Exonúcleo 
28- Comando para colocar o caminho: (P1) 
Cd 
29- Comando para listar o que há dentro do diretório: (P1) 
Ls 
30- O que é um processo? (P1) 
É um programa em execução; a execução de um processo ocorre de 
maneira sequencial, apenas uma instrução de um determinado processo 
é executada. 
31- O que é o estado de um processo? 
É definido em parte pelo valor do seu contador de instruções e pelos 
valores dos registradores do processador. 
32- Quais são os estados de um processo? 
Novo: processo está sendo criado. 
Em execução: instruções do código do processo estão sendo 
executadas. 
Em espera: o processo está esperando pela ocorrência de algum evento 
(tal como a realização de uma operação de E/S ou o recebimento de um 
sinal). (P1) 
Pronto: o processo está pronto para obter o controle do processador. 
Terminado: o processo terminou de ser executado. 
33- Serve simplesmente como um repositório para quaisquer informações que 
podem variar de um processo para outro. (P1) 
Bloco de Controle de Processos (BCP). 
34- Indica o endereço da próxima instrução desse processo a ser executada. O 
que estamos definindo? 
Contador de instruções (P1) 
35- Variam em número e tipo, dependendo da arquitetura do computador. São 
acumuladores, indexadores, apontadores do topo da pilha e registradores de 
propósito geral que podem conter também informações sobre o resultado de 
testes realizados por instruções anteriores, chamadas de códigos de condição; 
com o contador de instruções, o valor contido em cada um desses 
registradores deve ser armazenado quando ocorre uma interrupção, para 
permitir que o processo possa continuar sua execução normalmente quando 
obtiver novamente o controle da CPU. O que estamos definindo? 
Registradores da CPU 
35- À medida que novos processos vão sendo criados, eles são colocados em 
uma fila de processos; essa fila é constituída de todos os processos do 
sistema; os processos que estão armazenados na memória principal e estão 
prontos para entrar em execução são mantidos em uma fila de processos 
prontos. O que estamos definindo? 
Filas para Seleção de Processos 
36- Um processo passa pelas várias filas de seleção durante sua execução; o 
sistema operacional deve selecionar processos dessas filas de algum 
modo, para fins de alocação de recursos; o processo de escolher processos 
e o de escalar processos para execução é realizado por programas. O que 
estamos definindo? 
Escalonadores 
37- Escolhe processos desse repositório e os carrega na memória para 
execução. O que estamos definindo? 
Escalonador de Processos 
38- Seleciona um dentre os processos que estão prontos para serem 
executados e aloca a CPU a esse processo. O que estamos definindo? 
Escalonador de CPU 
39- Para transferir o controle da CPU de um processo para outro, é necessário 
armazenar o estado do processo antigo e carregar o estado do novo processo, 
anteriormente armazenado. O que estamos definindo? 
Mudança de contexto 
40- Um processo se completa quando a execução de seu último comando 
termina e uma chamada ao sistema é feita para que ele seja removido do 
sistema O que estamos definindo? 
Finalização de Processos 
41- Os processos concorrentes em execução em um sistema operacional 
podem ser tanto independentes quanto cooperativos 
42- Quais são as razões para permitir a cooperação entre processos? 
Compartilhamento de informações, aumento da velocidade de 
processamento, modularidade, conveniência. 
43- Quais os dois mecanismos de comunicação entre processos? (P1) 
Comunicação por meio de memória compartilhada 
Sistema de troca de mensagens

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.