resenha O sucesso a qualquer preço ofc

resenha O sucesso a qualquer preço ofc


Disciplina<strong>gestão de Recursos Humanos</strong>412 materiais596 seguidores
Pré-visualização1 página
Nome: Cleisiane Oliveira de Arruda
RA: 1843716
Curso: Gestão de Recursos Humanos (Unip Interativa)
Polo: Oriximiná \u2013 PA Data: 29/10/2019
Atividade: Filme \u201cO sucesso a qualquer preço\u201d
 Atividade Complementar \u2013 Resenha do filme
Trata-se de um filme de 1992, dirigido por James Foley. Sendo do gênero drama, o filme tem como elenco: Al Pacino, Jack Lemmon, Aec Baldwin, Ed Harris, Alan Arkin, Kevin Spacey, Jonathan Pryce e Bruce Altman.
A trama se passa em Chicago, Illinois (EUA), suas primeiras cenas ocorrem em uma noite chuvosa e na manhã do dia seguinte, em uma firma que trabalha com venda de imóveis que veem a crise os alcançar.
Devido à crise, um grupo de corretores imobiliários, sendo estes: Shelley Levene (Jack Lemmon), Ricky Roma (Al Pacino), Dave Moss (Ed Harris) e George Aaronow (Alan Arkin), são convocados por seu chefe Blake (Alec Baldwin) para entrar em uma disputa, na qual o melhor vendedor será premiado com prêmios de destaque na venda, sendo o prêmio para o primeiro lugar um automóvel Cadillac Eldorado, o prêmio para o segundo lugar um jogo de facas para churrasco e o prêmio para o terceiro lugar a demissão, pois segundo Blake, não há lugar para fracassados na empresa.
A competição se inicia e para \u201cfacilitar\u201d essa disputa, Blake adiciona um pequeno adendo à competição, dizendo que aquele que apresentar o melhor desempenho durante a semana irá receber dicas no decorrer do processo com o intuito de impulsionar ainda mais suas vendas, o que só deixa a competição ainda mais desleal. Sendo o fundamento desta trama \u201cO sucesso a qualquer preço\u201d.
As cenas do filme são basicamente entre os colaboradores da imobiliária, em um bar na frente do escritório e no próprio escritório, sendo conversas entre os personagens, sobre como poderiam ganhar o prêmio e principalmente, como se manter na empresa.
As cenas do filme enfatizam as diversas situações do trabalho, onde este pode enobrecer ou ao mesmo tempo corromper o homem, ou pior, até mesmo levar a destruição da carreira e vida pessoal. Observamos que mesmo sendo um filme datado de 1992, este ainda é atualíssimo na questão da psicopatologia de trabalho.
De forma maniqueísta, o filme discute conceitos como sorte e azar; competência e incompetência; honestidade e trapaça e faz uma denúncia de como a competição, o dinheiro e a falta de ética corrompem tudo. Além de tudo podemos observar como o trabalho em equipe e o clima organizacional podem facilmente serem prejudicados com o surgimento de disputas internas, portanto, as organizações devem estar sempre atentas e cuidar do bom clima organizacional.