A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
51 pág.
QUESTÕES OBJETIVAS DE GESTÃO DE CARREIRAS

Pré-visualização | Página 1 de 16

1-A respeito das modernas abordagens de carreira surgidas a partir da Segunda Guerra Mundial e tendo como objetivo aumentar a compreensão dos novos significados do encarreiramento, Guedes (2009) apresenta a “CARREIRA COMO PROGRESSO”. Sobre esse tema, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
( F ) “Carreira como Progresso” engloba a mudança para organizações ou unidades menores, em várias empresas, mesmo quando há queda na hierarquia e diminuição de desafios profissionais.
( F ) Na “Carreira como Progresso”, há o desligamento funcional das pessoas que buscam desafios em outras empresas, em outros ramos de atividades.
( V ) “Carreira como Progresso” engloba um conjunto de promoções que ocorrem de forma sistemática para cargos com maiores responsabilidades ou mudança para organizações ou unidades melhores, no decorrer da carreira profissional de um indivíduo.
( F ) Na “Carreira como Progresso”, a pessoa tem desejo de progredir profissionalmente e busca assistência especializada, como psicólogos organizacionais. Neste modelo de encarreiramento não há ação, mas planejamento.
FONTE: GUEDES, S. A. A carreira do empreendedor. 2009. 160f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.
2-Os pesquisadores Michael Arthur e Denise Rousseau, na obra "The Boundaryless Career: a new employment", ressaltam a necessidade de modelos de carreira mais simplificados e mencionam a "Carreira Sem Fronteiras" como sendo o oposto das carreiras tradicionais. A respeito da "Carreira Sem Fronteiras", assinale a alternativa CORRETA:
FONTE: ARTHUR, M. B.; ROUSSEAU, D. M. The boundaryless career: a new employment
principle for a new organizational era. Nova York: Oxford, 1995.
( ) Não é permitido transição pelas fronteiras entre diferentes organizações.
( X ) Rupturas das fronteiras tradicionais da carreira organizacional.
( ) Carreiras sustentadas por indicações internas, da maneira tradicional.
( ) Desvalorização do empregador anterior.
3-Assim como as empresas identificam seus atributos de valor mais importantes e os usam de maneira a conseguir vantagens, as pessoas podem fazer isso também, elencando seus próprios “ativos pessoais”, que variam conforme a trajetória profissional. A identificação desses ativos é um processo contínuo, e sempre alinhado com qual aspecto?
( ) Com os desejos do corpo diretivo da empresa, responsável pelo direcionamento estratégico da empresa.
( ) A vocação, pois ela é garantia do sucesso ou fracasso pessoal.
( ) As exigências da empresa, exclusivamente.
( X ) A situação do mercado e exigências da organização que o indivíduo trabalha.
4-Atualmente verificamos na organização a interação de gestores envolvidos nas decisões que envolvem as carreiras dos funcionários. Esse processo de interação envolve planejamento e administração de carreira, em que cada um tem suas responsabilidades específicas. Sobre as responsabilidades do chefe com relação à administração de carreira, analise as sentenças a seguir:
I- Disponibilizar um sistema de informações que contenha dados suficientes para prover os chefes de informações para a tomada de decisão. ERRADA
II- Informar aos funcionários sobre as oportunidades existentes nas vagas sob sua responsabilidade. CORRETA
III- Apontar as oportunidades existentes para o desenvolvimento de carreira, bem como a existência de novas vagas, oportunidades de treinamento e rodízios de funções aos colaboradores. CORRETA
IV- Acompanhar os indicadores de promoções e o encarreiramento de seu pessoal, mensalmente. ERRADA
5-Um dos maiores problemas na construção de uma carreira é a expectativa irreal criada por parte das pessoas, que creem que a responsabilidade do desenvolvimento de carreira é uma atribuição essencialmente do empregador, até mesmo exclusiva. Isso é algo arriscado, evidentemente. Alguns pesquisadores indicam algumas perguntas fundamentais para a autoavaliação, especificamente sobre o valor pessoal no ambiente de trabalho. Sobre esse tema, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
( V ) São exemplos de perguntas de autoavaliação: Qual o seu valor no local de trabalho? Quais benefícios você merece?
( F ) São exemplos de perguntas de autoavaliação: Como minha empresa pode atender às minhas necessidades? O que o plano de cargos e salários da empresa pode me oferecer?
( V ) São exemplos de perguntas de autoavaliação: Quanto tempo você acha que precisa trabalhar em uma determinada função ou tarefa para dominá-la e estar pronto para seguir adiante para outro cargo ou tarefa? Quais realizações você considera como as maiores?
( F ) São exemplos de perguntas de autoavaliação: Que região geográfica é mais adequada para morar, levando-se em consideração a comodidade? Quais são as condições de transporte mais adequadas para deixar o ambiente tranquilo?
6-Depois de feito o planejamento de carreira com as mais diversas informações necessárias, o passo a seguir é buscar a oportunidade que possa existir, tanto no ambiente interno das organizações como no mercado de trabalho, podendo ainda identificar sequencialmente a estratégica de se obter a eficácia de uma autoavaliação. Sobre quais estratégias devem ser tomadas no momento certo, associe os itens, utilizando o código a seguir:
I- Crescimento.
II- Diversificação.
III- Integração.
( I ) Buscar saber se suas atividades executadas no momento lhe oferecerão uma carreira promissora.
( III ) Envolver-se com uma ou mais atividades para complementar a busca pela carreira promissora.
( II ) Correr atrás de outras oportunidades no mercado de trabalho ou até mesmo dentro da empresa.
7-A construção e o desenvolvimento de carreiras depende de vários fatores, e um dos principais é a motivação. Segundo Spitzer (1997), as empresas possuem os fatores positivos e os negativos, influenciadores da motivação dos funcionários. Estes são os motivadores e os desmotivadores, respectivamente. Sobre esse tema, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
( F ) Para reduzir desmotivadores, é necessário acrescentar recompensas monetárias, pois os colaboradores se sentem mais motivados ao receberem dinheiro como contrapartida pelos serviços prestados.
( V ) Para acrescentar motivadores, é necessário considerar as recompensas não monetárias, como: envolvimento nas tarefas diárias, liberdade para trabalhar, aumento de responsabilidade.
( F ) Para acrescentar motivadores, é necessário eliminar o diálogo e aumentar a quantidade de normas e padrões a serem seguidos pelos funcionários, a fim de motivá-los.
( F ) Para reduzir desmotivadores, é necessário abordar os funcionários de maneira diferente, oferecendo a eles um pacote de benefícios diretos e indiretos. O funcionário, dentro dos parâmetros da empresa, escolherá os benefícios que mais o agradam.
FONTE: SPITZER, D. R. Supermotivação: uma estratégia para dinamizar todos os níveis da organização. 2. ed. São Paulo: Futura, 1997.
8-Dentro da gestão de carreiras, os conceitos de autolíder e autoliderança são relativamente novos, porém seu estudo é de suma importância, pois os líderes exercem um papel fundamental no processo de gestão de carreiras. Autores como Charles Manz e Henry Sims (1993) afirmam que ninguém pode dirigir outras pessoas de maneira efetiva se não souber conduzir a si próprio. Portanto, dentro desse contexto, a respeito da definição de autolíder, pode-se afirmar que:
FONTE: MANZ, C.; SIMS, H. Superliderazgo. Barcelona: Edit. Paidos, 1993.
( X ) É o indivíduo que se autodesenvolve e busca a motivação e o potencial que necessita para isso, mesmo sem possuir um cargo formal de chefia.
( ) É o indivíduo que, mesmo sem ter um cargo formal de chefia, busca incessantemente ser promovido, a qualquer custo.
( ) É o indivíduo que procura capacitação contínua para conquistar e melhorar suas habilidades de liderança.
( ) É o indivíduo