A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
REVISÃO DE HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA

Pré-visualização | Página 1 de 1

REVISÃO DE HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA
CONSTITUINTES DO SISTEMA MASCULINO:
Testículos;
Epidídimo; 
Ductos deferentes;
Ductos ejaculatórios;
Uretra; 
Vesícula seminal;
Próstata ;
Glândulas bulbouretrais ;
Pênis. 
FUNÇÕES: 
TESTÍCULO: 
Produção de espermatozoide nos túbulos seminíferos; 
Localizados dentro da bolsa ou escroto. 
TUBULOS SEMINÍFEROS: 
Estrutura microscopia - ocorre a espermatogêneses – ocorre a meiose na puberdade. 
Células de Sertoli - com funções de nutrição e sustentação dos espermatozoides.
OBS: Não produz hormônio. Estimulada pelas testosterona das célula de leydig. 
Células espermatogênicas - produtoras de espermatozoides.
 OBS: As células de leydig produz a testosterona que estimulam as células de sertoli que vão auxiliar as células espermatogenicas no processo de gametogêneses. ou seja produção de espermatozoide lá dentro do túbulo seminífero. 
EPEDIDIMO:
Maturação do espermatozoide; 
Armazena espermatozoide;
Nele ocorre o termino da maturação dos espermatozoides que ficam armazenados ate sua eliminação durante o ato sexual. 
DUCTOS DEFERENTES: 
O ducto deferente ou canal deferente é um canal muscular que conduz os espermatozóides a partir do epidídimo, que é o local onde eles são armazenados após serem produzidos nos testículos.
DUCTOS EJACULATÓRIOS;
Condução dos espermatozoides e secreção para a uretra. 
VESÍCULA SEMINAL;
Regulada pela testosterona.
são duas glândulas que produzem um líquido viscoso alcalino, o líquido seminal, que vai se misturar à secreção prostática e aos espermatozoides vindos do ducto deferente, para formar o sêmen. 
Produzem secreção amarelada rica em: 
frutose, inositol (fonte de energia para os espermatozoides) 
Enzimas coagulantes (viscosidade 
Prostaglandinas (diminuem a viscosidade do muco cervical e estimulam a peristalse reversa do útero). 
PRÓSTATA;
Produzem secreção leitosa rica em: 
citrato (fonte de energia para os espermatozoides) 
Enzimas anti-coagulantes (Ativa motilidade dos espermatozoides) 
pH alcalino (neutraliza acides dos túbulos seminíferos) 
Regulada pela testosterona.
 A função da próstata humana é produzir e armazenar um fluido incolor e ligeiramente alcalino (pH 7,29) que constitui 10–30% do volume do fluido seminal, que juntamente com os espermatozóides constitui o sêmen.
GLÂNDULAS BULBOURETRAIS;
Produz uma substancia onde lubrifica o canal da uretra e limpa a uretra antes da ejaculação; . 
Responsável pela secreção do fluido pré-ejaculatório que integra em cerca de 5% o fluido seminal (a próstata e as vesículas seminais secretam a maior parte do sêmen e apenas cerca de 10% vem dos testículos, em forma de espermatozóides envolvidos em líquido viscoso). Esse fluido viscoso facilita a relação sexual, devido ao caráter lubrificante que apresenta.
PÊNIS:
Formando pela uretra e 3 corpos cilidricos de tecido erétil 
Dois corpos cavernosos – corpo cavernoso dorsal do pênis 
Um corpo cavernoso da uretra ou corpo esponjoso – na sua extremidade distal se dilata e forma a glande do pênis. 
Ao longo da uretra peniana se encontram as glândulas de Littre- secretam muco. 
ESPERMATOGENES:
Sequencia de eventos pelos quais as células germinativas primitivas se transformam em espermatozoides 
Inicio da puberdade quando o organismo começa a secretar altos níveis de testosterona – intensa produção ate a velhice.
Ocorre no interior dos túbulos seminíferos. 
As células – tronco chamadas de espermatogonias são transformadas em espermatozoides. 
TERCEIRA SEMANA DO DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO: 
Gastrulação: formação das camadas germinativas:
Ectoderma: Epiderme, sistema nervoso central e periférico, olho, nariz, orelha, glândulas mamarias, hipófise, esmalte dos dentes. 
Endoderma: Revestimento epitelial (respiratório e gástrico), glandulas tireoides e paratireoides, timo, fígado, pâncreas, revestimento epitelial da bexiga urinaria e uretra. 
Mesoderma: tecido conjuntivo (cartilagem e ossos) musculo estriado e liso, coração, vasos sanguíneos e linfanticos , rins e suprarrenal( córtex) ovários e testículos (ductos genitais), pericárdio, pleura, peritônio e baço. 
Neuralação: formação do tubo neural: sistema nervoso.
Desenvolvimento dos somitos: coluna vertebral. 
Desenvolvimento inicial do cardiovascular.
EPITELIAL 
FUNÇÃO: 
Revestir 
Proteção: proteger as superfícies interna e externas dos órgãos. 
Absorção: de moléculas e ions (rins e intestino), percepção de estímulo (ex: o neuroepitelial e olfatório e o gustativo). 
Secreção: constitui estruturas especializadas – as glândulas. 
Excreção;
Percepção sensorial;
Contração–células mioepiteliais;
Transporte transcelular.
NERVOSO: 
CONJUNTIVO

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.