A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
Avaliação 2 LEGISLAÇÃO E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

Pré-visualização | Página 1 de 2

Parte superior do formulário
Parte inferior do formulário
Parte superior do formulário
Parte inferior do formulário
	Acadêmico:
	
	
	Disciplina:
	Legislação e Planejamento Tributário (DIR34)
	Avaliação:
	Avaliação II - Individual FLEX ( Cod.:443142) ( peso.:1,50)
	Prova:
	10164402
	Nota da Prova:
	9,00
	
	
Legenda:  Resposta Certa   Sua Resposta Errada  
Parte superior do formulário
	1.
	Uma vez nascida a obrigação tributária, surge com ela o direito do Estado de cobrar o tributo do contribuinte. Esse direito se traduz no crédito tributário. Quanto à suspensão do crédito tributário, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	O parcelamento é uma forma de suspender a exigibilidade do crédito, sendo que o crédito é extinto após seu parcelamento.
	 b)
	A moratória é uma espécie de suspensão do crédito tributário, podendo ser específica quando atinge determinada pessoa, ou coletiva quando atinge uma coletividade.
	 c)
	A concessão de liminar é ato administrativo que pode determinar a suspensão da cobrança do crédito tributário, enquanto a constituição deste é discutida.
	 d)
	As reclamações ou recursos administrativos utilizados para suspensão do crédito tributário são os recursos do sujeito ativo na esfera administrativa, para reclamar a constituição de um crédito tributário.
	2.
	José era casado com Cláudia, e ambos laboravam na mesma empresa, contudo, em funções distintas. Cláudia secretariava diretamente o diretor da empresa desde o ano de 2000, e recebia salário superior ao de José, que laborava no setor de compras, desde o ano de 2014. Ao estudar a disciplina de Legislação e Direito Tributário, José ficou intrigado pelo fato de sua esposa pagar mais imposto de renda do que ele. Sobre o que fundamenta tal cobrança, analise as sentenças a seguir: 
I- José paga menos IR devido ao princípio da capacidade contributiva, que é um desdobramento do princípio da isonomia.
II- O princípio aplicado para justificar a cobrança do exemplo é o da anterioridade.
III- Cláudia paga mais IR devido ao princípio da vedação ao confisco.
IV- Tal cobrança a maior do IR de Cláudia decorre do princípio da capacidade contributiva.
Agora, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As sentenças I e III estão corretas.
	 b)
	As sentenças I e IV estão corretas.
	 c)
	Somente a sentença II está correta.
	 d)
	Somente a sentença III está correta.
	3.
	A imunidade constitucional garante que determinados bens, pessoas, patrimônios ou serviços sejam deixados de fora da obrigatoriedade da cobrança de tributos. Quanto à garantia constitucional da imunidade que impede a cobrança de tributos sobre determinados fatos e pessoas, analise as afirmativas a seguir:
I- A imunidade está prevista no art. 150 da CRFB/88 e veda a instituição de impostos sobre templos de qualquer culto.
II- O fundamento das imunidades é a preservação de valores que a Constituição reputa relevantes.
III- A imunidade tributária é a qualidade da ação que pode ser atingida pelo tributo.
IV- A imunidade dos partidos políticos só alcança o patrimônio, a renda e os serviços relacionados com as finalidades essenciais.
Assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As afirmativas I, III e IV estão corretas.
	 b)
	As afirmativas II e III estão corretas.
	 c)
	As afirmativas I e III estão corretas.
	 d)
	As afirmativas I, II e IV estão corretas.
	4.
	A Constituição Federal delegou a cada ente político a prerrogativa de instituir tributos. Tal prerrogativa é repartida entre cada ente, de modo que cada qual tem competência para impor prestações tributárias, dentro da esfera que lhe é assinalada pela Constituição. De acordo com o tema, assinale a alternativa CORRETA que apresenta a competência tributária concedida a apenas uma pessoa política:
	 a)
	Competência residencial.
	 b)
	Competência tributária.
	 c)
	Competência comum.
	 d)
	Competência privativa.
	5.
	Dentre os princípios constitucionais que limitam o poder de tributar estão o do não confisco e liberdade de tráfego. Esses princípios servem para que o Estado tenha limites na hora de tributar, não onerando excessivamente os contribuintes. Sobre os princípios que limitam o poder de tributar, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) A alíquota limite para que o tributo possa ser considerado como confisco é o equivalente a 70% (setenta por cento) do rendimento da pessoa.
(    ) É permitido que a União, estados, Distrito Federal e municípios criem tributos que impeçam a locomoção das pessoas dentro do país.
(    ) A Constituição Federal considera como atividade lícita a cobrança de pedágio.
(    ) O princípio do não confisco objetiva que o Estado seja razoável na cobrança dos tributos, tornando possível seu cumprimento.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - F - V - F.
	 b)
	F - F - V - F.
	 c)
	F - F - V - V.
	 d)
	V - V - F - F.
	6.
	O crédito tributário é entendido como a obrigação tributária exigível, devidamente lançada e possível de cobrança. Contudo, existem situações que extinguem tal cobrança como a prescrição. Quanto ao instituto da prescrição, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas: 
(    ) A prescrição pode ser suspensa ou interrompida, ao contrário da decadência.
(    ) A prescrição começa a correr assim que o lançamento do crédito tributário for efetivado, independendo de contestações administrativas ou judiciais.
(    ) A suspensão da prescrição ocorre quando o crédito tributário também está suspenso.
(    ) A interrupção da prescrição ocorre quando a Fazenda exerce seu direito de cobrar esse crédito.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	F - V - V - F.
	 b)
	V - F - F - V.
	 c)
	F - F - V - V.
	 d)
	V - F - V - V.
	7.
	A Constituição Federal prevê a determinadas pessoas e fatos uma imunidade tributária. Tal imunidade se justifica pela função estendida do Estado feita pelas entidades beneficiadas, que possuem objetivos altruístas e desinteressados. Sobre imunidade tributária, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) Os recursos obtidos pelas entidades beneficiadas devem ser empregados em sua totalidade no país.
(    ) É obrigação das entidades manter os livros contábeis em dia, de forma correta, aptos a serem apresentados caso sejam solicitados.
(    ) Como previsto pela CF, mesmo a entidade não possuindo escrituração contábil não pode o fisco suspender o benefício da imunidade.
(    ) Tanto o sindicato patronal quanto o dos trabalhadores são contemplados com a imunidade tributária.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - V - F - F.
	 b)
	F - V - F - F.
	 c)
	F - F - V - V.
	 d)
	V - V - V - F.
	8.
	Aos impostos são aplicados o Princípio da Anterioridade e Noventena, que está previsto no art. 150, III, alíneas ?b? e "c" da Constituição Federal. Tais princípios se configuram como garantia ao contribuinte, pois compõem as cláusulas pétreas da CF, não podendo ser suprimidos nem através de emenda constitucional. Sobre a temática, analise as afirmativas a seguir:
I- O Princípio da Anterioridade estabelece que um tributo não pode ser cobrado no mesmo ano em que foi aprovada a lei que o criou ou aumentou.
II- O Princípio da Noventena estabelece um prazo mínimo de 90 dias entre a criação ou aumento de um tributo e sua cobrança.
III- Ao Imposto sobre Produtos Industrializados - IPI - se aplica o Princípio da Anterioridade.
IV- Ao Imposto de Renda - IR - se aplica o Princípio da Noventena.
Assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As afirmativas I e IV estão corretas.
	 b)
	As afirmativas I e II estão corretas.
	 c)
	As afirmativas III e IV estão corretas.
	 d)
	As afirmativas II e III estão corretas.
	9.
	A suspensão da exigibilidade do crédito tributário