A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
Projeto de Irrigação Por Micro Aspersão

Pré-visualização | Página 1 de 1

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS
CCET – CÂMPUS DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS
ENGENHARIA AGRÍCOLA 
IRRIGAÇÃO
DIMENSIONAMENTO DE UM SISTEMA DE IRRIGAÇÃO POR ASPERSÃO CONVENCIAL PARA A CULTURA DA CEBOLA
Gustavo Rezende Brandão
ANÁPOLIS
2019
	
Projeto de irrigação de Brócolos por aspersão convencional
	Cultura
	Cultura
	Cebola
	Profundidade do sistema radicular
	30 cm
	Evapotranspiração de referência
	4,8 mm/dia
	Fator de disponibilidade hídrica
	0,30
	Solo
	Capacidade de campo
	30 %
	Ponto de murcha permanente
	13 %
	Densidade global
	1,42 g/cm³
	Velocidade de infiltração básica
	11 mm/h
	Área
	Fonte de água para abastecer o projeto
	Rio margeando o lado de menor dimensão do terreno
	Dimensões
	1,8 ha (100 x 180)
	Declividade do terreno
	4 %
	Topografia da área de projeto
	 - menor dimensão do terreno
	Em nível
	 - maior dimensão do terreno
	Desnível de 17 metros entre os dois extremos
	 - distância do início da área do projeto à moto-bomba
	33 m
	 - jornada de trabalho
	9 horas/dia
	Sistema de irrigação
	Eficiência
	70 %
	Altura do aspersor
	1,50 m
	Rendimento do conjunto moto-bomba
	85 %
	Considere o período de irrigação 1 dia a menos que o turno de rega
	Altura de sucção
	4 m
	Desnível geométrico entre a moto-bomba e o início da área de projeto
	15 m
1 – SELEÇÃO DO ASPERSOR
	Bocais
(mm)
	Pressão de Serviço (mca)
	Vazão
(m3 h-1)
	Diâmetro 
Irrigado (m)
	Intensidade de Precipitação (mm h-1)
	
	
	
	
	6 x 12 m
	12 x 12 m
	12 x 18 m
	2,4 x 5,0
	20
	1,58
	23
	21,9
	11,0
	7,3
	
	25
	1,79
	23
	24,9
	12,4
	8,3
	
	30
	1,95
	24
	27,1
	13,5
	9,0
	
	35
	2,12
	24
	29,4
	14,7
	9,8
	
	40
	2,28
	25
	31,7
	15,8
	10,6
	
	45
	2,40
	26
	33,3
	16,7
	11,1
	
	50
	2,56
	26
	35,6
	17,8
	11,9
	2,4 x 6,2
	20
	2,22
	25
	30,8
	15,4
	10,3
	
	25
	2,50
	25
	34,7
	17,4
	11,6
	
	30
	2,75
	26
	38,2
	19,1
	12,7
	
	35
	2,98
	26
	41,4
	20,7
	13,8
	
	40
	3,18
	27
	44,2
	22,1
	14,7
	
	45
	3,37
	27
	46,8
	23,4
	15,6
	
	50
	3,52
	27
	48,4
	24,4
	16,3
	Escolha do aspersor
	VIB do solo
	11 mm/h
	Intensidade de aplicação
	11 mm/h
	Pressão de serviço
	20 mca
	Vazão
	1,58 m³/h
	Espaçamento
	12 m x 12 m
	Diâmetro irrigado
	23 m
2 – Determinação da lâmina bruta de irrigação
IRN = x dg x z x f 
IRN = 21,726 mm.
ITN = 
ITN= 31,04
3 – Determinação do Tuno de Rega
TR = 
TR = = 4,52 = 4 dias.
4 – Determinação do Período de Irrigação 
5 – Determinação do tempo de irrigação
 
6 – Determinação do número de irrigações por dia
Jornada de trabalho = 9 horas/dia.
 
	07:00h ás 10:00h
	10:00h ás 13:00h
	13:00h ás 16:00h
7 – Número total de irrigações
8 – Determinação do número de linhas laterais 
	8.1 – Área irrigada por cada linha lateral
8.2 – Área irrigada em cada irrigação
	8.3 – Número de linhas laterais
 
 
9 – Dimensionamento das linhas laterais
	9.1 – Determinação do número de aspersores
Considerando que o primeiro aspersor ficará com um espaçamento em relação à linha principal igual ao espaçamento entre eles, verificaremos que a LL terá 4 aspersores e seu comprimento real será de 48 m. Os 2 m que faltam para o final da área serão cobertos pelo último aspersor uma vez que seu raio de alcance é de 12 m. Assim, teremos:
Calcular o diâmetro recomendado para uma LL de aspersores, de acordo com os seguintes dados:
- N= 4 aspersores
L= 100 m;
QLL= 4 x 1,58 m3 h-1 = 26,82 m3 h-1 = 0,000632 m³ s-1
Ps= 20 mca
-	Limite de hf na LL= 20% x 20 m.c.a. = 4 m.c.a.
 9.2- Fator de múltiplas saídas
 9.3- Cálculo do diâmetro da linha lateral
0,02164 m.
 9.4- Associação de diâmetros 
- Serão utilizados 2 diâmetros na linha lateral iguais a:
 = 12,7 mm
 = 25,4 mm
m
No comprimento de 14,864 não temos nem um aspersor, porém os tubos são comercializados de 6 em 6 m, utilizaremos um comprimento múltiplo de 6 e abaixo de 14,864 para diminuir a perda de carga e que não tenha um aspersor, nessas condições utilizaremos o comprimento de 12 m:
L1 = L – L2 = 48 – 12 = 36 m.
 9.5 Método da vazão fictícia 
Definidos os dois trechos da linha lateral, as características de cada um deles ficará:
Trecho 1:
- D1 = 0,0245m
L1 	= 36 m
N 	= 2
Q1	= 2 x 2,98 m3 h-1 = 10,24 m3 h-1 = 0,001654 m3 s-1
F2	= 0,639
Trecho 2:
D2 	= 0,0508
L2 	= 12 m
N 	= 2
Q2	= 12 x 1,58 m3 h-1 = 10,24 m3 h-1 = 0,005794 m3 s-1
F7	= 0,639
De acordo com o método da vazão fictícia, as perdas de carga na linha lateral serão então:
hf1 (D1, L, QLL, F10) hf1= 2,18 mca
hf2 (D2, L2, Q7, F7) 
hf2 = 4,89 mca
hf2 (D1, L2, Q7, F7) 
hf3= 0,20 mca
Finalmente, a perda de carga na linha lateral será:
10 – Dimensionamento da Adutora 
10.1-Dividir a adutora em trechos
Trecho 1: MB – T1 L = 33 + 12 = 45 m
Trecho 2: T1 – T11 L = 12x10 = 120 m
Trecho 3: T11 – T15 L = 12x4 = 48 m
10.2-Determinação dos diâmetros da tubulação em cada trecho
O dimensionamento será baseado no critério de velocidade, ou seja, permite-se uma velocidade de escoamento na tubulação entre 1,0 e 2,5 m s-1. 
Por questões de ordem prática, vamos começar o dimensionamento pelo último trecho da linha principal (trecho 4), ou seja, o que abastece somente uma linha lateral. 
Trecho 3:
Q = 3* 0,007443 = 0,01488m3 s-1.
L = 90m.
Teste para D = 4” (0,1016 m) utilizando-se tubo de pvc (C = 140)
 
 
Esta velocidade atende ao critério estabelecido.
 = 
Trecho 2:
Q = 3* 0,007443 = 0,02233m3 s-1.
L = 90m.
Teste para D = 5” (0,127 m) utilizando-se tubo de aço zincado (C = 120)
 
 
Esta velocidade atende ao critério estabelecido.
 = 
Trecho 1:
Q = 4* 0,007443 = 0,02977m3 s-1.
L = 118,27m.
Teste para D = 5” (0,127 m) utilizando-se tubo de aço zincado (C = 120)
 
 
Esta velocidade atende ao critério estabelecido.
 = 
A perda de carga total na linha principal (hfLP) será igual a 14,98 mca.
11 – Dimensionamento da sucção
Como a tubulação de recalque terá um diâmetro de 5 polegadas, a sucção deverá trabalhar com o diâmetro comercial imediatamente superior. Será utilizado uma tubulação de aço zincado de 6 polegadas, C=120 com um comprimento de 6 m. 
Q = 0,02977m3 s-1.
C = 120.
D = 6” (0,1524m).
	HS = 5m=>
	6 m ( barra de cano)
 
 
Esta velocidade atende ao critério estabelecido.
 = 
12 – Determinação da pressão no início da linha lateral
	Ps = 35 mca
	 = 6,23 mca
	Altura do aspersor = 1,50 m
= 0
13 – Determinação da altura manométrica total
14 – Determinação da potência do conjunto moto-bomba
OBS.: A potência disponível no mercado do conjunto moto bomba é de 50 cv.
15 – CROQUI

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.