QR CODE E CODIGO DE BARRAS_FINAL_FMU

QR CODE E CODIGO DE BARRAS_FINAL_FMU


Disciplina<strong>controle e Automação</strong> I28 materiais75 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Alex C. Almeida RA 8255288
Camila J.Vieira Campanha RA 8146808
Camila P. Cardoso da Silva RA 7202645
Eliana Manoel de Godoy RA 8398350 
Ivan Anacleto Silveira RA 8398347
Pedro Gonçalves S. Neto RA 6572123
Thiago Malaquias Moreira RA 5379670
Wilton Wagner RA 1853707
CÓDIGO DE BARRAS e QR CODES
CÓDIGO DE BARRAS
O que é Código de Barras
É, por definição, a representação gráfica de uma sequência numérica utilizada para identificar um produto. 
Tanto a representação gráfica quanto a numérica possuem o mesmo valor.
Conjunto numérico é único e não existem produtos diferentes com o mesmo código.
Utilizado pela primeira vez em 26 de junho de 1974 em um mercado nos EUA.
Criado para ajudar os comércios a aumentarem a velocidade do processo de averiguação na venda de produtos. 
Descrição: Número de 13 dígitos
Caracteres usados: números de 0 a 9.
Indústria: Varejo
Casos de uso: Etiquetas e digitalização de bens de consumo no ponto de venda (PDV).
EAN-13
Descrição: Série de números com 14 dígitos
Caracteres usados: Números de 0 a 9.
Indústria: Frete
Casos de uso: Transporte de mercadorias na cadeia de abastecimento.
DUN-14 / ITF-14
Descrição: Número de 12 dígitos
Caracteres usados: Números de 0 a 9.
Indústria: Varejo (América do Norte e Canadá)\u200b
Casos de Uso: Etiqueta e escaneamento de produtos do cliente no ponto de venda (PDV).
UPC \u2013 CÓDIGO UNIVERSAL DE PRODUTO
Descrição: 11 caracteres, qualquer tamanho.
Caracteres usado: números de 0 a 9, \u2013 e *
Setor: Telecomunicações
Usos de caso: Vários identificadores de empresa internos.
CODE 11
Descrição: Número de 8 dígitos.
Caracteres usados: Números de 0 a 9.
Indústria: Varejo
Casos de uso: Uma versão abreviada do EAN-13 usado para pequenos itens de varejo.
EAN-8
Descrição: Subconjunto do Código 128
Caracteres usados: Numerais
Indústria: Envio e Embalagem
Casos de uso: Aplicações da cadeia de suprimentos.
GS1-128
Tipos de Código de Barras e suas utilizações
Descrição: Série de código de barras com números, letras e caracteres especiais.
Caracteres usados: Alfanumérico. Código de 128 caracteres ASCII usando o símbolo de extensão,
FNC4 (conjuntos de códigos A e B, veja abaixo).
Indústria: Envios, Embalagem e Sistemas de Entrega
Casos de uso: Aplicações na cadeia de fornecimento, transporte de mercadorias e entrega postal.
CÓDIGO 128
Descrição: Código de barras contendo números e símbolos, começando e terminando em uma letra.
Caracteres usados: Números de 0 a 9, símbolos (:, /, +, e.) e as letras A, B, C e D como indicadores de início/parada.
Indústria: Identificação do item do banco de dados
Casos de uso: Bibliotecas e números de rastreamento de entrega.
CODABAR
Descrição: Células pretas e brancas, criando quadrados ou padrões. 
Caracteres usados: Quadrados preto e branco. Indústria: Várias incluindo aeroespacial, automotriz, médica, farmacêutica etc. 
Casos de uso: Vários
DATA MATRIX
Descrição: série de números, total é um número par. 
Caracteres usados: Números de 0 a 9. 
Indústria: Filme, Varejo 
Casos de uso: 135 filmes, códigos de barras ITF-14, códigos de barras para papelão (embalagens de produtos)
ITF-14 INTERCALADO 2 DE 5
Tipos de Código de Barras e suas utilizações
Descrição:
Conjunto de caracteres limitado a 43, tamanho variável. Nenhum dígito de verificação (mas um dígito de checksum que foi adicionado às novas versões).
Caracteres usados:
43 caracteres, consistindo de letras maiúsculas (A a Z), dígitos numéricos (0 a 9) e vários caracteres especiais (-, ., $, /, +, %, e espaço). Um caractere adicional (denotado \u2018*\u2019) é usado para os delimitadores de início e parada.
Indústria: Automotiva e Defesa
Casos de uso: Rotulagem de mercadorias em toda a cadeia de suprimentos.
CODE 39
Descrição:
Imagem quadrada bidimensional, com três quadrados menores distintos em três de seus cantos.
Caracteres usados:
Quadrados brancos e escuros, formando padrões e formas.
Indústria: Várias
Casos de uso: Bilhetes de avião, bilhetes para concertos, etiquetas de vestuário, marketing de consumo e muito mais
QR CODE (CÓDIGO QR)
Descrição: 
Letras e números, de comprimento variável. 
Caracteres usados: 
26 letras, 10 números e 7 caracteres especiais. 
Indústria: Correios 
Casos de uso: Informações de entrega no Canada Post
CODE 93 (versão aprimorada do code 39)
Tipos de Código de Barras e suas utilizações
Codificação Nacional de Produtos
A identificação única do produto é garantida pela atribuição de uma estrutura numérica o GTIN (Número Global do Item Comercial) e é a partir deste GTIN que é gerado o código de barras EAN-13, permitindo que a empresa identifique o produto individualmente, sabendo exatamente qual é o tipo, suas variações de cor, sabor, peso, tamanho etc. O código EAN-13 (13 dígitos) é o mais utilizado para a identificação de produtos com leitura nos caixas do varejo, não só no Brasil, mas no mundo.
Código Nacional de Produtos
Padrão EAN - Codificação,
estrutura lógica e dimensões
\u201cEsta Norma padroniza as características de codificação, estrutura lógica e dimensões do Código Nacional de Produtos - padrão EAN (ou, simplesmente, código de barras EAN) adotado como padrão nacional através do Decreto Presidencial nº 90595, para a codificação de produtos, visando a sua identificação por equipamentos de automação nas operações do comércio no mercado interno.\u201d
Estrutura do Código de Barras
Margem Inicial e Final (Zona de Silêncio) \u2013 Devem possuir dez vezes a largura da barra mais estreita.
Símbolo \u2013 Área composta de barras verticais paralelas.
Caractere de Início \u2013 Indica o início do dado, variando de acordo conforme o sistema de codificação.
Dados \u2013 Área destinada ao conteúdo de informações a serem codificadas.
Dígito Verificador \u2013 Certifica a ocorrência de erro na leitura através de um dígito de dado interpretado.
Caractere de Parada \u2013 Indica o término do dado.
Processo de Leitura
 O caractere codificado é representado por barras largas e estreitas.
 Usam sistema binário para formar os dados.
 O leitor ótico usa um foto-sensor para converter o código de barras em sinal elétrico que será transformado em bits, calculando a relação entre as larguras da barra e os espaços.
 
Processo de Leitura
 Codificação por Largura do Módulo:
 Valor \u201cZERO\u201d é representado por barras estreitas.
 Valor \u201cUM\u201d é representado por barras largas. 
 Codificação por Análise de Reflexão:
 Valor \u201cZERO\u201d é representado pelas barras brancas (reflectivas).
 Valor \u201cUM\u201d é representado por barras pretas (não-reflectivas). 
 
Benefícios oferecidos pelos Códigos de Barras
Melhoria na Eficiência Operacional \u2013 Segurança devido ao armazenamento rápido de informações;
Redução de Tempo \u2013 Registro automático de informações de lotes de mercadorias;
Redução de Erros \u2013 Exemplos em área farmacêutica e bancos de sangue;
Redução de Custos \u2013 Confiabilidade e rapidez na leitura favorecem na redução de gastos;
Benefícios ao Usuário \u2013 Possibilidade de padronizar suas etiquetas, interagindo às suas necessidades.
Tipos de Leitores e suas utilizações
São indicados para leituras a curta distância onde o código é levado até o equipamento.
Casos de uso: Protocolos, pequenos mercados e lojas de autopeças.
Manual com fio
Manual sem fio
fixo
Semi fixos
Alternativa para ambientes onde o operador precisa ir até o código.
Casos de uso: Centros de distribuição e Check-out de Atacadistas
São indicados para operações com alto fluxo de clientes, pois o operador precisa ter as mãos livres para registrar o maior número de produtos.
Casos de uso: Supermercados, farmácias.
São indicados para operações com alto fluxo de clientes e com pouco espaço, pois reúnem características de leitores fixos e móveis.
Casos de uso: Totens de atendimento e balcões de clínicas.
Tipos de Leitores