A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
APS - CONTRATOS E RESPONSABILIDADE CONTRATUAL_APS (1)

Pré-visualização | Página 1 de 2

ATIVIDADE PRÁTICA SUPERVISIONADA Implantação 
2019.2 
CONTRATOS E RESPONSABILIDADE CONTRATUAL 
 
 
OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM COMPETÊNCIAS RELACIONADAS 
I. - Identificar o que é uma relação jurídica contratual, bem como 
seus elementos constitutivos e pressupostos 
II. - Analisar os princípios contratuais, em especial a função social 
e a boa-fé objetiva, e as principais classificações 
III. - Compreender os requisitos de formação dos contratos, bem 
como hipóteses de extinção. 
IV. - Reunir as garantias contratuais e seus requisitos de validade. 
V. - Assimilar as regras pertinentes aos principais contratos civis e 
empresariais. 
VI. - Compreender os efeitos sobre terceiros gerados a partir dos 
contratos. 
VII. - Elaborar contratos. 
VIII. - Aplicar os requisitos da responsabilidade civil contratual na 
resolução de casos concretos. 
 
I,VII,VIII,IX,X,XI,XII,XIII 
 
 
 
 
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS 
As Atividades Práticas Supervisionadas - APS têm deu detalhamento publicado no ambiente virtual de aprendizagem 
(Blackboard) da disciplina. São publicadas na primeira quinzena de aulas e devem ser realizadas pelos estudantes até 
o limite do prazo da N1, em conformidade com o calendário acadêmico. 
 
As APS devem ser realizadas pelos estudantes no próprio ambiente virtual de aprendizagem (Blackboard) ou ter seu 
upload realizado lá, onde também serão corrigidas pelo docente, ficando registradas em sua integralidade. 
 
(1) Elaboração de minuta de contrato de compra e venda de imóvel. 
 
O aluno deverá: reconhecer os interesses das partes; avaliar possibilidades juridicamente viáveis de alcance dos 
interesses; definir estratégias jurídicas de minimização dos riscos envolvidos. Sugere-se que a atividade seja realizada 
em laboratório de computadores com capacidade de uma máquina por dupla. 
 
Aula de Referência: Aulas 1 a 9. 
 
(2) Estudo de Caso. Érico celebrou contrato com a sociedade empresária Wagner & Cia. Ltda., com a obrigação de 
promover, à conta desta e mediante retribuição, a mediação para a venda de artigos de cozinha, em zona 
determinada (estado da Bahia), podendo representar o proponente na conclusão dos contratos. Após dois anos de 
vigência do contrato, o agente assumiu o encargo de mediação para a venda dos mesmos produtos à conta de outros 
proponentes, também no estado da Bahia. Sem ter recebido qualquer comunicação sobre esse fato e sabendo que 
Érico estava a serviço de um dos seus maiores concorrentes, a sociedade empresária dispensou o agente por justa 
causa, alegando infração contratual e prejuízos pela diminuição comprovada do faturamento na mesma zona 
geográfica. Tomando ciência da extinção unilateral do contrato, Érico procura um advogado relatando que, antes da 
dispensa pelo proponente, ele intermediou com êxito várias propostas que resultaram em vendas para a Wagner & 
Cia. Ltda. Apresentou os documentos comprobatórios das referidas transações, correspondentes aos quatro últimos 
meses da vigência do contrato, informando que não recebeu nenhuma comissão por elas e indagando se tem direito 
a algum crédito em relação ao proponente. Com base nas informações contidas no enunciado, responda aos seguintes 
itens. A) A despedida do agente pelo proponente pode ser considerada por justa causa, sendo portanto legítima? 
Justifique. B) Diante da narrativa apresentada por Érico ao advogado, qual a orientação a ser dada a ele? Obs.: 
responda justificadamente, empregando os argumentos jurídicos apropriados e a fundamentação legal pertinente ao 
caso. ( FONTE: FGV PROJETOS XVI Exame da OAB) 
 
O aluno deverá: reconhecer adequadamente sujeitos, interesses e direitos envolvidos; avaliar possibilidades 
juridicamente viáveis de condução do caso; fundamentar juridicamente a solução adequada. 
 
Aula de Referência: Aulas 1 a 8, 14. 
 
 
AVALIAÇÃO 
A avaliação das APS será baseada em um padrão de correção conhecido como rubrica, que confere transparência às 
expectativas em relação à performance do estudante. São esses padrões que o professor utilizará ao corrigir sua APS 
(peso 1) que, é um dos instrumentos avaliativos que compõem a N1. 
 
RUBRICA DE AVALIAÇÃO 
 
 
Critérios 
avaliados 
0 - 3 4-5 6-7 8-9 10 
 
1
. 
 
D
es
cr
ev
e 
se
to
r/
in
d
ú
st
ri
a,
 
se
gm
en
to
, u
n
id
ad
e 
qu
e 
co
m
p
õ
em
 o
 c
o
nt
ex
to
 
d
a 
at
iv
id
ad
e 
Descreve menos 
da metade dos 
tópicos 
solicitados. Nota-
se baixo empenho 
em buscar 
informações 
solicitadas. 
Descreve apenas 
parte dos tópicos 
solicitados. 
Empenho 
insuficiente na busca 
de informações 
solicitadas. 
Descreve todos os 
tópicos solicitados 
de maneira 
burocrática. 
Descreve 
claramente os 
tópicos 
solicitados, mas 
deixa de tratar 
alguns aspectos 
solicitados. 
Descreve 
claramente e de 
maneira 
completa todos 
os tópicos 
solicitados. 
 
2.
 C
o
m
u
n
ic
aç
ão
 E
sc
ri
ta
: 
Es
tr
u
tu
ra
 
Texto muito vago, 
incoerente, 
apresentando 
falta de sentido e 
articulação entre 
as partes, de 
modo que a 
compreensão fica 
bastante 
prejudicada. 
Texto incoerente, 
apresentando falta 
de sentido e 
articulação entre as 
partes, em vários 
momentos do texto, 
de modo que a 
compreensão fica 
prejudicada. 
A organização do 
texto nem sempre 
é coerente, 
apresentando 
falta de sentido e 
articulação entre 
as partes em 
alguns momentos, 
mas a 
comunicação se 
estabelece. 
Texto organizado 
de forma coerente 
e bem 
estruturado. 
Apenas algumas 
partes 
apresentam falta 
de sentido e 
articulação. 
Texto 
organizado de 
forma coerente 
e bem 
estruturado. 
Apresenta 
sentido e 
articulação em 
sua 
integralidade. 
 
3.
 C
o
m
u
n
ic
aç
ão
 E
sc
ri
ta
: N
o
rm
a 
P
ad
rã
o
 
Texto apresenta 
inúmeros 
problemas, de 
forma 
generalizada, 
quanto ao 
domínio da norma 
padrão da língua 
portuguesa, 
ligados à 
pontuação, 
organização da 
frase, 
concordância 
verbal e nominal, 
ortografia e 
acentuação 
gráfica. 
O texto apresenta 
diversos problemas 
quanto ao domínio 
da norma padrão da 
língua portuguesa, 
ligados à pontuação, 
organização da frase, 
concordância verbal 
e nominal, ortografia 
ou acentuação 
gráfica. 
O texto apresenta 
alguns problemas 
quanto ao 
domínio da norma 
padrão da língua 
portuguesa, 
ligados à 
pontuação, 
organização da 
frase, 
concordância 
verbal e nominal, 
ortografia ou 
acentuação 
gráfica. 
O texto apresenta 
poucos problemas 
quanto ao 
domínio da norma 
padrão da língua 
portuguesa, 
ligados à 
pontuação, 
organização da 
frase, 
concordância 
verbal e nominal, 
ortografia ou 
acentuação 
gráfica. 
Apresenta 
domínio da 
norma padrão 
da língua 
portuguesa, 
ligados à 
pontuação, 
organização da 
frase, 
concordância 
verbal e 
nominal, 
ortografia ou 
acentuação 
gráfica. 
 
4.
 U
ti
liz
aç
ão
 d
e 
ab
o
rd
ag
em
 
d
o
u
tr
in
ár
ia
 s
ob
re
 o
 t
em
a 
Não abordou 
entendimento 
doutrinário. 
Abordou o 
entendimento 
jurídico de um 
doutrinador, mas 
não exteriorizou 
conclusão própria 
Abordou o 
entendimento 
jurídico de, ao 
menos, dois 
doutrinadores, 
mas não 
exteriorizou 
conclusão própria 
Abordou o 
entendimento 
jurídico de um 
doutrinador e 
exteriorizou 
conclusão própria. 
Abordou dois 
doutrinadores 
com 
posicionamento 
divergente e 
exteriorizou 
conclusão 
própria 
 
5.
 U
ti
liz
aç
ão
 d
e 
re
fe
rê
n
ci
a 
le
gi
sl
at
iv
a 
ap
lic
áv
el
 
Não empregou a 
legislação 
aplicável. 
Empregou apenas