Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Apol 2 - Desenho - Nota 100

Pré-visualização | Página 1 de 2

Questão 1/5 - Atelier de Artes Visuais - Desenho 
Leia o seguinte fragmento de texto: 
“Nas artes visuais, a linha tem, por sua própria natureza, uma enorme 
energia. Nunca é estática; é o elemento visual inquieto e inquiridor do esboço. 
Onde quer que seja utilizada, é o instrumento fundamental da pré-
visualização, o meio de apresentar, em forma palpável, aquilo que ainda não 
existe, a não ser na imaginação”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: DONDIS, Donis A. Sintaxe da linguagem visual. São Paulo: Martins Fontes, 
2000. p. 32. 
De acordo com o livro-base A relação do desenho com o ensino da arte: 
considerações sobre a teoria e a prática, no que diz respeito à linha, 
segundo Dondis, podemos afirmar que: 
Nota: 20.0 
 A A linha é um elemento visual expressivo e autônomo. Você acertou! 
“Conforme Dondis, a linha pode ser um elemento visual independente e se 
expressar por si mesma” (p. 103). 
 B As linhas horizontais e verticais são consideradas dinâmicas. 
 C As linhas diagonais e curvas são consideradas estáticas. 
 D A linha de contorno é composta por várias linhas paralelas e próximas. 
 E A linha hachurada é a que cria uma determinada forma. 
 
Questão 2/5 - Atelier de Artes Visuais - Desenho 
Leia o fragmento de texto: 
“Arquitetos, desenhistas e artistas selecionam e ordenam mostras de sua 
trajetória profissional para poder apresentá-las num suporte físico (o 
portfólio), de maneira que o destinatário (um cliente, um dono de galeria, um 
examinador) possa apreciar os momentos mais significativos de seu 
percurso, ao mesmo tempo que adquirem uma visão global do mesmo”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: HERNÁNDEZ, F. Cultura visual, mudança educativa e projeto de trabalho. 
Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000. p. 165. 
O estudioso Fernando Hernández traz uma importante reflexão sobre 
avaliação nas aulas de artes e sugere o uso do portfólio como uma das 
ferramentas durante este processo. Nesse sentido, segundo o livro-base A 
relação do desenho com o ensino da arte: considerações sobre a teoria 
e a prática, assinale a alternativa correta: 
Nota: 20.0 
 A Hernández salienta que por meio do portfólio é possível que o professor descubra novos talentos artísticos em sala de aula. 
 B Hernández enfatiza que o portfólio possibilita que os alunos realizem exposições em espaços oficiais do circuito artístico nacional. 
 C Hernández reforça que os professores incorporem a prática do portfólio no ensino médio devido à falta de maturidade dos alunos no ensino 
fundamental. 
 D Hernández informa que o professor precisa optar pelo uso do portfólio e do caderno de anotações por se tratarem de processos metodológicos 
distintos. 
 E Hernández ressalta que o uso do portfólio permite que o professor acompanhe a trajetória e o desenvolvimento de cada aluno durante todo o 
processo. 
Você acertou! 
“Hernández (2000) reforça que a prática do portfólio pode ser utilizada nos 
ensinos, fundamental, médio e superior, assim como na formação dos 
professores ou de qualquer outro profissional. Juntamente com o caderno de 
desenhos/anotações, é possível que o professor acompanhe a ‘trajetória de 
aprendizagem de cada estudante, de maneira que, além de colocar em evidência 
seu percurso e refletir sobre ele, possam contrastá-lo com as finalidades iniciais 
de seu processo e as intenções educativas e formativa dos docentes’ (2000, p. 
165). Nesse sentido, a utilização do portfólio na avaliação permite a revisão 
constante durante seu desenvolvimento, pois os alunos sentem a ‘aprendizagem 
como algo próprio’, decidindo os trabalhos que irão compor o portfólio. O 
professor pode, assim, avaliar o aluno durante todo o processo, não de maneira 
isolada e pontual” (p. 207-208). 
 
Questão 3/5 - Atelier de Artes Visuais - Desenho 
Leia o excerto a seguir: 
“O desenho possui uma natureza específica, particular em sua forma de 
comunicar uma ideia, uma imagem, um signo, através de determinados 
suportes: papel, cartolina, lousa, muro, chão, areia, madeira, pano, utilizando 
determinados instrumentos: lápis, cera, carvão, giz, pincel, pastel, caneta 
hidrográfica, bico de pena, vareta, pontas de toda a espécie”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: DERDYK, Edith. Formas de pensar o desenho: desenvolvimento do 
grafismo infantil. 2. ed. São Paulo: Scipione, 1994. p. 18. (Série Pensamento e Ação no Magistério). 
Segundo o livro-base A relação do desenho com o ensino da arte: 
considerações sobre a teoria e a prática, sobre os materiais para desenho, 
podemos afirmar que: 
Nota: 20.0 
 A o grafite com grau de dureza maior proporciona tons mais escuros. 
 B o grafite macio é indicado pela letra H, com variações do H até o 9H. 
 C o grafite duro é identificado pela letra B, com graduações do B até o 6B. 
 D a estaca de grafite duro maciço possibilita a obtenção do estumado. 
 E o grafite é um tipo específico de carvão que possibilita um traço preciso e tem grande poder de fixação sobre o papel. 
Você acertou! 
“O grafite é um tipo muito peculiar de carvão, que viabiliza um traço mais 
preciso e tem um poder de fixação sobre o suporte papel, além de fácil manuseio 
e transporte” (p. 59). 
 
Questão 4/5 - Atelier de Artes Visuais - Desenho 
Observe a imagem e leia o fragmento de texto a seguir: 
 
 
Após esta avaliação, caso queira ver a imagem integralmente, ela está disponível em: <https://br.fotolia.com/Content/Comp/58750474>. Acesso em: 05 out. 
2016. 
 
 “Geralmente, o artista registra primeiro sua ideia no papel, assim como lhe 
ocorre no momento – espontaneamente. Alguns registram a concepção 
abstratamente, através de palavras, simplesmente, ou fazendo um esboço 
bastante rudimentar, acompanhado de anotações. Isso é feito para não se 
perder a ideia, o que pode acontecer quando se está envolvido em algum 
projeto e, de repente, aparece outra ideia. Aliás, é muito comum as ideias 
surgirem assim”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: HALLAWELL, Philip. À mão livre: a linguagem do desenho. São Paulo: 
Melhoramentos, 1994. p. 53. 
Relacionando a imagem ao texto, considerando o livro-base A relação do 
desenho com o ensino da arte: considerações sobre a teoria e a 
prática, podemos afirmar que: 
Nota: 20.0 
 A Da Vinci se dedicou em registrar seu estudo sobre pintura, descartando pesquisas secundárias sobre anatomia humana e luz e sombra. 
 B Da Vinci mantinha cadernos de anotações com funções distintas, um para a realização dos esboços e outro para seus escritos. 
 C O estudo sobre Da Vinci mostra que o artista reproduziu fielmente na pintura o que foi previamente esboçado em desenho. 
 D Da Vinci retratava ideias e projetos de maneira rudimentar e simplificada. 
 E Da Vinci utiliza o esboço como projeto e suas pesquisas tinham um caráter artístico e científico. 
Você acertou! 
“Ao observarmos Silveira e Da Vinci, notamos que o esboço como projeto 
marca a produção de artistas contemporâneos e resgata as pesquisas 
artísticas/científicas do período renascentista” (p. 140). 
 
Questão 5/5 - Atelier de Artes Visuais - Desenho 
Leia o seguinte fragmento de texto: 
“A criança explora o desenho antes mesmo de ingressar no universo escolar. 
Muitas vezes, os pais não compreendem os rabiscos realizados sobre o papel 
e até mesmo sobre paredes, chão, sofá, entre outros objetos. Quando a 
criança está na escola, o professor desempenha um papel fundamental ao 
fazer com que a criança explore esse meio de expressão e comunicação, 
assim como ao estimular o desenvolvimento motor, cognitivo e afetivo. Nesse 
ponto, tais rabiscos assumem uma importância fundamental no processo de 
crescimento e que todas as etapas devem ser respeitadas e
Página12