Buscar

RESENHA CRITICA

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

RESENHA CRÍTICA
MACEDO, Sheyla Maria Fontenele. A ética, a ética profissional e a educação.
Curitiba: CRV, 2018. 
Com o intuito de apresentar o cenário envolto em relação a Ética e a
Profissionalização do Pedagogo apresentados na coleção Laços e Enlaces da editora
CRV, no volume I intitulado “A ética, a ética profissional e a educação”, a autora
Sheyla Maria Fontenele Macedo, percorre a história da ética, da antiguidade a
contemporaneidade, adentrando as nuances envolvidas em torno da ética profissional
e debruça sua reflexão sobre a ética na educação.
A obra divide-se em três capítulos, cujo o estudo neste trabalho, abordará o a
parte dois, que tem como título: “A aliança entre a ética, a ética profissional e a
educação. Esta parte apresenta-se dividida em três subtítulos que expõem estudos
sobre o conceito de ética; a ética profissional e suas tramas conceituais, e as alianças
entre a ética e a educação e seus compromissos ético-pedagógicos. 
O capítulo inicia com a autora delineando o que será apresentado no bloco,
destacando que ética e educação caminham juntas. Sinaliza que a intenção da primeira
parte se propõe a entender uma perspectiva de ética humanista, tendo como premissa
a transformação da pessoa para o social e desse para a pessoa. Se debruça
apresentando e conceituando ética como “ciência de conduta”, questionando o “sobre
e a respeito de que”, vinculada a prática do bem por intermédio de boas ações,
enquanto a moral é apresentada como “quem dita as condutas”, que se materializa por
meio de regras e normas advinda dos grupos sociais. 
Na segunda parte do capítulo, a autora recorre a origem do vocábulo
“profissão”, como ato de professar, norteando sua reflexão sobre a ética profissional,
destacando as incoerências presentes em torno do termo, entendido muitas vezes em
seu sentido amplo como ofício ou ocupação. Atribui ainda que a ética profissional
como sendo “provocadora” na construção de uma consciência social, e se concretiza
contribuindo com a construção de uma identidade profissional. Nesse sentido, a
construção ética seria o pilar adequado a completar valores, direitos, deveres, numa
relação de interação entre o profissional e a sociedade. 
A autora ainda recorre a uma reflexão na terceira parte do capítulo sobre as
alianças presentes entre a ética e a educação, correlacionando-as com o compromisso
ético-pedagógico cujo profissional da educação deve assumir e praticar. Em primeiro
lugar apresenta o compromisso da aprendizagem (aprendente como foco educativo),
seguido da ensinagem (parceria na ação de ensinar e aprender), o compromisso ético-
político (interação diante dos sujeitos – “conscientizar é politizar”), e o compromisso
perante a vida (ética frente a vida), finalizando o capítulo.
O capítulo dois desta obra, nos remete a uma ética na perspectiva de
humanização, tão importante na atual conjuntura marcada pela individualização e
repleta de desafios. Volta-se ao profissional da educação, envolto nesse panorama, e
que deve centrar-se num papel mais amplo, não apenas como cumpridor de tarefas,
mas, com compromisso social, autonomia e capacidade de promover relações,
contribuindo para uma aprendizagem que vá além dos “muros da escola”, e que
possibilite a formação humana desse estudante de forma integral e emancipatória. 
O livro como um todo é um importante instrumento de estudo e reflexão, e
contribui para uma análise de nossa própria atuação como ser humano, cidadão e
profissional. Possibilita nortear o trabalho docente e deve ser referencial para
pesquisas e cursos de formação de professores em todos os níveis do processo
educativo.

Outros materiais