A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
Avaliação Final Objetiva - Deficiência Auditiva

Pré-visualização | Página 2 de 3

Acesso em: 13 ago. 2018.
	 a)
	As sentenças II e IV estão corretas.
	 b)
	Somente a sentença III está correta.
	 c)
	As sentenças I, II e III estão corretas.
	 d)
	Somente a sentença IV está correta.
	6.
	De acordo com Nunes e Tavares (2015, p. 1112), "aquilo que suscita o preconceito no preconceituoso não é o que o discriminado efetivamente é. Mas o que ele representa, principalmente, no que diz respeito a sua história. Por exemplo, com relação às pessoas com deficiência, o espanto causado pela competência delas mostra claramente a baixa expectativa em relação ao seu desenvolvimento". Sobre o etnocentrismo, assinale a alternativa INCORRETA:
FONTE: NUNES, Sylvia da Silveira; SAIA, Ana Lucia; TAVARES, Rosana Elizete. Educação Inclusiva: entre a história, os preconceitos, a escola e a família. Psicol. cienc. prof., Brasília, v. 35, n. 4, p. 1106-1119, dez. 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-98932015000401106&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 23 out. 2018.
	  a)
	Muitas vezes, os preconceitos são perpassados pelo etnocentrismo. Somos etnocêntricos quando pensamos que nós somos os certos, que a nossa cultura é a melhor, que o nosso comportamento é mais adequado ou elegante. Em suma, somos etnocêntricos quando acreditamos que a nossa cultura é melhor que as outras, que somos melhores que os outros.
	 b)
	Etnocentrismo significa que o homem está no centro das ideias, no controle da decisão. É a aprendizagem baseada em experiências do sujeito para agir na sua vida. Em outras palavras, é a teoria segundo a qual Deus é o centro do universo, nada mais é maior que Ele, tudo foi criado por Ele e tudo é dirigido por Ele.
	 c)
	Ser etnocêntrico é pensar o mundo através de um único referencial. É ter como única referência a cultura, as tradições, os valores e costumes de uma sociedade em detrimento de outra. Envolve a manifestação de julgamento dos valores da cultura do outro, e/ou de seu modo de pensar e agir.
	 d)
	Etnocentrismo está relacionado à ideia de que a "minha" cultura, o "meu" estilo de pensar, o "meu" comportamento são os corretos e que as outras pessoas poderiam ajustar-se ao meu modo de ser (até mesmo copiando-o). Ao refletir sobre o etnocentrismo, podemos ser menos preconceituosos e prepotentes.
	7.
	O trabalho do primeiro professor de surdos "não apenas influenciou os métodos de ensino para surdos no decorrer dos tempos, como também demonstrou que eram falsos os argumentos médicos e filosóficos e as crenças religiosas da época sobre a incapacidade dos surdos para o desenvolvimento da linguagem e, portanto, para toda e qualquer aprendizagem" (LODI, 2015, p.  411), afinal, contava com uma particularidade: a forma de comunicação utilizada. Sobre a educação formal de surdos, que teve sua origem no século XVI, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) O ensino de Ponce de Léon incluía a datilografia (alfabeto manual), a escrita e o treino para a fala (oralização). Além disso, o monge beneditino utilizava de rótulos, ou seja, nomes escritos pregados em tudo. Com isso, Ponce indicava as palavras escritas a seus alunos, associando a escrita com a pronúncia da palavra. 
(    ) O precursor da educação de surdos foi Jean-Jacques Rousseau, e seu método foi inovador, pois rejeitava todos os tipos de sinais, gestos, e mímica. Sua metodologia de ensino se pautava exclusivamente no idioma suíço - que era o principal utilizado em sua região, nas modalidades escrita e oral. 
(    ) A linguista italiana Maria Montessori foi a primeira educadora de surdos, e seu método ainda embasa os estudos atuais, afinal, desconsidera as propostas oralistas. A metodologia de Montessori utiliza apenas a língua de sinais, no processo de ensino aprendizagem de surdos. As técnicas dela foram elaboradas pensando na educação de jovens e adultos. 
(    ) A primeira forma de educação formal fornecida pelo monge beneditino aos filhos dos aristocratas espanhóis tinha como objetivo reconhecer essas pessoas surdas como cidadãos frente à lei e à sociedade, para que assim pudessem herdar os títulos e a fortuna da família. O monge estabeleceu uma escola para surdos no Mosteiro. 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
FONTE: LODI, Ana Claudia Balieiro. Plurilinguismo e surdez: uma leitura bakhtiniana da história da educação dos surdos. Educ. Pesqui., São Paulo, v. 31, n. 3, p. 409-424, dez. 2005. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-97022005000300006&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 13 ago. 2018.
	 a)
	V - F - F - V.
	 b)
	F - F - V - F.
	 c)
	F - F - F - V.
	 d)
	F - V - F - F.
	8.
	"O isolamento linguístico causado pela deficiência auditiva é o maior de todos os riscos que corre um bebê que nasce surdo, pois a criança perde informações importantes que quase sempre resultam em um atraso no desenvolvimento de linguagem. O diagnóstico tardio e as dificuldades em iniciar um tratamento adequado podem comprometer todo o desenvolvimento da criança, deixando clara, portanto, a importância do diagnóstico e do início de processo de intervenção precoce" (BANDINI; OLIVEIRA; SOUZA, 2006, p. 51). Para essas autoras, algumas medidas contribuem para a aprendizagem dos processos de leitura e de escrita das crianças com perda auditiva. Sobre essas medidas, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas: 
(    ) Mais participação da família na aprendizagem de Libras. 
(    ) Proibição do uso de gestos e de língua de sinais. 
(    ) Acesso a mais recursos pedagógicos. 
(    ) Melhor formação dos profissionais que atuam em termos educacionais com crianças surdas.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
FONTE: BANDINI, Heloísa Helena Motta; OLIVEIRA, Claudia Lessa de Azevedo Corrêa de; SOUZA, Érika Costa de. Habilidades de leitura de pré-escolares deficientes auditivos: letramento emergente. Paideia (Ribeirão Preto), Ribeirão Preto, v. 16, n. 33, p. 51-58,  abr. 2006. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-863X2006000100008&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 8 ago. 2018.
	 a)
	V - V - F - F.
	 b)
	V - F - F - F.
	 c)
	F - F - F - V.
	 d)
	V - F - V - V.
	9.
	"O sistema auditivo é parte integral do sistema de comunicação de todo ser humano. Na sociedade, a comunicação aural é predominante e qualquer indivíduo com PA [perda auditiva] pode se tornar isolado da mesma. A revolução causada pela genética molecular tem causado um enorme impacto no estudo da audição e das suas doenças. Estes avanços proporcionarão um diagnóstico mais acurado, intervenção precoce e propiciarão melhores resultados. À medida que entendemos os fundamentos genéticos e moleculares do sistema auditivo, este conhecimento ajudará no desenvolvimento de novas terapias e até mesmo no reparo do defeito genético" (GODINHO; KEOGH; EAVEY, 2003, p. 104). No que se refere à reação da família diante das primeiras desconfianças de que há uma criança com perda auditiva na família, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas: 
(    ) Até receber o diagnóstico de surdez de uma criança, a família tende a lidar com algumas situações que vão gerando apreensão e angústia. No entanto, é frequente que ocorra a negação da possibilidade de que o filho possui deficiência auditiva.
(    ) A população já está instruída sobre a importância da TAN, portanto, mesmo que a maternidade não ofereça esse serviço os pais já procuram por ele por conta própria. Iniciam os tratamentos precocemente e raramente apresentam resistência ao diagnóstico.
(    ) Antes de terem a palavra de um profissional da saúde, de que a criança tem problemas de audição, geralmente a família já percebe que há algo diferente no comportamento da criança, por não responder como as demais aos estímulos sonoros. 
(    ) Os pais tendem a protelar a busca por um profissional para fazer a avaliação da saúde auditiva

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.