A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Fundamentos Filosóficos da Educação 2019

Pré-visualização | Página 1 de 2

Fundamentos Filosóficos da Educação 
Questão 1/5 - Fundamentos Filosóficos da Educação 
Considere a seguinte afirmação: 
“A educação é ela própria uma tarefa impossível. Ela é, segundo Rousseau, uma arte – 
não uma ciência! – cujo êxito é improvável porque jamais seremos capazes de controlar 
o concurso de todos os mestres. Mas isso não a torna menos relevante. O ser humano 
nasce fraco, carente de tudo, e só a educação faz com que ele desenvolva meios para a 
sobrevivência. ‘Tudo o que não temos ao nascer e de que precisamos quando grandes 
nos é dado pela educação’”. 
 
Após esta avaliação, caso queira ler este artigo integralmente, ele está disponível no livro: STRECK, Danilo R. Rousseau & a 
educação. 2ª ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2008. p.30. 
 
Tendo por base o conteúdo das aulas e o livro-base da disciplina Fundamentos 
filosóficos da educação sobre Rousseau e a educação, analise as sentenças a seguir, 
assinalando V para as afirmativas verdadeiras, e F para as afirmativas falsas: 
I - ( ) A criança, por viver um mundo de espontaneidade, desconhece o significado do 
conceito de disciplina, então o castigo e a punição física são um problema para ela. 
II - ( ) A sua obra intitulada O Cândido retoma os ideais burgueses, propondo uma 
discussão sobre o currículo da educação das crianças. 
III - ( ) A sua proposta de educação prevê que a criança passe a maior parte do tempo 
possível afastada da civilização em contato com a natureza. 
Agora, marque a sequência correta: 
Nota: 20.0 
 A F – V – V. 
 B V –F– F. 
 C 
V – F – V. 
Você acertou! 
A primeira sentença é verdadeira, pois, “para Rousseau, outro grande problema 
relacionado às crianças pequenas é a punição física. Como a criança pequena 
vive em um mundo de liberdade espontânea e natural, ela desconhece o conceito 
de disciplina; portanto, deve aprender, não sob ameaça de castigo, mas 
percebendo as consequências de suas próprias ações. O castigo é sentido pela 
criança como uma injustiça e só gera ressentimento” (livro-base, p. 56). Da 
mesma forma, a terceira sentença é verdadeira: “De modo geral, podemos dizer 
que a proposta pedagógica de Rousseau consiste em deixar o educando o 
máximo possível junto à natureza e afastado da civilização, de modo que seu 
caráter natural, essencialmente bom, não se corrompa” (livro-base, p. 58). A 
segunda sentença caracteriza-se como falsa, pois o livro O Cândido foi escrito 
por Voltaire, e não por Rousseau. 
 D F – F – V. 
 E V – V – F. 
 
Questão 2/5 - Fundamentos Filosóficos da Educação 
Leia o fragmento de texto a seguir: 
 
“Quando a autoridade da Igreja sobre o pensamento finalmente afrouxou, muita gente 
passou a acreditar que o conhecimento do mundo podia ser obtido apenas pelo uso da 
razão. Na filosofia, esse desenvolvimento é conhecido como racionalismo. Foi lançado 
por Descartes, depois do qual as figuras de destaque na filosofia racionalista foram 
Spinoza e Leibniz". 
 
Após esta avaliação, caso queira ler este artigo integralmente, ele está disponível em: MAGEE, Bryan. História da filosofia. 3ª ed. 
São Paulo: Loyola, 2001. p. 83. 
De acordo com o texto e com os conteúdos do livro-base Fundamentos filosóficos da 
educação sobre o racionalismo, leia as afirmativas seguir, marcando V para as 
afirmativas verdadeiras, e F para as falsas. 
I. ( ) René Descartes, mesmo tendo vivido no século XVII, é considerado até hoje um 
dos mais influentes pensadores racionalistas. 
II. ( ) Descartes afirmava que as ideias humanas são adquiridas, ou seja, vão se 
construindo na interação com o meio e com os outros homens. 
III. ( ) Os pensadores racionalistas, entre eles Descartes, defendem que o conhecimento 
verdadeiro deriva da razão genuína. 
IV. ( ) Os preconceitos são, para os racionalistas, obstáculos que impedem a razão de 
alcançar o verdadeiro conhecimento. 
Agora, assinale a sequência correta: 
Nota: 20.0 
 A F – V – F – V 
 B 
V – F – V – F 
Você acertou! 
As assertivas I e III são VERDADEIRAS, visto que “René Descartes, que viveu 
no século XVII, foi um dos mais influentes filósofos racionalistas” (livro-base, 
p. 35) e “Para o racionalismo, todo conhecimento verdadeiro deriva da pura 
razão. [...]” (livro-base, p. 34). Já, as assertivas II e IV são FALSAS, pois, 
“como afirmava Descartes, se, para pensarmos, não necessitamos de nada 
material, é porque o conhecimento não depende dos sentidos. Para esse filósofo, 
as ideias humanas são inatas, isso é, já nascem conosco” (livro-base, p. 35) e, 
“em oposição a Descartes, os filósofos empiristas não aceitam a teoria das ideias 
inatas. [...] Assim como os pensadores cristãos, Bacon (1979) também acredita 
na existência de obstáculos que impedem a razão de alcançar a verdade. [...] 
Porém, Bacon não identifica esses obstáculos com o pecado, mas sim com os 
nossos preconceitos” (livro-base, p. 35). 
 C V – V – F – F 
 D F – F – V – V 
 E F – V – V – F 
 
Questão 3/5 - Fundamentos Filosóficos da Educação 
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“Ludwig Wittgenstein foi, inquestionavelmente, um gênio. Ele elaborou duas filosofias 
distintas, e ambas tiveram, e ainda têm, considerável influência. [Na obra Tractatus 
lógico-philosophicus,] apoia-se no entendimento de que a estrutura de realidade 
determina a estrutura de linguagem. No entanto, a produção filosófica posterior de 
Wittgenstein rejeita esta visão e explora, pelo contrário, a ideia de que nossa linguagem 
é que fornece a nossa concepção de realidade; de que não há uma estrutura uniforme 
para a linguagem, que ela possui formas variadas que exibem somente interconexões 
livres”. 
 
Após esta avaliação, caso queira ler este artigo integralmente, ele está disponível no livro: COLLINSON, Diané. 50 grandes 
filósofos. 3ª ed. São Paulo: Contexto, 2009, p. 251. 
Considerando os conteúdos do livro-base Fundamentos filosóficos da educação sobre 
a teoria linguística de Wittgenstein, avalie as assertivas e seguir e a relação estabelecida 
entre elas: 
I. Segundo a teoria linguística de Wittgenstein, os fatos e os anunciados que os figuram 
podem ser considerados atômicos ou complexos. Nessa situação, um enunciado é 
considerado atômico... 
Porque... 
II. une um sujeito e um predicado, representando assim uma unidade mínima de sentido, 
podendo ser considerado tanto verdadeiro quanto falso. 
A respeito dessas assertivas, assinale a alternativa correta: 
Nota: 20.0 
 A A assertiva I é uma proposição falsa, e a II é verdadeira. 
 B As assertivas I e II são verdadeiras, mas a I contraria a ideia expressa na II. 
 C As assertivas I e II são falsas. 
 D As assertivas I e II são proposições excludentes. 
 E 
As duas assertivas são verdadeiras, sendo que a assertiva II complementa a I. 
Você acertou! 
“Na teoria linguística exposta por Wittgenstein no livro Tractatus lógico-
philosophicus (1995), os fatos, assim como os anunciados que os figuram, 
podem ser atômicos ou complexos. Um enunciado atômico é aquele que 
apresenta uma unidade mínima de sentido, unindo um sujeito a um predicado, e 
que pode ser considerado verdadeiro (se corresponde ao fato concreto ao qual se 
refere) ou falso (se tal correspondência não se verifica)” (livro-base, p. 153,154). 
 
Questão 4/5 - Fundamentos Filosóficos da Educação 
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“Em meados do século 19 XIX, Karl Marx (1818-1883), afastando-se da filosofia 
idealista alemã, concentrava seus esforços em compreender ‘os homens de carne e 
osso’, movidos por suas necessidades materiais e inseridos no rio da História. Embora 
sua obra não possa ser considerada extremamente sociológica, ela lançou as bases para 
explicar a vida social a partir do modo como os homens produzem socialmente