II Prova vigilancia sanitaria, saude ambiental
10 pág.

II Prova vigilancia sanitaria, saude ambiental

Pré-visualização10 páginas
V IGILÂN C IA S AN ITÁRIA S AÚDE AMBIEN TAL E SA ÚDE DO TRAL HADOR
Nome
Ve ncimento
Pontuão
De
De talhe s
Status do progre sso de e nvio
AS G e ral
Clique para te star uma pontu ão dife re nte 6,66
10
Taref as
66,6%
6,66 / 10, 00
Total
66,6%
6, 66 / 10,00
NOT A: 6 ,6 6
Perg u n ta 1 0,6 6 pt s
A operacionalização d a vigilância epid emiológica “compreend e um ciclo complet o d e
f unções específ icas e int ercomplement ares que d evem ser, necessariament e,
d esenvolvid as d e maneira cont ínua, d e mod o a possibilitar conhecer, a cad a moment o, o
comport ament o epid emiológico d a d oença ou agravo que se apresent e como alvo d as
ações, para que as med id as d e int ervenção pertinentes possam ser d esencad ead as com
oportunid ad e e ef icácia” (B RA SI L, 2002). A ssinale a alt ernat iva IN C OR R E TA a
respeit o d as f unções d a vigilância epid emiológica:
G rupo d e respost as d a pergunt a
D ispor d e conheciment o prévio para viabilizar d iagnóstico e prognóst ico d e
d oenças raras é papel d a vigilância epid emiológica, pois essa med ia d ecisões
important es sobre o curso d e cad a t rat ament o e proce d iment o relevant e à qualid ad e d e
vid a d e pacient es.
O cumpriment o d as f unções d e vigilância epid emiológica d epend e d a
d isponibilid ad e d e inf ormações que sirvam para subsid iar o d esencad eament o d e ações;
portant o, conf igura-se uma f unção d a vigincia epid emiológica a colet a d e inf ormações
para a ação.
É f unção d a vigilância epid emiológica est abelecer normas t écnicas capazes d e
unif ormizar proced iment os e viabilizar a comparabilid ad e d e d ad os e inf ormações para
que o sist ema f uncione com ef iciência e ef icácia.
É papel d a vigilância epid emiológica f azer com que os d ad os colet ad os pelos
sist emas rot ineiros d e inf ormações e nas invest igações epid emiológicas sejam
consolid ad os (ord enad os d e acord o com as caract erísticas d e pessoa, lugar e t empo) em
t abelas, gráf icos, mapas d a área em est ud o, f luxos d e pacient es e out ros.
A instit uição d e ações d e vigilância epid emiológica implica, necessariament e, que
as inf ormações obt id as venham a ser d e f at o ut ilizad as para a ad oção d e med id as
específ icas, d est inad as a red u zir a morbimortalid ad e. O papel d e d ivulgação d as
inf ormações pertinentes à saúd e d a população é d a vigilância epid emiológica.
Sinalizar est a pergunt a
Perg u n ta 2 0 ,66 pts
Sobre o C ód igo Sanit ário, leia os t rechos a seguir para, em seguid a, respond er ao que se
ped e:
Consid era-se que o C ód igo S anit ário seja um inst rument o f acilit ad or d a ão d a
V igilância em S aúd e, t ant o para o E stad o quant o para o Munipio.
N O EN T A NT O
não é um instrument o imprescind ível
POIS
o processo d e elaboração d e um cód igo d essa natureza envolve d iversos segment os d a
socied ad e, apont and o em alguma med id a seu grau d e mobilização e organização para o
enf rent ament o d os problemas relat ivos a est a área.
A ssinale a alt ernat iva C OR R ET A :
G rupo d e respost as d a pergunt a
A primeira e a segund a af irmat ivas são f alsas, pois o C ód igo Sanit ário não é
consid erad o inst rument o, mas um ref erencial. A t erceira af irmat iva é inconclusiva,
portant o não d everia ser preced id a por “pois”.
A primeira af irmat iva é f alsa, pois a V igincia em Saúd e não inclui inf ormações d o
Cód igo Sanit ário para o d irecionament o d e suas ações. A segund a e t erceira af irmações
o verd ad eiras.
A primeira e a terceira af irmativas são verd ad eiras e se complement am ent re si. A
segund a é f alsa, pois o cód igo sanit ário é imprescind ível e obrigat ório por Lei em t od os
os municípios brasileiros.
A s três af irmat ivas são verd ad eiras e a t erceira é conclusiva em relação às
ant eriores.
A primeira e a segund a af irmat ivas são verd ad eiras. A t er ceira é f alsa, pois o único
segment o social mobilizad o para a elaboração d o Cód igo Sanit ário é o Conselho d e
Saúd e.
Sinalizar est a pergunt a
Perg u n ta 3 0 ,66 pts
"A s evoluções t ecnológicas vivid as no mund o cont emporâneo vêm t ransf ormand o a
socied ad e e as relações ent re os Est ad os e as pessoas. A mobilid ad e d o ser humano
at ingiu níveis nunca ant es imaginad os, send o possível chegar d e um lad o ao out ro d o
mund o em menos d e 24 horas. E st a mobilid ad e t ambém inclui bens e serviços, d and o a
t ônica d o mund o globalizad o d o Século X X I . N esse cont ext o, os riscos d e d oenças e
out ros agravos à saúd e se amplif icaram int ensament e. Hoje, uma epid emia que se inicia
na China pod e chegar ao Brasil no d ia seguint e. O Brasil reconhece a saúd e como
d ireito d e t od os e d ever d o Est ad o (C F, A rt . 196), d evend o est e se organizar para a
eliminação ou cont role d os riscos à saúd e que exist irem em nossa socied ad e.
A t ualmente, a organização d o E st a d o brasileiro no que se ref ere à vigilância d os riscos
d e d oenças e out ros agravos à saúd e é f ragment ad a, havend o (a) ___________ (f ocad a
em bens, prod ut os e serviços), (b) ___________ (d oenças t ransmisveis e investigações
d e out ros riscos) e (c) _______ ______ (meio ambient e em geral, inclusive o d o
t rabalho). Fon te: AITH , F.; D ALLA RI, S. G . V igilância em saúde no Brasil: os desafios
dos riscos sanitários do século XX I e a necessidade de criação de um sistema nacional
de vigilância em saúde. R evista de D ireito San itário, Brasil, v. 10, n. 2, p. 94 -125, out.
2009."
A ssinale uma d as alt ernat ivas a seguir que complete C OR R E TA ME N T E as lacunas
(a), (b) e (c):
G rupo d e respost as d a pergunt a
(a) a vigilância sanit ária (b) a vigilância epid emiológica (c) a vigilância ambient al
em saúd e
(a) a vigilância epid emiológica (b) a vigilância sanit ária (c) a vigilância d o t rabalho
(a) a vigilância epid emiológica (b) a vigilância sanit ária (c) a vigilância ambient al
em saúd e
(a) a vigilância ambient al em saúd e (b) a vigincia epid emiológica (c) a vigilância
sanitária
(a) a vigilância d o t rabalho (b) a vigilância epid emiológica (c) a vigilância
ambiental
Sinalizar est a pergunt a
Perg u n ta 4 0 ,66 pts
O bserve a charge a seguir :