MANUAL APS_IV_Aluno_Ago2018 (1)
21 pág.

MANUAL APS_IV_Aluno_Ago2018 (1)


DisciplinaAdm 79 materiais151 seguidores
Pré-visualização21 páginas
U N IVE R S ID AD E PAUL IST A U N IP
IN ST IT UT O D E C IÊ N C IAS S OC IAIS E COMUN ICAÇÃO
C U R SO D E ADMINIST RAÇ ÃO
MA NU A L DO S CO OR D ENADORES E P RO F ES SORES
APS - AT IVIDADE S PR ÁT ICAS S U PE R V IS ION ADAS IV
( / s emestres)
2 2018_2_v 5_07/08/2018
SÃO P AU LO
2018
T ÍT UL O e ROT EIRO
APS - Ativida des Práticas Sup ervision ad as IV
4º/3º S EMES T R E
Disciplina-Âncora: P.O. Processos Organizacionais
RESPO NSAB ILIDADE SOC IAL OR G ANIZACIO NA L: VISÃO EST RATÉGICA E
GO VER NAN ÇA E G EST ÃO
1
: uma pesquisa aplicada.
Sujeito da Pesquisa: G esso Lima pequeno porte de ac ordo c om os critérios do
BNDES 3)
Objetivo do Trabalho: In vestiga r a apl i cação de p ráticas de V i são, Estratégi a ,
Govern an ça e Gestão, com base n os parâmetros da di sci pl i n a P.O P rocessos
Organ i za ci on ai s, pel a empresa Gesso Lim a, ten do como ref erên cia o tema
Processos Organ i zaci on ai s, n o rma ABN T N B R ISO 260 00 , IBGC In sti tuo
Brasi l ei ro de Govern an ça C orporativa e os In di cad ores E th os pa ra N egócios
Su sten távei s e R espo n sávei s”, qu e tratam da R e spon sabi l i dade S oci al n as
di men sões “Vi são e Estratégi a” e “Govern a n ça e Gestão”.
Dimeno: VISÃO E EST RATÉGIA
Indicador 01: Estratégi as para a Su sten tabi l i dad e
In di cado r 02: Proposta de Val or
In di cado r 03: Mode l o d e Negó ci os
Dimeno: GO VERN ANÇA E G ESO
Tema: Governaa O rganiz acional,
Subtema Gov ernança e Conduta.
Indicador 04 Código de conduta
Indicador 05 Gov ernanç a da organização
Indicador O6 Com prom issos v olunrios e partic ipaç ão em inic iativas d e RSE /
Sustentabilidade
Indicador 07 Engajam ento das partes interessadas
Subtema: Prestação de Contas
Indicador 08 Relaç ões c om inv estidores e relarios f inanc eiros
Indic ador 09 Relatos de sustentabilidade e relatos integrados Indicador
10 C omunic aç ão c om responsabilidade soc ial.
1
O estudo será rea li za do a pa rtir do s i n di ca d ore s Ethos de Re sp o nsa b i li d ad e Soci a l Em pre sa ria l re f e re ntes
à Di m e nsã o Gove rn an ça e Gestão e as Prática s d e op e raçã o e Gestão , d i sp on ível e m f i l e :
http ://ww w 3 .etho s.org .br/ced o c/in d i ca d o res -etho s-pa ra -neg oci o s-sustentave is-e -re spo n save i s/
2
In di ca r so m e nte o po rte q u e co rresp o n de à e m pre sa/org a n iza ção que será a na l isa da .
3
http ://ww w .bn d e s.go v.br/SiteBN D ES/bn d e s/bn d es_ p t/Instituci o na l /Apoi o _Fin a ncei ro/po rte.html
4
Os e l e m en tos, qu e e stão e m negrito, o o bri g a tó ri o s.
3 2018_2_v 5_07/08/2018
Estrutura do T rabalho: (Elem entos Pré-tex tuais
4: Capa, Folha de Rosto , Lista de
Tabelas, Lista de Figuras/ilustrações, Lista de Abrev iaturas e Siglas, Lista de Sím bolo e
Sumário).
1 INT RODU ÇÃO (Inc luir os objetivos das APS, abordar o tulo, menc ionar a em presa
e resum ir como o trabalho será desenvolv ido, ou seja, as partes do rela tório)
2 PERFIL DA ORG AN IZAÇÃO
2.1 Apresentação da em presa
A sugestão é que s ejam uti lizadas as s eguintes partes do roteiro s ug erido pela F NQ para elaboração de
perfis org ani zacionais :
(a) Instituição, propósitos e porte da org anização
(b) produtos e process os da cadeia de va lor
(d) detalhes s obre as partes interess adas ( sócios ou ins tituidores, f orça de trabalho, clientes
e m ercados alv o, f ornecedores, s ociedade e parceiros ( P2) concorrência
a) Denom inaç ão e f orm a de c onstituiç ão, dados e f atos relevantes da
origem da organiz ão, natureza e ramo de atuaç ão.
b) Tipo (em presa priv ada, em presa públic a, órgão gov ernam ental,
institu ão de f ins luc rativos etc .)
c) Ativ idade princ ipal
d) Porte (pequeno, médio, grande) segundo os c ritérios do BNDES.
2.2 Força de trabalho
a) Inf orm ar a c ompos ão da f o a de trabalho, inc luindo a quantidade de
pessoas, percentuais por nív el de escolaridade, de c hef ia ou
gerenc iais, e regim e judic o denc ulo.
2.3 Mac roprocesso e processos da em presa (M odelagem/m apeam ento de
processos: c nic as de m apeam ento, em espec ial, BPM N (Business Proc ess
M odeling Notation).
a) M odelar o m acroproc esso da em presa
b) Listar os proc essos prim ários e de apoio da em presa
2.4 Produtos
2
e Clientes
a) Produtos princ ipais
b) Clientes-alvo.
2.5 Princ ipais c oncorrentes da organizaç ão.
2.6 Princ ipais insum os
a) C itar os principais produtos e m atérias-primas adquiridos de
f ornec edores.
3 REVISÃO C O NCEIT UAL (ou Fundamentação T eórica): trata-se de um tex to
baseado nos c onceitos e dos c onteúdos da disciplina-ânc ora Processos
Or ganiz acionais (PO) , da ABNT NBR ISO 26000 que c ontribuirão para a alise
das inf orm ações c oletadas e de sugeses de m elhoria à em presa (objeto de
estudo), da análise dos f undamentos do Instituto Ethos e do IB GC In stituo
Brasi l e i ro de Govern an ça C orpora ti va .
2
Entend e -se p o r “p ro du tos” o re su l ta do de ativi d a de s o u p ro ce ssos. (...) p o d e i ncl u i r m erca d o ria s, se rvi ços,
sol u çõ es, f e rra m en tas, m ateri a is, e qu i p ame ntos, i nf orma çõ es e tc. ou um a co m bi n açã o de sse s e l em en tos;
um pro d uto po d e ser ta ng ível (m erca d o r i as ou serviço s) ou in ta ng ível (co nh eci me nto ou conce i to) (FN Q -
Cri téri o s d e Excel ê n cia - o Pau l o, 2 01 1 ).