lesão plexo braquial
1 pág.

lesão plexo braquial


DisciplinaTraumas em Ortopedia26 materiais310 seguidores
Pré-visualização1 página
LESÃO PLEXO BRAQUIAL
causa principal: traumas (especialmente de carros e motos)
causas secundárias: queda, sustentação de carga nos ombros, lesão por arma de
fogo ou objetos cortantes, estiramento, etc
a lesão de clavícula pode ocorrer ao mesmo tempo
é mais comum em homem de 16 a 25 anos
paralisia obstétrica: lesão no nascimento
é provocada pelo estiramento dos troncos nervosos ou avulsão radicular
Erb-Duchene: paralisia alta - 80% dos casos vai comprometer as raízes C5 e C6
Klumpke: compromete C8 a T1
tipos de lesão das raízes nervosas:
avulsão - quebra das raízes
estiramento - alongamento
ruptura
sinais e sintomas: paralisia da abdução e rotação externa do braço associada à
ausência de flexão do cotovelo (Erb) e paralisia completa do membro comprometido
com diminuição da sensibilidade e “mão em garra” (Klumpke)
sintomas gerais: fraqueza muscular, dor, atrofias, encurtamentos musculares, rigidez
articular, etc
comprometimentos funcionais: dificuldade para realizar atividades bimanuais, déficits
e limitações nas ocupações e consequências emocionais, sociais e econômicas
tratamento cirúrgico: tem que saber quais nervos foram afetados e o tipo da lesão,
acompanhamento mais cedo possível (6-12 meses após a lesão) e alguns casos não
haverá recuperação mesmo com cirurgia
enxerto nervoso ou transferência nervosa
T.O.: avaliação física (força muscular, ADM, sensibilidade), coordenação motora,
análise da atividade
principais intervenções: técnicas e exercícios para diminuir a dor