A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Higiene_Pessoal

Pré-visualização | Página 1 de 1

Higiene Pessoal:
Limpeza
· Tome banhos diários, e sempre que sair do seu local de trabalho/aula.
· Mantenha as suas unhas limpas, cortadas e sem verniz. Os microorganismos alojam-se preferencialmente nas unhas, razão pela qual as deve manter curtas e cuidadas. Deve utilizar uma escova para lavar as unhas sempre que lave as mãos. A colocação de creme nas mãos no final do dia de trabalho/aula é aconselhável, para que a sua pele fique alimentada e não grete por acção do calor/desidratação da mesma.
· Lave regularmente as mãos: antes do trabalho e entre tarefas. Sempre que fumar, beber ou comer. 
· Após a utilização dos sanitários, lidar com lixo ou loiça suja, coçar a cabeça ou rosto. Não é de todo aconselhável a colocação das mãos nos bolsos.
· Utilize sempre o lavatório para a lavagem das mãos e não as tulhas da lavagem de loiça, ou lavagem de legumes e ou vegetais.
· No caso dos indivíduos do sexo masculino, deverão apresentar-se no posto de trabalho/aula, devidamente barbeados.
· Não é permitido ás colaboradoras/alunas a utilização de maquiagem durante o serviço.
· Se o comprimento dos cabelos for significativo, aconselha-se que o prendam da melhor forma, para que se evite um possível problema. 
Roupa
· Comece sempre o seu turno de trabalho/aula com a farda e avental limpos e engomados, preferencialmente a farda deverá ser de cor branca, (não se pretende esconder a sujidade).
· A farda deve ser ampla, para que não fique com os movimentos comprometidos. 
· Use um barrete, touca, boné ou lenço, para evitar que o cabelo entre em contacto com as mãos, alimentos ou simplesmente caía nos produtos manipulados por si.
· Retire brincos, relógio, pulseiras ou fios antes de começar a trabalhar/aula.
· Vista o uniforme quando chegar ao trabalho/aula.
· Não transporte para as áreas de serviço malas, sacos ou casacos que habitualmente utiliza na rua.
· Coma e fume só nas áreas designadas para esse fim. Lave sempre as mãos cuidadosamente, reduzindo assim a possibilidade de contaminação através do contacto boca/mãos.
· Mantenha as suas mãos afastadas da boca, nariz, cara. Mas se por um acaso for de todo impossível deverá lavar as suas mãos cuidadosamente.
· Utilize sempre papel de cozinha ou toalhas de papel descartáveis.
· A utilização de panos de serviço é um foco de contaminação, razão pela qual já está proibida.
· Existem regras específicas para o calçado a utilizar no local de trabalho/aula. Devem estar munidos de uma biqueira de aço e sola anti derrapante. 
· Ser apenas utilizados para esse efeito, não sendo permitido a sua utilização no exterior. Sempre que sair deve trocar de roupa e calçado.
Segurança
· Conhecer os planos de emergência e evacuação adoptados. Conhecer as saídas de emergências.
· Saber em que local está situado o quadro eléctrico, e conhecer a sua legendagem, (para que em caso de emergência seja rápido a desligar o disjuntor correspondente).
· Utilizar o equipamento segundo as instruções.
· Não limpar/lavar equipamento sem desligar da tomada.
· Saber sempre qual é o botão “vermelho” (aquele que desliga o equipamento/máquina).
· Não conversar enquanto trabalha com equipamento/máquinas, para que não diminua o seu grau de concentração.
· Ter em atenção o grau de luminosidade do espaço onde está a desempenhar a sua tarefa.
· Quando está a efectuar uma tarefa repetitiva, (ex cortar fiambre), deverá fazer pequenas pausas.
· Respeitar os circuitos/fluxogramas das áreas de serviço.
· Deverá ter formação para a utilização dos extintores.
Higiene no ambiente fabril
· Entende-se por ambiente o conjunto de todas as áreas de apoio, preparação e produção de produtos alimentares.
· Se a higiene de todas as áreas que fazem parte deste conjunto não forem tomadas em consideração, estamos a comprometer toda a operação.
· As áreas envolventes devem manter-se limpas e cuidadas.
· As zonas utilizadas para as cargas e descargas deveram ser pavimentadas, para que sejam de fácil lavagem, uma vez que teremos que as considerar como áreas sujas. Para que este trabalho seja facilitado deverá ter uma inclinação, com calhas previstas para a drenagem/escoamento das águas de lavagem.
· Minimizando assim que os trabalhadores/colaboradores, levem para a zona de produção os microorganismos existentes no exterior.
· Os vestiários e casas de banho, devem estar sempre situados fora das áreas de produção. São espaços que pela sua natureza têm um potencial de risco associado, razão pela qual devem obrigatoriamente estar limpos e desinfectados.
· Existindo áreas específicas para o duche, armários para guardar a roupa/fardas, que nunca deveram estar em contacto, quer com o calçado, quer com as fardas sujas, para que não haja contaminação (estas deveram ser guardadas em saco de plástico para o efeito devidamente fechado evitando assim que a roupa suja esteja em contacto com as fardas limpas), os mesmos deveram estar limpos e arrumados.
· Nas casa de banho, junto á zona de lavagem de mãos deverá existir sabão e desinfectante para as mãos, para que os colaboradores possam lavar as mãos convenientemente após cada utilização dos sanitários.
· As torneiras devem ser ou de pedal ou com o sistema de sensores. Para que após a lavagem/desinfecção das mãos estas não se contaminem através do contacto com o equipamento. 
· Deve existir suportes com papel para que se possa efectuar a secagem das mãos. São de evitar os sistemas eléctricos de secagem das mesmas (os filtros normalmente não são mudados com a regularidade necessária, tornando assim este sistema pouco fiável em termos higiénicos), bem como os sistemas de toalhas ou rolos de pano amovíveis.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.