A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
451 pág.
Economia Vasconcellos

Pré-visualização | Página 3 de 50

Globalização Produtiva e 
Financeira, 382
Questões de revisão, 383 
Questões de múltipla escolha, 384 
Apêndice A: Modelo Mundell-Fleming, 387
15 POLÍTICA FISCAL E SETOR PÚBLICO, 392
1 Introdução, 392
2 O crescimento da participação do setor público na atividade 
econômica, 392
3 As funções econômicas do setor público, 393
3.1 Função alocativa, 394
3.2 Função distributiva, 394
3.3 Função estabilizadora, 394
4 Estrutura tributária, 395
4.1 Princípios de tributação, 395
4.2 Efeitos da política tributária sobre a atividade econômica, 397
5 Conceitos de déficit público, 398
5.1 Conceitos de déficit público, 398
5.2 Financiamento do déficit, 399
5.3 Uma nota sobre déficit público e inflação, 400
5.4 Sustentabilidade da dívida pública. Equivalência 
ricardiana, 400
Questões de revisão, 400 
Questões de múltipla escolha, 401
16 NOÇÕES DE CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, 403
1 Crescimento e desenvolvimento, 403
2 Fontes de crescimento, 404
3 Financiamento do desenvolvimento econômico, 406
X V Í Economia Micro e Macro • Vasconcellos atlas
4 Estágios de desenvolvimento, 407
5 Modelos de crescimento econômico, 408
5.1 Modelo de Solow, 410
6 Estratégias de desenvolvimento, 412 
Questões de revisão, 413
Questões de múltipla escolha, 413
Apêndice matemático: A. Dedução da fórmula básica do modelo
Harrod-Domar, 415 
B. Dedução da fórmula do equilíbrio de estado 
estacionário (steady State) do modelo de Solow, 418
Glossário, 419
Gabarito das questões de múltipla escolha, 432 
índice remissivo, 433
P refácio
Economia - Micro e Macro é uma publicação dirigida a estudantes e profissio­
nais interessados em entender as principais questões econômicas de nosso tempo.
Talvez o principal diferencial desta publicação, relativamente às inúme­
ras já existentes no mercado, seja o estilo mais condensado e direto na apre­
sentação dos conceitos, mas sem deixar de cobrir todos os temas pertinentes a 
um curso de micro e macroeconomia básica. O texto está desenvolvido de 
forma, inclusive, a propiciar o aprendizado ativo e autodidata do leitor. Nesse 
sentido, colocamos na Internet as resoluções dos exercícios apresentados no li­
vro, bem como o conjunto completo de transparências para auxiliar o professor.
Os capítulos seguem a seqüência tradicional dos cursos de Introdução à 
Microeconomia e à Macroeconomia ministrados nas principais escolas de Econo­
mia. Eles contêm questões de revisão e perguntas com alternativas para serem 
escolhidas, retiradas de alguns dos principais concursos públicos do país, como 
Receita Federal, Tesouro Nacional, Banco Central etc., que envolvem a área de 
Economia. O gabarito das perguntas propostas encontra-se ao final do livro.
Nesta quarta edição, mantivemos a estrutura básica do livro, mas promo­
vemos alterações significativas em muitos capítulos. Muitas dessas alterações 
foram fruto de sugestões de professores que adotam o livro, principalmente co­
legas da FEA-USR Na Parte II - Microeconomia - no Capítulo 4 (Aplicações da 
análise microeconômica em políticas públicas), além da discussão da incidên­
cia de um imposto sobre vendas, e da fixação de preços mínimos, desenvolve­
mos um pouco mais os conceitos de externalidades e bens públicos. No Capítulo
6 adicionamos a análise do equilíbrio do produtor, tanto do ponto de vista da 
maximização da produção como da minimização de custos. No Capítulo 7 (Es­
truturas de mercado), ampliamos um pouco mais o tópico de Teoria dos Jogos.
Na Parte III (Macroeconomia), no Capítulo 10 (Determinação do nível de 
renda e produto nacionais: o mercado de bens e serviços), adicionamos um 
apêndice com as teorias modernas sobre a função consumo, enquanto no Capí­
tulo 11 (O Lado Monetário da Economia), atualizamos as definições dos agre­
gados monetários e incluímos o conceito de mecanismo de transmissão da polí­
tica monetária, além da discussão sobre regras e discricionariedade. No Capítu­
X V ll l Economia M icro e Macro • Vasconcellos Btfen
lo 12 (Interligação entre o lado real e o lado monetário - análise IS-LM), amplia­
mos a análise da eficácia das políticas econômicas sob diferentes formas da oferta 
agregada. Por sua vez, no Capítulo 14 (O setor externo), além de adotar a nova 
nomenclatura utilizada pelo Banco Central para os itens do Balanço de Pagamen­
tos, introduzimos uma discussão mais abrangente sobre a taxa de câmbio real e 
desenvolvemos os conceitos de paridade do poder de compra e paridade de taxa de 
juros. Além disso, ampliamos o modelo macroeconômico desenvolvido nos capí­
tulos anteriores, discutindo os efeitos das políticas econômicas no contexto de 
diferentes regimes cambiais. No Capítulo 15 (Política fiscal e setor público), discu­
timos mais pormenorizadamente a questão da dívida e déficit públicos, introdu­
zindo o conceito de “equivalência ricardiana” e sua relação com a sustentabilidade 
da política fiscal. Finalmente, no Capítulo 16 (Noções de crescimento e desenvol­
vimento econômico), introduzimos o chamado Modelo de Solow.
Com essas alterações, o glossário passa a conter os 300 principais concei­
tos econômicos, ou seja, mais 40 conceitos, em relação à 3a edição.
Este livro é o resultado de muitos anos de experiência acadêmica nas seguin­
tes escolas: FEA-USR Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), Instituto Mu­
nicipal de Ensino de São Caetano do Sul (Imes)(pós-graduação), Fundação Getulio 
Vargas (mestrado), e nos cursos de Especialização da Fundação Instituto de Pesqui­
sas Econômicas (Fipe-USP), onde também exerço a atividade de pesquisador.
Não poderia deixar de registrar meus agradecimentos aos Profs. Amaury 
Patrick Gremaud, Raul Cristóvão dos Santos, Roberto Guena de Oliveira e Rudinei 
Toneto Jr., pelas sugestões e comentários apresentados. Mas é preciso destacar 
particularmente a contribuição dos professores Roberto Luiz Troster, da PUC de 
São Paulo, Mareio Bobik Braga, da FEA-USP (campus Ribeirão Preto) e Ulisses 
Ruiz de Gamboa, da Universidade Mackenzie e da FAAP Roberto foi co-autor co­
migo do livro Economia básica, também da Editora Atlas, que foi praticamente o 
embrião deste livro, inclusive mantendo a mesma estrutura dos capítulos; Márcio 
apresentou sugestões valiosas tanto na parte de micro como na parte de 
macroeconomia, e Ulisses ajudou-me, em particular nesta quarta edição, na revi­
são e complementação dos tópicos sobre Teoria dos Jogos, Bens Públicos, Setor 
Externo e Desenvolvimento Econômico, e apresentou preciosos comentários em 
todo o livro.
Todas as alterações processadas nesta edição já foram incorporadas às trans­
parências de apoio às aulas dos professores. Nesse aspecto, agradeço a contri­
buição do Prof. Roberto Name Ribeiro, da Universidade Paulista (UNIP) de 
Brasília, que elaborou o material nas edições anteriores, e ao Prof. Francisco 
Carlos Barbosa dos Santos, das Faculdades São Luís de São Paulo e pesquisador 
da FIPE-Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, que reviu e incorporou às 
transparências as modificações desta 4a edição.
Evidentemente, os erros que porventura tenham ocorrido são de minha 
inteira responsabilidade.
Finalmente, agradeço a todos os estudantes que assistiram a nossas aulas, 
que nos proporcionaram a experiência e a motivação para a elaboração deste 
livro. Sou grato também a minha secretária, Patrícia Pereira, pelos serviços de 
digitação.
O Autor
Parte I
INTRODUÇÃO A 
ECONOMIA
1
Introdução à 
E conom ia
1 CONCEITO DE ECONOMIA
Etimologicamente, a palavra economia vem do grego oikos (casa) e nomos 
(norma, lei). No sentido original, seria a “administração da casa”, que pode ser 
generalizada como “administração da coisa pública” .
Economia pode ser definida como a ciência social que estuda como o indi­
víduo e a sociedade decidem utilizar recursos produtivos escassos, na produção 
de bens e serviços, de modo a distribuí-los entre as várias pessoas e grupos da 
sociedade, com a finalidade de satisfazer às necessidades humanas.
Assim, trata-se de uma ciência social, já que objetiva atender