A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
284 pág.
Seitas e Heresias

Pré-visualização | Página 6 de 18

o receberem como Senhor e Salvador (João 3.16; Rm 10.9,10; At 4.12).
A salvação é pela graça mediante a fé, sendo, portanto, um dom de Deus, não o resultado de boas obras (Ef 2.8,9: Rm 3.24).
MORMONISMO
5. TEMPLO
	As igrejas são usadas para cultos e outras reuniões, enquanto que os templos são utilizados para cerimônias secretas:
a) Batismo (especificamente o batismo pelos mortos).
b) Ordenação e endowments associados do sacerdócio.
c) Cerimônias de casamento.
Os mórmons crêem que as pessoas, além de casarem nesta vida, podem casar-se no templo para a eternidade.
d) Ordenanças de selamento.
Dentre outras há uma que diz respeito a crianças nascidas fora do casamento celestial ou eterno, a fim de serem seladas a seus pais.
MORMONISMO
5. TEMPLO
Requisitos para entrar no Templo
a) Excelente reputação moral.
b) Obediência às autoridades gerais da igreja.
c) Ser dizimista fiel (“integral”).
d) Guardar a palavra da sabedoria (não tomar café, não fumar, não ingerir bebida alcoólica, não usar drogas, não tomar chá preto).
e) Ter uma recomendação por escrito do bispo da sua área.
MORMONISMO
5. TEMPLO
Refutação:
A Igreja Mórmon usa 1 Coríntios 15.29 para provar que seu conceito de batismo pelos mortos é bíblico. Porém, o assunto que Paulo está discutindo não é o batismo pelos mortos, e sim a ressurreição do corpo.
A História indica que havia seitas que praticavam batismo pelos mortos. Paulo está se referindo a elas quando diz: “Doutra maneira, que farão os que se batizam [terceira pessoa do plural] pelos mortos?”.
A Bíblia não fala de uma segunda chance após a morte (Hb 9.27).
Casamento celestial ou eterno é contrário ao que Jesus declarou em Mateus 22.30.
MORMONISMO
6. MORMONISMO E RACISMO
Por muitos anos a posição do mormonismo foi a de que as pessoas de raça negra seriam “inferiores” e “amaldiçoadas” por Deus devido a pecados cometidos antes de nascer. Os negros, segundo o movimento, foram espíritos que não lutaram valentemente a favor de Deus contra Lúcifer. Por esta causa, diz o mormonismo, foram enviados a terra com a pele escura. Esta é a explicação da Igreja Mórmon para a existência da raça negra. Por esta razão os negros foram, por quase
140	anos,	barrados	de	ocupar	uma	posição	de autoridade dentro do mormonismo.
MORMONISMO
6. MORMONISMO E RACISMO
A mudança da visão racista aconteceu em junho de 1978, por causa da construção do templo em São Paulo. Como impedir que um grande número de negros entrasse no prédio se eles ajudaram a construí-lo? A Igreja Mórmon diz que a mudança veio como resultado de uma revelação divina. Entretanto foi por pressões surgidas no Brasil.
Refutação:
a) Se a doutrina do negro no mormonismo fosse de Deus, ela não seria mudada, pois o Deus da Bíblia não muda (Ml 3.6; Tg 1.17).
b) A Bíblia condena o racismo (At 10.34; Cl 3.11; Tg	2.9).
TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
1. HISTÓRIA
1.1. Origem e Desenvolvimento
O fundador da “Sociedade Torre de Vigia”, Charles Taze Russell, nasceu em 16/02/1852 nos Estados Unidos. Com dezoito anos organizou um estudo bíblico e em 1874 fundou formalmente o movimento russelita. Em 1879, começou a publicação do periódico Torre de Vigia de Sião, hoje chamada A Sentinela.
Com a morte de Russell em 1916, o juiz Joseph Franklin Rutherford (1869-1942), tornou-se o segundo presidente da sociedade.
TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
1. HISTÓRIA
1.1. Origem e Desenvolvimento
Foi substituído por Nathan H. Knorr (1905-1977), que demonstrou a sua habilidade organizacional e sob cuja direção houve um grande crescimento numérico. Os adeptos cresceram de 115 mil para 2 milhões. Em 1977, Frederick W. Franz assumiu, estando até hoje.
O quartel-general da “Sociedade Torre de Vigia” fica no Brooklyn, em Nova York.
O primeiro representante da “Torre de Vigia” em nosso país chegou em 1922. Sua sede nacional permaneceu em São Paulo, capital, até 1980. Atualmente a sede nacional encontra-se em Cesário Lange, interior do Estado.
TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
1. HISTÓRIA
1.2. Falsas Profecias
a) Falsas profecias de Russell. A batalha do Armagedom e a vinda de Cristo ocorreriam em 1914. Depois ele mesmo refez o cálculo, e estabeleceu o ano de 1915 e depois o de 1918. Profetizou que até 1914 viria um tempo de tribulação, para que fosse estabelecido o Reino de Deus.
b) Falsas profecias de Rutherford. Rutherford também refez o cálculo, e estabeleceu o ano de 1925 como o início do milênio.
c) Falsas profecias de Knorr e Franz. Em 1946, a organização lançou o livro A Verdade vos Tornará Livres, contendo a base da profecia do Armagedom para 1975.
TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
2. MÉTODO DE TRABALHO E CARACTERÍSTICAS
Os passos das Testemunhas de Jeová até batizar o novo membro:
a) Colocar literatura nas mãos das pessoas através das visitas de casa em casa.
b)	Acompanhar	a	pessoa	com	uma	visita	para averiguar e encorajar o seu interesse.
c) Marcar um “estudo bíblico” no lar, usando um dos livros lançados pela Sociedade.
d)	Levar a pessoa interessada a um “estudo bíblico” semanal no Salão do Reino.
TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
2. MÉTODO DE TRABALHO E CARACTERÍSTICAS
e) Levar aquelas que demonstrarem interesse ao “estudo da Sentinela”.
f) Encorajá-los a que participem da “reunião para nos ajudar a fazer discípulos” e da “Escola do Ministério Teocrático”. Estas duas reuniões são para o treinamento das Testemunhas em seu programa de evangelismo.
g) O último passo é a dedicação da vida a Jeová através do batismo.
TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
2. MÉTODO DE TRABALHO E CARACTERÍSTICAS
A
Testemunha	de	Jeová	não	discorda	em	nada	de	sua
organização.
Visitam de casa em casa para aliciarem novos adeptos e venderem sua literatura. Sua principal mensagem tem sido: “Leia, creia, venda os livros de Russell e Rutherford, fale de Deus como Jeová, e de todas as igrejas como Anticristos, faça isso e será salvo”. Eles não se reúnem em templos, mas nos chamados Salões do Reino.
Dizem que ninguém pode compreender a Bíblia sem a revista Sentinela. Não reconhecem nenhuma versão da Bíblia, além da chamada Tradução do Novo Mundo. Tem como periódicos: Sentinela e Despertai.
TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
3. DOUTRINA
3.1. Trindade.
A doutrina da Trindade é uma “monstruosidade de três cabeças”, de origem satânica. Dizem que a Trindade é uma doutrina pagã desenvolvida por Constantino, imperador romano, no quarto século.
Refutação:
Os cristãos não crêem que haja três deuses em um. Cremos que existem três pessoas, todas da mesma substância, co- iguais, co-existentes e co-eternas. Deus claramente se manifesta numa existência triúna: Gn 1.26; 11.7; Is 6.8; Mt 3.16-17; 2 Co 13.13; Ef 2.18; Hb 9.14; 1 Pe 1.2; 1 Jo 3.23-24.
TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
3. DOUTRINA
3.2. Deus.
O Deus das Testemunhas de Jeová não sabe todas as coisas. Dizem que ele não sabia qual seria o resultado da prova de Abraão, em Gn 22.12, e também desconhecia o que se passava na terra, em Gn 18.20-21. Afirmam que o verdadeiro Deus não é onipresente.
Refutação:
A Bíblia ensina que Deus enche todo o universo (1 Rs 8.27; Jr 23.23-24) e sabe todas as coisas (Dn 2.20-22).
TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
3. DOUTRINA
3.3. Jesus Cristo.
Jesus é apenas um ente espiritual e primeira criatura de Deus; um deus poderoso, mas não o Deus Todo- poderoso; ele era o arcanjo Miguel em seu estado pré- existente, uma divindade inferior a Jeová. Jesus tornou- se Cristo por ocasião do seu batismo e que Jesus de Nazaré não existe mais.
Negam a ressurreição carnal de Cristo. Foi ressuscitado como espírito e seu corpo destruído.
Negam a vinda corporal de Jesus – Ele já veio invisivelmente em 1914, em espírito, assumiu o poder do Reino e começou a reinar no céu.
TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
3. DOUTRINA
Refutação:
Cristo fez-se a si mesmo “igual a Deus” (Jo 5.18) e que “nele habita, corporalmente, toda a Plenitude da Divindade”(Cl 2.9). Cristo mesmo disse ser Ele o grande EU SOU (Jo 8.58 compare com Ex 3.13-16). Jo 1.1 faz três declarações que confirmam a divindade