QUESTÕES DE BIOFÍSICA
4 pág.

QUESTÕES DE BIOFÍSICA


Disciplina<strong>biofísica</strong>219 materiais311 seguidores
Pré-visualização2 páginas
EXERCÍCIO 1
Como se explica o campo eletromagnético na circulação? 
Alguns estágios se passam no campo eletromagnético e no campo gravitacional. No campo eletromagnético ocorrem os estágios 1 e 2 (metabolismo celular das células marca-passos atriais, que disparam um potencial de ação que se propagam através dos feixes nervosos do coração) e no campo gravitacional ocorremos estágios 3 e 4 (essa despolarização do potencial de ação é seguida de contração muscular que ejeta o sangue nos vasos).
Explique o método clássico de Einthoven.
É um método de registro da atividade cardíaca que consiste na utilização de eletrodos, onde cada eletrodo registra separadamente os potenciais locais, que são somados. Einthoven definiu três derivações, conhecidas como derivações bipolares dos membros. As derivações delimitam um triangulo que varia como biotipo (brevelíneo e longilíneo) e com o crescimento do paciente. Através de uma chave de múltiplos canais, o aparelho é ligado e cada derivação é registrada separadamente. 
Descreva as seguintes ondas do eletrocardiograma:
Onda P: quando os átrios estão cheios de sangue, o nó SA dispara, propaga os impulsos e então ocorre a despolarização do átrio.
QRS: indica a velocidade de condução entre átrios e ventrículos.
Onda T: representa a repolarização ventricular.
Onda U: representa a repolarização atrial, muitas vezes não é registrada por ser concomitante a despolarização dos ventrículos.
Exlique a grande e pequena circulação
Pequena circulação é a designação dada à parte da circulação sanguínea na qual o sangue é bombeado para os pulmões e retorna rico em oxigênio de volta ao coração. Em síntese, é uma circulação coração-pulmão-coração. Também é chamada de circulação pulmonar.
Grande circulação é a designação dada à parte da circulação sanguínea na qual sangue do ventrículo esquerdo vai para todo o organismo, através da artéria aorta, e retorna até o átrio direito do coração, pelas veias cavas. Também é chamada de circulação sistêmica. 
Explique as 4 propriedades do regime estacionário.
A circulação sanguínea é um sistema fechado com volume circulatório em regime estacionário, ou seja, o sangue está contido em um sistema de bomba hidráulica e vasos condutores, sem vazamento (fechado), e o que entra de um lado é igual ao que sai do outro lado (estado estacionário, o fluido que entra é igual ao que sai). Propriedades:
Estado estacionário: o fluido que entra é igual ao que sai.
Fluxo: a quantidade de líquido que entra é a mesma que sai.
Energética: a velocidade de circulação diminuiu à medida que o diâmetro aumenta.
Quando ocorre a quebra do regime estacionário?
Quando ocorre quebra do regime estacionário, ocorre uma quebra na harmonia relacionada à entrada e saída de fluido. Um exemplo é o edema pulmonar, também chamado de edema agudo do pulmão. A quantidade de sangue que entra na pequena circulação é maior que a quantidade que sai, podendo ser causado por falha na bomba cardíaca; o acúmulo de sangue impede as trocas gasosas e tende a sair pelos alvéolos
O que é Fístula arteriovenosa?
É um acesso utilizado para a realização do tratamento de hemodiálise, uma ligação entre uma veia e uma artéria feita através de cirurgia simples com anestesia local.
Diferencie fluxo laminar de fluxo turbilhonar.
Fluxo laminar: Ocorre quando as partículas de um fluido se movem ao longo de trajetórias bem definidas, com velocidade aproximadamente constante em cada ponto do fluido. É o tipo de fluxo onde existe um mínimo de agitação das várias camadas e se move sem que haja mistura de camadas e variação de velocidade.
Fluxo turbulento: Ocorre quando as partículas de um fluido não se movem ao longo de trajetórias bem definidas, ou seja, as partículas descrevem trajetórias irregulares, com movimento aleatório, produzindo uma transferência de quantidade de movimento entre regiões de massa líquida. As partículas apresentam movimento caótico.
Quais alterações de pressão hidrostática podem ocorrer no sistema cardíaco?
Dilatação arteriolar ou constrição venular, em ambos os casos ocorre aumento da pressão hidrostática e aumento da pressão venosa, o que também causa o aumento da pressão hidrostática.
Do ponto de vista microscópico, qual a diferença entre escoamento laminar e turbilhonar.
No escoamento laminar o líquido é escoado lentamente e é possível ver regularidade das camadas concêntricas ou lâminas de fluido. No escoamento turbilhonar o líquido é escoado com máxima velocidade, de forma irregular, formando redemoinhos, turbilhões. 
Quais fatores influenciam no escoamento do sangue?
A equação do fluxo de um fluido foi elaborada por Poiseuielle, onde a pressão, o raio, o comprimento do tubo e a viscosidade serão os fatores apontados como influenciadores do fluxo.
Explique os dois hemiciclos que compõe a respiração.
1 ciclo respiratório é composto por 2 hemiciclos: inspiração e expiração
1° Hemiciclo \u2013 Inspiração: o ar atmosférico é aspirado para o pulmão, onde entra em contato com o sangue e o O2 é absorvido.
2° Hemiciclo \u2013 Expiração: o ar pulmonar é expelido para o ambiente, carreando o CO2 para fora.
Descreva a alteração na pressão interpleural denominado pneumotórax.
O espaço pleural pode ser ocupado, em situações patológicas, por ar (pneumotórax) ou líquido (derrame pleural, hemotórax). No pneumotórax ocorre uma modificação da pressão intrapleural, ocorre quando o ar penetra no folheto intrapleural devido à perfuração da(s) pleura(s), gerado por trauma (ferimentos, costelas partidas). Com a entrada de ar para dentro do tórax, o pulmão não consegue se expandir, pois não há pressão negativa necessária para mantê-lo insuflado. 
O que é tensão superficial?
A tensão superficial é força que deve ser feita para que ocorra penetração de um corpo 	sobre uma superfície líquida.
EXERCÍCIO 2
 Defina termodinâmica.
É o estudo das leis que regem as relações entre calor, trabalho e outras formas de energia. Ela estuda como a variação de temperatura, pressão e volume interfere nos sistemas físicos.
Diferencie energia interna de energia externa.
A energia externa está relacionada com o movimento do sistema através do espaço e sua posição no campo gravitacional. Já a energia interna está relacionada com as atrações intermoleculares, movimentos de rotação, translação e vibração de moléculas, íons e de núcleos que compõem os átomos (composição química). 
Cite as propriedades extensivas e intensivas.
As propriedades intensivas independem da massa e são representadas por: pressão, temperatura, voltagem, viscosidade. Já as propriedades extensivas dependem da massa, são elas: volume, quantidade de matéria, densidade, quantidade de energia.
Conceitue as unidades da termodinâmica.
As mais utilizadas são joule, volts, kilograma.
 Explique a primeira lei da termodinâmica.
Descreve a conservação da energia. A energia não pode ser criada ou destruída, somente convertida. Constata que toda transformação de energia é acompanhada de produção de energia térmica (calor) e que o calor pode ser transformado em trabalho e vice-versa. 
Defina a segunda lei da termodinâmica.
Descreve a transformação de energia. A energia, espontaneamente, sempre se desloca de níveis mais altos para níveis mais baixos, ou seja, de onde tem mais (matéria/energia) vai para onde tem menos.
O que é entropia?
Entropia é uma grandeza termodinâmica, geralmente associada ao grau de desordem; é uma medida da energia que não pode ser convertida em trabalho.
Diferencie entropia de entalpia.
Entalpia é uma grandeza física definida como a energia máxima de um sistema termodinâmico (energia interna), que pode ser removida deste sob a forma de calor. A variação de entalpia corresponde ao calor envolvido em transformações que ocorrem a uma dada pressão constante. Já a entropia está associada ao grau de desordem. 
O que é energia livre?
Energia Livre é a energia da qual o processo dispõe para realizar trabalho útil, e pode ser usada para indicar a espontaneidade da reação.
 Diferencie reação exotérmica