Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Instrumental

Pré-visualização | Página 1 de 1

Instrumental cirúrgico.
· Bisturi – É formado por uma 
cabo e uma lamina, onde o cabo serve p/ encaixe da lamina, p/ promover melhor apoio na realização de uma incisão.
Há varias numerações, sendo a + utilizada a n° 4; essas laminas tbm possuem varias numerações e são elas as responsáveis pela realização da incisão.
Posicionamento do bisturi – pode ser empunhado como um lápis ou como um arco de violino, afim de promover uma incisão única e magistral.
· Tesoura cirúrgica – Podem 
ser classificadas de acordo c/:
Tipo de ponta:
· Romba-romba – pode ser utilizada p/ realizar divulcionamento.
· Afiada-afiada
· Afiada-romba
Forma de lamina:
· Reta
· Curva
Borda de corte:
· Simples
· Serrilhada
Posicionamento da tesoura – pode ser empunhada pela introdução das falanges distais dos dedos anular e polegar em suas argolas. Onde o dedo indicador proporciona precisão do movimento e o dedo médio aux na estabilidade da mesma na mão.
Instrumentais de pressão
· Pinça de Adson – possui uma 
extremidade distal estreita, tendo assim uma menor superfície de contato, sendo usada + em cirurgias delicadas {ex: pediátricas}. Tem 3 versões:
Atraumatica: tem ranhuras finas e transversais na face interna de sua ponta.
Traumática: Tem endentações e um sulco longitudinal em sua ponta
Dente-de-rato: Considerada + traumática, deve ser a ultima a ser utilizada p/ a preensão de aponeurose.
· Pinça anatômica – tem 
ranhuras finas e transversais, c/ utilização universal.
· Pinça dente-de-rato – 
apresenta dentes em sua extremidade; sendo utilizada na preensão de tec + grosseiros, como plano muscular, em aponeurose ñ é recomendada.
Instrumentais de hemostasia
· Kelly e Crile – tem 2 versões:
Reta: tbm chamada de pinça de reparo, utilizada p/ pinçamento de material cirúrgico. {ex: fios e drenos de borracha}.
Curva: destinada ao pinçamento de vasos e tec pouco grosseiro.
#As ranhuras transversais da pinça de crile estão presente em toda a sua face interna de sua ponta; enquanto a kelly estendem-se aproximadamente ate a metade.
· Pinça Halsted (mosquito) – 
destinada ao pinçamento de vasos de pequeno calibre, devido ao seu tamanho reduzido.
· Pinça Mixter – apresenta 
ponta em ângulo quase reto (90°) em relação ao corpo.
Amplamente utilizada p/ passagem de fios ao redor de vasos p/ ligaduras, dissecação de vasos e entre outros.
· Kocher – ñ é habitualmente 
empregada p/ hemostasia, uma vez q tem dentes em sua ponta. Seu uso é na preensão e tração de tec grosseiros.
Instrumentais de síntese
· Porta agulha de Mayo-Hegar 
muito semelhante as tesouras e pinça, pois apresenta argolas p/ a sua empunhadura e tem uma cremalheira (trava) p/ seu fechamento auto-estático.
É + utilizada p/ síntese em cav, sendo empunhada da mesma forma descrita p/ instrumentais argolados ou de forma empalmada.
· Porta agulha de Mathieu – 
tem hastes curvas, semelhantes a um alicate, c/ cremalheira pequena. 
Muito utilizada em suturas de tec superficiais, como pele em cirurgias plásticas ou em cirurgias odontológicas. Sendo empunhada de forma empalmada.