A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
Exercicio modulo1 -Acesso à Informação

Pré-visualização | Página 2 de 3

reclamações, solicitações de providências administrativas e consulta - os servidores responsáveis devem indicar o canal adequado ou, se possível, redirecionar a demanda internamente para o tratamento pertinente.
Correlacione os conceitos e suas definições:
	Situação na qual o cidadão deseja receber do poder público um pronunciamento sobre uma condição hipotética ou concreta bastante específica, em que é necessária uma análise (por vezes jurídica) do contexto em que o cidadão se encontra.
	Resposta 1
	Demonstração de insatisfação relativa a algum serviço público.
	Resposta 2
	Demanda direcionada aos órgãos e entidades da Administração Pública que tenha por objeto um dado ou informação.
	Resposta 3
	Requerimento de adoção de providência por parte da Administração.
	Resposta 4
	Comunicação de prática de ato ilícito cuja solução dependa da atuação de órgão de controle interno ou externo.
	Resposta 5
Feedback
Sua resposta está correta.
Abaixo segue a correlação dos conceitos e suas respectivas definições:
· Consulta é a situação na qual o cidadão deseja receber do poder público um pronunciamento sobre uma condição hipotética ou concreta bastante específica, em que é necessária uma análise (por vezes jurídica) do contexto em que o cidadão se encontra.
· Reclamação é a demonstração de insatisfação relativa a algum serviço público.
· Pedido de acesso à informação é a demanda direcionada aos órgãos e entidades da Administração Pública que tenha por objeto um dado ou informação.
· Solicitação de Providências Administrativas é o requerimento de adoção de providência por parte da Administração.
· Denúncia é a Comunicação de prática de ato ilícito cuja solução dependa da atuação de órgão de controle interno ou externo.
Caso ainda tenha dúvidas, revise o assunto no subtópico "O que não é pedido de Acesso?”.
Questão 8
Correto
Atingiu 4,00 de 4,00
Remover rótulo
Texto da questão
A respeito dos recursos e prazos estabelecidos pelo Decreto nº 7.724/2012, assinale a única alternativa correta:
 
a. O órgão ou entidade possui 30 dias para responder ao pedido inicial, prorrogáveis por igual período.
b. Diante de negativa de acesso à informação, o requerente pode recorrer apenas à autoridade máxima do órgão e à CGU.
c. Quando o órgão se omite no pedido inicial, o cidadão deve procurar o Ministério Público Federal para garantir a resposta. 
d. O cidadão deve recorrer em até cinco (5) dias, contados do recebimento da resposta. A Administração tem dez (10) dias para responder aos recursos, em regra.
e. A Comissão Mista de Reavaliação de Informações (CMRI) emite sua decisão até a terceira reunião ordinária subsequente à interposição do recurso. 
Parabéns, esse é o item correto. A CMRI é a última instância administrativa da Lei de Acesso à Informação e deve decidir os recursos interpostos contra as decisões emitidas pela CGU. Essas decisões devem ocorrer até a terceira reunião ordinária subsequente à interposição do recurso.
Feedback
Sua resposta está correta.
A alternativa E está correta. Quando o cidadão faz um pedido de acesso à informação, a Administração tem vinte dias para protocolar a resposta (prorrogáveis por mais 10), caso não seja possível a disponibilização imediata da informação solicitada. Se a entidade não responde ao pedido, o cidadão pode protocolar a chamada “reclamação” perante a autoridade de monitoramento da LAI. Se a omissão permanecer, o requerente pode interpor “reclamação infrutífera” perante a CGU.
Diante de negativa de acesso à informação, existem quatro instâncias recursais em que o cidadão pode ter seu pedido reavaliado. São elas: a autoridade hierarquicamente superior ao responsável pela resposta, a autoridade máxima da entidade, a CGU e a CMRI. O cidadão sempre tem 10 dias para interpor recurso; a Administração, em regra, tem cinco dias para se manifestar, com a exceção da CGU, quando opta por solicitar esclarecimentos adicionais, e da CMRI.
O Decreto nº 7.724/2012 facultou à CGU a possibilidade de solicitar esclarecimentos adicionais aos órgãos/entidades recorridos nos casos considerados mais complexos. Nessas situações, a decisão deve ser emitida em até 30 dias (prorrogáveis por mais 30) após o recebimento dos esclarecimentos adicionais considerados satisfatórios (Lei nº 9.784/1999).
Já a CMRI deve emitir decisão até a terceira reunião ordinária subsequente à interposição do recurso. Caso ainda tenha dúvidas, revise o assunto no subtópico “Recursos à CMRI”.
Questão 9
Correto
Atingiu 4,00 de 4,00
Remover rótulo
Texto da questão
A CGU é a terceira instância administrativa da Lei de Acesso à Informação. Quando um recurso é interposto perante a CGU, ela pode se manifestar em cinco dias, em casos menos complexos, ou pode decidir por solicitar esclarecimentos adicionais ao órgão recorrido. O Ouvidor-Geral da União, autoridade competente para julgar os recursos de 3ª instância da LAI, pode decidir por um dos seguintes encaminhamentos: perda do objeto, desprovimento, acolhimento, não conhecimento e provimento.
Correlacione os tipos de decisão que a CGU pode tomar como instância recursal com suas respectivas definições:
	São os casos em que a informação é fornecida espontaneamente pelo próprio recorrido antes de a CGU decidir o recurso.
	Resposta 1
	A CGU entende que as razões da negativa são adequadas, nos termos legais.
	Resposta 2
	Diante da omissão reiterada, a CGU determina que o órgão preste uma resposta ao cidadão.
	Resposta 3
	O recurso sequer é conhecido por não tratar de pedido de acesso à informação (denúncia, reclamação ou consulta, por exemplo), ou por não atender a alguma exigência básica que possibilite a sua análise pela CGU, como, por exemplo, ter sido apresentado no prazo.
	Resposta 4
	Determina que a informação seja fornecida.
	Resposta 5
Feedback
Sua resposta está correta.
Abaixo são apresentados os tipos de decisão e sua respectiva definição:
· Provimento - Determina que a informação seja fornecida.
· Provimento parcial - Determina que apenas parte da informação seja fornecida.
· Desprovimento - A CGU entende que as razões da negativa são adequadas, nos termos legais.
· Não conhecimento - O recurso sequer é conhecido por não tratar de pedido de acesso à informação (denúncia, reclamação ou consulta, por exemplo), ou por não atender a alguma exigência básica que possibilite a sua análise pela CGU, como, por exemplo, ter sido apresentado no prazo.
· Perda de objeto - São os casos em que a informação é fornecida espontaneamente pelo próprio recorrido antes de a CGU decidir o recurso.
· Perda parcial de objeto - São os casos em que parte da informação é fornecida espontaneamente pelo próprio recorrido antes de a CGU decidir o recurso.
· Acolhimento - Diante da omissão reiterada, determina que o órgão preste uma resposta ao cidadão.
Caso ainda tenha dúvidas, revise o assunto no subtópico "Tipos de Decisão da CGU”.
Questão 10
Correto
Atingiu 4,00 de 4,00
Remover rótulo
Texto da questão
A respeito da inovação em sede recursal, julgue o trecho a seguir:
Em regra, o objeto do pedido não pode ser alterado nas instâncias recursais. Contudo, esse entendimento pode ser flexibilizado, caso o atendimento do novo pedido seja simples ou de natureza complementar ao requerimento inicial. 
Escolha uma opção:
Verdadeiro 
Falso
Feedback
Muito bem, o item é verdadeiro. De fato, a CGU reconhece que a regra da inovação em sede recursal pode ser flexibilizada, em atendimento aos princípios da eficiência e da celeridade. Isto é, recomenda-se que as inovações em sede recursal sejam acolhidas, nos casos em que a Administração estiver em condições de atender ao pedido do cidadão no prazo, sem que ele precise interpor novo pedido de acesso à informação.  Caso ainda tenha dúvidas, revise o assunto no subtópico "Inovação Recursal”.
Parte inferior do formulário
Terminar revisão
de interesse coletivo
de interesse particular
produzidas
acumuladas
Consulta
Reclamação
Pedido de acesso à informação
Solicitação de Providências Administrativas
Denúncia
Perda do objeto
Desprovimento
Acolhimento

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.