A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
12 pág.
ADMINISTRAÇAO INTEGRADA QUESTIONÁRIO UNIDADE II

Pré-visualização | Página 1 de 4

 Pergunta 1 
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	 As quatro qualidades-chave que formam a firmeza emocional são: 
• Autenticidade: ser autêntico significa ser real, não uma imitação. Uma pessoa autêntica não usa máscaras, é o que faz e fala, não é dissimulada. Para haver confiança, é necessário autenticidade. Assim, o líder elimina barreiras e cria condições para que as coisas aconteçam. 
• Consciência de si próprio: quando o líder se conhece, ele se sente à vontade com seus pontos fortes e administra os pontos de melhorias, transformando seus erros em aprendizado e crescimento pessoal. É importante ter a consciência de que dificilmente um líder é impecável para executar todas as atribuições, como liderança tecnológica, administrativa, organizacional, operacional, comercial, entre outras; porém, pode implantar mecanismos que auxiliem na execução de suas responsabilidades, reconhecendo suas deficiências. 
• Autocontrole: um dos comportamentos essenciais para o autocontrole de um líder é manter o ego equilibrado, além da humildade. O controle sobre as mudanças, as ideias, a flexibilização e a adaptação é fundamental para a sua autoconfiança; isso facilita o diálogo, as relações e a execução dos assuntos desconhecidos. Assim, o líder não terá receios de dizer “eu não sei”, buscando apoio frequentemente, adquirindo suporte para correr riscos, sem ficar se lamentando ou se sentindo vítima do processo, e terá certeza de que é capaz de solucionar as adversidades. 
• Humildade: é sabido que quanto mais pudermos conter nosso ego, mais realistas seremos sobre nossos problemas. Admitir que não temos todas as respostas, saber ouvir e aprender com outras pessoas são ótimos começos para o sucesso na execução. 
Marque a alternativa correta: 
	
	
	
	
		Resposta Selecionada: 
	e. 
São as quatro qualidades-chave que formam a firmeza emocional de um líder executor. 
	Respostas: 
	a. 
São as quatro qualidades-chave que formam a firmeza emocional de um CEO. 
	
	b. 
São as quatro qualidades-chave que formam a firmeza emocional de uma secretária executiva. 
	
	c. 
São as quatro qualidades-chave que formam a firmeza emocional de um executivo de vendas. 
	
	d. 
São as quatro qualidades-chave que formam a firmeza emocional de um gerente de fábrica. 
	
	e. 
São as quatro qualidades-chave que formam a firmeza emocional de um líder executor. 
	Feedback da resposta: 
	Resposta: E 
Comentário: embora todos os profissionais tenham que se pautar pelas qualidades-chave de liderança, o contexto da pergunta generaliza e direciona a resposta para líder executor. 
	
	
	
 Pergunta 2 
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	 Peter Drucker lançou o livro The future of industrial man (1943) e recebeu um convite para estudar por dois anos na General Motors, a maior empresa do mundo na época. Após inúmeros estudos sobre o processo de tomada de decisão e distribuição do poder, lançou outro livro, em 1950, que seria a nova ruptura na gestão de empresas, Prática de administração de empresas (1981), em que integrava o planejamento estratégico ao marketing e às finanças das organizações. 
A partir dos estudos de Peter Drucker, obtemos as seguintes inferências: 
I- O modelo proposto por P. Drucker foi essencial para uma nova forma de entender e atuar na gestão das empresas, unindo todos os assuntos corporativos em um pensamento único. 
II- Com a expressão “trabalhador do conhecimento”, Peter Drucker deu início à valorização e a uma nova dimensão da função do trabalhador, reconhecendo a importância de seu conhecimento, suas habilidades e seu potencial de realização individual. 
III- Transformou a forma como as lideranças passaram a encarar seus recursos humanos. 
IV- Essa visão foi a base da revolução do Japão do pós-guerra, em pleno processo de recuperação de um país devastado, dando origem à gestão da qualidade total (TQM) e juntando-se a outros estudiosos, como Edward Deming e Joseph Juran. 
	
	
	
	
		Resposta Selecionada: 
	b. 
I, II, III e IV são verdadeiras. 
	Respostas: 
	a. 
I, II, III e IV são falsas. 
	
	b. 
I, II, III e IV são verdadeiras. 
	
	c. 
I e IV são verdadeiras. 
	
	d. 
II e III são verdadeiras. 
	
	e. 
I e II são verdadeiras. 
	Feedback da resposta: 
	Resposta: B 
Comentário: todas as alternativas são verdadeiras porque correspondem ao trabalho de Peter Drucker. Esse modelo foi essencial para uma nova forma de entender e atuar na gestão das empresas, unindo todos os assuntos corporativos em um pensamento único. Com a expressão “trabalhador do conhecimento”, Peter Drucker deu início à valorização e a uma nova dimensão da função do trabalhador, reconhecendo a importância de seu conhecimento, suas habilidades e seu potencial de realização individual. Transformou, assim, a forma como as lideranças passaram a encarar seus recursos humanos. Essa visão foi a base da revolução do Japão do pós-guerra, em pleno processo de recuperação de um país devastado, dando origem à gestão da qualidade total (TQM) e juntando-se a outros estudiosos, como Edward Deming e Joseph Juran. 
	
	
	
 Pergunta 3 
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	As organizações, há décadas, constroem estratégias com foco em melhores resultados e, se possível, lineares ao longo dos anos, tendo como entrave a amplitude sucessiva da concorrência e da competitividade. Pensando em uma solução, Michael Porter foi o que melhor soube catalisar e deduzir os impactos do modelo tradicional de gestão em termos estratégicos. Porter define cinco forças competitivas que determinam a rentabilidade de um negócio. São as cinco forças: 
	
	
	
	
		Resposta Selecionada: 
	c. 
Rivalidade entre os concorrentes, poder de barganha dos clientes, poder de barganha dos fornecedores, ameaça de novos entrantes e ameaça de produtos substitutos. 
	Respostas: 
	a. 
Enfoque e liderança no marketing, diferenciação, rivalidade entre concorrentes, ameaça de produtos substitutos e concorrentes na indústria. 
	
	b. 
Diferenciação, enfoque no custo, ameaça de produtos substitutos, poder de barganha dos fornecedores e rivalidade entre os concorrentes. 
	
	c. 
Rivalidade entre os concorrentes, poder de barganha dos clientes, poder de barganha dos fornecedores, ameaça de novos entrantes e ameaça de produtos substitutos. 
	
	d. 
Poder de barganha dos clientes, poder de barganha dos fornecedores, diferenciação, enfoque e liderança no marketing e concorrentes na indústria. 
	
	e. 
Rivalidade entre os concorrentes, poder de barganha dos clientes, poder de barganha dos fornecedores, enfoque no custo e diferenciação. 
	Feedback da resposta: 
	Resposta: C 
Justificativa: considerado um dos mais significativos pensadores da economia contemporânea, Porter criou, como professor da Harvard Business School, o modelo das cinco forças, que tem como premissa e fundamento o melhor posicionamento da organização diante dos concorrentes em sua cadeia de valor. 
	
	
	
 Pergunta 4 
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	Com a expansão da era digital, com a internet das coisas e os sensores cada vez menores, mais poderosos e mais acessíveis, somados à inteligência artificial e robótica, aos veículos autodirigidos, à impressão 3D, à nanotecnologia, à biotecnologia, ao computador quântico e às máquinas que aprendem ( machine learning), as organizações serão obrigadas a adotar, mais uma vez, uma nova mentalidade de gestão, desconstruindo os clássicos modelos de sistema de produção, consumo, logística e distribuição; e seus líderes terão que descobrir formas diferenciadas de gerenciar seus talentos. Klaus Schwab descreve com maestria três elementos que tornaram o movimento da 4ª Revolução Industrial incomparável: velocidade, amplitude e profundidade, impacto sistêmico. 
Dentre as alternativas, aponte a correta, correspondente ao impacto sistêmico: 
	
	
	
	
		Resposta Selecionada: 
	a. 
A atual revolução envolve a transformação de sistemas inteiros entre (e dentro de) países, organizações, indústrias e sociedades como um todo. Sua abrangência não mais se limita a determinado espectro de mercado, é global e ilimitada. 
	Respostas: 
	a.