A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
A Lei Eloy Chaves promulgada em 1923

Pré-visualização | Página 1 de 1

A Lei Eloy Chaves promulgada em 1923, conhecida como o nascimento da Previdência Social Brasileira, foi um marco nas políticas sociais. Foi a primeira grande conquista dos trabalhadores, com a criação das Caixas de Aposentadorias e Pensões para os empregados das empresas ferroviárias. A conquista inicial foi para os ferroviários, e logo depois se expandiu para as demais profissões. Lei esta que não foi fruto de generosidade, mas que surgiu das greves dos ferroviários, que só priorizou a profissão pelo o grande poder que eles tinham em suas mãos, por que não haver muitas opções de estradas, sendo as estradas de ferro a principal delas. Então para a aplacar a insatisfação dos ferroviários a lei Eloy Chaves foi aprovada, o grande marco da previdência.
Mesmo sendo apenas no setor privado essa lei foi de suma importância pois foi o alicerce para o setor público. O papel do Estado até o momento era apenas a regulamentação dos papeis da Caps – Caixa de Aposentadoria e Pensões.
O segundo grande passo foi a extensão das Caps para outros ramos, que no Governo de Getúlio Vargas passou a se chamar IAP fazendo parte agora do setor público. Enquanto o CAP cuidava das aposentadorias de uma única empresa, o IAP beneficiavas todas as categorias.
Em 1960 aconteceu a unificação do CAPs e os IAPs, onde foi definido a fixação de um valor máximo para benefícios e contribuições. Em 1966 entra em extinção das CAPs e dos IAPs, porque foi unificado com Instituto Nacional do Seguro Social (INPS) que em 1990 foi substituído pelo o atual INSS.​