A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
20 pág.
informatica_basica_2_-_editor_

Pré-visualização | Página 1 de 3

INFORMÁTICA BÁSICA 2
EDITOR DE TEXTO
A editoração de textos é uma das tarefas mais executadas na utilização de 
um computador. Muitos editores de textos existem no mercado e praticamente 
todos seguem os mesmos padrões de execução, possuindo as mesmas 
ferramentas e formas de trabalhar.
É comum a utilização dos vários editores de textos existentes no mundo 
para redigir um texto, carta, relatórios, entrevistas, trabalhos, projetos e muitos 
outros documentos.
Nesta etapa você irá conhecer as funcionalidades dos editores de textos 
e suas funções básicas. Inicialmente serão vistas as funções para elaboração 
de um documento simples, sem recursos avançados. Após a elaboração do 
documento, serão aplicadas as funções de formatação, apresentadas suas 
ferramentas e funções avançadas.
APRESENTAÇÃO
Coordenação
Greisse Moser 
Badalotti
Reitor da 
UNIASSELVI
Prof. Hermínio Kloch
Pró-Reitora do EAD
Prof.ª Francieli Stano 
Torres
Autora
Greisse Moser 
Badalotti
Edição Gráfica 
e Revisão
UNIASSELVI
 CURSO LIVRE - INFORMÁTICA BÁSICA 2 - EDITOR DE TEXTO
EDITOR DE TEXTO
.02
1 O QUE É UM EDITOR DE TEXTO
O editor de texto é um programa (software) que permite a criação e/ou 
manipulação de textos com recursos simples ou avançados, no qual o usuário 
tem acesso a diversos recursos de digitação e formatação.
Existem editores de texto pequenos e simples, enquanto outros permitem 
que o usuário utilize recursos e funcionalidades amplas e complexas. A escolha 
de um deles vai depender da sua necessidade. Portanto, vamos conhecer de 
forma genérica as suas respectivas funções.
Alguns dos editores de texto que podemos citar são: Writer, do Linux; 
Word, da Microsoft; e Pages ou TextEdit, da Apple.
A partir de agora você irá conhecer genericamente os editores de 
texto, de tal forma que, com o conhecimento adquirido, seja possível utilizar 
qualquer um deles. Vamos começar mostrando o ambiente de trabalho do 
Word, editor de texto do Windows, como exemplo.
 CURSO LIVRE - INFORMÁTICA BÁSICA 2 - EDITOR DE TEXTO
FIGURA 1 – TELA DO WORD
FONTE: A autora
Os ambientes de trabalho dos editores de textos podem ser detalhados 
da seguinte forma: 
• barra de ferramentas: nesta barra encontram-se botões que substituem comandos 
que se encontram nos menus dos editores de textos. Podemos chamar estes 
botões de atalhos;
• barra de título: mostra o nome do arquivo que está sendo digitado/editado, 
seguido do nome do aplicativo utilizado (neste caso, Microsoft Word);
• barra de menus: lista de todos os comandos do editor de texto. Para se ter acesso 
a estes comandos, basta clicar sobre o nome deles;
• régua horizontal: serve para se ter uma ideia das medidas que o texto utiliza, tais 
como: tabulações, recuos e margens de parágrafos;
• área de edição do texto: a área de edição é o local onde o texto é digitado e/ou 
editado.
1.1 OPERAÇÕES MAIS UTILIZADAS NO EDITOR DE TEXTO
Para abrir um documento em branco no Word, você vai clicar em Arquivo 
– Novo – Documento em branco – Criar, como pode ser visualizado na figura:
 CURSO LIVRE - INFORMÁTICA BÁSICA 2 - EDITOR DE TEXTO
FIGURA 2 – NOVO DOCUMENTO
FONTE: A AuTOrA
1.2 DIGITANDO O TEXTO
A digitação de um texto é simples e fácil. Por exemplo, para iniciar um 
novo parágrafo, é necessário apenas teclar <ENTER>. A mudança de uma linha 
para outra no mesmo parágrafo é gerenciada automaticamente. Como estamos 
começando a trabalhar com o editor de texto, não vamos nos preocupar com 
a formatação do texto, pois isso será visto mais adiante.
1.3 VERIFICAÇÃO ORTOGRÁFICA
A maioria dos editores de texto já vem com corretor ortográfico 
automático. O que significa isso? Ele corrige a palavra automaticamente, 
porém muitas palavras podem ficar sublinhadas de vermelho, pois a verificação 
ortográfica entende como sendo uma palavra incorreta. 
Mas então, como fazer essa correção?
Você clica em cima da palavra que está sublinhada de vermelho com 
o botão direito e várias sugestões irão aparecer. Então, você clica na mais 
adequada ao seu texto. Às vezes a palavra é um nome de uma pessoa, 
portanto o corretor não vai identificar, você pode desconsiderar, pois na hora 
da impressão este sublinhado vermelho não irá aparecer. 
Vejamos o exemplo conforme a figura:
 CURSO LIVRE - INFORMÁTICA BÁSICA 2 - EDITOR DE TEXTO
FIGURA 3 – EXEMPLO: CORRIGINDO UMA PALAVRA
FONTE: A AuTOrA
1.4 SALVANDO UM ARQUIVO
Para salvar um arquivo no Word você deve clicar em Arquivo – Salvar. 
Quando você fizer essa ação pela primeira vez, a seguinte janela se abrirá:
 CURSO LIVRE - INFORMÁTICA BÁSICA 2 - EDITOR DE TEXTO
FIGURA 4 – TELA SALVAR ARQUIVO
Lembre-se, aqui é o momento em que você localiza e salva o arquivo 
dentro da pasta criada, conforme vimos na Etapa 1. 
Depois de o documento ser salvo a primeira vez, não aparecerão mais 
as opções descritas. Neste caso, sempre que você salvar, irá sobrepor às 
alterações que foram efetuadas. Se você não fez alterações e mandar salvar, 
nada acontecerá (VALDAMERI, 2002).
Toda vez que você modificar algo no arquivo deve salvar, mas para o 
Word você pode usar o atalho executando o comando CTRL + B.
Se depois de salvar o documento você quiser salvar no pendrive ou 
em outra pasta, deve seguir os seguintes passos que são semelhantes em 
qualquer editor: com o mouse, clique sobre o menu Arquivo ou ícone que 
represente esta operação. Uma lista de comandos será aberta. Neste caso, 
devemos selecionar nessa lista a opção Salvar Como, em que novamente 
aparecerá a caixa de diálogo descrita anteriormente.
FONTE: A autora
 CURSO LIVRE - INFORMÁTICA BÁSICA 2 - EDITOR DE TEXTO
FIGURA 5 – REPRESENTAÇÃO TELA ABRIR 
Se o arquivo estiver na pasta corrente (arquivos que estão listados na 
janela), clique sobre o mesmo e clique no botão Abrir. 
Para trocar de pasta e localizar seu documento, você pode clicar na 
seta de seleção. Então será mostrada uma janela na qual a estrutura da pasta 
será apresentada e será possível a visualização de outros documentos após 
a pasta ser selecionada.
1.6 CONFIGURAÇÃO DE PÁGINA
Os editores de texto mais simples não permitem configurar páginas, 
ou então existem poucas opções desse tipo. Em editores mais completos, a 
configuração da página de um documento pode ser feita antes, durante ou 
após a digitação, com recursos avançados. Você precisará encontrar no seu 
editor a opção, que pode ser no menu ou um ícone, para configuração de 
página, sendo que normalmente são utilizadas as nomenclaturas “configuração 
de página” ou “layout da página”.
1.5 ABRIR UM ARQUIVO
Para abrir um documento, vá ao menu Arquivo ou ícone que representa 
esta operação e procure pela opção Abrir. Aparecerá uma caixa de diálogo semelhante 
à demonstrada na figura a seguir:
FONTE: A autora
 CURSO LIVRE - INFORMÁTICA BÁSICA 2 - EDITOR DE TEXTO
FIGURA 6 – CONFIGURAÇÃO DE PÁGINA
Para colocar margens específicas, como, por exemplo, um paper exige, 
você deve clicar em margens personalizadas, então se abrirá a tela a seguir:
Após esse primeiro passo, você poderá modificar as margens, as medidas 
do documento atual e várias outras configurações. Em alguns editores 
aparecem sugestões de margens para o documento, entretanto, você poderá 
personalizar essas medidas (CAIÇARA; WILDAUER, 2013). A figura a seguir 
ilustra tal ação no editor de texto Microsoft Word:
FONTE: A autora
 CURSO LIVRE - INFORMÁTICA BÁSICA 2 - EDITOR DE TEXTO
FIGURA 7 – CONFIGURAÇÕES PERSONALIZADAS
1.7 TAMANHO DO PAPEL
Em geral, os editores permitem que você escolha o tamanho do papel 
que será usado na impressão do documento. É comum utilizar o tamanho A4 
(210 x 297 mm). É possível ainda configurar de que forma o documento será 
impresso, ou seja, a orientação da forma de impressão: retrato (a leitura é feita 
com o papel “em pé”) ou paisagem (a leitura é feita com o papel “deitado”). A 
orientação do documento normalmente é representada pela seguinte imagem:
FONTE: A autora
FONTE: A autora
FIGURA 8 – ORIENTAÇÃO DO PAPEL
2 OPERAÇÕES COM

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.