A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
atividade 1 direito civil e imobiliario

Pré-visualização | Página 1 de 2

· Pergunta 1
1 em 1 pontos
	
	
	
	O Direito das Obrigações pressupõe uma relação de crédito entre duas pessoas. A primeira, chamado credor, é quem dispõe de meios jurídicos ao recebimento do que lhe é devido. A segunda é chamada de devedor, cujo patrimônio servirá ao pagamento do credor, em caso de inadimplemento. Toda relação comutativa tem, imprescindivelmente, uma obrigação no seu interior.
Com relação às obrigações em geral, pode-se considerar que:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
deteriorada a coisa, sem culpa do devedor, pode o credor optar por dar fim à relação, recebendo de volta o que teria pagado, ou aceitar a coisa, com diminuição de preço.
 
 
	Resposta Correta:
	 
deteriorada a coisa, sem culpa do devedor, pode o credor optar por dar fim à relação, recebendo de volta o que teria pagado, ou aceitar a coisa, com diminuição de preço.
 
 
	Feedback da resposta:
	Resposta correta. Se a coisa se encontra deteriorada, o credor pode optar por dar fim à obrigação ou aceitar a coisa no estado em que se encontra, mediante diminuição do preço.
	
	
	
· Pergunta 2
1 em 1 pontos
	
	
	
	Nas palavras de Washington de Barros Monteiro, obrigação “é a relação jurídica, de caráter transitória, estabelecida entre devedor e credor e cujo objeto consiste numa prestação pessoal econômica, positiva ou negativa, devida pelo primeiro ao segundo, garantindo-lhe o adimplemento através de seu patrimônio”.
MONTEIRO, W. de B. Curso de direito civil . São Paulo: Saraiva, 2007. p. 8.
Considerando a citação apresentada, notamos que a obrigação é estabelecida entre devedor e credor. Com relação a isso, assinale a alternativa correta.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Credor e devedor se referem ao elemento subjetivo constitutivo da obrigação, que pode ser sujeito ativo (credor) e sujeito passivo (devedor).
	Resposta Correta:
	 
Credor e devedor se referem ao elemento subjetivo constitutivo da obrigação, que pode ser sujeito ativo (credor) e sujeito passivo (devedor).
	Feedback da resposta:
	Resposta correta. Alternativa está correta.  Credor e devedor se referem ao elemento subjetivo constitutivo da obrigação. É possível a pluralidade de sujeitos, e a presença de credor e devedor é imprescindível para a relação obrigacional, que se tornará inexistente sem a presença de algum dos sujeitos.
	
	
	
· Pergunta 3
1 em 1 pontos
	
	
	
	A Teoria Geral dos Contratos vem se adaptando às mudanças sociais ocorridas nos últimos anos. De um lado, amplia-se o grau de atuação, para abarcar as novas formas de contratação – representadas pela grande diversificação nas maneiras de se firmarem negócios jurídicos – e, de outro, limitam-se abusos tradicionalmente cometidos nas contratações, inserindo princípios reguladores dessas situações. O pressuposto negocial, contudo, parece continuar rígido em sua origem. Diante disso, assinale a alternativa correta.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Pode-se contratar de forma plenamente livre, devendo, no entanto, sempre respeitar os fundamentos de validade dos negócios jurídicos.
	Resposta Correta:
	 
Pode-se contratar de forma plenamente livre, devendo, no entanto, sempre respeitar os fundamentos de validade dos negócios jurídicos.
	Feedback da resposta:
	Resposta correta. Alternativa está correta.  O contrato pode ser típico (conforme rol contido na legislação) ou atípico, sendo possível que as partes contratem de acordo com sua autonomia de vontades. Os fundamentos de validade dos negócios jurídicos – agente capaz, objeto lícito, possível, determinado ou determinável e forma prescrita ou não defesa em lei – são imprescindíveis para qualquer contratação.
	
	
	
· Pergunta 4
1 em 1 pontos
	
	
	
	Nas palavras de Washington de Barros Monteiro, obrigação “é a relação jurídica, de caráter transitória, estabelecida entre devedor e credor e cujo objeto consiste numa prestação pessoal econômica, positiva ou negativa, devida pelo primeiro ao segundo, garantindo-lhe o adimplemento através de seu patrimônio”.
MONTEIRO, W. de B. Curso de direito civil . São Paulo: Saraiva, 2007. p. 8.
De que forma uma prestação pode ser negativa?
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Prestação negativa é aquela em que a parte se obriga a se abster de algo, como na obrigação de não fazer.
	Resposta Correta:
	 
Prestação negativa é aquela em que a parte se obriga a se abster de algo, como na obrigação de não fazer.
	Feedback da resposta:
	Resposta correta. A prestação negativa é aquela em que a parte se obriga a se abster de algo. A obrigação de não fazer é a modalidade de obrigação que contempla prestação negativa. Já as obrigações de entregar coisa certa ou incerta contempla prestações positivas.
	
	
	
· Pergunta 5
1 em 1 pontos
	
	
	
	São três os elementos constitutivos das obrigações: subjetivo, objetivo e imaterial. O elemento subjetivo se refere ao conteúdo da prestação, que pode ser material (um objeto) ou imaterial (uma marca, por exemplo). O objeto da prestação pode ser mediato ou imediato. Imediato refere-se à prestação imediata constituída em uma conduta humana, e o mediato à prestação em si.
Acerca da afirmação apresentada, assinale a alternativa correta.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
A prestação positiva compreende o dever de entregar algo ou de cumprir determinada tarefa, sendo que a prestação negativa compreende o dever de abstenção.
	Resposta Correta:
	 
A prestação positiva compreende o dever de entregar algo ou de cumprir determinada tarefa, sendo que a prestação negativa compreende o dever de abstenção.
	Feedback da resposta:
	Resposta correta. A prestação da obrigação poderá ser positiva (obrigação de dar coisa certa, dar coisa incerta, fazer) ou negativa (obrigação de não fazer).
	
	
	
· Pergunta 6
1 em 1 pontos
	
	
	
	No tocante aos direitos da personalidade, o Art. 12 do Código Civil de 2002 dispõe que “pode-se exigir que cesse a ameaça, ou a lesão, a direito da personalidade, e reclamar perdas e danos, sem prejuízo de outras sanções previstas em lei”.
BRASIL. Lei 10.406, de 10 de janeiro de 2002. Institui o Código Civil. Diário Oficial da União . Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/2002/L10406.htm >. Acesso em: 09 bar. 2019.
Em se tratando de pessoa morta, terá legitimação para requerer a medida prevista nesse artigo:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
o cônjuge sobrevivente, ou qualquer parente em linha reta, ou colateral até o quarto grau.
	Resposta Correta:
	 
o cônjuge sobrevivente, ou qualquer parente em linha reta, ou colateral até o quarto grau.
	Feedback da resposta:
	Resposta correta: Alternativa está correta. Pode requerer a medida o cônjuge sobrevivente, ou por qualquer parente em linha reta, ou colateral até o quarto grau.
	
	
	
· Pergunta 7
1 em 1 pontos
	
	
	
	São três os elementos constitutivos da obrigação. Um desses elementos é denominado espiritual e consiste no vínculo existente entre as partes. Acerca do vínculo, assinale a alternativa correta.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
O vínculo se decompõe em dois outros elementos: a dívida e a responsabilidade.
	Resposta Correta:
	 
O vínculo se decompõe em dois outros elementos: a dívida e a responsabilidade.
	Feedback da resposta:
	Resposta correta: Alternativa está correta.  O vínculo se decompõe em dois outros elementos: a dívida e a responsabilidade. A dívida surge no início da obrigação, quando as partes assim convencionarem. Já a responsabilidade surge apenas no momento do inadimplemento da obrigação, quando, então, o credor colocará em ação sua prerrogativa de tomar bens do devedor, de forma coativa.
	
	
	
· Pergunta 8
1 em 1 pontos
	
	
	
	Os requisitos de existência e validade dos negócios jurídicos, e, por consequência, dos contratos, cuja disciplina depende integralmente dos conceitos trazidos pelas disposições acerca dos negócios, são: agente capaz, objeto lícito, possível, determinado ou determinável e forma prescrita ou não defesa em lei.
 
Sobre esses requisitos, pode-se afirmar que:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada: