A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
NETFLIX

Pré-visualização | Página 1 de 1

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ
MBA EM CONSULTORIA EMPRESARIAL
Resenha Crítica de Caso 
Rodrigo Alexandre Matos Chaves
Trabalho da disciplina Modelos e Técnicas de Consultoria Empresarial
Tutor: Prof. Claudia Marcia Pereira Loureiro
BETIM
2020
ESTUDO DE CASO DE HARVARD: NETFLIX 
Referência: 
SHIH, Willy; STEPHEN, Kaufman; SPINOLA, David. NETFLIX. Harvard Business School. 610-P02, Abril de 2009. Disponível em: http://pos.estacio.webaula.com.br/Biblioteca/Acervo/Basico/PG0357/Biblioteca_46774/Biblioteca_46774.pdf . Acesso em: Fevereiro 2020.
O Caso em estudo apresenta o desenvolvimento da Netflix, que foi fundada em 1997 por Reed Hasting, que havia passado pelo constragimento de esquecer de devolver uma cópia do filme Apollo 13 a uma locadora, o que gerou uma multa de U$ 40. 
O constragimento passado por Hasting resultou na oportunidade de criar um negócio que trouxesse comodidade e rentabilidade financeira aos clientes que quisessem alugar filmes.
No final dos anos 90, a Blockbuster era quem dominava o mercado de aluguel de vídeo nos EUA. A empresa crescia muito em regiões diversas do país. Naquele momento, a Blockbuster não via a Netflix como uma ameaça de mercado, porém, não se atentavam para a insatisfação de seus clientes com os curtos prazos para devolução dos filmes, altos valores cobrados em caso de atraso, além da distância que tinham que percorrer para locar o filme desejado, correndo o risco de não encontrar a sua demanda.
A Netflix surgiu como solução para aqueles problemas e foi buscando alternativas para aprimorar o negócio, visando assegurar os que já eram assinantes e atrair novos clientes. Num primeiro momento, era composta por um site onde o cliente acessava e via todas as opções de filmes, escolhia aquele que desejava e recebia o DVD em casa. O grande desafio da Netflix era em relação à entrega do filme em um curto prazo. Como alternativa, foram criados polos de distribuição e feita uma parceria com o serviço postal dos EUA. 
Para alcançar o sucesso que podemos notar no período retratado no texto e que conhecemos nos tempos atuais, a Netflix se manteve antenada ao que acontecia no mercado, buscando melhorar a cada dia e observando as ameaças e oportunidades que o mercado trazia. Agiu, portanto, diferente da Blockbuster, que ignorou o mercado e acabou perdendo espaço em um campo que era amplamente dominado por ela.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.