Matemática e Estatística Aplicada à Gestão Pública Apol Uninter
8 pág.

Matemática e Estatística Aplicada à Gestão Pública Apol Uninter


DisciplinaMatemática e Estatística138 materiais2.644 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Questão 1/10 - Matemática e Estatística Aplicada à Gestão Pública 
\u201cPodemos propor um modelo de análise para explicar como as pessoas votam, como as pessoas se 
elegem, como os políticos agem no parlamento, como os governos elaboram suas políticas. A 
resolução de todos esses problemas requer a combinação de conceitos teóricos com informações 
colhidas na realidade observável\u201d. (Rota de aprendizagem 2). 
Tendo como base o texto acima e o tema do modelo de análise discutido na aula 2, examine os 
enunciados abaixo e assinale a alternativa que contém a sequência correta entre as afirmativas 
verdadeiras e falsas. 
I. O modelo de análise refere-se ao estudo das coisas do mundo e baseia-se na revolução 
comportamentalista do século XIX. 
II. Modelo de análise é uma ferramenta estatística que permite identificar o grau de mensuração de 
uma variável. 
III. O modelo de análise tem por finalidade organizar nosso raciocínio de modo lógico, e é útil para 
apresentar nosso trabalho para outros pesquisadores. 
IV. Entre os principais elementos de um modelo de análise encontram-se a média, a mediana, a moda 
e o desvio padrão. 
Nota: 10.0 
 A V, F, V, V 
 B V, F, V, F 
 C F, F, V, F 
Você acertou! 
Justificativa: A alternativa correta é a que contém a seguinte sequência: F, F, V, F. A afirmativa I é falsa \u2013 pois a 
revolução comportamentalista ocorreu somente no século XX. A afirmativa II é falsa e também absurda, modelo 
de análise é um dispositivo abstrato, e ferramenta estatística diz respeito à aplicação de uma técnica. A afirmativa 
III é verdadeira \u2013 o objetivo para se realizar um modelo de análise é justamente o de organizar o raciocínio de uma 
maneira lógica, além de facilitar a exposição de uma pesquisa para a comunidade científica. Por fim, a afirmativa 
IV é falsa \u2013 média, mediana, moda e desvio padrão são nomes das medidas de tendência central e de dispersão 
com as quais mensuramos os valores de uma variável, portanto não são elementos de um modelo de análise. Esse 
conteúdo pode ser encontrado na rota de aprendizagem 2 (p. 5 e 6). 
 D F, F, F, V 
 E F, V, F, F 
 
Questão 2/10 - Matemática e Estatística Aplicada à Gestão Pública 
\u201cSeu \u201cêxito\u201d consistia, por conseguinte, em inserir-se imediatamente na luta ideológica, dentro da qual 
era aceita ou rejeitada em bloco: um processo muito distinto do que se passa com o conhecimento 
político produzido em condições acadêmicas avançadas, nas quais a ênfase recai sobre a análise 
diferenciada das premissas e argumentos e/ou da investigação empírica, vistas como contribuições a 
uma \u201cliteratura\u201d profissional cumulativa\u201d (LAMOUNIER, Bolivar. A Ciência Política no Brasil: roteiro 
para um balanço crítico. In: LAMOUNIER, Bolívar (Org.). A Ciência Política nos anos 80. Brasília: UnB, 
1982, p. 407\u2013433, p. 413). 
Tendo como referência as três fases que marcaram a formação do campo da Ciência Política 
no Brasil (que foi discutida na aula 2), analise as afirmativas abaixo e selecione a alternativa 
que faz a análise correta. 
 
I. Entre o período de 1920 a 1960 surge o estudo sistemático de diversos aspectos da política, através 
dos ensaios históricos. Esse período marcou o primeiro momento da formação da Ciência Política no 
Brasil. 
 
II. Entre a primeira fase da formação do campo da Ciência Política no Brasil as pesquisas não se 
valiam de técnicas estatísticas. O momento ocorreu entre 1920 e 1960. 
III. A terceira fase da formação da Ciência Política no Brasil inicia na década de 1990. Essa década 
marcou o que chamamos de profissionalização dos cientistas políticos brasileiros. 
 
IV. Foi na década de 1960 que a Ciência Política brasileira começou a se dedicar aos estudos das 
leis, normas e constituições. Isso ocorreu na segunda fase da formação da Ciência Política. 
Nota: 10.0 
 A Estão corretas apenas as afirmativas I e III. 
 B Estão corretas apensas as afirmativas I, II e III. 
Você acertou! 
Justificativa: A alternativa correta é: (Estão corretas apensas as afirmativas I, II e III). A afirmativa I está correta, 
a primeira fase da formação do campo da Ciência Política no Brasil ocorreu entre 1920 e 1960. Esta fase foi 
marcada pelo surgimento de um estudo sistemático de vários aspectos da política, realizados nos textos 
conhecidos como ensaios históricos (os autores desses trabalhos ficaram conhecidos até hoje como os ensaístas). 
A afirmativa II está correta pois durante a primeira fase da formação do campo da Ciência Política no Brasil não 
se utilizavam ferramentas estatísticas, o trabalho era predominantemente de cunho histórico. A afirmativa III 
também está correta, a terceira fase começou a partir de 1990 e ficou conhecida como a fase da profissionalização 
dos cientistas políticos brasileiros. A afirmativa IV está incorreta, a segunda fase da formação do campo da 
disciplina ocorreu durante 1960 e 1980 e foi marcada pela formação do sistema de pós-graduação no Brasil. Esse 
conteúdo pode ser encontrado na rota de aprendizagem 2 (p. 4) 
 C Estão corretas apenas as afirmativas II e III. 
 D Estão corretas apenas as afirmativas I, II e IV. 
 E Estão corretas apenas as afirmativas II e IV. 
 
Questão 3/10 - Matemática e Estatística Aplicada à Gestão Pública 
\u201cNo início do século XX, os politólogos examinavam as instituições no sentido formal do termo, ou 
seja, enfatizavam-se os dispositivos constitucionais que orientavam o processo de governo nos países 
ocidentais\u201d. (Rota de aprendizagem 2). 
Vimos na rota de aprendizagem 2, que antes do século XX a ciência política norte americana 
orientava-se por uma tradição que enfatizava as leis no exame das instituições. 
Marque a alternativa que apresenta o nome dessa tradição disciplinar da ciência política. 
Nota: 0.0 
 A Revolução comportamentalista 
 B Revolução estatística 
 C Velho institucionalismo 
Justificativa: A alternativa correta é a que contém a resposta \u201cVelho institucionalismo\u201d que foi uma corrente 
normativa da Ciência Política que enfatizava as normas, leis e constituições na explicação dos fenômenos políticos 
do século XX. A alternativa \u201cRevolução comportamentalista\u201d está errada \u2013 A revolução comportamentalista 
apresenta uma ruptura com a tradição do velho institucionalismo. Está tradição marcou o surgimento de novos 
objetos e novas abordagens para o campo da Ciência Política norte americana. Em vez de estudar os mecanismo-
formais e as instituições políticas, passaram a estudar o homem como ator político e suas atividades. A alternativa 
\u201cRevolução estatística\u201d está errada pois se refere ao campo da estatística, e não ao da Ciência Política. A alternativa 
\u201cEmpirismo\u201d também está errada, pois essa expressão não designa uma tradição disciplinar na Ciência Política. 
Por fim, a alternativa \u201cEnsaístas\u201d também está errada. Ensaístas foi o nome designado aos autores que realizaram 
os primeiros trabalhos considerados de Ciência Política no Brasil. A resposta a está alternativa pode ser verificada 
na vídeo aula 2 (6\u201900\u201d) e na página 3 da Rota de aprendizagem 2. 
 D Empirismo 
 E Ensaístas 
 
Questão 4/10 - Matemática e Estatística Aplicada à Gestão Pública 
\u201cA periodização da Ciência Política pode ser feita em correspondência com essas três fases da 
agenda política. No que diz respeito à primeira fase, concentrar-me-ei nos chamados pensadores 
autoritários do início deste século, dada sua importância heurística para a compreensão da 
problemática centrada na consolidação do Estado nacional. Do ponto de vista das condições 
institucionais em que é produzido o conhecimento político, essa fase pode ser facilmente 
caracterizada como um trabalho isolado de pensadores\u201d (LAMOUNIER, Bolivar. A Ciência Política no 
Brasil: roteiro para um balanço crítico. In: LAMOUNIER, Bolívar (Org.). A Ciência Política nos anos 
80. Brasília: UnB, 1982, p. 413). 
Tendo como referência o conteúdo abordado na aula 2, e a primeira fase da formação do campo 
da Ciência Política no Brasil, assinale a alternativa que contém os trechos que completam 
corretamente as lacunas