A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
11 pág.
prova geografia humana uniasselvi

Pré-visualização | Página 1 de 4

Acadêmico:
	
	
	Disciplina:
	Geografia Humana 
	Avaliação:
	Avaliação Final (Objetiva) -
	Prova:
	
	Nota da Prova:
	10
	
	
Legenda:  Resposta Certa   Sua Resposta Errada  
Parte superior do formulário
	1.
	A obra ?Metodologia de Ensino de Geografia?, assim como o currículo da Escola Pedro II, no Rio de Janeiro, foram referências para o ensino de Geografia no Brasil, no início do século XX. Qual o autor responsável por essa obra?
	 a)
	Everardo Backeuser.
	  b)
	José Willian Vesentini.
	 c)
	Delgado de Carvalho.
	 d)
	Melhem Adas.
	2.
	A geografia crítica ou radical é uma corrente geográfica iniciada na década de 1970. Ela surge em decorrência de fatores como: manifestações nos Estados Unidos contra a Guerra do Vietnã, luta pelos direitos civis, problemas de urbanização e pobreza entre outros. Sobre o exposto, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	A geografia crítica não chegou às escolas, pois os educadores acreditavam que a utilização da metodologia crítica era pouco apropriada para conduzir as aulas de ensino fundamental e médio.
	 b)
	É possível verificar a introdução da geografia crítica no ensino de geografia através da abordagem de temas urbanos e econômicos, bem como a noção de cidadania, integradas às propostas curriculares.
	 c)
	A geografia crítica não chegou às escolas, pois os educadores acreditavam que a utilização do método marxista e seus resultados nos estudos geográficos não eram possíveis de se adaptar à realidade das escolas brasileiras.
	 d)
	A geografia crítica está pautada no entendimento das empresas como agentes indispensáveis do sistema econômico, capazes de promover a inovação e de contribuir na redução da inflação.
	3.
	O crescimento desordenado e os problemas sociais começaram a preocupar os geógrafos no início da década de 1970, quando o problema das desigualdades sociais e da pobreza ficaram evidentes no contexto mundial (RODRIGUES, 2008). Neste contexto, emerge a chamada Geografia Socioambiental. Acerca da geografia socioambiental, assinale a alternativa CORRETA: 
FONTE: RODRIGUES, Auro de Jesus. Geografia: introdução à ciência geográfica. São Paulo: Avercamp, 2008.
	 a)
	Esta corrente é bastante radical e utiliza como método somente a Teoria Geral dos Sistemas, desenvolvida pelo biólogo austríaco Ludwig von Bertalanffy.
	  b)
	A temática ambiental insere-se na geografia a partir do contexto dos estudos populacionais e migratórios.
	 c)
	A questão social incorporada aos estudos físicos aconteceu na geografia somente a partir da obra "Ecogeografia", publicada em 1979, pelo geógrafo francês Jean Tricart.
	 d)
	A questão ambiental ou ecológica, desde o século XIX, esteve vinculada às pesquisas desenvolvidas nas áreas sociais.
	4.
	A partir da década de 1970, a Geografia brasileira se aproxima das questões sociais e políticas e, a partir da década de 1990, a temática ambiental entra de forma contundente nas discussões tanto da Geografia Humana quanto da Geografia Física. Com base nesses dois contextos histórico-epistemológicos, analise as seguintes sentenças: 
I- O enfoque social e político na década de 1970 é uma das marcas da entrada da corrente da Geografia Crítica na Geografia brasileira.
II- A relação entre Geografia Física e Geografia Humana foi o foco dos debates da Geografia Crítica, sobretudo na década de 1970. 
III- Na década de 1990, a emergência da Geografia Ambiental ultrapassa a dicotomia entre Geografia Física e Geografia Humana, superando as diferenças entre essas duas áreas. 
IV- Os debates ambientais a partir da década de 1990 figuram como foco dos estudos urbanos, visto que as cidades começam a apresentar inúmeros problemas ambientais, como produção de lixo em excesso, graves questões sanitárias e de esgoto, formação de ilhas de calor, enchentes e demais desastres socioambientais.
Assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As sentenças I e IV estão corretas.
	  b)
	As sentenças I, II e IV estão corretas.
	 c)
	As sentenças II e III estão corretas.
	 d)
	As sentenças I, III e IV estão corretas.
	5.
	O crescimento econômico verificado nos países desenvolvidos, entre as décadas de 1950 e 1960 e, no Brasil na década de 1970, não foi capaz de promover o tão esperado desenvolvimento social. Parcelas significativas da população mundial permaneceram às margens desse crescimento. Nesse contexto, surge uma demanda por estatísticas capaz de avaliar as condições de vida da população. Com relação aos indicadores sociais, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) Aponta-se a década de 1960 como ponto de partida para a mobilização em torno da elaboração de indicadores sociais. 
(    ) O atual período da globalização impôs a necessidade de elaboração de indicadores conceitualmente iguais ou próximos àqueles elegidos pela ONU (Organização das Nações Unidas) nas diversas conferências, a fim de permitir a realização de comparações internacionais.
(    ) No Brasil, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) criou na década de 1950 o Departamento de Indicadores Sociais. O primeiro relatório publicado continha somente os dados sobre as famílias, a divisão do trabalho, mobilidade ocupacional da força de trabalho e distribuição de renda da população.
(    ) Os indicadores demográficos são essenciais na definição de indicadores sociais e, consequentemente, na definição de políticas públicas eficazes para atender às diferentes demandas que surgem em diferentes espaços.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - F - V - F.
	 b)
	F - F - V - V.
	 c)
	F - V - V - F.
	 d)
	V - V - F - V.
	6.
	A Geografia Humana estuda a descrição da interação entre a sociedade e o espaço geográfico, bem como faz uma leitura crítica das percepções e transformações humanas no transcorrer do tempo. Para compreendermos a organização desse espaço, a Geografia Humana faz a relação e estudos do nível de desenvolvimento e classificação dos países. Com relação ao exposto, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) Na década de 1950, o economista francês Alfred Sauvy utilizou pela primeira vez a expressão ?Terceiro Mundo?. Esta expressão tinha como intuito mostrar as grandes desigualdades socioeconômicas e políticas existentes entre os países.
(    ) A divisão em Primeiro, Segundo e Terceiro Mundo é a mais utilizada atualmente. 
(    ) A divisão entre países ricos ou centrais e países pobres ou periféricos utiliza exclusivamente critérios econômicos. 
(    ) Para saber o nível de desenvolvimento social das nações é utilizado o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) como critério e divide os países em desenvolvidos, subdesenvolvidos e em desenvolvimento. 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	F - V - V - F.
	 b)
	V - F - F - V.
	 c)
	V - F - V - V.
	  d)
	V - V - F - F.
	7.
	A Revolução Industrial, iniciada no século XVIII, desencadeou processos de profundas transformações da natureza. Com isso, surgem novas formas de relação com a natureza, tanto no sentido de explorá-la quanto de conservá-la. Desse modo, tem início o movimento ambientalista, que conta com alguns importantes marcos históricos e políticos. Sobre o movimento ambientalista, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As unidades de conservação foram criadas com o intuito de organizar o uso recreativo do solo, proibindo seu uso turístico.
	 b)
	Apesar do surgimento do conceito de ecologia, no final do século XIX, as primeiras organizações ambientais só surgiram a partir da segunda metade do século XX.
	 c)
	Ao longo da evolução da ciência e das políticas da natureza, a dimensão ecológica foi encarada como um fator estratégico para as práticas inovativas.
	 d)
	Ao longo da evolução da ciência e das políticas ambientais, passou-se a somar valores culturais e sociais como condicionantes da conservação ambiental.
	8.
	Os movimentos migratórios, sejam estes temporários ou definitivos, sempre estiveram presentes na história da humanidade. Os deslocamentos populacionais

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.