A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
27 pág.
Saneamento Urbano e Saneamento Rural

Pré-visualização | Página 4 de 6

pode ser ocasionada por poluentes atmosféricos.
É incorreto apenas o que se afirma em:
Escolha uma:
a. I e IV.
b. IV e V.
c. II, IV e V.
d. II e V.
e. III, IV e V.
Feedback
A resposta correta é: II e V..
Questão 7
Incorreto
Marcar questão
Texto da questão
Escreva (V) para verdadeiro e (F) para falso. Depois assinale a alternativa que indica a sequência correta.
( )Na Antiguidade, o estabelecimento do homem em locais fixos marcou o início dos problemas com saneamento.
( )Na Idade Média os problemas de saneamento urbano não representavam grandes preocupações.
( )A Idade Moderna foi marcada pelo crescimento desordenado das cidades devido à industrialização e que resultou na ocorrência de epidemias.
( )Na Idade Contemporânea houve o desenvolvimento da área médica, em especial a infectologia, e por isso eliminou-se por completo os surtos de doenças como os que ocorreram na Idade Média.
Escolha uma:
a. F, F, V, F.
b. F, F, F, V.
c. V, F, V, V.
d. V, F, F, V.
e. V, F, F, F.
Feedback
A resposta correta é: V, F, F, F..
Questão 8
Incorreto
Marcar questão
Texto da questão
A degradação generalizada e o aprofundamento da escassez dos recursos do solo e da água colocaram em risco vários sistemas essenciais de produção alimentar no mundo, aponta um novo relatório da FAO, publicado hoje [28/11/2011]. O relatório fornece, pela primeira vez, uma avaliação global do estado dos recursos dos solos do planeta: 25% estão degradados. Segundo o documento, a degradação e a escassez dos solos e da água impõem um novo desafio à tarefa de alimentar uma população mundial que deve chegar a 9 bilhões de pessoas em 2050. ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A ALIMENTAÇÃO E A AGRICULTURA. FAO. Escassez e degradação dos solos e da água ameaçam segurança alimentar. 28 nov. 2011. Disponível em: . Acesso em: 2 mar. 2016.
Considerando o texto, avalie as afirmações a seguir.
I. A erosão e o desmatamento contribuem para o processo de perda de solo.
II. O solo é formado somente por partículas minerais originárias da rocha-mãe.
III. O solo é o recurso natural em maior abundância no globo terrestre.
IV. Todas as formas de cultivo agrícola danificam o solo.
V. A poluição do solo, devido ao uso de agrotóxicos, acidifica o solo e ocasiona desequilíbrio em sua microbiota.
É correto apenas o que se afirma em:
Escolha uma:
a. I, II e III.
b. I e III.
c. I e V.
d. II, III e V
e. I, III, IV e V.
Feedback
A resposta correta é: I e V..
Questão 9
Incorreto
Marcar questão
Texto da questão
O aumento recente do acesso a saneamento básico no país apresenta reflexos diretos na redução da incidência de doenças infecciosas e parasitárias em crianças. É o que mostra pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas, segundo a qual o impacto da falta de tratamento de esgoto é maior sobre crianças de 1 a 4 anos do que de 0 a 1 ano. Por meio do cruzamento realizado entre dados do PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) e de mais dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e do Ministério da Saúde, os pesquisadores relacionaram a causa da mortalidade de crianças com o acesso à rede de esgoto tratada. A maior redução de doenças infecciosas e parasitárias entre as crianças de 1 a 4 anos se deu em 2007, justamente o ano em que houve um salto no acesso ao saneamento no país. De 2006 para 2007, houve redução de 14,1% nos casos de doenças desse tipo, invertendo uma tendência de crescimento iniciada em 2000, de 4,1% em média por ano. D'AGOSTINO, R. Aumento do acesso a saneamento reduz doenças em crianças em 2007. UOL Notícias, São Paulo, 4 nov. 2008. Disponível em: . Acesso em: 12 mar. 2016.
Considerando o texto, avalie as seguintes afirmações.
I. O maior impacto da falta de saneamento em crianças de 1 ano a 4 anos se deve ao fato de que estas possuem maior contato direto com água contaminada do que crianças de 0 ano a 1 ano.
II. O investimento em saneamento básico está inversamente relacionado à redução de doenças infecciosas e parasitárias entre as crianças de 1 ano a 4 anos, pois no ano em que houve maior investimento (2006 para 2007) a redução foi de 14,1% enquanto no ano com menor investimento (2000) foi de apenas 4,1%.
III. Os investimentos em saneamento podem ser considerados como ações preventivas, pois evitam a proliferação de vetores causadores de doenças e, consequentemente, reduzem os gastos com a saúde.
IV. Um exemplo de doença infecciosa é a diarreia e, por ter ocorrência generalizada, pode ser utilizada como indicadora do impacto de ações de saneamento sobre a saúde coletiva.
V. O poder público não tem obrigação de realizar medidas preventivas como o saneamento básico para garantir o direito fundamental à saúde.
É incorreto apenas o que se afirma em:
Escolha uma:
a. II, IV e V.
b. II, III e V.
c. II e V.
d. IV e V.
e. I, II, IV.
Feedback
A resposta correta é: II e V..
Questão 10
Correto
Marcar questão
Texto da questão
Sobre o histórico do saneamento no Brasil, considere as seguintes afirmações.
I.A prioridade do abastecimento público de água, colocado em prática em 1934 com o Código das Águas, foi o evento que marcou o início do saneamento no Brasil.
II. Durante o período militar houve grande investimento na área de saneamento, sendo o principal marco deste período a criação do Plano Nacional de Saneamento (Planasa).
III. A lei n. 11.445, de 5 de janeiro de 2007 é o principal instrumento que define as ações do saneamento no Brasil.
Escolha uma:
a. Apenas I e III estão incorretas.
b. Apenas II está correta.
c. Apenas III está correta.
d. Todas estão corretas.
e. Apenas I está incorreta.
Feedback
A resposta correta é: Apenas I está incorreta..
Saneamento Urbano e Saneamento Rural
Atividade anterior
Próxima atividade
	Iniciado em
	segunda, 2 Mar 2020, 18:56
	Estado
	Finalizada
	Concluída em
	segunda, 2 Mar 2020, 19:46
	Tempo empregado
	49 minutos 48 segundos
	Avaliar
	0,2 de um máximo de 1,0(20%)
Parte superior do formulário
Questão 1
Incorreto
Marcar questão
Texto da questão
A Resolução CONAMA nº 273/2000, em seu art. 1° estabelece que todas as atividades referentes ao setor de armazenamento e distribuição de combustíveis, deverão ser realizadas em conformidade com as normas técnicas expedidas pela ABNT ou pelo órgão ambiental competente.
As NBR da ABNT que dispõe sobre a gestão de resíduos gerados pela atividade de posto de abastecimento de combustível são: NBR 12235 e NBR 10004, a primeira normatiza a forma de armazenamento dos resíduos gerados na atividade e a segunda dispõe sobre as embalagens de produtos consideradas como resíduos perigosos e sua obrigatoriedade de devolução ao fornecedor destes produtos.
O organograma a seguir apresenta as principais atividades desenvolvidas em um posto de combustível
Lorenzett, D. B.; Rossato, M. V. A gestão de resíduos em postos de abastecimento de combustível. Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Revista Gestão Industrial, v. 06, n. 02: p. 110-125, 2010. Disponível em: . Acesso em: 09 dez. 2019 (adaptado)
A respeito do tratamento e destinação final de resíduos e efluentes gerados em postos de combustíveis, assinale a opção correta:
Escolha uma:
a. As atividades desenvolvidas em um posto de combustível são consideradas potencialmente poluidoras, mas estão dispensadas de licenciamento ambiental e de documentação detalhando o tipo de tratamento e controle de efluentes provenientes dos tanques, áreas de bombas e áreas sujeitas a vazamento de derivados de petróleo ou de resíduos oleosos.
b. Efluentes líquidos gerados nas áreas de pista de abastecimento, troca de óleo e lavagens de veículos em postos de gasolina devem ser lançadas diretamente na rede de água pluvial.
c. A água, após ser separada do óleo, na caixa separadora de água e óleo, pode ser lançada na rede coletora de esgotamento sanitário.
d. Os resíduos impregnados com óleo, combustíveis, fluidos de freio, aditivos em geral, embalagens de óleo, de fluidos automotivos, filtros de óleo usado, filtros de combustíveis são classificado como perigosos e, portanto podem ser destinados