ApostilaAula1
15 pág.

ApostilaAula1

Pré-visualização3 páginas
Introdução à Engenharia da 
Computação 
 
AULA 1 
 
 
Professor 
Edson Pedro Ferlin 
 
 
 
 
 
 
 
CONVERSA INICIAL 
 
Olá, caro aluno! 
Seja bem-vindo à disciplina de Introdução à Engenharia da 
Computação! Nesta aula teremos a oportunidade de entender um pouco do 
que é a Engenharia e, em particular, o que é o que faz a Engenharia da 
Computação. 
Neste mundo altamente tecnológico, globalizado e com cada vez mais 
restrição de recursos (água, energia, alimento e etc.) as demandas por um 
uso consciente e racional é imperativo. Por isso, é importante que se 
desenvolva equipamentos e sistemas que aproveitem ao máximo as 
potencialidades com o menor consumo de recursos, e é nesse contexto que 
se insere a Engenharia da Computação. 
A Engenharia da Computação é uma área que congrega tanto os 
conhecimentos científicos quanto os tecnológicos para a solução de 
problemas. Para começarmos as reflexões, leia o texto a seguir, que aborda 
bem essa questão da relação entre Ciência e Tecnologia \u2013 os campos que 
formam a base da Engenharia. 
http://professorferlin.blogspot.com.br/2011/11/ciencia-e- 
tecnologia.html 
Nesse mesmo contexto, é importante destacar que a Ciência não 
dialoga somente com a Tecnologia, pois ao longo da história muitos dos 
grandes \u201cengenheiros e inventores\u201d, como Leonardo da Vinci, também 
transitam pelas artes. No texto \u201cArte e Ciência, um falso antagonismo\u201d temos 
uma boa reflexão de como a Ciência e a Arte possuem uma forte ligação. 
Vamos conferir? http://professorferlin.blogspot.com.br/2011/09/arte-e-ciencia-
um-falso-antagonismo.html 
Agora, conheça o professor Edson assistindo o vídeo disponível em seu 
material digital! 
CONTEXTUALIZANDO 
 
Contextualizando 
Uma boa definição do que é Engenharia é dada no Dicionário Aurélio: 
\u201cEngenharia é a arte de aplicar conhecimentos científicos e empíricos 
e certas habilitações específicas à criação de estruturas, dispositivos e 
processos que se utilizam para converter recursos naturais em formas 
adequadas ao atendimento das necessidades humanas\u201d. 
Observe o desenho de um dos inventos criados por Leonardo da Vinci: 
 
A Engenharia como se conhece hoje, começou a se formar há cerca de 
400 anos, mas se acelerou com a Revolução Industrial. 
A primeira escola a ensinar engenharia formalmente foi a ENPC \u2013 École 
Nationale des Ponts et Chausseés, fundada em Paris em 1747 por iniciativa 
de Daniel Trudaine (PARDAL, 1986). 
No Brasil, a primeira escola de engenharia foi fundada em dezembro de 
1810 por D. João VI. Já o primeiro curso de engenharia foi lançado em 17 de 
dezembro de 1792 pela Real Academia de Artilharia, Fortificação e Desenho. 
Saiba mais! Assista o vídeo que conta um pouco da história da 
Engenharia: 
https://www.youtube.com/watch?v=WECs-5gZ090 
Em relação à área de Computação, o artigo \u201cPrimórdios da 
Computação no Brasil\u201d traz um descritivo dos principais acontecimentos 
envolvendo a área de computação no Brasil que se iniciou na década de 1950. 
http://www.cos.ufrj.br/shialc/content/docs/shialc_2/clei2012_submissio 
n_126.pdf 
 
PESQUISE 
 
TEMA 1: Princípios e Objetivos 
 O que é? 
O Engenheiro da Computação é um profissional de nível superior 
especializado em identificar, formular e solucionar problemas ligados às 
atividades de projeto, operação e gerenciamento de equipes e no 
desenvolvimento de sistemas computacionais envolvendo hardware e 
software, considerando seus aspectos humanos, econômicos e 
socioambientais com visão ética e humanista em atendimento às demandas 
da sociedade. 
 Quais as Características Necessárias? 
O engenheiro de computação deve ser um profissional criativo e 
flexível, deve ter espírito crítico, ter iniciativa, ter capacidade de 
julgamento e de tomada de decisão, ser apto a coordenar e atuar em equipes 
multidisciplinares, ter habilidade em comunicação oral e escrita e deve saber 
valorizar a formação continuada. 
Para ser um engenheiro da computação é necessário que o profissional 
goste de lidar com máquinas, equipamentos e computadores e que se 
interesse pelo funcionamento e pelos fundamentos das tecnologias. Outras 
características interessantes são: responsabilidade, disciplina, metodologia, 
capacidade de observação, visão de projeto, raciocínio lógico e 
meticulosidade. 
 Qual a Formação Necessária? 
Para ser um engenheiro da computação é necessário diploma de nível 
superior em Engenharia da Computação, que tem duração média de cinco 
anos. O curso oferece ao aluno uma formação completa para trabalhar em 
todos os ambientes computacionais e a lidar com as máquinas e 
equipamentos, desde a elaboração, até a execução. 
Algumas das matérias que fazem parte da grade curricular do curso 
são: eletrônica, linguagens de programação, circuitos elétricos, circuitos 
lógicos, criação de softwares, redes de computadores, matemática 
computacional, matemática aplicada, sistemas digitais, cálculo, física, 
microeletrônica e banco de dados, entre outras. Por se tratar de uma área 
ligada às tecnologias, é interessante também que o profissional esteja sempre 
se atualizando através de cursos, treinamentos, especializações, palestras, 
etc. 
 Principais Atividades 
Elaborar, construir, administrar, gerenciar, aperfeiçoar, manter e 
modificar sistemas e programas de computador (software), construir, 
consertar e manter máquinas, computadores, equipamentos e seus 
componentes (hardware), trabalhar no tratamento e processamento da 
informação, realizar pesquisas e estudos em Tecnologia. 
 Áreas de Atuação e Especialidades 
A Engenharia da Computação é um campo muito amplo e há diversas 
áreas nas quais o profissional pode se especializar, como, por exemplo: 
Automação industrial: projetar sistemas digitais, máquinas e 
equipamentos de automação para a indústria. 
Desenvolvimento de softwares e aplicativos: desenvolver programas, 
sistemas operacionais, linguagens específicas e aplicativos de computadores 
em diversas áreas, como tratamento de informação. 
Pesquisa Tecnológica: estudar, elaborar e criar novas tecnologias. 
Construção e conserto de hardware: projetar e construir computadores 
e periféricos. 
Venda de equipamentos e máquinas: comercializar equipamentos de 
informática. 
Suporte: dar suporte e assistência em redes de computadores e 
sistemas de grandes empresas. 
 
 Mercado de Trabalho 
 
O mercado de Engenharia da Computação é, sem sombra de dúvida, o 
que desfruta da melhor situação. Os engenheiros de computação vêm 
conseguindo boas colocações no mercado principalmente em função do seu 
perfil que coincide com o que se está demandando nos dias de hoje: um 
profissional com uma sólida formação científica e com visão geral suficiente 
para encarar os problemas de maneira global. 
O mercado na área de informática e tecnologia da informação é bem 
amplo no mundo todo, e no Brasil, não seria diferente. Para profissionais 
formados em Engenharia da Computação está em alta e em constante 
crescimento. A tendência é que a demanda desse profissional aumente cada 
vez mais. Isso por que o profissional dessa área pode atuar em companhias 
do setor de tecnologia ou no departamento de Tecnologia da Informação de 
uma empresa de qualquer área. 
O engenheiro da computação é um profissional bastante versátil e atua 
em vários setores da indústria. Algumas das principais indústrias que 
contratam engenheiros da computação são: 
\uf0a2 Automobilística 
\uf0a2 Informática 
\uf0a2 Farmacêutica 
\uf0a2 Telecomunicações 
Esse profissional encontra boas oportunidades de emprego também em 
bancos, instituições financeiras, empresas de comércio eletrônico e de 
consultoria tecnológica. 
Assista o vídeo que traz uma visão geral da área de Engenharia da 
Computação! 
https://www.youtube.com/watch?v=e7X0JA9Ii4c 
E, claro, não deixe de assistir à videoaula do professor Edson, no 
material online, para complementar os conhecimentos adquiridos ao longo 
deste tema!