A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Regime Jurídico Único

Pré-visualização | Página 1 de 2

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
AlfaCon Concursos Públicos
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com 
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
1
ÍNDICE
Processo Administrativo Disciplinar De Rito Sumário .................................................................................2
Revisão Do Processo Administrativo .............................................................................................................................3
AlfaCon Concursos Públicos
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com 
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
2
Processo Administrativo Disciplinar De Rito Sumário
O procedimento disciplinar de rito sumário tem como principal característica a tramitação mais 
rápida do que o processo administrativo comum.
Ele possui algumas regras próprias, diferentes do processo administrativo, mas no restante, ele 
segue as disposições aplicáveis ao rito comum (subsidiariamente).
Esse procedimento de rito sumário será utilizado no caso de acumulação ilegal de cargos, 
empregos ou funções públicas, abandono de cargo e inassiduidade habitual.
O prazo para a conclusão do processo administrativo disciplinar submetido ao rito sumário não 
excederá trinta dias, contados da data de publicação do ato que constituir a comissão, podendo ser 
prorrogado por até quinze dias, quando as circunstâncias o exigirem.
 → Hipóteses de PAD de rito sumário:
 ˃ Acumulação ilegal
 ˃ Abandono de cargo
 ˃ Inassiduidade habitual
Quando for constatada a acumulação ilegal autoridade responsável por instaurar o instaurar a 
sindicância ou processo administrativo notificará o servidor, por intermédio de sua chefia imediata, 
para apresentar opção no prazo improrrogável de dez dias, contados da data da ciência.
Se o servidor não apresentar essa opção, será instaurado o procedimento sumário para a sua 
apuração e regularização imediata.
A lei 8.112/90 define que caso o servidor faça a opção até o último dia de prazo para defesa con-
figurará sua boa-fé, hipótese em que se converterá automaticamente em pedido de exoneração do 
outro cargo.
Fases Do PAD De Rito Sumário
1) INSTAURAÇÃO ocorre com a publicação do ato que constituir a comissão, a ser 
composta por dois servidores estáveis, e simultaneamente indicar a autoria e a materia-
lidade da transgressão objeto da apuração
2) INSTRUÇÃO SUMÁRIA compreende indiciação, defesa e relatório.
3) JULGAMENTO
A comissão lavrará, até três dias após a publicação do ato que a constituiu, termo de indiciação 
e promoverá a citação pessoal do servidor indiciado, ou por intermédio de sua chefia imediata para 
apresentar defesa escrita, no prazo de cinco dias, sendo assegurado ao servidor vista do processo 
na repartição.
Após a apresentação da defesa, a comissão elaborará relatório conclusivo quanto à inocência 
ou à responsabilidade do servidor, em que resumirá as peças principais dos autos, opinará sobre 
a licitude da acumulação em exame, indicará o respectivo dispositivo legal e remeterá o processo à 
autoridade instauradora, para julgamento.
No prazo de cinco dias, contados do recebimento do processo, a autoridade julgadora proferirá a 
sua decisão.
Caracterizada a acumulação ilegal e provada a má-fé, será aplicada a pena de demissão, destitui-
ção ou cassação de aposentadoria ou disponibilidade em relação aos cargos, empregos ou funções 
públicas em regime de acumulação ilegal, hipótese em que os órgãos ou entidades de vinculação 
serão comunicados.
AlfaCon Concursos Públicos
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com 
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
3
Conforme vimos, o processo administrativo disciplinar de rito sumário também é aplicado no 
caso de abandono de cargo ou inassiduidade habitual, com algumas peculiaridades.
A indicação da materialidade na hipótese de abandono de cargo é feita pela indicação precisa do 
período de ausência intencional do servidor ao serviço superior a trinta dias.. Já no caso de inassi-
duidade habitual, pela indicação dos dias de falta ao serviço sem causa justificada, por período igual 
ou superior a sessenta dias interpoladamente, durante o período de doze meses.
Após a apresentação da defesa a comissão elaborará relatório conclusivo quanto à inocência 
ou à responsabilidade do servidor, em que resumirá as peças principais dos autos, 
indicará o respectivo dispositivo legal, opinará, na hipótese de abandono de cargo, sobre 
a intencionalidade da ausência ao serviço superior a trinta dias e remeterá o processo à 
autoridade instauradora para julgamento.
MODALIDADES DE PAD E PRINCIPAIS DIFERENÇAS
SINDICÂNCIA PAD PAD SUMÁRIO
COMPETÊNCIA
Advertência
Suspensão até 30 dias
Suspensão + 30 dias
Demissão
Cassação
Destituição
Acumulo ilegal de cargos
Abandono de cargo
Inassiduidade Habitual
PRAZO 30 + 30 60 + 60 30 + 15
COMISSÃO
2 ou 3 servidores estáveis
Transitória
3 servidores estáveis
Permanente
2 servidores estáveis
Revisão Do Processo Administrativo
O processo disciplinar poderá ser revisto, a qualquer momento, a pedido ou de ofício, quando se 
aduzirem fatos novos ou circunstâncias suscetíveis de justificar a inocência do punido ou a inade-
quação da penalidade aplicada.
 → Na revisão serão aduzidos fatos novos ou circunstâncias suscetíveis de justificar:
 ˃ A inocência do punido; ou
 ˃ A inadequação da penalidade aplicada.
 Em caso de falecimento, ausência ou desaparecimento do servidor, qualquer pessoa da família 
poderá requerer a revisão do processo (incapacidade mental - o curador pode requerer).
Ônus da prova no processo revisional → requerente (ele deve provar esses fatos novos ou cir-
cunstâncias alegadas).
A simples alegação de injustiça da penalidade não constitui fundamento para a revisão, que 
requer elementos novos, ainda não apreciados no processo originário.
O requerimento de revisão do processo será dirigido ao Ministro de Estado ou autoridade equi-
valente, que, se autorizar a revisão, encaminhará o pedido ao dirigente do órgão ou entidade onde 
se originou o processo disciplinar. Caso deferida, a autoridade competente providenciará a consti-
tuição de comissão (3 servidores estáveis).
A revisão correrá em apenso ao processo originário. Na petição inicial, o requerente pedirá dia e 
hora para a produção de provas e inquirição das testemunhas que arrolar.
Prazo para a comissão concluir os trabalhos → 60 dias.
AlfaCon Concursos Públicos
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com 
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
4
Prazo para julgamento → 20 dias (contados do recebimento do processo).
Aplicam-se aos trabalhos da comissão revisora, no que couber, as normas e procedimentos 
próprios da comissão do processo disciplinar.
O julgamento caberá à autoridade que aplicou a penalidade, nos termos do art. 141 da lei 8.112/90.
Julgada procedente → penalidade aplicada declarada sem efeito (todos os direitos do servidor 
serão restabelecidos).
Entretanto, tratando-se de destituição de cargo em comissão, ela será convertida em exoneração.
Da revisão do processo não poderá resultar agravamento de penalidade (proibição da “refor-
matio in pejus”).
EXERCÍCIOS
01. No que se refere ao Processo Administrativo Disciplinar, analise as proposições a seguir:
I. Da sindicância poderá resultar penalidade de advertência ou suspensão, mas para aplicação 
de demissão, cassação