A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
26 pág.
gabarito sistema cardiorespiratório e nervoso

Pré-visualização | Página 4 de 6

a medula espinal apresenta diversos sulcos, 
sendo que um deles é mais profundo, denominado de:
a) ( ) Sulco mediano posterior.
b) ( ) Sulco intermédio.
15
ANATOMORFOFISIOLOGIA DO SISTEMA 
CARDIORRESPIRATÓRIO E NERVOSO
TÓPICO 3
1 Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta após 
realizar as associações entre as colunas: 
 
1. Cerebelo ( ) Controla os movimentos respiratórios. 
2. Bulbo ( ) É o local onde sai o nervo troclear. 
3. Mesencéfalo ( ) Controla o equilíbrio. 
4.Ponte ( ) Ajuda a controlar a respiração e, deste local, sai o
 nervo trigêmeo. 
a) ( ) 2, 1, 3,4. 
b) ( ) 4, 3, 2, 4. 
c) (X ) 2, 3, 1, 4.
d) ( ) 2, 4, 1, 3.
e) ( ) 3, 1, 4, 2. 
 
R.: O tronco encefálico está constituído por três regiões responsáveis pelo 
controle de diversas funções vitais. O bulbo e a ponte participam do controle 
da respiração. Além disso, alguns pares de nervos cranianos chegam ou 
partem do tronco encefálico, como é o caso do trigêmeo, que está conectado 
à ponte; e do troclear, ligado ao mesencéfalo. 
2 Se uma pessoa sofrer lesão no hipotálamo é de se esperar que ela 
apresente problemas de: 
c) ( ) Sulco lateral anterior.
d) (X ) Fissura mediana anterior.
e) ( ) Sulco lateral anterior.
R.: Medindo cerca de 45 cm nos adultos, a medula espinal vai do forame 
magno do osso occipital até o espaço entre a primeira e a segunda 
vértebras lombares, onde termina em uma região cuneiforme denominada 
cone medular. A região anterior da medula espinal é facilmente reconhecível 
devido à presença de um sulco profundo localizado centralmente, a fissura 
mediana anterior. 
16
ANATOMORFOFISIOLOGIA DO SISTEMA 
CARDIORRESPIRATÓRIO E NERVOSO
a) ( ) Memória e inteligência. 
b) ( ) Mastigação, deglutição, fonação. 
c) ( ) Coordenação motora, postura e equilíbrio. 
d) ( ) Visão, audição e olfato. 
e) (X ) Temperatura corporal, sono e apetite. 
R.: O hipotálamo é uma pequena porção do diencéfalo localizada 
inferiormente ao tálamo e acima da glândula hipófise. Participa na regulação 
do sistema nervoso autônomo, da hipófise (ligação entre o sistema nervoso e 
o sistema endócrino), da temperatura corporal, da ingestão de alimentos e do 
equilíbrio hídrico e do sono. Está envolvido na emoção e no comportamento 
sexual e é o principal centro integrador das atividades dos órgãos viscerais.
3 Leia atentamente as informações referentes ao sistema nervoso e 
assinale a alternativa CORRETA:
I- O mesencéfalo, ponte e bulbo compõem o tronco encefálico. É possível 
afirmar que o mesencéfalo fica abaixo do diencéfalo, enquanto a ponte 
fica acima do bulbo.
II- Estão localizados no mesencéfalo os corpos geniculados laterais e 
mediais, responsáveis pela visão e audição, respectivamente.
III- Os colículos superiores estão relacionados a reações motoras a 
estímulos visuais, enquanto os colículos inferiores estão relacionados a 
reações motoras a estímulos auditivos.
IV- A ponte ajuda a controlar a respiração e está envolvida no processo 
de transmissão de sinais ascendentes/descendentes ao longo do tronco 
cerebral.
V- O bulbo é o centro vasomotor e respiratório.
a) (X ) Apenas as alternativas I, III, IV e V estão corretas.
b) ( ) Apenas as alternativas I, II, III e V estão corretas.
c) ( ) Apenas as alternativas II, III, IV e V estão corretas.
d) ( ) Apenas as alternativas III, IV e V estão corretas.
e) ( ) Todas as alternativas estão corretas.
R.: O bulbo, a ponte e o mesencéfalo formam o tronco encefálico. O 
bulbo é a região mais caudal, em continuidade com a medula espinal e 
o mesencéfalo forma o limite superior do tronco encefálico, terminando 
no diencéfalo. A ponte está localizada entre o bulbo e o mesencéfalo e 
possui um importante papel no controle da respiração. Quatro saliências, 
denominadas colículos superiores e colículos inferiores, estão localizados 
17
ANATOMORFOFISIOLOGIA DO SISTEMA 
CARDIORRESPIRATÓRIO E NERVOSO
na região posterior do mesencéfalo. Os colículos superiores estão 
envolvidos com movimentos reflexos dos olhos, enquanto os colículos 
inferiores fazem parte da via auditiva.
4 Um motorista infrator, ao dirigir em alta velocidade, perdeu o 
controle do carro numa curva, sofrendo um acidente. Ao chegar ao 
pronto socorro, foi diagnosticado um AVC. Neste contexto, analise 
as sentenças a seguir.
I- O AVC pode ser classificado como hemorrágico ou isquêmico. A placa 
de ateroma é uma das causas da obstrução das artérias encefálicas.
II- As artérias carótidas fazem parte da irrigação cerebral, assim como a 
basilar.
III- Se a lesão do AVC for no lobo occiptal, possivelmente o indivíduo terá 
lesão relacionada à visão.
IV- A isquemia cerebral pode ser causada por um bloqueio da circulação 
nas artérias que fornecem sangue ao encéfalo.
V- Se a lesão do AVC for no cerebelo, o indivíduo pode apresentar ataxia.
Agora assinale a alternativa CORRETA:
a) ( ) Apenas as alternativas I, III, IV e V estão corretas.
b) ( ) Apenas as alternativas I, II, IV e V estão corretas.
c) ( ) Apenas as alternativas II, III e IV estão corretas.
d) ( ) Apenas as alternativas I, III e IV estão corretas.
e) (X ) Todas as alternativas estão corretas.
R.: O AVC é o distúrbio cerebral mais comum, o qual ocorre devido a um 
entupimento por um trombo, por exemplo, (AVC isquêmico) ou ruptura 
(AVC hemorrágico) de um vaso sanguíneo que leva sangue com nutrientes 
(oxigênio e glicose) ao tecido cerebral. Os distúrbios apresentados pelo 
paciente que sofreu um AVC vão variar dependendo do local cerebral 
acometido e da gravidade do quadro. Uma lesão cerebelar, por exemplo, 
pode causar problemas na marcha, conhecidos como ataxia cerebelar.
5 “Evidências sugerem que a ingestão de nutrientes, assim como 
o metabolismo destes nutrientes podem ser controlados ou 
modulados por estruturas neurais e por sistemas neuroquímicos 
e neuroendócrinos específicos. Alterações nesses sistemas 
neurais podem estar associadas às mudanças no comportamento 
alimentar. Uma região específica do diencéfalo exerce influência na 
autosseleção de alimentos, nas respostas a dietas com alto conteúdo 
proteico, no desbalanceamento de aminoácidos, na placentofagia, 
18
ANATOMORFOFISIOLOGIA DO SISTEMA 
CARDIORRESPIRATÓRIO E NERVOSO
no estresse alimentar, na textura dietética, na consistência e paladar, 
na aprendizagem aversiva, no olfato e nos efeitos de manipulações 
hormonais” (CAMBRAIA, 2004, p. 1). O texto citado se refere a uma 
região do sistema nervoso central denominada:
a) ( ) Tálamo. 
b) (X ) Hipotálamo. 
c) ( ) Epitálamo. 
d) ( ) Bulbo. 
e) ( ) Cerebelo.
R.: O hipotálamo realiza o controle do sistema nervoso autônomo, sendo 
o principal centro controlador das funções das nossas vísceras. É ainda 
responsável pela produção de hormônios, alguns dos quais controlam a 
secreção dos hormônios da parte anterior da glândula hipófise. O hipotálamo 
também participa com o sistema límbico no controle das nossas emoções. 
As sensações de fome, sede, saciedade são provenientes do hipotálamo.
6 A melatonina ou N-acetil-5-metoxitriptamina é um hormônio 
sintetizado por uma de nossas glândulas endócrinas. Descoberta em 
1958 pelo dermatologista Aaron Lerner, recebeu este nome devido 
a sua capacidade de contração dos melanóforos de melanócitos 
de sapos, resultando em clareamento da pele destes animais. A 
melatonina é sintetizada a partir da serotonina na seguinte sequência 
de reações: conversão do triptofano em serotonina; conversão da 
serotonina em N-acetilserotonina; conversão da N-acetilserotonina 
em melatonina. Sua secreção ocorre exclusivamente à noite, 
iniciando-se cerca de duas horas antes do horário habitual de dormir 
e atingindo níveis plasmáticos máximos entre 3 e 4 horas, variando 
de acordo com o cronótipo do indivíduo. Depois de secretada,

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.