A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
Curva Phillips

Pré-visualização | Página 1 de 2

Macroeconomia Anpec – Lista de Curva de Phillips 
 1 
 
 
1. (Anpec 1992 – 14) 
 
A respeito da curva de Phillips (de curto prazo) aceleracionista, responda Verdadeira ou 
Falsa: 
 
(0) Difere da curva de Phillips não-aceleracionista por incluir na determinação da 
taxa de correção dos salários nominais uma expectativa de inflação futura. 
(1) É incompatível com uma série temporal em que se tenha uma inflação crescente 
e queda simultânea do nível de emprego. 
(2) Se a curva de Phillips for vertical, então não há como uma política monetária 
afetar o nível de emprego. 
(3) Se a curva de Phillips for inclinada (mas não vertical) e as expectativas forem 
adaptativas, então a política monetária pode afetar o nível de emprego no curto 
prazo mas não no longo prazo. 
 
 
 
2. (Anpec 1994 – 11) 
 
 
(0) Quando as expectativas são formadas adaptativamente, os agentes econômicos 
não usam de forma eficiente o conjunto de informações de que dispõem já que 
se limitam a considerar realizações passadas da variável na previsão do seu valor 
futuro. 
(1) Se as expectativas são formadas racionalmente, os agentes econômicos não 
cometem erros em suas previsões. 
(2) Os modelos da Nova Macroeconomia Clássica tipicamente postulam que, 
quando expectativas são formadas racionalmente, a curva de Phillips de longo 
prazo é perfeitamente inelástica ao nível da taxa natural de desemprego enquanto 
a inclinação da curva de Phillips de curto prazo pode se modificar dependendo 
do comportamento das autoridades monetárias. 
(3) Se expectativas são formadas racionalmente, então a política monetária é 
necessariamente incapaz de afetar o produto. 
 
 
3. (Anpec 1995 – 8) 
 
 Indique se as proposições abaixo são falsas ou verdadeiras: 
 
(0) No modelo da curva de Phillips expandida pelas expectativas, políticas 
monetárias expansionistas podem reduzir a taxa de desemprego natural. 
(1) A hipótese das expectativas racionais implica que os agentes econômicos 
utilizam de forma eficiente toda informação de que dispõem e que sempre 
antecipam corretamente o valor das variáveis de seu interesse. 
Macroeconomia Anpec – Lista de Curva de Phillips 
 2 
(2) De acordo com a nova macroeconomia clássica, o trade off de curto prazo entre 
inflação e desemprego é atribuído à imperfeições de informação, 
especificamente àquelas relativas ao nível de preços. 
(3) Na curva de Phillips expandida pelas expectativas, definida como 
  





 
Y Y
Y
Ze
1
*
*
, em que  é a taxa de inflação, 
Y Y
Y
 





1
*
* é o hiato do 
produto potencial,  e é a taxa de inflação esperada e Z representa choques de 
preços, não há trade off de longo prazo entre inflação e nível de produto. 
 
 
4. (Anpec 1997- 12) Indique se as proposições abaixo são falsas ou verdadeiras: 
 
(0) De acordo com a hipótese das expectativas racionais de Lucas e Sargent uma 
expansão monetária tem um efeito temporário sobre a renda, mesmo se antecipada pelos 
agentes econômicos. 
(1) Suponha que existam contratos justapostos de trabalho durante os quais os salários 
estão fixos. Se a determinação de cada salário leva em conta os salários relativos, e se as 
expectativas são racionais, o efeito de um choque de moeda sobre o produto pode 
perdurar por um período superior à duração dos contratos. 
 (2) Se as expectativas forem adaptativas, o modelo aceleracionista da curva de Phillips 
prevê um tradeoff apenas instantâneo entre inflação e desemprego. 
(3) A hipótese das expectativas racionais prevê que não haja qualquer tradeoff entre 
inflação e desemprego. 
 
 
5. (Anpec 1998-6) Classifique as seguintes afirmações, sobre a curva de Phillips, 
como Verdadeiras ou Falsas: 
 
(0) A incorporação de um termo de expectativas inflacionárias positivas na curva de 
Phillips aumenta o custo de desemprego requerido para produzir uma taxa de inflação 
nula. 
(1) Sob expectativas adaptativas, aumentos sucessivos da taxa de inflação estão em 
geral associados a um nível de desemprego menor que a taxa natural. 
(2) Sob expectativas racionais, podemos dizer que uma inflação mais alta está sempre 
relacionada a um menor nível de desemprego. 
(3) Com expectativas racionais, surpresas no nível de inflação não estão relacionadas a 
variações no nível de atividade econômica. 
 
 
6. (Anpec 1997 – 8) 
Indique se as proposições abaixo sã o falsas ou verdadeiras: 
 
Macroeconomia Anpec – Lista de Curva de Phillips 
 3 
(0) A curva de oferta de Lucas determina que o PNB corrente será maior que o PNB 
potencial quando o nível de preços corrente for maior que o nível de preços do período 
anterior. 
(1) Na curva de Phillips expandida pelas expectativas poderá haver inflação positiva 
mesmo quando o produto corrente for menor que o produto potencial. 
(2) Nos termos do modelo IS-LM, os preços se ajustam para manter a igualdade entre a 
oferta e demanda por moeda. 
(3) Em uma economia aberta, nos termos do modelo IS-LM, um aumento nos gastos do 
governo causará um aumento mais que proporcional no PNB. 
 
 
7. (Anpec 1999 – 11) 
 
 Assinale se as afirmativas abaixo são falsas ou verdadeiras: 
 
A) Segundo a curva de oferta de Lucas, quanto maior for a variância na política 
monetária mais vertical será a curva de Phillips. 
B) A hipótese de expectativas racionais consegue explicar a neutralidade da moeda 
mesmo na presença de contratos salariais justapostos. 
C) A existência de contratos salariais justapostos consegue explicar tanto a ocorrência 
de inércia inflacionária como a não neutralidade da política monetária. 
D) Quanto maior for a inflação menos elástica deve ser a curva de Phillips de curto 
prazo. 
 
 
8. (Anpec 2001 – 3) 
 
Quanto ao dilema de política econômica expresso pela curva de Philips, indique se as 
afirmações são falsas ou verdadeiras: 
Ⓞ O custo da redução do desemprego, medido em aumento de taxa de inflação, será 
tanto maior quanto maior for a capacidade ociosa da economia. 
① Uma curva de Phillips negativamente inclinada significa que, por exemplo, uma 
redução da tributação expande a demanda agregada, reduz o desemprego, mas eleva 
a taxa de inflação. 
② Segundo Friedman, curva de Phillips de longo prazo é uma reta vertical. 
③ A redução da inflação esperada não tem impacto algum sobre a relação de curto 
prazo entre inflação e desemprego. 
④ A curva de Phillips indica que a opção de inflação baixa é preferível à de inflação 
alta devido à hipótese de neutralidade da moeda no curto prazo. 
 
 
Macroeconomia Anpec – Lista de Curva de Phillips 
 4 
9. (Anpec 2002-8) Sobre o mercado de trabalho e a Curva de Phillips, pode-se afirmar 
que: 
 
Ⓞ O aumento da taxa de rotatividade no emprego tende a elevar a taxa natural de 
desemprego. 
① A adoção de políticas de seguro-desemprego tende a reduzir a taxa natural de 
desemprego. 
② A formulação da curva de Phillips que incorpora as expectativas em relação à 
inflação é incompatível com a ocorrência de períodos de estagflação. 
③ A existência de uma taxa natural de desemprego implica que a curva de Phillips de 
longo prazo é horizontal. 
④ Como a hipótese de expectativas racionais não implica previsão perfeita, ela é 
compatível com a ocorrência de desvios da taxa de desemprego em relação a seu 
valor natural. 
 
10. (Anpec 2003 – 9) Avalie as proposições que se seguem, relativas ao comportamento 
da oferta agregada: 
Ⓞ Segundo os novos clássicos, a elasticidade da oferta aumentará se os produtores, 
interpretarem como um aumento do preço relativo de seus produtos o que é de fato 
um aumento geral de preços. 
① Segundo a abordagem de Friedman, curva de Phillips passa a explicar a aceleração 
da taxa de inflação (e não simplesmente a taxa de inflação). 
② Quanto mais horizontal for a curva de Phillips, menor será o sacrifício decorrente do 
processo de estabilização. 
③ Conforme os novos keynesianos, quanto mais freqüentes forem