Habeas corpus
4 pág.

Habeas corpus


DisciplinaPrática Penal III217 materiais456 seguidores
Pré-visualização1 página
HABEAS CORPUS 
 
1. Como identificar? A peça-chave para identificação 
no enunciado é quando o objetivo for a libertação 
de uma pessoa (ainda que ela esteja na iminência de 
ser presa). 
 
Ainda que seja possível peticionar no Juízo a quo 
pelo relaxamento, liberdade provisória ou 
revogação, é possível habeas corpus, em razão do seu 
caráter universal. 
 
A única ressalva é quando o próprio enunciado exclui 
a possibilidade de impetração de habeas corpus. 
 
 
De um modo geral, a peça de habeas corpus possui o 
intuito de evitar ou cessar violência ou coação à 
liberdade de locomoção, por ilegalidade ou abuso de 
poder. Possibilidade excepcional para trancamento 
de ação penal por falta de justa causa, bem como 
para nulificar e extinção de punibilidade. 
 
É desnecessária a presença de capacidade 
postulatória (qualquer um, pode impetrar). Os 
fundamentos legais estão postos no artigo 5º, inciso 
LXVII, da Constituição Federal e nos artigos 647 a 
667 do CPP. 
 
\u2022 Impetrante \u2013 pessoa que impetra o habeas 
corpus; 
\u2022 Autoridade Coatora - é a pessoa que exerce a 
violência ou coação e 
\u2022 Paciente \u2013 é a pessoa que sofre a coação do seu 
direito de liberdade de locomoção. 
 
Obs.: O julgamento é feito pela autoridade superior à 
tida como coatora (autoridade policial \u2013 Juiz de 1º 
grau). Isenção de custas. Possibilidade de liminar em 
caráter excepcional, apesar de não ter previsão legal 
(fumus boni iuris e periculum in mora). 
 
a) preventivo: serve para afastar ameaça à liberdade de 
locomoção. O juiz expede salvo-conduto; 
(b) liberatório: serve para afastar constrangimento à 
liberdade de locomoção. O juiz expede alvará de soltura; 
 
 
2. Elaboração: 
 
Peça única, a ser apresentada no prazo de 10 dias. 
 
a) Endereçamento: Fixação da autoridade judiciária que 
recebeu a inicial acusatória (Pronome de tratamento 
e referência expressa a autoridade) 
 
b) Preâmbulo: Qualificação estrita das partes 
(impetrante \u2013 advogado, autoridade coatora e 
paciente) fundamentação legal, verbo (impetrar) e 
nomem iuris. 
 
c) Narração fática: determinação dos aspectos do 
enunciado que vão estabelecer a hipótese da minha 
tese defensiva (objeto \u2013 restituir a liberdade). 
 
d) Fundamentos jurídicos: Comprovação do cerceamento 
de liberdade, por abuso de poder ou ilegalidade, 
configurando constrangimento ilegal. 
 
e) Pedidos: Concessão da ordem de habeas corpus com a 
consequente concessão de alvará de soltura 
(liberatório) ou de salvo-conduto (preventivo) 
 
 
f) Fecho: Padronização do pedido de deferimento, local 
e data (genérico) e a referência à identificação 
profissional do advogado. 
 
 
MODELO 
 
 
 
EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR _________________________ DA COMARCA 
DE ____________ DO ESTADO _______. 
(observar a competência de acordo com a autoridade coatora) 
 
 
_________ (impetrante), advogado inscrito na Ordem dos Advogados 
do Brasil sob n._________, Seção _________, com escritório na 
_________ (endereço), vem, à presença de Vossa Excelência, com 
fundamento no artigo 5º, inciso LXVIII, da Constituição Federal 
combinado com os artigos 647 e seguintes do Código de Processo 
Penal, impetrar ordem de HABEAS CORPUS (LIBERATÓRIO OU 
PREVENTIVO), com pedido de liminar, contra ato do _________ 
(autoridade coatora), em favor de _________ (nome do paciente), 
_________ (nacionalidade), _________ (estado civil), _________ 
(profissão), residente e domiciliado na _________ (endereço), 
pelos motivos de fato e de direito a seguir aduzidos: 
 
1. DOS FATOS 
* Narrar os acontecimentos, sem inventar dados ou copiar o 
problema. 
 
2. DO DIREITO 
 
* Apontar a tese; justificar a tese (doutrina/jurisprudência/lei); 
conclusão. 
 
3. DA LIMINAR 
 
*apontar o cabimento da liminar no habeas corpus; demonstrar o 
fumus boni iuris; demonstrar o periculum in mora; conclusão. 
 
 
4. DO PEDIDO 
 
Diante do exposto, vem requerer que, após solicitadas as 
informações à autoridade coatora, seja concedida a ordem de habeas 
corpus, com base no art. 5º, inciso LXVII, da Constituição Federal 
e nos arts. 647 e 648, inciso_________, do Código de Processo 
Penal, com a consequente expedição do ALVARÁ DE SOLTURA/SALVO-
CONDUTO como medida de inteira justiça. 
 
Termos em que pede deferimento. 
Local e data. 
 
 
 
Advogado 
OAB/UF