GESTÃO DE PROJETOS
204 pág.

GESTÃO DE PROJETOS


DisciplinaGestao de Projetos L4.325 materiais6.395 seguidores
Pré-visualização24 páginas
Gestão de Projetos
Gestão de Projetos
Rubens Zolar da Cunha Gehlen
Conselho Editorial EAD
Andréa de Azevedo Eick
Astomiro Romais,
Claudiane Ramos Furtado
Dóris Cristina Gedrat
Kauana Rodrigues Amaral
Luiz Carlos Specht Filho
Mara Lúcia Salazar Machado
Maria Cleidia Klein Oliveira
Thomas Heimann
Obra organizada pela Universidade Luterana do Brasil. 
Informamos que é de inteira responsabilidade dos autores 
a emissão de conceitos.
Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida 
por qualquer meio ou forma sem prévia autorização da 
ULBRA.
A violação dos direitos autorais é crime estabelecido na Lei 
nº 9.610/98 e punido pelo Artigo 184 do Código Penal.
Dados técnicos do livro
Diagramação: Jonatan Souza
Revisão: Marcela Machado
Prezado Aluno, seja bem vindo a nossa disciplina de Gestão de Proje-tos. Como você poderá verificar nos próximos capítulos, a atividade de 
Gestão de Projetos é uma atividade multifuncional que demanda algumas 
características de seus gestores. Com o avanço da tecnologia a atividade 
de gerenciar projetos sofreu algumas alterações fundamentais como, por 
exemplo, a possibilidade do gerenciamento a distância.
Este livro não pretende esgotar o assunto, mas dar a você uma visão 
abrangente do universo de oportunidades e técnicas que poderão ser utili-
zadas para gerenciar adequadamente qualquer tipo de projeto.
Os capítulos estão organizados da seguinte forma:
Capítulo 1: Introdução e Conceitos Gerais. Este capítulo tem por ob-
jetivos apresentar um rápido histórico das atividades de gerenciamento de 
projetos ao longo das eras do engenho humano bem como apresentar os 
conceitos gerais que vamos trabalhar nos demais capítulos.
Capítulo 2: Estruturas para gerenciar projetos. Este capítulo apresenta 
diversas estruturas que as organizações estabeleceram ao longo dos anos 
para o gerenciamento de suas atividades, não somente para gerenciar pro-
jetos. As diversas estruturas existentes mostraram-se adequadas para mui-
tos tipos diferentes de organizações. Do ponto de vista do Gerenciamento 
de Projetos destacam-se as estruturas \u201cMatricial e por Projetos\u201d, sempre 
apoiadas por equipes multidisciplinares.
Capítulos 3 a 5: Etapas do Gerenciamento de Projetos. Os três capí-
tulos mencionados apresentam as etapas gerais da gestão de projetos, a 
saber: Iniciação, Planejamento, Execução e Controle e Fechamento. 
Apresentação
Apresentação v
Capítulo 6: ISO 10006 e PMBOK. Este capítulo apresenta uma com-
paração ente duas abordagens da gestão de projetos. Ambas seguem as 
etapas propostas nos capítulos 3 a 5, porém de forma específica. A norma 
10006 apresenta diretivas para estabelecer uma estrutura organizacional 
voltada ao gerenciamento de projetos seguindo as diretivas dos sistemas 
de gestão da qualidade da série ISO 9000. O PMBOK reúne o arcabou-
ço de conhecimentos desenvolvido pela organização \u201cProject Management 
Institute \u2013 PMI\u201d. O entendimento do Guia PMBOK é um dos principais 
objetivos desta disciplina, portanto, nos demais capítulos serão apre-
sentadas as diretivas desenvolvidas pelo PMI para o gerenciamento 
de projetos.
Capítulos 7 a 10: Nestes capítulos serão apresentados e detalhados 
os diversos aspectos que compõem o GUIA PMBOK. É preciso destacar, 
caro aluno, que não é objetivo desta disciplina e desse livro habilitá-lo a 
realizar o exame para a obtenção da certificação de \u201cProgram Manager 
Professional \u2013 PMP\u201d.
Tenhamos todos uma excelente disciplina, professor Rubens Gehlen
 1 Gestão de Projetos: Introdução .............................................1
 2 Gestão de Projetos: Estruturas Organizacionais de 
Projetos ..............................................................................23
 3 Gestão de Projetos: Etapas do Gerenciamento dos 
Projetos \u2013 Iniciação .............................................................39
 4 Gestão de Projetos: Etapas do Gerenciamento dos 
Projetos \u2013 Planejamento ......................................................53
 5 Gestão de Projetos: Etapas do Gerenciamento dos 
Projetos \u2013 Execução, Controle e Fechamento .......................70
 6 Gestão de Projetos: A Norma ABNT ISO 10006 
e o PMBOK .........................................................................94
 7 Gestão de Projetos: Gerenciamento da Integração e do 
Escopo ..............................................................................108
 8 Gestão de Projetos: Gerenciamento do Cronograma .........134
 9 Gestão de Projetos: Gerenciamento dos Recursos 
Humanos Gerenciamento dos Custos ................................151
 10 Gestão de Projetos: Gerenciamento da Qualidade - 
Gerenciamento das Aquisições - Gerenciamento 
dos Riscos .........................................................................169
Sumário
Gestão de Projetos: 
Introdução
Rubens Zolar da Cunha Gehlen
Capítulo 1
2 Gestão de Projetos
Introdução
Gestão de Projetos ou Gerenciamento de Projetos são ex-
pressões aparentemente \u201cmodernas\u201d. Suas existências, entre-
tanto, podem ser tão antigas quanto o próprio engenho hu-
mano. Basta que você, estimado aluno, volte alguns séculos 
e encontrará atividades relacionadas ao Gerenciamento de 
Projetos nos lendários Jardins Suspensos da Babilônia, nas 
Pirâmides de Gizé e, mesmo, nos templos Maias e Astecas 
da América pré-colombiana. Certamente, se você procurar 
a literatura correspondente a esse passado histórico, não en-
contrará termos como \u201cTrabalho em Equipe\u201d ou \u201cGestão do 
Escopo\u201d, mas suas atividades aconteceram em todos os \u201cpro-
jetos\u201d mencionados \u2013 ou tais construções e monumentos não 
teriam existido.
Entre períodos históricos pregressos e a modernidade, mui-
tas descobertas foram realizadas, teorias foram propostas, 
validadas ou descartadas. Do ponto de vista da atividade de 
Gestão de Projetos, objeto de estudo de nossa disciplina, o 
século XX certamente foi um divisor de águas. Após a Segunda 
Guerra Mundial e, notadamente, nas últimas décadas do sé-
culo XX e início do XXI, a sociedade humana tem passado por 
profundas e aceleradas transformações sociais, econômicas e 
culturais, influenciadas, principalmente, pelas consequências 
da globalização econômica, das redefinições geopolíticas e 
dos avanços científicos e tecnológicos. Entre as várias conse-
quências dessas transformações, a crescente concorrência no 
ambiente empresarial merece expressivo destaque.
Capítulo 1 Gestão de Projetos: Introdução 3
Neste novo contexto competitivo, a agilidade, a facilida-
de de adaptação e implantação de estratégias, a capacidade 
de oferecer novos produtos e serviços antes dos concorrentes 
tornam-se vantagens importantes e, na maioria dos segmentos, 
são requisitos para a sobrevivência das organizações. Tais con-
dições constituem-se em terreno fértil para a atuação do Ge-
renciamento de Projetos e é sobre elas \u2013 dentre outros aspectos 
e contextos \u2013 que refletiremos nos subcapítulos seguintes.
Evolução histórica da gestão de projetos
A Gestão de Projetos, conforme anunciamos ao início dessa 
nossa conversação, aparenta ser uma atividade criada e esta-
belecida no século XX. Você, porém, já percebeu que existem 
exemplos mostrando o contrário: ela é exercida desde os tem-
pos antigos da história humana.
É comum lembrarmos, para o uso em exemplificações, 
espaços e acontecimentos próximos a nossa realidade; para 
além disso, notamos que muitos eventos relacionados ao Ge-
renciamento de projetos ocorreram em locais distantes tanto 
de nossa memória como em nível geográfico. Os exemplos, 
como você verá, são constructos históricos clássicos: a constru-
ção das pirâmides no Egito e os castelos medievais europeus. 
Algumas obras de grande impacto sobre suas populações fica-
ram mesmo esquecidas por muito tempo no mundo ocidental: 
a construção da Grande Muralha na China