A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
TEORIA DA LITERATURA III AP

Pré-visualização | Página 1 de 1

Disc.: TEORIA DA LITERATURA III   
	Aluno(a): KARINI 
	
	Acertos: 10,0 de 10,0
	09/04/2020
	
	
	1a Questão (Ref.:201807637774)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	No formalismo russo o sistema de análise do objeto literário era voltado apenas para as formas linguísticas em sua contingência imediata e demonstra-se como um modelo estático, a-histórico, que evidencia o aspecto sincrônico da abordagem, distinguindo-se da análise diacrônica, passiva de uma perspectiva histórica e evolutiva.
 
Para os formalistas russos, o texto literário devia ser analisado como:
		
	 
	Um sistema composto de uma metodologia formal que valorizava o aspecto gramatical, fonológico, semântico, morfológico.
	
	Uma forma de recepção composta de uma metodologia histórica que valorizava o aspecto social, biográfico, narrativo.
	
	Um sistema composto de uma metodologia linguística que valorizava o aspecto funcional, narrativo, político, morfológico.
	
	Um sistema composto de uma metodologia estrutural que valorizava o aspecto político, biográfico, sintático, semântico.
	
	Um sistema composto de uma metodologia estética que valorizava o aspecto gramatical, fonológico, biográfico, semântico.
	Respondido em 09/04/2020 18:56:04
	
	
	
	2a Questão (Ref.:201807193365)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	Ao estudar o mito sob uma perspectiva estruturalista, destacando-o como um sistema de relações, Claude Lévi-Strauss
		
	
		estruturas semelhantes em mitos de culturas semelhantes, embora diferentes no espaço e no tempo.
	
	estruturas diferentes em mitos de culturas semelhantes e estruturas semelhantes em mitos distantes no espaço e no tempo.
	 
		Estruturas semelhantes em mitos de culturas diferentes no espaço e no tempo.
	
	estruturas diferentes em mitos constituídos na mesma cultura
	
	estruturas diferentes em mitos de uma mesma cultura desenvolvida no mesmo espaço e tempo.
	Respondido em 09/04/2020 18:56:53
	
	
	
	3a Questão (Ref.:201807193327)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	Ele indica um método de investigação, que pode ser aplicado a um variado universo de objetos, que podem ir de jogos de futebol até meios econômicos da produção. Podemos concluir que essa afirmação está se referindo...:
		
	
	d) Psicanálise
	
	e) Metodologia
	
	b) Formalismo
	
	c) Linguística
	 
	a) Estruturalismo
	Respondido em 09/04/2020 18:58:03
	
	
	
	4a Questão (Ref.:201807146459)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	Roland Barthes afirma que o prazer não é objetivo a ser alcançado pelo "texto de fruição". Como o autor explica essa ideia?
		
	 
	O "texto de fruição", por romper com a linguagem e outros paradigmas literários, exige do leitor um esforço de leitura que pode não gerar o prazer imediato.
	
	O "texto de fruição" pertence à categoria de textos modernos que independem do leitor para existir.
	
	O "texto de fruição" pertence à categoria de textos pós-modernos que independem da experiência de leitura, porque todos são identificados como instalações artísticas.
	
	O "texto de fruição" pertence à categoria dos clássicos que seguem o modelo grego, portanto, o excesso de referências mitológicas impede que o leitor sinta prazer no ato de leitura.
	
	O "texto de fruição" faz parte de uma elite cultural que abomina o prazer na relação autor-obra-leitor.
	Respondido em 09/04/2020 18:59:34
	
	
	
	5a Questão (Ref.:201807642232)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	A Teoria da Recepção é uma escola de teoria literária identificada na era pós-estruturalista, a partir dos finais da década de 1960, primeiro na Alemanha e mais tarde nos Estados Unidos, tendo em comum a defesa da soberania do leitor na recepção crítica da obra de arte literária. Sobre a Teoria da Recepção, não é correto afirmar:
		
	
	Compreende que o modo de ler literatura não é fixo, mas varia ao longo dos tempos.
	
	Para essa teoria, é necessário descobrir qual o horizonte de expectativas que envolve a obra,  pois todos os leitores investem certas expectativas nos textos que leem em virtude de estarem condicionados por outras leituras já realizadas, sobretudo se pertencerem ao mesmo gênero literário.
	
	Procurou ultrapassar os dogmas marxistas e formalistas que não privilegiam o leitor no ato interpretativo do texto literário.
	 
	Considera em primeiro plano o trabalho do autor e o próprio texto criado.
	
	Para a Teoria da Recepção, qualquer obra de arte literária só será efetiva, só será re-criada ou concretizada, quando o leitor a legitimar como tal.
	Respondido em 09/04/2020 19:00:25
	
	
	Gabarito
Coment.
	
	
	
	
	6a Questão (Ref.:201807642241)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	 
Guy Debord foi um filósofo, cineasta e crítico cultural francês. Dentro de toda sua participação política, principalmente nos eventos de Maio de 68, esteve envolvido com a fundação e manutenção da Internacional Situacionista, grupo dedicado à crítica daquilo que ele chamou de sociedade do espetáculo, cuja lógica mercadológica atingiu a vida cotidiana. O Livro Sociedade do Espetáculo pode ser descrito da seguinte forma, EXCETO:
		
	
	Uma crítica feroz à sociedade contemporânea, isto é, à sociedade do consumo, à cultura da imagem e à invasão da economia em todas as esferas da vida.
	 
	Trata-se de uma obra sem muito impacto, que, embora conhecida, gerou muitas críticas por parte da esquerda alternativa e dos artistas.
	
	Mobilizava manifestações revolucionárias, que usava a arte e os meios de comunicação como modo de chamar a atenção para a luta por uma nova sociedade transformada.
	
	É uma obra fundadora de uma corrente de crítica renovada que não estava satisfeita com o capitalismo ocidental e nem com o socialismo russo.
	
	Uma obra que sugeria encontros, discussões, ocupações, performances, cartazes, leituras de poemas, publicação de artigos, manifestos e livros, como manifestações revolucionárias.
 
	Respondido em 09/04/2020 19:01:27
	
	
	Gabarito
Coment.
	
	
	
	
	7a Questão (Ref.:201807693947)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	Assinale a opção que apresenta os conceitos empregados pelos principais teóricos do pós-estruturalismo em suas análises.
		
	
	sociedade, ordem política, contestação e contracultura.
	
	recepção, efeito, interpretação, leitor e autor.
	 
	texto, escritura, jogo, significante e morte do sujeito.
	
	luta de classe, processo histórico, revolução e contradição.
	
	religiosidade, espiritualismo, misticismo e fundamentalismo.
	Respondido em 09/04/2020 19:02:10
	
	
	Gabarito
Coment.
	
	
	
	
	8a Questão (Ref.:201807642285)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	Gilles Deleuze e Félix Guattari propuseram uma nova abordagem do inconsciente, a esquizoanálise, a partir da perspectiva do esquizo (ou esquizofrênico). Marque a alternativa que define este conceito.
		
	
	Encaixa-se nos padrões, modelos e valores estabelecidos pela sociedade industrial moderna.
	
	O esquizo é aquele que está no centro da sociedade.
	 
	É o inconsciente inserido socialmente.
	
	O esquizo é aquele que vive, sem conflitos, entre realidade social - produzida segundo a lógica utilitária e científica do capitalismo industrial moderno - e a realidade governada pelas sensações, pelos desejos, utopias e pela libido.
	
	É a continuidade do inconsciente reprimido e descredibilizado socialmente como improdutivo.
	Respondido em 09/04/2020 19:02:45
	
	
	
	9a Questão (Ref.:201807226847)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	O novo método de investigação proposto por Michel Foucault é denominado como:
		
	
	b) arquivologia do poder.
	 
	a) arqueologia do saber.
	
	e) arquitetura do saber
	
	c) arqueologia do poder.
	
	d) arquivologia do saber.
	Respondido em 09/04/2020 19:03:18
	
	
	
	10a Questão (Ref.:201807157011)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	Alfredo Bosi considera que, fora da Universidade, os bens culturais simbólicos são consumidos principalmente através:
		
	 
	dos meios de comunicação de massa.
	
	dos discursos políticos.
	
	das expressões artísticas populares.
	
	das manifestações culturais étnicas.
	
	das obras de artistas desconhecidos.