A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
44 pág.
conhecimentosde-informática(parte-ii)para-escrituráriodo-bancodo-brasil--aula-3.pdf

Pré-visualização | Página 1 de 5

Felipe Pereira - 05787527356
Prof. Hamilton Rodrigues 
 Aula 02 
 
1 de 44| www.direcaoconcursos.com.br 
Linguagem R, RStudio 
Conhecimentos de Informática (Parte II) para Escriturário do Banco do Brasil 
Aula 02 – Linguagem R 
Conhecimentos de Informática (Parte II) para 
Escriturário do Banco do Brasil 
Prof. Hamilton Rodrigues 
Prof. Hamilton Rodrigues 
 Aula 02 
 
2 de 44| www.direcaoconcursos.com.br 
Linguagem R, RStudio 
Conhecimentos de Informática (Parte II) para Escriturário do Banco do Brasil 
Sumário 
SUMÁRIO 2 
LINGUAGEM R 3 
INTRODUÇÃO 3 
RSTUDIO 3 
SCRIPTS EM R 7 
TIPOS DE DADOS 10 
Primitivos 10 
Vetores 11 
Listas 15 
Matrizes 16 
Data frames 18 
OPERAÇÕES BÁSICAS 20 
Atribuição 20 
Concatenação 22 
Aritméticas 22 
Booleanas 25 
Funções matemáticas 26 
Funções estatísticas 28 
Matriciais 29 
ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO 30 
for 30 
If-else 31 
while 32 
repeat-break 34 
QUESTÕES COMENTADAS PELO PROFESSOR 35 
LISTA DE QUESTÕES COMENTADAS 38 
GABARITO 40 
RESUMO DIRECIONADO 41 
 
 
Prof. Hamilton Rodrigues 
 Aula 02 
 
3 de 44| www.direcaoconcursos.com.br 
Linguagem R, RStudio 
Conhecimentos de Informática (Parte II) para Escriturário do Banco do Brasil 
Linguagem R 
Introdução 
Prezados concurseiros, vamos dar prosseguimento ao nosso curso. Desta vez, vamos estudar a linguagem 
de programação R. Talvez você pouco ou nunca tenha ouvido falar de R, mas trata-se de uma linguagem bastante 
importante. Além disso, é uma das que mais cresce no mundo nos últimos tempos. 
O R é uma linguagem de programação com foco na análise de dados e na estatística, mais conhecido pelos 
nomes em inglês data science, data analysis, data analytics, statistics. 
 
Talvez você concurseiro esteja se perguntando por que “diacho” essa linguagem está sendo cobrada em 
concursos públicos. É uma tendência mundial, tanto de órgãos públicos quanto de empresas privadas. Cada vez 
mais procura-se tomar decisões em cima de dados e não mais na intuição. 
Imagine que um agente público deseja saber se, colocando mais radares de velocidade nas estradas vai 
reduzir o número de acidentes. Ou se colocar mais policiais nas ruas irá diminuir o número de crimes. Ou se investir 
em saúde preventiva vai diminuir os gastos com emergências, ... E por aí vai. Todo mundo tem uma resposta 
intuitiva para essas perguntas na cabeça. 
O R permite ir além da intuição. Ele tem a capacidade de analisar dados, aplicar modelagem estatística e dar 
respostas quantitativas a essas perguntas. Para saber se as ações são verdadeiramente efetivas e se valem o 
investimento realizado nelas. É por isso que R e outras tecnologias similares têm crescido tanto. 
A linguagem R foi criada no Nova Zelândia pelos pesquisadores estatísticos Ross Ihaka e Robert Gentleman. 
Foi baseada, inspirada na linguagem S, que não vem ao caso estudar aqui. Iremos focar somente no R, que é o que 
cai. 
 
RStudio 
O R é um software livre (licença GNU GPL v2), o que significa que qualquer um pode, gratuitamente, baixar, 
desenvolver e executar código em R. A linguagem possui também uma IDE (ambiente de desenvolvimento 
integrado) chamada RStudio, que também é gratuita e pode ser baixada e utilizada livremente. 
 
 
Prof. Hamilton Rodrigues 
 Aula 02 
 
4 de 44| www.direcaoconcursos.com.br 
Linguagem R, RStudio 
Conhecimentos de Informática (Parte II) para Escriturário do Banco do Brasil 
O RStudio tem uma interface bem amigável e, com ele, é possível desenvolver, debugar e executar seu 
programa em R de forma bem produtiva, sem ter que recorrer muitas vezes à linha de comando, realizando 
operações apenas clicando nos botões da IDE. 
 
Já vimos anteriormente que um programa de computador é um conjunto de instruções que descrevem uma 
tarefa a ser realizada por um computador. O computador está lá no nível mais baixo de abstração. Só entende os 
bits (0 e 1). O humano está no outro extremo, no nível mais alto de abstração. 
 
Ao passo que o computador só é capaz de trabalhar com coisas concretas, o homem pode trabalhar com 
pensamentos abstratos e subjetivos. Para uma pessoa dar instruções para um computador tem que ser usado um 
meio termo, algo que ambos entendam, que é a linguagem de programação. 
Prof. Hamilton Rodrigues 
 Aula 02 
 
5 de 44| www.direcaoconcursos.com.br 
Linguagem R, RStudio 
Conhecimentos de Informática (Parte II) para Escriturário do Banco do Brasil 
Observem a nossa pirâmide de nível de abstração que o R está no degrau mais alto, ou seja, é uma linguagem 
de alto nível. Além disso, R é uma linguagem de script interpretada, voltada à interação dinâmica com dados e 
modelos. 
O código-fonte R é um arquivo com extensão .r em texto claro normal. Para rodar o programa, é só executar 
o script pelo interpretador do R que ele executará linha a linha. 
O programa R pode ler dados das mais variadas fontes, como por exemplo planilhas Excel, bases de dados 
SQL, arquivos CSV, dentre outros. Esses dados, após lidos pelo script R, são carregados na memória e processados 
pelo programa R. 
 
 
Podemos dizer que R é uma linguagem multiplataforma. O script R é um simples arquivo texto em claro. 
Qualquer plataforma que possua um interpretador R pode executar o script sem problema nenhum. Temos 
interpretador R para Windows, Mac, Linux, etc. 
Existem também soluções para rodar scripts R em um servidor. A vantagem de rodar no servidor é que não 
ficamos dependentes dos recursos da máquina local. Podemos deixar o script rodando, processando grandes 
quantidades de dados no servidor, sem se preocupar em deixar a estação de trabalho local ligada. Quando o 
processamento no servidor terminar, é só se conectar e ver os resultados. 
Uma das grandes vantagens do R é sua extensibilidade. Ele possui uma riquíssima gama de bibliotecas 
desenvolvidas pela comunidade de programadores R com diversas funcionalidades prontas. É só instalar o pacote 
da biblioteca e fazer uso das funções. São mais de 5000 pacotes gratuitos abertos para download desenvolvidos 
tanto por empresas (Google, AT&T, ...) quanto por universidades ao redor do mundo. 
O R é mais que um software estatístico. É um ambiente que permite explorar dados interativamente, mas à 
medida que a análise evolui, é uma linguagem de programação completa para desenvolver e automatizar soluções 
Prof. Hamilton Rodrigues 
 Aula 02 
 
6 de 44| www.direcaoconcursos.com.br 
Linguagem R, RStudio 
Conhecimentos de Informática (Parte II) para Escriturário do Banco do Brasil 
e implementar pacotes. É uma ferramenta poderosa para manipulação, processamento, visualização e análise de 
dados, além de possibilitar também simulações e análises estatísticas. 
 
Nesta aula, iremos estudar a linguagem R utilizando a IDE RStudio. 
Desenvolver no RStudio tem diversas vantagens como: 
 * highlight do código; autocomplete; 
 * preenchimento automático de parêntesis e chaves; 
 * interface intuitiva para objetos, gráficos, scripts; 
 * organização dos arquivos em projetos; 
 * interação com HTML; etc. 
Você pode baixar o RStudio gratuitamente a partir do link https://rstudio.com/ 
Não é obrigatório você instalar o RStudio na sua máquina. Se estiver com pouco tempo, pode acompanhar somente o PDF 
desta aula e a videoaulas. O RStudio é só para o caso de você querer se aprofundar ou tiver alguma dúvida específica e quiser 
executar um código por conta própria. 
 
Como dissemos, o RStudio um software bem intuitivo para desenvolver scripts em R. A janela principal do 
RStudio tem a aparência abaixo. 
 
 
O painel superior esquerdo do RStudio é o editor de texto onde você vai escrever seus Scripts. Ele possui 
code highlighting entre outras funcionalidades. 
Editor de código-fonte R 
Console 
Variáveis, objetos 
Arquivos 
https://rstudio.com/
Prof. Hamilton Rodrigues 
 Aula 02 
 
7 de 44| www.direcaoconcursos.com.br 
Linguagem R, RStudio 
Conhecimentos de Informática