A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
23 pág.
Teste 2 -TEOE ;Trabalho de Campo textos admnistrativos

Pré-visualização | Página 1 de 4

Índice
1. Introdução	3
1.1.Objectivos	4
1.1.1 Objectivo geral:	4
1.1.2 Objectivos específicos	4
1.1.3. Metodologia	4
2. Fundamentação Teórica	5
2.1.1. Convocatório	5
2.1.2. Acta	5
2.1.3. Requerimento	6
2.2.Convocatória	6
2.2.1.Organização Textual	7
2.2.2.Ponto de vista icónico	7
2.2.3. Estrutura	7
2.2.4.Organização Linguística	8
2.3.Acta	9
2.3.1. Estrutura	9
2.3.2. Organização da acta	10
2.3.3.Do ponto de vista icónico	10
2.3.4. Do ponto de vista Discursivo	10
2.3.4.Os requisitos indispensáveis numa acta	11
2.3.5 A linguagem/Escrita	11
2.3.REQUERIMENTO	13
2.3.1.Estrutura do requerimento	13
2.4.2.Organização do relatório	15
2.4.2.Organização icónica	15
2.4.3.Organização linguística	15
2.4.4.Situações	15
2.4.5.Pressupostos	16
EXEMPLO DE UM RELATÓRIO	16
2.5.Currículo vitae	17
2.5.1.Tipos de currículo	17
3.Conclusão	21
4. Referências bibliográficas	22
1. Introdução 
Com o presente trabalho, pretendemos abordar os aspectos referentes a textos administrativos a acta, convocatória, requerimento, relatório e currículo vitae (CV) onde através das nossas buscas convidamo-lo a perceber que a acta é um resumo do que ocorreu numa reunião ou sessão.
 O trabalho está organizado em quatro partes, nomeadamente a introdução, onde de forma objectiva apresentaremos o que pretendemos investigar, a parte de apresentação responsável pela definição, distinção, demonstração da importância e relacionamento dos conceitos da investigação (acta, convocatória, requerimento, relatório e currículo vitae e organização icónica) a conclusão, onde de forma mais sintética traremos as ideias essenciais da nossa investigação e referências bibliográficas, para alistamento das obras usadas na produção do trabalho.
Para a elaboração do presente trabalho para além dos conhecimentos práticos que possuímos, iremos usar a pesquisa bibliográfica, onde vamos trazer interpretações sólidas e fundamentados por diferentes autores de destaque que debruçaram-se sobre o tema em alusão
1.1.Objectivos 
1.1.1 Objectivo geral: 
· Compreender a organização da acta, convocatória, requerimento, relatório e currículo vitae;
1.1.2 Objectivos específicos 
· Definir os conceitos de (acta, convocatória, requerimento, relatório e currículo vitae);
· Identificar a estrutura e organização de textos funcionais;
· Produzir acta, convocatória, requerimento, relatório e currículo vitae;
1.1.3. Metodologia 
Para a elaboração do presente trabalho, recorremos a várias obras bibliográficas, em busca de assuntos pertinentes com auxílio de alguns métodos, tais como:
· Analise (para analisar a essência da acta, convocatória, requerimento, relatório e currículo vitae)
· Debate (consistiu na discussão e síntese dos assuntos tratados acerca da acta, convocatória, requerimento, relatório e currículo vitae)
· Elaboração Conjunta (consiste na unificação das nossas contribuições para um senso comum) 
2. Fundamentação Teórica
2.1. Conceptualização 
2.1.1. Convocatório
É um texto de chamada de atenção, dirigido geralmente a várias pessoas, produzido por um Emissor ou Entidade, investidos de competência e poder, que convida ou manda comparecer para algo.
Segundo Gonçalves (2009) convocatórias é o meio através do qual se convidam os participantes de uma reunião acerca do dia, hora, local e ordem de trabalhos dessa reunião.
O grupo apoia se mais no primeiro conceito acima porque é mais abrangente e espelha a matéria da definição da convocatória.
2.1.2. Acta
É um texto relativamente longo, elaborado como consequência de uma sessão/reunião, que procura fixar com toda a fidelidade os aspectos essenciais dos factos ocorridos na sessão.
Para Jones (1998) acta é um registo escrito dos factos e das decisões tomadas numa reunião.
Segundo Gonçalves (2009) acta é o relato escrito, em livro próprio, do que foi dito, deliberado numa reunião ou assembleia da empresa, associação.
O 1º conceito é mais abrangente e é nele que o grupo se apoia desta forma o grupo concluiu que acta é um texto longo que é resultado de tudo que se tratou em determinada sessão ou reunião.
2.1.3. Requerimento 
É um texto normativo que consiste numa petição por escrito segundo certas formas legais, dirigidas a um organismo público, a uma instituição e a uma autoridade” (SILVA, 2010).
Segundo Lavareda, (2004) requerimento é uma petição dirigida a uma entidade oficial, organismo ou instituição através da qual se solicita a satisfação de uma necessidade ou interesse.
Como se pode observar, existem entre os dois primeiros autores uma convergência na definição do conceito de requerimento, incidindo ao mesmo tempo numa “petição por escrito dirigida a um organismo, instituição”.
O conceito SILVA, inclui para além da petição por escrito dirigida a um organismo, instituição, (formas legais, autoridade) e, este pensamento é mais abrangente e espelha a matéria da definição de requerimento.
Na óptica de JÚNIOR, relatório é comunicação oral ou escrita, organizada, fundamentada, comentada por quem viu, ouviu, estudou um facto, assunto ou situação.
Na óptica de Jones (1998) currículo vitae é um histórico profissional, conjunto de dados, informações relacionado à pessoa, situação do candidato para um determinado cargo.
2.2.Convocatória
Na Convocatória indica-se o dia, a hora e o local, sendo por isso de carácter mais obrigatório.
Numa convocatória, a sequência dos parágrafos corresponde à sequência cronológica das actividades a serem desenvolvidas. A linguagem deve ser simples, clara, objectiva.
Concluímos ainda que a acta assemelha-se da convocatória na sua estrutura, visto que ambos possuem introdução, desenvolvimento e conclusão.
Notamos que existe diferença entre estes dois textos uma vez que a acta é um texto longo ao passo que a convocatória é um texto curto.
2.2.1.Organização Textual 
2.2.2.Ponto de vista icónico
· Texto curto; 
· Organizado graficamente em três partes, nomeadamente o cabeçalho, o corpo do texto, data e assinatura. 
Exemplifiquemos com o texto em estudo: 
O cabeçalho - corresponde ao endereço ou instituição emissora da convocatória bem como ao indicativo da mesma. 
O corpo - compreende a duas subpartes: 
· Nome da instituição/entidade que convoca; data; hora e local de realização da sessão convocada, o segmento linguístico "convocar" que aclara a autoridade de poder do delegado da colectividade que anuncia a agenda da sessão convocada. 
· Corresponde a sequência cronológica das actividades a serem praticadas no decorrer da sessão. 
A assinatura - corresponde à assinatura da entidade legislada como competente para a criação da realidade" sessão Ordinária". Esta assinatura é precedida pela data e local de emissão e pelo cargo que lhe confere autoridade e poder para convocar a sessão.
2.2.3. Estrutura 
a) Quem? 
b) O quê? 
c) Quando? 
d) Onde? 
e) Para quê?
f) Local data e assinatura.
2.2.4.Organização Linguística
a) Marcas de pessoa
Usa-se a 1ª pessoa do singular representativa de uma entidade investida de poder (Directora daISCED) que determina a realização futura de uma sessão; Usa-se também a 2ª. Pessoa do plural (implícita)
b)Marcas de tempo e espaço
Presidem à produção deste tipo texto duas marcas: a do local e a do momento de enunciação (do Emissor) –Maputo, 9 de Abril de 2020; do local e do momento da acção - sede da ISCED- Campus Venhene.
c)Tempos verbais
O verbo convocar identifica o texto como prescritivo, pois coloca o receptor no cumprimento do “dever-fazer” e pode apresentar-se sob três formas: convoco, convocam-se ou são convocados.
Numa Convocatória estão sempre implícitos três momentos:
Passado – para se convocar, tem de ter havido um motivo/circunstância precedente;
Presente – respondendo a essa circunstância, faz-se a Convocatória;
Futuro – a Convocatória tem em vista a abordagem, apresentação ou discussão de um assunto num momento posterior ao da produção da Convocatória.
EXEMPLO DE UMA CONVOCATÓRIA:Convocatória
A Secretaria do bairro Machava Km 15, convoca a todos os moradores, a participarem na reunião a ter lugar no próximo dia 12 Abril do ano em curso pelas 10 horas e