Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
PROVA%20SBV%20CT03-NB01

Pré-visualização | Página 1 de 1

SUPORTE BÁSICO DA VIDA: PROFESSORA GEANY
S6-B0206
Matricula:20115464
Aluno: Larissa da Silva mota
RESPONDA CORRETAMENTE AS QUESTÕES
1.A respeito de primeiros socorros, julgue o item a seguir. Os sinais e sintomas apresentados pela vítima de parada cardiorrespiratória incluem a inconsciência e a ausência de pulsação. 
( ) Errado 				( ) Certo
2. Em que consiste a técnica de respiração boca-a-boca? 
a) Trata-se de uma técnica simples em que o socorrista procura apenas encher os pulmões do acidentado, soprando fortemente em sua boca. 
b) Trata-se de uma técnica simples em que o socorrista procura apenas encher os pulmões do acidentado, tapando fortemente em sua boca.
 c) Trata-se de uma técnica simples em que o socorrista procura apenas encher os pulmões do acidentado, soprando simultaneamente sua boca e nariz. 
 d) Trata-se de uma técnica simples em que o socorrista procura apenas manter os pulmões do acidentado sem sangue, tapando fortemente em sua boca.
3. No caso de uma vítima de acidente automobilístico que apresenta uma hemorragia externa provocada por um corte em que o sangue sai em jato pulsátil e com coloração vermelho vivo, é correto afirmar que esse corte atingiu 
a) uma artéria. 
b) uma veia. 
c) um tendão. 
d) o coração.
4. Em caso de ferimento aberto perfurante, é preciso: 
I. Retirar o objeto perfurante imediatamente. 
II. Procurar atendimento médico/hospitalar. 
III. Suturar o local da ferida enquanto aguarda atendimento médico/hospitalar. 
É incorreto o que se afirma em: 
a) I e II. 
b) I e III. 
c) II e III. 
d) Somente II. 
e) I, II e III.
5. Epistaxe é a perda de sangue pelo nariz quando algum vaso sanguíneo se rompe. Ao socorrer uma vítima com Epistaxe, é correto: 
a) Apertar as laterais do nariz contra o septo (osso) por alguns minutos. 
b) Deitar a vítima e mantê-la assim. 
c) Após parar o sangramento, solicitar à vítima que assoe o nariz para eliminar o resto de sangue. 
d) Limpar o nariz, introduzindo cotonete com cuidado para estancar o sangramento.
6. Leia as afirmativas a seguir: 
I. Em um acidente com queimadura superficial, deve-se lavar o local com água sanitária. 
II. Em um acidente com arranhões, deve-se lavar o local com água limpa e sabão, além de protegê-lo com pano limpo ou gaze. Marque a alternativa CORRETA: 
a) As duas afirmativas são verdadeiras. 
b) A afirmativa I é verdadeira, e a II é falsa. 
c) A afirmativa II é verdadeira, e a I é falsa. 
d) As duas afirmativas são falsas.
 AP1-1
CT03-NB01
NOTA:
18/04/20
7. Na maioria dos acidentes, o condutor e os demais envolvidos não são profissionais de resgaste e, por isso, devem se limitar a fazer o mínimo necessário com a vítima até a chegada do socorro. Um dos procedimentos que podem agravar a situação das vítimas é de movimentála, pois pode levar a: 
a) Hemorragia interna. 
b) Sangramento abundante. 
c) Desmaio. 
d) Lesões, fraturas com danos irreversíveis.
8. Ainda em acidentes de trânsito, o procedimento incorreto em caso de fraturas é: 
a) Improvisar, podendo usar materiais como talas.
b) Encaixar os ossos fraturados, o mais rápido possível. 
c) Impedir o deslocamento das partes, para evitar maiores danos. 
d) Colocar talas para sustentar o membro atingido. 
9. Qual das alternativas abaixo não faz parte do procedimento correto de primeiros socorros em caso de choque elétrico? 
a) Para não sermos atingidos pela descarga elétrica, devemos desligar a chave geral de eletricidade antes de tocar a vítima. 
b) Afrouxar as roupas da vítima para facilitar a respiração e a circulação sanguínea. 
c) Caso a vítima não esteja respirando, deve-se iniciar a massagem cardíaca e a respiração boca a boca. 
d) Procurar imediatamente socorro médico.
10. A pessoa que está prestando os primeiros socorros deve seguir um plano de ação baseando-se na filosofia de “Prevenir-Afastar-Socorrer” do risco para o paciente e para o socorrista, que é a filosofia no atendimento 
 a) de primeiros socorros. 
b) ambulatorial. 
c) hospitalar. 
d) coletivo.