A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
INFRAVERMELHO

Pré-visualização | Página 1 de 1

*
INFRAVERMELHO
*
Infravermelho
Calor superficial radiante
 - aquece a epiderme e os tecidos mais profundos são aquecidos por condução, atingindo profundidades de até 1cm.
 2 tipos de geradores:
 LÂMPADAS: luminosas 
 não - luminosas
*
Não - luminosas
Bobina espiral de fio de metal resistente (carbonato de silício SiC) enrolada em volta de um pedaço de material não-condutor.
 A resistência do fio ao fluxo elétrico produz calor.
*
 Por causa do tempo necessário para aquecer o núcleo e gerar uma saída máxima de ondas, é necessário um período de aquecimento de 5 a 10 minutos.
 Potência: 50 a 1000 Watts
 Não está sendo mais fabricado atualmente.
*
Luminosos
Lâmpadas de filamento de carbono e tungstênio ajustadas nos refletores de metal.
 O refletor foca as ondas para a área que está sendo tratada.
 Potência: 60 a 1500 Watts.
 Calor produzido instantaneamente. Não é necessário tempo de aquecimento.
*
Vantagens de utilizar o I.V.
Praticidade
 mais localizado
 é mais cômodo para o paciente
 visualização da área a ser tratada
 não há pressão sobre a área tratada
 útil para feridas úmidas que devem ser secas
*
Técnicas de aplicação
seco
úmido
 
 - posicione o paciente adequadamente
 - foque a luz no local a ser tratado
 - distância da fonte: 50 cm
*
Intensidade
De acordo com a subjetividade do paciente
diminui a intensidade ou afasta a fonte do paciente
 Duração: 20 a 30 minutos
*
Respostas fisiológicas
Sudorese (estímulos das glândulas sudoríparas)
 hiperemia (vasodilatação)
 elevação superficial da temperatura
*
Indicações e contra-indicações
Mesmas do calor

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.