Buscar

Apostilas Recursos Avançados de Word e Excel

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 178 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 178 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 178 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

WORD AVANÇADO 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Manaus / 2017 
 
 
Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial no Amazonas 
 
Composição do Conselho Regional 
 
José Roberto Tadros 
Presidente 
 
Composição da Diretoria Regional 
 
Silvana Maria Ferreira de Carvalho 
Diretora Regional 
 
Neilon Márcio Batista da Silva 
Gerente da Divisão Administrativa 
 
Marcilene de Oliveira Carvalho 
Gerente da Divisão de Educação Profissional 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
SENAC/AM 
Av. Djalma Batista, 2507 
Manaus – Am 
Disk – cursos: (92) 3649-3750 
www.am.senac.br 
http://www.am.senac.br/
 
 
 
 
 
 
 
 
 
WORD AVANÇADO 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Manaus / 2017 
 
 
 
Senac Amazonas – Centro de Informática Manoel Catharino dos Santos Gomes 
 
Apostila Word Avançado 
 
Elaboração e digitação: Diogo Rafael da Silva 
Atualização: Diogo Rafael da Silva 
Revisão ortográfica: 
Supervisão pedagógica: Ederson Pinto 
Gerência: Nailson Andrade 
Normas bibliográficas: 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Referências conforme as Normas de Documentação adotadas pelo 
SICs. 
 
SENAC. DR. AM. Word avançado / Diogo Rafael da Silva. – 
Manaus: SENAC/CIN, 2017. – 70 p. II. Tab. Graf. Por. 
 
WORD; EDITOR DE TEXTO; INFORMÁTICA; RECURSOS 
AVANÇADOS 
 
CDD 005.369 
 
 
Sumário 
Capítulo 1 7 
1 Revisão de Comandos Básicos ....................................................................................... 9 
1.1 Alinhamento e Formatação de Parágrafos ................................................................... 9 
1.1.1 Espaçamento entre Linhas ........................................................................................ 9 
1.1.2 Marcadores e Numeração.......................................................................................... 9 
1.1.3 Recuar Parágrafos ................................................................................................... 10 
1.1.4 Bordas e Sombreamento ......................................................................................... 12 
1.2 Imagens ...................................................................................................................... 12 
1.2.1 Inserir Imagens do Computador............................................................................... 12 
1.2.2 Inserir Imagens Online ............................................................................................. 13 
1.3 Formas ........................................................................................................................ 13 
1.4 SmartArt ...................................................................................................................... 13 
1.5 Tabelas ....................................................................................................................... 14 
1.6 Caixa de Texto ............................................................................................................ 15 
1.7 Capitular ...................................................................................................................... 16 
1.8 Cabeçalho e Rodapé .................................................................................................. 16 
1.8.1 Inserir Número de Página ........................................................................................ 17 
1.8.2 Remover Cabeçalho ou Rodapé .............................................................................. 17 
1.9 Margens ...................................................................................................................... 17 
1.10 Orientação de Página ............................................................................................... 18 
1.11 Colunas ..................................................................................................................... 18 
1.12 Personalizar Guias .................................................................................................... 19 
Capítulo 2 21 
2 Mala Direta, Envelopes e Etiquetas ............................................................................... 23 
2.1 Mala Direta .................................................................................................................. 23 
2.1.1 Criando a Primeira Mala Direta ................................................................................ 23 
2.1.2 Criar Mala Direta a partir do Excel ........................................................................... 27 
2.1.3 Imprimindo uma Mala Direta .................................................................................... 27 
2.2 Envelopes e Etiquetas ................................................................................................ 27 
2.2.1 Criando Envelopes ................................................................................................... 27 
2.2.2 Imprimindo Envelopes ............................................................................................. 30 
2.2.3 Criando Etiquetas .................................................................................................... 31 
2.2.4 Imprimindo Etiquetas ............................................................................................... 33 
 
 
 
Capítulo 3 35 
3 Quebras .......................................................................................................................... 37 
3.1 Quebra de Página ....................................................................................................... 37 
3.2 Quebra de Seção ........................................................................................................ 37 
3.2.1 Inserindo Quebra de Seção ..................................................................................... 38 
Capítulo 4 41 
4 Estilos, Sumário, Índice Remissivo e Notas de Rodapé ................................................ 43 
4.1 Estilos .......................................................................................................................... 43 
4.2 Sumário ....................................................................................................................... 43 
4.3 Índice Remissivo ......................................................................................................... 45 
4.4 Notas de Rodapé ........................................................................................................ 46 
Capítulo 5 49 
5 Proteção de Documento ................................................................................................. 51 
5.1 Outras Opções de Proteção de Documento ............................................................... 52 
Capítulo 6 55 
6 Macros e Formulários ..................................................................................................... 57 
6.1 Macros ......................................................................................................................... 57 
6.1.1 Criando Macro .......................................................................................................... 57 
6.2 Formulários ................................................................................................................. 61 
6.2.1 Criando Formulário ................................................................................................... 61 
Capítulo 7 65 
7 Recursos Extras ............................................................................................................. 67 
7.1 Legendas e Lista de Ilustração ................................................................................... 67 
7.2 Abrir e Salvar PDF ...................................................................................................... 67 
8 Referências 68 
 
 Capítulo 
 
 
1. Revisão de Comandos Básicos 09 
1.1. Alinhamento e Formatação de Parágrafos 09 
1.1.1. Espaçamento entre Linhas 091.1.2. Marcadores e Numeração 09 
1.1.3. Recuar Parágrafos 10 
1.1.4. Bordas e Sombreamento 12 
1.2. Imagens 12 
1.2.1. Inserir Imagens do Computador 12 
1.2.2. Inserir Imagens Online 13 
1.3. Formas 13 
1.4. SmartArt 13 
1.5. Tabelas 14 
1.6. Caixa de Texto 15 
1.7. Capitular 16 
1.8. Cabeçalho e Rodapé 16 
1.8.1. Inserir Número de Página 17 
1.8.2. Remover Cabeçalho e Rodapé 17 
1.9. Margens 17 
1.10. Orientação de Página 18 
1.11. Colunas 18 
1.12. Personalizar Guias 19 
 
1 
 
 
 
9 
1 Revisão de Comandos Básicos 
1.1 Alinhamento e Formatação de Parágrafos 
 
As opções para alinhar o texto estão situadas na guia Página Inicial no grupo 
Parágrafo. Você poderá ajustar o texto de acordo com as seguintes opções: 
 Alinhar à Esquerda; 
 Centralizar; 
 Alinhar à direita; 
 Justificar. 
1.1.1 Espaçamento entre Linhas 
Para alterar o espaçamento entre linhas 
execute os seguintes passos: 
1) Selecione os parágrafos em que deseja 
alterar o espaçamento entre linhas. 
2) Na guia Página Inicial, no 
grupo Parágrafo, clique 
em Espaçamento entre linhas. 
3) Clique no número de espaçamentos 
entre linha que deseja inserir. 
1.1.2 Marcadores e Numeração 
 
 
 
10 
Ao criar uma lista numerada ou com 
marcadores, você pode seguir um 
destes procedimentos: 
 Utilize as opções de marcador ou 
numeração para as listas, 
personalize as listas ou selecione outros formatos na 
Biblioteca de Marcadores e na Biblioteca de 
Numeração. 
 Após escolher o tipo de lista, digite qualquer texto desejado e pressione 
ENTER para adicionar o próximo item de lista. 
1.1.3 Recuar Parágrafos 
Você pode ajustar o espaçamento da primeira linha de um parágrafo para criar um 
recuo deslocado, no qual a primeira linha do parágrafo não é recuada, mas as linhas 
subsequentes são ou recuar o parágrafo inteiro. Para isso, você usará a régua do 
documento Word. Se a régua não estiver visível no alto da apresentação, selecione 
a caixa Régua na guia Exibir. 
 
 
1. Recuo de Primeira linha 
2. Recuo Deslocado 
3. Recuo à Esquerda 
 
1 
2 
3 
11 
Exemplos: 
Recuo de Primeira Linha 
 
“É um fato conhecido de todos que um leitor se distrairá com o conteúdo de 
texto legível de uma página quando estiver examinando sua diagramação. A 
vantagem de usar Lorem Ipsum é que ele tem uma distribuição normal de letras, ao 
contrário de "Conteúdo aqui, conteúdo aqui", fazendo com que ele tenha uma 
aparência similar a de um texto legível. “ 
Recuo Deslocado 
 
“É um fato conhecido de todos que um leitor se distrairá com o conteúdo de texto 
legível de uma página quando estiver examinando sua diagramação. A 
vantagem de usar Lorem Ipsum é que ele tem uma distribuição normal de 
letras, ao contrário de "Conteúdo aqui, conteúdo aqui", fazendo com que ele 
tenha uma aparência similar a de um texto legível.” 
Recuo à Esquerda 
 
“É um fato conhecido de todos que um leitor se distrairá com o conteúdo de 
texto legível de uma página quando estiver examinando sua diagramação. A 
vantagem de usar Lorem Ipsum é que ele tem uma distribuição normal de 
letras, ao contrário de "Conteúdo aqui, conteúdo aqui", fazendo com que ele 
tenha uma aparência similar a de um texto legível.“ 
 
 
 
 
 
 
12 
1.1.4 Bordas e Sombreamento 
Bordas 
1) Selecione uma 
palavra, linha ou 
parágrafo; 
2) Na guia Página Inicial, no grupo Parágrafo, clique na seta 
ao lado de Bordas; 
3) Escolha o tipo de borda desejada. 
Sombreamento 
1) Selecione a palavra ou o parágrafo 
sombreado que você deseja alterar. 
2) Na guia Página Inicial, no 
grupo Parágrafo, clique na seta ao 
lado de Sombreamento. 
3) Selecione a cor 
desejada, caso seja 
necessário selecione a 
opção Mais Cores para 
visualizar outros tons de 
cores. 
 
1.2 Imagens 
Você pode inserir imagens de lugares diferentes, como: 
1.2.1 Inserir Imagens do Computador 
1) Clique em Inserir > Imagens. 
2) Na caixa Inserir imagem, 
navegue para o local da imagem 
em seu computador, selecione-a 
e, em seguida, clique em Inserir. 
13 
1.2.2 Inserir Imagens Online 
1) Clique em Inserir > Imagens 
Online. 
2) Na caixa Pesquisa de Imagens 
do Bing, digite um tema da 
imagem que deseja inserir no documento e pressione Enter. 
3) Na lista de resultados, clique em um item e depois no botão: Inserir. 
1.3 Formas 
Para adicionar formas ao seu documento, siga o seguinte procedimento: 
1) Na guia Inserir, no grupo 
Ilustrações, clique em Formas. 
2) Clique na forma desejada, clique 
em qualquer lugar no documento 
e arraste para colocar a forma. 
Dica: Para criar um quadrado ou círculo perfeitos (ou restringir as dimensões de 
outras formas), pressione e mantenha pressionada a tecla SHIFT ao arrastar. 
1.4 SmartArt 
Você pode adicionar um fluxograma de 
diversos modelos ao seu documento. 
1) Clique no elemento gráfico 
SmartArt ao qual você 
deseja adicionar uma forma. 
2) Clique em um dos layouts 
de SmartArt disponíveis. 
Por exemplo, pode escolher 
um dos modelos de 
Hierarquia. 
 
 
 
 
14 
 
1.5 Tabelas 
Para inserir uma tabela básica: 
1) Clique na guia Inserir > Tabela. Mova o ponteiro do 
mouse sobre a grade até realçar o número de colunas 
e linhas desejadas. Por exemplo: Se deseja inserir 
uma tabela com 5 colunas e 2 linhas (movimente o 
ponteiro do mouse para direita da grade até destacar 5 
colunas e também para baixo da grade até destacar 2 
linhas). Aparecerá acima da grade a quantidade de 
colunas e linhas desejadas: Tabela 5x2. Clique e a 
tabela aparecerá no documento. 
Dica: Outra maneira de construir tabelas é 
utilizando a opção: Inserir Tabela. Basta 
apenas definir a quantidade de colunas e linhas 
desejadas. 
Quando você clica na tabela, 
as Ferramentas de 
Tabela são exibidas: guia Design e guia 
Layout. 
Guia Design – É onde trabalhamos as cores de sombreamento e bordas da tabela, 
também é possível definir um tipo e espessura da borda. Tudo que for relacionado a 
borda e sombreamento podemos utilizar os botões dessa guia, além de escolher um 
estilo predefinido para formatar a tabela de forma mais prática e rápida. 
 
Botão Função 
 
Define uma predefinição de cores e bordas para 
tabela. 
15 
 
Aplica uma cor no preenchimento da célula. 
 
Formata a borda da tabela: 
1) Tipo de borda; 
2) Espessura da borda; 
3) Cor da borda. 
Guia Layout – É onde apresentam mais ferramentas para formatar a tabela. Nela, 
podemos: Inserir ou excluir linhas e colunas da tabela; Mescla (Une) duas ou mais 
células; Alinhar o conteúdo da célula. 
 
Botão Função 
 
Exclui célula, linha, coluna e tabela. 
 
Insere linha e coluna na tabela. 
 
Mescla (une) as células selecionadas. 
 
Alinha o conteúdo na célula selecionada. 
 
Direciona o texto na horizontal ou vertical. 
1.6 Caixa de Texto 
Para adicionar uma Caixa de Texto execute os seguintes passos: 
1 
2 
3 
 
 
16 
1) Na guia Inserir, no grupo Texto, clique em Caixa de 
Texto; 
2) Clique sobra a Caixa de Texto desejada e depois 
digite o texto. 
1.7 Capitular 
Para inserir a Capitulação no 
texto, execute os seguintes 
passos: 
1) Posicione o cursor no 
parágrafo que deseja inserir a capitulação; 
2) Na guia Inserir, no grupo Texto, clique no botão 
Letra Capitular e escolha a opção: Capitular. 
1.8 Cabeçalho e Rodapé 
Os cabeçalhos e rodapés podem ser inseridos no documento da seguinte maneira: 
1) Na guia Inserir, no grupo Cabeçalho e Rodapé, 
clique em Cabeçalho (caso deseja inserir um 
cabeçalho) ou Rodapé (caso deseja inserir um 
rodapé); 
2) Escolha o modelo desejado de cabeçalho ou rodapé; 
3) Digite o texto ou insira elementos gráficos e outros tipos de conteúdo. 
Observação I: Quando está editando o cabeçalho ou o rodapé, a área de edição do 
documento fica desabilitado. Para sair da área do cabeçalho ou do rodapé, basta dar 
um clique duplo na área do texto do documento(ou seja, fora do cabeçalho ou 
rodapé). 
Observação II: Não usar cabeçalho nem rodapé na primeira página. 
1) Na primeira página do documento, clique duas vezes na área de cabeçalho 
ou rodapé; 
2) Em Ferramentas de Cabeçalho e Rodapé, na Guia Design, no 
grupo Opções, selecione a caixa de seleção Primeira Página Diferente; 
17 
3) Na área Cabeçalho da Primeira Página ou Rodapé da Primeira Página, 
exclua o conteúdo do cabeçalho ou rodapé. 
1.8.1 Inserir Número de Página 
1) Na guia Inserir, no grupo Cabeçalho e Rodapé, 
clique em Número da Página; 
2) Você pode inserir a numeração de página no 
início ou no fim de cada página. Por exemplo, 
escolha a opção: Fim da Página; 
3) Clique na opção desejada. 
1.8.2 Remover Cabeçalho ou Rodapé 
1) Na guia Inserir, no grupo Cabeçalho e Rodapé, clique em Cabeçalho ou 
Rodapé. 
2) Clique em Remover Cabeçalho ou Remover Rodapé. O mesmo também 
vale para Numeração de Página. 
1.9 Margens 
1) Na guia Layout, no 
grupo Configurar 
Página, clique em 
Margens; 
2) Clique no tipo de 
margem desejada; 
3) Você também pode especificar 
as próprias configurações de 
margem. Clique em Margens, 
clique em Margens 
Personalizadas e, em seguida, 
insira os valores das margens 
nas caixas Superior, Inferior, 
Esquerda e Direita. 
 
 
 
18 
1.10 Orientação de Página 
1) Na guia Layout, no grupo Configurar Página, clique em Orientação; 
2) Clique em Retrato (para visualizar a página na vertical, “em pé”) ou 
Paisagem (para visualizar a página na horizontal, “deitada”). 
 
1.11 Colunas 
Selecione o texto que pretende dividir em colunas ou posicione o cursor onde as 
colunas irão começar. 
1) Na guia Layout, no grupo 
Configurar Página, clique 
em Colunas; 
2) Clique na quantidade de 
colunas desejadas. 
Caso queira configurar mais colunas ou inserir uma linha entre colunas, faça: 
1) Clique em Mais Colunas; 
2) Defina a quantidade de colunas na opção: Número de Colunas; 
3) Marque a opção: Linha entre colunas para adicionar uma linha entre as 
colunas. 
 
1 
2 
3 
19 
1.12 Personalizar Guias 
É possível personalizar as guias do 
Word, para isto você pode clicar em 
Personalizar a barra de ferramentas 
de acesso rápido. 
1) Clique em Mais Comandos; 
2) Clique em Personalizar Faixa de 
Opções e você tem a opção de 
criar uma nova Guia, um novo 
Grupo e Adicionar um novo Item, 
pode-se também desmarcar 
alguma Guia e na sequência, você pode clicar em OK para finalizar e ver os 
novos resultados. 
 
O Word 2016, assim como o Office 2016 são ótimas ferramentas para complementar 
o seu trabalho do dia-a-dia. 
 
 
 
 
 Capítulo 
 
 
2. Mala Direta, Envelopes e Etiquetas 23 
2.1. Mala Direta 23 
2.1.1. Criando a Primeira Mala Direta 23 
2.1.2. Criar Mala Direta a partir do Excel 27 
2.1.3. Imprimindo uma Mala Direta 27 
2.2. Envelopes e Etiquetas 27 
2.2.1. Criando Envelopes 27 
2.2.2. Imprimindo Envelopes 30 
2.2.3. Criando Etiquetas 31 
2.2.4. Imprimindo Etiquetas 33 
 
2 
 
 
 
23 
2 Mala Direta, Envelopes e Etiquetas 
2.1 Mala Direta 
O recurso do Word de mala direta permite criar documentos padronizados para 
vários destinatários diferentes, sem a necessidade de criar documentos individuais, 
a mala direta é amplamente utilizada pelas empresas no envio de cartas aos seus 
clientes seja por correio ou por e-mail, gerar envelopes, e etiquetas. 
2.1.1 Criando a Primeira Mala Direta 
1) Na guia Correspondências, clique em Iniciar Mala direta, em seguida, 
clique em Assistente de mala direta passo a passo. 
 
O painel de tarefas Mala Direta aparece no lado direito da tela com 6 etapas: 
 
 Etapa 1 de 6: Selecionar tipo de documento 
1) No painel de tarefas, selecione o tipo de documento, clique em Diretório. 
2) Para continuar, clique em Próxima: documento inicial. 
 
 Etapa 2 de 6: Selecionar documento inicial 
1) Em Selecionar documento inicial, você verá as seguintes opções: 
a) Usar o documento atual: usa o documento atual na tela como seu 
documento principal. 
 
 
24 
b) Iniciar com base em um modelo: escolha um dos modelos de mala 
direta pronto para uso. 
c) Iniciar com base em documento existente: Abra um documento 
existente para usar como seu documento principal de mala direta. 
2) Clique na opção desejada. 
3) E clique em Próxima: selecione os destinatários. 
 
 Etapa 3 de 6: selecione os destinatários 
Quando você abre ou cria uma fonte de dados usando o Assistente de mala direta, 
está pedindo ao Word para usar um conjunto específico de informações variáveis 
para a mesclagem. 
Método 1: Se você estiver usando uma fonte de dados 
Para usar uma fonte de dados existente, siga estas etapas: 
1) No painel de tarefas mala direta, clique em: Usar uma lista existente, em 
Selecionar os destinatários. 
2) Em Usar uma lista existente, clique em Procurar. 
3) Na caixa de diálogo, Selecionar fonte de dados, selecione o arquivo que 
contém as informações que você deseja usar e, em seguida, clique em Abrir. 
Observação: O Word exibe a caixa de diálogo Destinatários de mala direta para 
que você possa classificar e editar seus dados. 
4) Clique em OK para retornar ao documento principal. 
Método 2: Se você estiver usando nomes de uma lista de contatos do Outlook 
Para usar uma lista de contatos do Outlook, siga estas etapas: 
1) No painel de tarefas mala direta, clique em: Selecionar nos contatos do 
Outlook, em Selecionar destinatários. 
2) Em Selecionar nos contatos do Outlook, clique em Escolher a pasta 
‘Contatos’. 
25 
3) Na pasta de contatos do Outlook, selecione os contatos que você deseja. 
Clique em OK. 
4) Clique em OK para retornar ao documento principal. 
Método 3: se você estiver digitando os nomes e endereços pela primeira vez 
Para criar uma nova fonte de dados, execute essas etapas: 
1) Em Selecionar destinatários, clique em Digitar uma nova lista; 
2) Em Digitar uma lista nova, clique em Criar; 
3) Na caixa de diálogo, Nova lista de endereços, clique em Personalizar 
colunas; 
 
4) Na janela, Personalizar lista de endereços, defina os campos que você 
deseja inserir na Mala Direta. Por exemplo: defina os campos, Nome, 
Endereço, Telefone. 
 
 
 
26 
5) Após definido os campos, clique em Ok. E preencha as lacunas com as 
informações com Nome, Endereço e Telefone da fonte de dados que irá 
inserir na Mala Direta. Clique em Ok. 
6) Salve sua fonte de dados e confirme a janela, Destinatários da Mala Direta. 
 
 Etapa 4 de 6: Organize o diretório 
1) Posicione o cursor no campo onde irá inserir o primeiro campo de 
mesclagem da mala direta. 
 Nome: 
 Endereço: 
 Telefone: 
2) Clique no botão Inserir Campo de Mesclagem e insira o primeiro campo 
desejado. Faça o mesmo procedimento para os outros campos; 
 
3) Quando terminar de organizar, clique em Próxima: Visualize o diretório para 
visualizar os resultados. 
 
 Etapa 5 de 6: Visualize o diretório 
Depois de visualizar o diretório e fazer quaisquer alterações necessárias, clique em 
Próxima: Conclua a mesclagem para continuar. 
 Etapa 6 de 6: Conclua a mesclagem 
1) Clique em: Para documento novo. 
2) Quando for exibida a caixa de diálogo, 
Mesclar para novo documento, clique em 
OK. 
27 
 
2.1.2 Criar Mala Direta a partir do Excel 
Você pode criar uma mala direta com dados do Excel dentro do Word, 
primeiramente conecte-se com um banco de dados, seja ele uma planilha de Excel, 
um banco de dados do Access, ou outros. 
1) Na guia Correspondências, clique em Selecionar Destinatários, e depois 
em Usar uma lista existente. Com isso abrimos a nossa planilha do Excel. 
 
Dica: Para verificar se você está conectado, clique em Editar Lista de 
Destinatários. 
2.1.3 Imprimindo uma Mala Direta 
Após criar a Mala Direta basta imprimir as cartas: 
1) Na guia Correspondências, no grupo Concluir, clique em 
Concluir e Mesclar e clique em Imprimir Documentos; 
2) Escolha se deseja imprimirtodo o conjunto de documentos ou 
somente a que está visível no momento ou um conjunto especificado pelo 
número do registro. 
2.2 Envelopes e Etiquetas 
A partir da criação da mala direta, se torna possível a criação de Correspondências 
para envio à um grande número de endereços. Podendo ser criado Etiquetas 
juntamente para anexo aos Envelopes. 
2.2.1 Criando Envelopes 
A partir da criação da mala direta, iremos criar envelopes com o mesmo endereço de 
Remetente e endereço de Destinatários diferentes. Antes de tudo devemos 
configurar no Word o Endereço de Remetente. 
 
 
28 
1) Clique na guia Arquivo, em Opções, clique em Avançado. No campo Geral, 
configure o Endereço para correspondências para o endereço de 
Remetente desejado. 
 
2) Na guia Correspondências, clique em Iniciar Mala Direta, logo em seguida, 
na opção: Envelopes. 
 
3) Escolha o tamanho do envelope. 
29 
 
4) Na aba Opções de Impressão, escolha o método que o envelope deve ser 
carregado na impressora. Estas informações são apresentadas em Método 
de alimentação e clique em OK. 
 
5) Na guia Correspondências, clique em Selecionar Destinatários e clique em 
Usar uma Lista Existente, isso se já tiver uma lista em uma planilha do Excel 
ou um banco de dados do Access. Se ainda não tiver uma lista, você pode 
criar, clicando na opção: Digitar uma Nova Lista. 
 
 
30 
 
6) Após criado a nova lista ou ter inserido uma lista existente, você pode clicar 
na no botão Editar Lista de Destinatários para o caso desejar inserir, editar, 
classificar, ocultar ou excluir um registro. 
 
7) Clique em Bloco de Endereço. 
 
8) Defina como deseja que o nome apareça. 
 
9) Clique em OK. 
2.2.2 Imprimindo Envelopes 
Para visualizar e imprimir os envelopes. 
31 
1) Clique em Visualizar Resultados e depois clique nas setas para ver se tudo 
está certo. 
 
2) Para imprimir, clique em Concluir e Mesclar e clique em Imprimir 
Documentos. 
 
2.2.3 Criando Etiquetas 
1) Na guia Correspondências, clique em Iniciar Mala Direta, logo em seguida, 
na opção: Etiquetas. 
 
2) Na janela Opções de etiqueta, no campo Fornecedores de etiquetas, 
clique no nome da empresa que fez as etiquetas nas quais você irá imprimir. 
 
 
32 
 
3) Na lista Número do produto, clique no número que corresponde ao número 
do produto listado no pacote de etiquetas. 
10) Na guia Correspondências, clique em Selecionar Destinatários e clique em 
Usar uma Lista Existente, isso se já tiver uma lista em uma planilha do Excel 
ou um banco de dados do Access. Se ainda não tiver uma lista, você pode 
criar, clicando na opção: Digitar uma Nova Lista. 
 
11) Após criado a nova lista ou ter inserido uma lista existente, você pode clicar 
na no botão Editar Lista de Destinatários para o caso desejar inserir, editar, 
classificar, ocultar ou excluir um registro. 
 
12) Clique em Bloco de Endereço. 
 
33 
13) Defina como deseja que o nome apareça. 
 
14) Clique em OK. 
2.2.4 Imprimindo Etiquetas 
Para visualizar e imprimir etiquetas. 
3) Clique em Visualizar Resultados e depois clique nas setas para ver se tudo 
está certo. 
 
4) Para imprimir, clique em Concluir e Mesclar e clique em Imprimir 
Documentos. 
 
 
 
 
 
 
 Capítulo 
 
 
3. Quebras 37 
3.1. Quebra de Página 37 
3.2. Quebra de Seção 37 
3.2.1. Inserindo Quebra de Seção 38 
 
3 
 
 
 
37 
3 Quebras 
Quando estamos digitando um documento, às vezes, sentimos a necessidade de 
que o texto inicie na página seguinte. Para isso, podemos adicionar uma quebra de 
página ao documento sem ter a necessidade de ficar pressionando a tecla ENTER. 
Podemos também usar quebras de seção para controlar a formatação das páginas 
desejadas. 
3.1 Quebra de Página 
Adicionando uma quebra de página: 
1) Clique no local em que você deseja iniciar uma nova página; 
2) Na guia Inserir, no grupo Páginas, clique em Quebra de Página (ou na guia 
Layout, no grupo Configurar Página, clique no botão Quebras e escolha a 
opção: Quebras de Página (Página), o mesmo pode ser feito pelas teclas de 
atalho: CTRL + ENTER). 
Observação: Para visualizar a quebra de página inserida, vá para guia Página 
Inicial, no grupo Parágrafo, clique em Mostrar/Ocultar Tudo. 
 
Após o clique, a página ficará assim: 
 
Dica: Para excluir a quebra de página, selecione-a e pressione DELETE. 
3.2 Quebra de Seção 
Quebras de Seção são utilizadas quando você deseja configurar páginas específicas 
do restante do documento. Por exemplo, às vezes, você deseja configurar que 
 
 
38 
determinadas páginas fiquem na orientação Paisagem e o restante do documento 
fique em orientação Retrato ou formatar que algumas páginas fiquem enumeradas e 
outras não. 
Para inserir uma quebra de seção, vá para guia Layout, no grupo Configurar 
Página, clique no botão Quebras, escolha a opção: Quebra de Seção (Próxima 
Página). 
3.2.1 Inserindo Quebra de Seção 
Crie um novo documento e digite, o seguinte: 
 CAPA 
 CONTRA-CAPA 
 FOLHA DE ROSTO 
 SUMÁRIO 
 INTRODUÇÃO 
 DESENVOLVIMENTO 
 CONCLUSÃO 
 BIBLIOGRAFIA 
 APÊNDICE 
 ANEXO 
Vamos inserir Quebras de Páginas para deixar uma página para cada palavra, com 
exceção antes da Introdução, nesta será inserida uma Quebra de Seção: Próxima 
Página. 
1) Após adicionado Quebras de Página antes de cada tópico (com exceção de 
INTRODUÇÃO), posicione o cursor ANTES da INTRODUÇÃO; 
2) Na guia Layout, no grupo Configurar Página, clique em Quebras e escolha 
a opção: Quebras de Seção: Próxima Página. Assim, as páginas a partir de 
INTRODUÇÃO em diante estarão separadas numa seção das páginas 
anteriores, isso permitirá que estas páginas recebam uma configuração 
diferente das primeiras páginas. Por exemplo, orientação de página diferente 
ou numeração de página a partir da INTRODUÇÃO. 
39 
 
Inserir Número de Página a partir da Página da INTRODUÇÃO 
1) Na guia Inserir, no grupo Cabeçalho e Rodapé, clique no botão Número de 
Página e em Fim da Página, clique na opção desejada, por exemplo: Sem 
formatação 3; 
2) Vá no rodapé da página da INTRODUÇÃO; 
3) Na guia Design, clique no Vincular ao Anterior para desabilitá-lo. (Assim o 
vínculo da página da INTRODUÇÃO é quebrado com a página anterior); 
 
4) Vá no rodapé da página anterior, ou seja, do SUMÁRIO e apague a 
numeração de página. Assim, as páginas antes da INTRODUÇÃO ficarão 
sem número de página. 
 
 
 
 
 Capítulo 
 
 
4. Estilos, Sumário, Índice Remissivo, Notas de 
Rodapé 43 
4.1. Estilos 43 
4.2. Sumário 43 
4.3. Índice Remissivo 45 
4.4. Notas de Rodapé 46 
 
4 
 
 
 
43 
4 Estilos, Sumário, Índice Remissivo e Notas de Rodapé 
4.1 Estilos 
Você pode ir na guia Página Inicial, no grupo Estilo, clicar no estilo desejado para 
ser aplicado no texto ou título pré-selecionado. Isto é importante para futuramente 
aplicar um sumário, índices, legendas e outros. E além de isto tudo temos a 
possibilidade de navegar com maior agilidade no documento digital pois o mesmo 
cria automaticamente o hiperlink. 
1) Selecione o título principal do documento; 
2) Na guia Página Inicial, no grupo Estilo, escolha o estilo Título 1; 
 
3) Se o documento tiver um subtema, então o subtítulo receberá o estilo Título 2 
e caso este subtema tiver um outro subtema, então o próximo subtítulo 
receberá o estilo Título 3. E assim, sucessivamente, aplique os estilos Título 
1, Título 2, Título 3 ou Título 4 em todos os títulos e subtítulos que encontrar 
no documento. 
4.2 Sumário 
O Microsoft Word permite que você crie sumários de modo automático, sem 
necessidade de ir em página por página anotar o número de cada título. Mas para 
isso, primeiramente deve aplicar os estilos de título – Título 1, Título 2 e Título 3, 
por exemplo – ao texto que você deseja incluir no sumário. 
Com os estilos aplicados, o Word encontrará esses títulos e os usará para criar o 
sumário,podendo atualizá-lo a qualquer momento que você mudar o texto do título, 
a sequência ou o nível. 
1) Após aplicado os estilos, vá para página do Sumário e posicione o cursor logo 
após o SUMÁRIO do documento; 
2) Na guia Referências, clique em Sumário e escolha um dos Sumários 
Automáticos na galeria dos sumários. 
 
 
 
44 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Dica: Você também pode optar pelo botão, Personalizar Sumário. Nesta janela, 
você personaliza o sumário como desejar, podendo exibir a numeração de página, 
escolher o tipo de tabulação da numeração, como também, o formato e o nível do 
sumário. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Observação: Caso faça alguma alteração no documento, precisará atualizar o 
sumário. Para isso, vá na guia Referências e clique no botão Atualizar Sumário. 
45 
4.3 Índice Remissivo 
O Índice Remissivo lista os termos e tópicos que são abordados sobre um assunto 
num documento de texto e são inseridos no fim do documento juntamente com as 
páginas em que aparecem. 
Para criar um índice remissivo, é preciso primeiramente marcas as palavras ou 
termos que deseja inserir como entrada do ÍNDICE REMISSIVO. 
1) Vamos primeiro marcas as palavras. Na guia 
Referências, no grupo Índice, clique em Marcar 
Entrada. 
2) Aparecerá a janela Marcar Entrada de Índice 
Remissivo. Selecione a palavra ou expressão desejada, clique no campo 
Entrada principal e, logo após, no botão Marcar. 
 
Observação I: Quando seleciona o texto e o marca como uma entrada de índice 
remissivo, o Word adiciona um campo XE (Entrada de Índice Remissivo) especial. É 
apenas um indicativo de que a palavra ou a expressão foi marcada. 
Observação II: Para voltar para visualização 
normal, desabilite o botão Mostrar/Ocultar Tudo 
(guia Página Inicial, no grupo Parágrafo, botão 
Mostrar/Ocultar Tudo). 
3) Após ter marcado todas as palavras, termos ou expressões desejadas, vamos 
inserir o Índice Remissivo. Vá para o final do documento, digite ÍNDICE 
 
 
46 
REMISSIVO e posicione o cursor logo depois do 
título (assim como foi realizado na criação do 
Sumário). Na guia Referências, no grupo Índice, 
clique em Inserir Índice; 
4) Aparecerá a janela Índice Remissivo. Escolha o formato desejado do índice 
remissivo no campo Formatos e clique no botão OK. 
 
Dica: Caso deseje inserir mais uma palavra ou expressão no Índice Remissivo, 
clique no botão Marcar Entrada novamente. Caso deseje excluir, habilite o botão 
Mostrar/Ocultar Tudo, selecione o campo XE e pressione DELETE. Tanto para 
inserir ou excluir uma palavra ou expressão, deverá atualizar o Índice Remissivo, na 
guia Referências, no grupo Índice, clique em Atualizar Índice. 
 
4.4 Notas de Rodapé 
Notas de rodapé são usadas em documentos impressos para explicar, comentar ou 
fornecer referências sobre o texto em um documento. Você pode usar as notas de 
rodapé para escrever comentários. 
47 
1) Selecione a palavra ou posicione o cursor logo depois da palavra ou 
expressão. Na guia Referências, no grupo Notas de Rodapé, clique no 
botão Inserir Nota de Rodapé (ou pressione as teclas de atalho: CTRL + 
ALT + F). 
 
2) Aparecerá no rodapé da página uma linha e uma numeração identificando a 
Nota de Rodapé. Basta apenas, digitar a nota ou comentário sobre o texto em 
seu documento. 
Observação: Nota de Fim fazem o mesmo que a Nota de Rodapé, a diferença é 
que elas são inseridas no fim do documento e podem ser inseridas pelas teclas de 
atalho: CTRL + ALT + D. 
Dica I: É possível alterar formato do número da nota de rodapé. Para isso, clique na 
setinha, localizado no canto do grupo Notas de Rodapé. Abrirá a janela da Nota de 
Rodapé e Nota de Fim, defina o novo formato através do botão Símbolo. 
 
Dica II: Para excluir a nota de rodapé, selecione a marca de referência da nota de 
rodapé localizado do lado da palavra e pressione DELETE. 
 
 
 
 
 Capítulo 
 
 
5. Proteção de Documento 51 
5.1. Outras Opções de Proteção de Documento 52 
 
5 
 
 
 
51 
5 Proteção de Documento 
No Word, você pode utilizar senhas para ajudar a impedir que outras pessoas abram 
ou modifiquem os seus documentos, livros e apresentações. 
1) Na guia Arquivo, clique em Salvar Como e depois em, Mais opções; 
 
2) Na janela Salvar como, clique em Ferramentas, e em seguida, Opções 
Gerais. 
 
3) Na janela Opções Gerais, você encontrará duas opções de proteção: 
 
 
52 
 
 Senha de Proteção: Onde somente poderá abrir o arquivo com esta senha. 
 Senha de Gravação: Onde somente poderá editar dados se tiver a senha de 
Proteção e a Senha de Gravação. 
4) Se quiser apenas proteger o documento para que possa abri-lo apenas com 
senha, digite uma senha no campo Senha de proteção, confirme a senha 
novamente na caixa de diálogo que irá aparecer e clique em Salvar. Se 
quiser, você também pode fazer o mesmo no campo Senha de Gravação. 
5.1 Outras Opções de Proteção de Documento 
1) Na guia Arquivo, clique em Informações e, em seguida, Proteger 
Documento. 
Verá as seguintes opções: 
53 
 
 Marcar como Final: Tornar o documento só de leitura. 
Quando um documento está marcado como final, a escrita, a edição de comandos e 
as marcas de verificação linguística estão desativadas ou desligadas e o documento 
torna-se Só de Leitura. O comando Marcar como Final ajuda-o a comunicar que 
está a partilhar uma versão concluída de um documento. Também ajuda a impedir 
que os revisores ou leitores façam inadvertidamente alterações ao documento. 
Ao marcar o documento como final, o Word pede-lhe para guardar o ficheiro. A 
próxima vez que o abrir, verá uma mensagem MARCADO COMO FINAL em 
amarelo na parte superior do documento. Se clicar em Editar Mesmo Assim, o 
documento deixará de estar marcado como final. 
 Encriptar com Senha: Definir uma palavra-passe para o documento. 
ATENÇÃO: Guarde a sua palavra-passe num local seguro. Caso perca ou se 
esqueça da palavra-passe, não será possível recuperá-la. 
Quando seleciona Encriptar com Palavra-passe, é apresentada a caixa de diálogo 
Encriptar Documento. Na caixa Palavra-passe, escreva uma palavra-passe e, em 
seguida, escreva-a novamente quando lhe for pedida. Importante: a Microsoft não 
consegue recuperar palavras-passe perdidas ou esquecidas, por isso mantenha 
 
 
54 
uma lista das suas palavras-passe e dos nomes de ficheiro correspondentes num 
local seguro. 
Para remover a encriptação por palavra-passe do documento, abra o documento e 
introduza a palavra-passe na caixa Palavra-passe. Em seguida, clique em Ficheiro 
> Informações > Proteger Documento > Encriptar com senha. Elimine os 
conteúdos da caixa Palavra-passe e, em seguida, clique em OK e guarde o 
documento novamente. 
 Restringir Edição: Controlar quais os tipos de alterações que podem ser 
feitas ao documento. 
Quando selecionar Restringir Edição, verá três opções: 
1. Restrições de formatação: Esta opção reduz as opções de formatação, 
preservando o aspeto e funcionamento. Clique em Definições para 
selecionar quais os estilos permitidos. 
2. Restrições de edição: pode controlar a forma como o ficheiro pode ser 
editado ou pode desativar a edição. Clique em Exceções ou Mais 
utilizadores para controlar quem os pode editar. 
 Remover as restrições de edição: Para remover as restrições de edição, 
clique em Parar Proteção na parte inferior do painel Restringir Edição. 
 Remover ou alterar o acesso restrito: Para remover ou alterar o acesso 
restrito, abra o ficheiro e, em seguida, clique em Alterar Permissão na 
barra amarela na parte superior do documento. 
3. Adicionar uma Assinatura Digital: Adicionar uma assinatura digital visível 
ou invisível. As assinaturas digitais autenticam informações digitais, tais como 
documentos, mensagens de e-mail e macros utilizando criptografia 
informática. As assinaturas digitais são criadas escrevendo uma assinatura ou 
utilizando uma imagem de uma assinatura para estabelecerautenticidade, 
integridade e não rejeição. 
Para remover uma assinatura digital, abra o ficheiro, clique com o botão 
direito do mouse na linha de assinatura e clique em Remover Assinatura. 
Em alternativa, clique na seta junto à assinatura no painel Assinaturas e 
clique em Remover Assinatura. 
 
 Capítulo 
 
 
6. Macros e Formulários 57 
6.1. Macros 57 
6.1.1. Criando Macro 57 
6.2. Formulários 61 
6.2.1. Criando Formulário 61 
 
6 
 
 
 
57 
6 Macros e Formulários 
6.1 Macros 
Macros são ações graváveis que facilitam ou aceleram o uso de certas ações ou 
conjunto de propriedades que podem ser adicionadas a um texto. Como exemplo, 
você pode criar uma macro para adicionar um texto em um documento, sem que 
haja a necessidade de digitá-lo ou copiá-lo de um outro lugar. Macros mais 
avançadas permitem a alteração de formatação de páginas ou margens 
automaticamente. 
6.1.1 Criando Macro 
1) Para criar uma macro primeiramente será necessário habilitar a guia 
Desenvolvedor. Na guia Arquivo, clique em Opções, logo em seguida, 
Personalizar Faixa de Opções, marque a caixa de seleção Desenvolvedor. 
 
2) Na guia Desenvolvedor, no grupo Código, clique em Gravar Macro; 
 
 
 
 
58 
3) Na sequência você escolherá entre um atalho de Botão ou Teclado e se ela 
será armazenada para apenas no documento ou em todos os documentos 
criados daqui para frente. 
 
4) Clique na opção Botão. Aparecerá a janela Opções do Word. Nesta janela, 
selecione a macro que aparece na primeira coluna e clique em Adicionar 
para que ela apareça na Barra de Ferramentas de Acesso Rápido. 
 
5) Clique no botão Modificar para atribuir um ícone à sua macro. 
59 
 
6) A partir do momento que você clica em OK a sua macro estará em processo 
de gravação. O ponteiro do mouse aparece uma 
fita de gravação e na Barra de Ferramentas de 
Acesso Rápido é exibida a macro com o ícone 
que você definiu anteriormente. 
7) Algo importante para se ter em mente é que durante esse processo, tudo que 
você estiver fazendo no Word, estará sendo gravado na macro. Por exemplo, 
se você clicar em qualquer botão de formatação ou digitar qualquer texto, 
será gravado na macro. Como exemplo, clique em algumas formatações, 
como: Fonte Century Gothic, Negrito, Alinhamento Centralizar e digite a 
frase: “Teste de um macro no Word”. Feito isso, volte para guia 
Desenvolvedor, no grupo Código, clique em Parar Gravação. 
 
 
 
60 
8) Pronto. Macro gravada. Agora basta clicar no 
ícone de sua macro para visualizar a execução 
do texto sendo adicionado de modo automático 
em seu documento. 
Esse modelo básico pode ser adotado de várias maneiras e criar macros com 
diferentes finalidades ao seu documento de Word. 
Observação I: Se na etapa 4, você escolher a opção Teclado como atalho para 
criar a macro, aparecerá a janela Personalizar teclado, onde você terá que definir 
as teclas de atalho que atribuirá para sua macro. A partir dessa etapa poderá dar 
continuidade ao processo de gravação da macro (etapa 7). 
 
Observação: Quando for salvar o documento com macro, deve salvar na opção: 
Documento Habilitado para Macro do Word (*.docm). 
 
61 
6.2 Formulários 
Você pode criar um formulário no Microsoft Word iniciando a partir de um modelo e 
adicionando controles de conteúdo, incluindo caixas de seleção, botões de 
opções, caixas de texto, selecionadores de data e listas suspensas. Outros 
usuários podem usar o Word para preencher o formulário em seu computador. E 
posteriormente os controles de conteúdo que você adicionar a um formulário podem 
também ser vinculados a dados. Pode-se criar um formulário usando um modelo 
disponível no site do Office.com. 
E pode-se imprimir um formulário que tenha sido criado usando controles de 
conteúdo, onde as caixas em torno dos controles de conteúdo não irão ser 
impressas. 
6.2.1 Criando Formulário 
1) Para iniciar, você deve primeiro ativar a guia Desenvolvedor. 
2) Na guia Desenvolvedor, no grupo Controles, clique em Ferramentas 
Herdadas. 
 
3) Formulários fazem parte das Ferramentas Herdadas pelo qual você pode 
inserir um Controle ActiveX ou Controle de Formulário. 
Dica: Para agilizar pode-se começar com um modelo de formulário (na guia 
Arquivo, clique em Novo, pesquise Formulários na caixa de pesquisa dos 
Modelos). Ou pode-se iniciar com um documento em branco e salvar como um 
 
 
62 
documento ou modelo para usar futuramente 
(na guia Arquivo, clique em Salvar como, 
em Salvar como tipo, selecione Modelo do 
Word (*.dotx)). 
4) Na guia Desenvolvedor, no grupo Controles, clique em Modo de Design 
para habilitar a edição dos controles e, em seguida, insira os controles 
desejados. Você pode inserir vários tipos de controle ao seu formulário. 
Abaixo estão alguns dos controles mais utilizados na criação de Formulários: 
 
a) Caixa de Texto 
1) Clique no local em que você deseja inserir o 
controle Caixa de Texto; 
2) Na guia Desenvolvedor, no grupo 
Controles, clique no botão Ferramentas 
Herdadas e escolha a opção: Caixa de 
Texto (Controle ActiveX). 
 
b) Caixa de Seleção 
1) Clique no local em que você deseja 
inserir o controle Caixa de Seleção; 
2) Na guia Desenvolvedor, no grupo 
Controles, clique no botão Ferramentas 
Herdadas e escolha a opção: Caixa de 
Seleção (Controle ActiveX); 
3) Na guia Desenvolvedor, no grupo 
Controles, clique no botão Propriedades 
para editar a Caixa de Seleção. 
4) Na coluna Propriedade, faça as 
seguintes modificações: na opção 
Caption, mude o conteúdo para o texto 
desejado; na opção AutoSize, mude para 
True, para que a caixa de seleção se 
ajuste ao texto inserido nela. 
63 
 
c) Botão de Opção 
1) Clique no local em que você deseja 
inserir o controle Botão de Opção; 
2) Na guia Desenvolvedor, no grupo 
Controles, clique no botão 
Ferramentas Herdadas e escolha a 
opção: Botão de Opção (Controle 
ActiveX); 
3) Na guia Desenvolvedor, no grupo 
Controles, clique no botão 
Propriedades para editar o Botão 
de Opção. 
4) Na coluna Propriedade, faça as 
seguintes modificações: na opção 
Caption, mude o conteúdo para o 
texto desejado; na opção 
GroupName, insira um nome da 
categoria do texto; na opção 
AutoSize, mude para True, para que 
a caixa do botão de opção se ajuste ao texto inserido nela. 
d) Lista Suspensa 
1) Clique no local em que você deseja 
inserir o controle Lista Suspensa; 
2) Na guia Desenvolvedor, no grupo 
Controles, clique no botão Controle 
de Conteúdo de Lista Suspensa. 
3) Na guia Desenvolvedor, no 
grupo Controles, clique no 
botão Propriedades para editar 
a Lista Suspensa. 
4) No campo Propriedades de 
Lista Suspensa, clique no botão 
 
 
64 
Adicionar para inserir os textos desejados na lista. Concluído, clique 
no botão OK. 
Após ter inserido todos os controles desejados, desabilite o botão Modo Design e 
salve o documento habitado para macro.
 
 Capítulo 
 
 
7. Recursos Extras 67 
7.1. Legendas e Lista de Ilustração 67 
7.2. Abrir e Salvar PDF 67 
 
7 
 
 
 
67 
7 Recursos Extras 
7.1 Legendas e Lista de Ilustração 
O Microsoft Word permite que seja inserido legendas nas imagens e criar uma Lista 
de Ilustração a partir delas. 
1) Vamos inserir legendas nas imagens. Clique com 
o botão direito do mouse na imagem e escolha 
a opção Inserir Legenda. 
2) Após ter inserido legenda em todas as imagens, 
vá para a página onde será inserido a LISTA DE 
ILUSTRAÇÃO. Posicione o cursor logo 
depois do título. Na guia Referências, no 
grupo Legendas, clique no botão Inserir 
Índice de Ilustrações. 
3) Apenas confirme a janela, clicando no botão OK. 
7.2 Abrir e Salvar PDF 
Um formato de arquivo em PDF "Portable Document Format": Formato de 
Documentos Portável, é lido pelo programa Adobe Acrobat. A grande vantagem do 
formato PDF é a consistência obtida em todos os tipos de computadores, ou seja, o 
documentoaparecerá de maneira idêntica, qualquer que seja a plataforma onde ele 
estiver sendo lido ou impresso. 
A Adobe distribui gratuitamente um leitor desse arquivo chamado Adobe Reader, 
porém, para se criar e editar um arquivo em PDF com maior qualidade, é necessário 
a aquisição do programa Acrobat. 
 Abrir PDF – A partir da versão 2013, podemos EDITAR um arquivo nesse 
formato. Para abrir um arquivo em PDF no Word 2016, faça da mesma forma 
com que você abre um arquivo do próprio Word, através da guia Arquivo, 
opção Abrir. 
 Salvar em PDF – Para salvar o arquivo em PDF, clique na guia 
Arquivo, opção Exportar, clique no botão Criar PDF/XPS e 
escolha o local que o arquivo será salvo. 
 
 
 
68 
8 Referências 
Cox, J., & Lambert, J. (2014). Microsoft Word 2013 Passo a Passo. Bookman. 
Manzano, A. L. (2013). Estudo Dirigido de Microsoft Word 2013. Érica. 
Dário, André Luiz (2015). Word 2013 Avançado. Editora Viena-SP. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
EXCEL AVANÇADO 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
MANAUS / 2017 
 
 
 
Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial no Amazonas 
Composição do Conselho Regional 
 
José Roberto Tadros 
Presidente 
 
 
Composição da Diretoria Regional 
 
 
Silvana Maria Ferreira de Carvalho 
Diretora Regional 
 
 
Neilon Márcio Batista da Silva 
Gerente da Divisão Administrativa 
 
Marcilene de Oliveira Carvalho 
Gerente da Divisão de Educação Profissional 
 
 
SENAC/AM 
Av. Djalma Batista, 2507 
Manaus – Am 
Disk – cursos: (92) 3649-3750 
www.am.senac.br 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
EXCEL AVANÇADO 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
MANAUS / 2017 
 
 
 
 
Senac Amazonas – Centro de Informática Manoel Catharino dos Santos Gomes 
 
Excel Avançado 
 
 
Elaboração e digitação: Antônio Lúcio Amaral dos Santos 
Atualização: Marcos Giovani Amaral Dos Santos 
Revisão Ortográfica: Marilia dos Santos Souza 
Gerência do Centro de Informática: Nailson Andrade 
Normas Bibliográficas: Rozineide Amorim 
Supervisão pedagógica: Ederson Pinto 
 
Revisão ortográfica: Marilia dos Santos Souza 
 
 
 
Referência conforme as normas de documentação adotadas pelo SIC’s. 
 
 
SENAC. DR. AM. Excel avançado / Antônio Lúcio Amaral dos 
Santos; Marcos Giovani Amaral dos Santos. – Manaus: 
SENAC/CIN, 2017. – 110 p. II. Tab. Graf. Por. Incluir Referências. 
Por. 
 
PLANILHA ELETRÔNICA; EXCEL AVANÇADO; FORMAÇÃO DE 
TABELA 
 
CDD 005.1 
 
 
Sumário 
Capítulo 1 75 
1 Revisão de Comandos Básicos ....................................................................................... 9 
1.1 Formatando Células ...................................................................................................... 9 
1.1.1 Fonte .......................................................................................................................... 9 
1.1.2 Alinhamento ............................................................................................................. 10 
1.1.3 Número .................................................................................................................... 10 
1.2 Cálculos Simples – Fórmulas e Funções .................................................................... 12 
1.2.1 Fórmulas .................................................................................................................. 12 
1.2.2 Funções ................................................................................................................... 13 
Atividades de Fixação ....................................................................................................... 15 
Capítulo 2 17 
2 Funções Condicionais .................................................................................................... 19 
2.1 Funções: CONT.SE e SOMASE ................................................................................. 20 
2.2 Função SE .................................................................................................................. 23 
Atividades de Fixação ....................................................................................................... 26 
2.2.1 Função SE com SE (SE Composta) ........................................................................ 27 
2.2.2 Função SE com E .................................................................................................... 29 
2.2.3 Função SE com OU ................................................................................................. 30 
Atividades de Fixação ....................................................................................................... 31 
Capítulo 3 33 
3 Funções de Busca ......................................................................................................... 35 
3.1 Função PROCV e PROCH ......................................................................................... 35 
3.2 Função ÍNDICE ........................................................................................................... 39 
3.3 Funções Banco de Dados ........................................................................................... 41 
3.3.1 Função BDSOMA ..................................................................................................... 42 
3.3.2 Função BDMÁX ....................................................................................................... 43 
3.3.3 Função BDEXTRAIR ................................................................................................ 44 
3.3.4 Função BDCONTARA .............................................................................................. 45 
3.4 Dicas: Funções de Erro e Data ................................................................................... 46 
3.4.1 Função SEERRO ..................................................................................................... 46 
3.4.2 Função HOJE ........................................................................................................... 47 
3.4.3 Função AGORA ....................................................................................................... 48 
Capítulo 4 49 
 
 
 
4 Funções Financeiras ...................................................................................................... 51 
4.1 Função PGTO ............................................................................................................. 51 
4.2 Função TAXA .............................................................................................................. 53 
4.3 Função NPER ............................................................................................................. 54 
4.4 Função VP ................................................................................................................... 56 
4.5 Função VF ................................................................................................................... 58 
Capítulo 5 62 
5 Ordenação de Dados ..................................................................................................... 64 
5.1 Formatação Condicional ............................................................................................. 64 
5.2 Lista Suspensa ............................................................................................................ 67 
5.3 Localizar e Substituir Registro ..................................................................................... 69 
5.4 Classificação ............................................................................................................... 71 
5.5 Subtotal ....................................................................................................................... 72 
5.6 Auto Filtro .................................................................................................................... 74 
5.7 Filtro Avançado........................................................................................................... 76 
Capítulo 6 80 
6 Proteção de Planilhas e Células .................................................................................... 82 
6.1 Proteção de Planilhas ................................................................................................. 82 
6.2 Proteção de Células .................................................................................................... 83 
6.3 Proteção de Pastas de Trabalho ................................................................................. 85 
6.4 Proteção de Arquivo .................................................................................................... 86 
Capítulo 7 88 
7 Tabela e Gráfico Dinâmico ............................................................................................. 90 
7.1 Tabela Dinâmica ......................................................................................................... 90 
7.1.1 Conectando Tabelas Dinâmicas .............................................................................. 92 
7.2 Gráfico Dinâmico ......................................................................................................... 95 
Capítulo 8 99 
8 Macro e Formulário ...................................................................................................... 101 
8.1 Macro ........................................................................................................................ 101 
8.1.1 Criando Macro ........................................................................................................ 101 
8.2 Formulário ............................................................................................................... 1033 
9 Referências 110 
 
 Capítulo 
 
 
1. Revisão de Comandos Básicos 09 
1.1. Formatando Células 09 
1.1.1. Fonte 09 
1.1.2. Alinhamento 10 
1.1.3. Número 10 
1.2. Cálculos Simples – Fórmulas e Funções 12 
1.2.1. Fórmulas 12 
1.2.2. Funções 15 
1.2.2.1. Funções Simples 13 
Atividades de Fixação 15 
 
1 
 
 
 
 
9 
 
1 Revisão de Comandos Básicos 
Planilha básica 
Para montarmos uma planilha simples, a primeira coisa que faremos é formatar as 
células para que as informações fiquem mais visíveis. 
1.1 Formatando Células 
Para formatar as células trabalhamos com os seguintes blocos de formatação 
abaixo, encontrados na guia Página Inicial. 
 
 Fonte; 
 Alinhamento; 
 Número. 
1.1.1 Fonte 
 
Fonte – Neste grupo de formatação, encontramos os principais botões mais 
utilizados. 
Botão Função Exemplo 
 
Botão Todas as Bordas 
 
 
Botão Cor de Preenchimento 
(Sombreamento) 
 
Botão Cor da Fonte 
 
 
10 
 
1.1.2 Alinhamento 
 
Alinhamento – Neste grupo, podemos destacar alguns dos botões recomendados. 
Botão Função Exemplo 
 
Centralizar 
 
 
Alinhar no Meio 
 
Orientação 
 
Mesclar e 
Centralizar 
 
Quebrar Texto 
Automaticamente 
 
 
1.1.3 Número 
 
Número – É neste grupo que podemos aplicar formatações em células que 
possuem em seus conteúdos números. Podendo formatar a numeração em qualquer 
estilo, seja num estilo monetário, data, hora ou até mesmo no estilo porcentual. 
11 
 
Botão Função 
 
 
Formato de Número 
 
Formato de Número de 
Contabilização 
 
Estilo de Porcentagem 
 
Aumentar Casas Decimais 
 
Diminuir Casas Decimais 
Exemplos: 
Formato de 
Número: 
Data 
Abreviada 
Formato de 
Número de 
Contabilização 
Estilo de 
Porcentagem 
Aumentar 
Casas 
Decimais 
Diminuir 
Casas 
Decimais 
15/01/2016 R$ 15,00 15% 15,00 15,0 
20/01/2016 R$ 20,00 20% 20,00 20,0 
Dica: Caso deseje limpar toda a formatação aplicada na célula, utilize a ferramenta: 
Limpar . 
 
 
 
 
 
 
 
12 
Resultado de uma planilha formatada: 
 
1.2 Cálculos Simples – Fórmulas e Funções 
1.2.1 Fórmulas 
As fórmulas são cálculos trabalhados com operadores matemáticos (são símbolos 
utilizados na Matemática para execução de operações simples. A regra matemática 
da precedência de operadores também é respeitada pelo Excel). 
Veja tabela abaixo: 
Ordem Operador Descrição 
1º % Porcentagem 
2º ^ Exponenciação 
3º (*) e (/) Multiplicação e Divisão 
4º (+) e (-) Adição e Subtração 
Exemplos de Fórmulas Matemáticas no Excel: 
Fórmula Descrição 
=A1+B1 Soma o conteúdo das células A1 e B1 
=A1-B1 Subtrai o conteúdo das células A1 e B1 
=A1*B1 Multiplica o conteúdo de A1 por B1 
=A1/B1 Divide o conteúdo de A1 por B1 
=A1*20% Multiplica o conteúdo de A1 por 0,2 
=A1^B1 Eleva o conteúdo de A1 ao conteúdo de B1 (A1B1) 
13 
 
Observação: Todas as fórmulas são obrigatoriamente precedidas do sinal de 
igualdade (=). O sinal de igualdade indica ao Excel que o conteúdo da célula se trata 
de uma fórmula e não de texto simples. 
1.2.2 Funções 
Uma função nada mais é do que um comando que permite ao Excel executar 
cálculos a partir dos argumentos, retornando um resultado numérico ou lógico. Para 
facilitar, o Excel já vem com um conjunto predefinido de funções. As funções atuam 
sobre os valores especificados pelo usuário. 
Observação: Todas as funções são obrigatoriamente precedidas do sinal de 
igualdade (=), logo em seguida, o nome da função e argumentos inseridos entre 
parênteses (argumentos são valores ou referências as células que farão parte dos 
cálculos executados, nem sempre uma função requer argumentos, isso depende da 
sua finalidade). 
1.2.2.1 Funções Simples 
 SOMA – Calcula a soma dos valores das células. 
Sintaxe Resultado 
=SOMA(8;4;2) 14 
=SOMA(A10;H6) Soma valores das células apenas de A10 e H6. 
=SOMA(A1:A5) Soma valores das células no intervalo de A1 até A5. 
=SOMA(B4:B20;D6) Soma valores das células de B4 até B20 e o valor de D6. 
 MULT – Multiplica os valores das células. 
Sintaxe Resultado 
=MULT(2;4) 8 
=MULT(A10;H6) Multiplica valores das células apenas de A10 e H6. 
=MULT(A1:A5) Multiplica valores das células no intervalo de A1 até A5. 
=MULT(B4:B20;D6) Multiplica valores das células de B4 até B20 e valor de D6. 
 MÉDIA – Calcula a média dos valores das células. 
 
 
14 
Sintaxe Resultado 
=MÉDIA(2;4;6) 4 
=MÉDIA(A10;H6) Calcula a média das células apenas de A10 e H6. 
=MÉDIA(A1:A5) Calcula a média das células no intervalo de A1 até A5. 
=MÉDIA(B4:B20;D6) Calcula a média das células de B4 até B20 e o valor de D6. 
 MÍNIMO – Retorna o menor valor das células. 
Sintaxe Resultado 
=MÍNIMO(24;31;14) 14 
=MÍNIMO(A10;H6) Retorna o menor das células A10 e H6. 
=MÍNIMO(A1:A5) Retorna o menor das células no intervalo de A1 até A5. 
=MÍNIMO(B4:B20;D6) Retorna o menor das células de B4 até B20 e de D6. 
 MÁXIMO – Retorna o maior valor das células. 
Sintaxe Resultado 
=MÁXIMO(24;31;14) 31 
=MÁXIMO(A10;H6) Retorna o maior das células A10 e H6. 
=MÁXIMO(A1:A5) Retorna o maior das células no intervalo de A1 até A5. 
=MÁXIMO(B4:B20;D6) Retorna o maior das células de B4 até B20 e de D6. 
 CONT.VALORES – Conta o número de células não vazias. 
Sintaxe Resultado 
=CONT.VALORES(A1:A5) 
Conta o número de células preenchidas no intervalo 
de A1 até A5. O resultado é 5. 
 CONT.NÚM – Conta o número de células que contêm números. 
Sintaxe Resultado 
=CONT.NÚM(A1:A5) 
Conta o número de células que contem números de A1 até 
A5. Se as células de A1 até A5 tiver somente números, 
então, o resultado é 5. 
 
15 
 
Atividades de Fixação 
1) Elaborar a planilha abaixo, fazendo o que se pede: 
 
CÁLCULOS: 
1ª Tabela: 
 Total 1º Trimestre: soma das vendas dos meses de Jan / Fev / Mar. 
 Máximo: calcular o maior valor entre os meses de Jan / Fev / Mar. 
 Mínimo: calcular o menor valor entre os meses de Jan / Fev / Mar. 
 Média: calcular a média dos valores entre os meses de Jan / Fev / Mar. 
2ª Tabela: 
 Total 2º Trimestre: soma das vendas dos meses de Abr / Mai / Jun. 
 Máximo: calcular o maior valor entre os meses de Abr / Mai/ Jun. 
 Mínimo: calcular o menor valor entre os meses de Abr / Mai / Jun. 
 Média: calcular a média dos valores entre os meses de Abr / Mai / Jun. 
 Totais: soma das colunas de cada mês (1ª e 2ª tabela). 
 Total do Semestre: soma dos totais de cada trimestre.
 
 
 
 
 
 
 Capítulo 
 
 
2. Funções Condicionais 19 
2.1. Funções: CONT.SE e SOMASE 20 
2.2. Função SE 23 
Atividades de Fixação 26 
2.2.1. Função SE com SE (SE Composta) 27 
2.2.2. Função SE com E 29 
2.2.3. Função SE com OU 30 
 Atividades de Fixação 31 
 
2 
 
 
 
 
19 
2 Funções Condicionais 
As funções condicionais diferem das funções simples por exigirem como argumento 
uma comparação, que lhe permita decidir o valor a ser colocado numa célula. Antes 
de abordar a questão das funções condicionais, três conceitos devem ser discutidos: 
 Operadores Lógicos: Também chamados de Operadores de Comparação 
ou Relacionais, são símbolos matemáticos utilizados pelo Excel na 
comparação lógica entre dois ou mais valores. 
Operador Descrição 
= Igual a 
> Maior que 
< Menor que 
>= Maior ou igual a 
<= Menor ou igual a 
<> Diferente de 
 Teste Lógico: É uma comparação entre dois valores. Uma comparação 
somente resulta em valor verdadeiro ou falso. Exemplos: 
1º Valor Operador Lógico 2º Valor Teste Lógico Valor do Teste Lógico 
20 = 20 20=20 Verdadeiro 
21 <> 21 21<>21 Falso 
20 > 20 20>20 Falso 
21 < 21 21<21 Falso 
20 >= 21 20>=21 Falso 
20 <= 20 20<=20 Verdadeiro 
 
 
20 
 Critério: É uma comparação entre um valor e um conjunto de valores. 
Resulta em outro conjunto de valores. Exemplos: 
Operador Lógico Valor Critério Conjunto de Valores Resultado 
> 2 >2 
0,1,2,3,4,5,6 
3,4,5,6 
< 3 <3 0,1,2 
>= 4 >=4 4,5,6 
<= 1 <=1 0,1 
= Uva =Uva 
Maçã, Pêra, Uva 
Uva 
<> Pêra <>Pêra Maçã, Uva 
2.1 Funções: CONT.SE e SOMASE 
 CONT.SE – Conta a quantidade de vezes em que um determinado critério 
aparece em um intervalo de células. 
Sintaxe Resultado 
=CONT.SE(intervalo;“critérios”) 
Retorna a quantidade de células que atendem 
um determinado critério. 
Exemplo: 
Intervalo Critérios Função CONT.SE Resultado 
B2=Uva 
B3=Maçã 
B4=Uva 
“Uva” =CONT.SE(B2:B4;“Uva”) 2 
Veja o próximo exemplo. 
 
 
21 
Na coluna A esta a lista de funcionários, 
enquanto na coluna B esta a informação 
se ele possui ou não especialização. 
Você deseja realizar uma contagem de 
quantos funcionários possuem 
especialização. 
No caso do exemplo a função ficaria 
=CONT.SE(B2:B16;“Sim”), ou seja, no 
intervalo das células B2 até B16, a função 
deve contar apenas as células que estão 
marcadas com “SIM”. 
Veja o exemplo na imagem abaixo: 
 
 SOMASE – Calcula a soma de um intervalo de células correspondente a 
outro intervalo que atende um determinado critério. Esta função possui três 
argumentos: 
 Intervalo (intervalo a ser verificado); 
 Critério (valor a ser usado no critério); 
 Intervalo Soma (intervalo a ser somado). 
 
 
22 
Sintaxe Resultado 
=SOMASE(intervalo;“critérios”;intervalo_soma) 
Retorna a soma da verificação 
do critério no intervalo. 
Observe o exemplo: 
 
Para calcular a Quantidade de Passageiros da Azul, faça o seguinte procedimento: 
1) Digite a função: =SOMASE(B3:B10;“Azul”;C2:C10). 
 
 
Onde: 
23 
 B3:B10 – Intervalo a ser verificado: Companhia; 
 “Azul” – Valor a ser usado no critério, ou seja, especificar a companhia; 
 C3:C10 – Intervalo a ser somado, ou seja, soma dos passageiros. 
Para calcular a Quantidade de Passageiros de Manaus, faça o seguinte 
procedimento: 
1) Digite a função: =SOMASE(A3:A10;“Manaus”;C3:C10). 
 
Onde: 
 A3:A10 – Intervalo a ser verificado: Cidade; 
 “Manaus” – Valor a ser usado no critério, ou seja, especificar a cidade; 
 C3:C10 – Intervalo a ser somado, ou seja, soma dos passageiros. 
Observação: Atente para usar a função correta, não confundindo entre os símbolos 
(;) e (:). E nunca esquecendo que o termo a ser buscado (ou seja, o “critério”) deve 
estar SEMPRE entre aspas. 
2.2 Função SE 
 SE – A função SE é sempre utilizada quando um problema apresentar duas 
respostas possíveis. A tarefa da função SE é comparar o valor da célula com 
um critério estabelecido e retornar dois resultados. Um se a comparação for 
verdadeira e outro se a comparação for falsa. Possui três argumentos: 
 
 
24 
 Teste Lógico; 
 Valor Se Verdadeiro; 
 Valor Se Falso. 
Sintaxe: 
=SE(teste_lógico;“valor_se_verdadeiro”;“valor_se_falso”) 
 Valor_se_verdadeiro: É o resultado retornado, caso o teste lógico tenha 
valor verdadeiro. 
 Valor_se_falso: É o resultado retornado, caso o teste lógico tenha valor 
falso. 
Teste 
Lógico 
Valor Se 
Verdadeiro 
Valor Se 
Falso 
Função Se 
Resultado 
do Teste 
Lógico 
Resultado 
18>=21 
Maior de 
Idade 
Menor 
de Idade 
=SE(18>=21;“Maior 
de Idade”;“Menor 
de Idade”) 
Falso 
Menor de 
Idade 
No Excel comparamos uma célula (ou seja, seu conteúdo) com um determinado 
valor. Veja o próximo exemplo. 
Na coluna G, Resultado, deve exibir duas respostas, “Aprovado” e “Reprovado”, 
baseando-se pela média do aluno se for maior ou igual a 7. Sendo assim, 7 é o 
critério para aprovação. Então compara-se a média do aluno com 7. Se a 
comparação retornar verdadeiro, este estará “Aprovado”, caso contrário estará 
“Reprovado”. 
 
A função SE trata então as duas situações: quando a comparação for verdadeira e 
quando for falsa ou vice-versa. 
25 
Função 
Teste Lógico 
(comparação de 
média (F3) com 7). 
Retorna o resultado 
se o teste lógico for 
Verdadeiro. 
Retorna o resultado se 
o teste lógico for Falso. 
A forma de montar a função é a seguinte: 
=SE (Comparação; “Resultado caso Verdadeiro”; “Resultado caso Falso”). 
A função SE para este exemplo ficaria assim: 
 
Onde: 
=SE(F3>=7;“Aprovado”;“Reprovado”) 
 
 
 
26 
Atividades de Fixação 
1) Resolva os seguintes cálculos: 
 
CÁLCULO: 
Resultado: Se a 
Venda for maior ou 
igual a 5, o resultado 
será "Ótimo", senão 
será "Regular". 
 
CÁLCULO: 
Resultado: Se o 
Preço for Maior ou 
Igual à 12, o 
resultado será 
"Caro", senão será 
"Barato". 
 
a) Quantos funcionários são do sexo masculino? 
b) Quantos funcionários são do sexo feminino? 
c) Quantos funcionários tem salário maior que R$ 2000,00? 
d) Qual a soma total do salário somente dos homens? 
e) Qual a soma total do salário somente das mulheres? 
 
27 
2.2.1 Função SE com SE (SE Composta) 
 
Quando o valor da célula pode conter mais de dois resultados é necessário criarmos 
a função SE composta de mais outra. Veja os exemplos. 
Exemplo 1 
O aluno que tiver média maior ou igual a 7 estará “Aprovado”, se a média for menor 
que 4 estará “Reprovado” e se tiver entre 4 e 7 ficará de “Recuperação”. 
Note que podemos ter 3 situações para o resultado das notas do aluno. É 
necessário então criarmos duas funções SE para realizar duas comparações, 
sobrando uma última alternativa para o retorno da resposta. 
A forma de montar a função é a seguinte: 
=SE (1ª Comparação; “1º Resultado”; SE (2ª Comparação; “2º Resultado”; “3º 
Resultado”)). 
A função para este exemplo fica assim: 
 
Onde: 
=SE(F3>=7;“Aprovado”;SE(F3<4;“Reprovado”;“Recuperação”)) 
A primeira comparação, F3 > = 7 for verdadeira, retornará a resposta “Aprovado” 
para o aluno; caso seja falsa, será realizada uma nova função para comparar 
novamente o valor da célula, pois ainda não podemos afirmar que o aluno está 
“Reprovado” ou de “Recuperação”. 
A segunda comparação retornará “Reprovado”, caso a comparação de F3 < 4 seja 
verdadeira e retornará “Recuperação”, caso a comparação seja falsa, pois se F3 
não é nem maior ou igual a 7 (1ª comparação) e nem menor que 4 (2ª 
comparação) só pode estar entre 4 e 7 (3ª comparação implícita), fazendo com que 
o aluno fique de “Recuperação”. 
 
 
28 
 
Exemplo 2 
Neste exemplo precisamos criar uma funçãopara determinar o desconto do INSS do 
funcionário. Imagine a descrição de desconto desta forma: 
 Salário até R$ 900,00, terá desconto de 8% do salário; 
 Salário acima de R$ 1300,00, terá desconto de 10% do salário; 
 Salário entre R$ 901,00 e R$ 1300,00, terá desconto de 9% do salário. 
A função fica assim: 
 
Onde: 
=SE(B3<=900;B3*8%;SE(B3>1300;B3*10%;B3*9%)) 
A primeira função SE compara se o salário (B3) é menor ou igual a 900. Caso a 
comparação seja verdadeira, retornará o cálculo: salário * 8% (ou seja, B3 * 8%). 
Caso a comparação seja falsa devemos realizar um outro SE para determinar se o 
salário está acima de 1300 ou se está entre 901 e 1300. 
A segunda função SE compara se o salário (B3) é maior do que 1300. Caso a 
comparação seja verdadeira, retornará o cálculo: salário * 10% (ou seja, B3 * 10%). 
Se a comparação for falsa, entende-se que o salário está entre 901 e 1300, então, 
retornará o cálculo: salário * 9% (ou seja, B3 * 9%). 
O resultado será: 
 
 
29 
2.2.2 Função SE com E 
A função SE pode ser trabalhada junto de outras funções. Neste caso, será 
trabalhada com a condição E. Vejamos este exemplo. 
Agora você tem uma planilha na qual tem a idade e altura de seus alunos. Haverá 
uma competição e somente aqueles que tem Idade Maior que 15 e Altura maior ou 
igual que 1,70 participarão da competição. Neste caso, você utilizará a condição SE 
e a condição E. Por quê? É simples, porque para o aluno participar ele dever possuir 
a idade maior que 15 e altura maior ou igual 1,70. As duas condições devem ser 
verdadeiras, caso uma seja falsa, ele não participará. 
A forma de montar a função é a seguinte: 
=SE (E(1ª Condição; 2ª Condição); “Resultado caso Verdadeiro”; “Resultado 
caso Falso”). 
Veja o exemplo: 
 
Onde: 
=SE(E(B3>15;C3>=1,70);“Competirá”;“Não Competirá”) 
 B3 – Refere-se a célula da idade; 
 >15 – Refere-se à 1ª condição, ou seja, idade maior que 15; 
 C2 – Refere-se a célula da altura; 
 >=1,70 – Refere-se à 2ª condição, ou seja, altura maior ou igual a 1,70; 
 “Competirá” – Resposta se as duas condições forem verdadeiras. 
 “Não Competirá” – Resposta se uma das condições for falsa. 
 
 
30 
 
2.2.3 Função SE com OU 
A função SE também pode ser trabalhada junto da condição OU, da mesma forma 
como a condição E. 
Neste exemplo, basta que uma condição seja verdadeira para que o aluno 
participe, ou seja, não é necessário que as duas condições sejam verdadeiras, basta 
uma ou outra condição. Diferente da função SE com E que necessariamente requer 
que as duas condições sejam verdadeiras. 
A forma de montar a função é a seguinte: 
=SE (OU(1ª Condição; 2ª Condição); “Resultado caso Verdadeiro”; “Resultado 
caso Falso”). 
Veja o exemplo: 
 
Onde: 
=SE(OU(B3>15;C3>=1,70);“Competirá”;“Não Competirá”) 
 B3 – Refere-se a célula da idade; 
 >15 – Refere-se à 1ª condição, ou seja, idade maior que 15; 
 C2 – Refere-se a célula da altura; 
 >=1,70 – Refere-se à 2ª condição, ou seja, altura maior ou igual a 1,70; 
 “Competirá” – Resposta se uma das condições for verdadeira. 
 “Não Competirá” – Resposta se as duas condições forem falsas. 
31 
 
Atividades de Fixação 
1) Resolva as seguintes questões. 
a) Calcule % Desconto e Valor Total. Se a Valor da Compra for menor que R$ 
200,00, terá o desconto de 3%; caso o Valor da Compra for maior que R$ 
500,00, terá desconto de 15%. Caso contrário, terá desconto de 8%. 
 
b) Se Média for maior ou igual a 7 E as Faltas forem menor que 11, a situação 
do aluno será “Aprovado”, senão “Reprovado”. 
 
c) Se o Lucro for maior que R$ 90,00 OU o Gasto for menor que R$ 70,00, a 
situação será "OK", caso contrário, "Vamos Melhorar". 
 
 
 
 
 
 
 
 Capítulo 
 
 
3. Funções de Busca 35 
3.1. Função PROCV e PROCH 35 
3.2. Função ÍNDICE 39 
3.3. Funções Bando de Dados 41 
3.3.1. Função BDSOMA 42 
3.3.2. Função BDMÁX 43 
3.3.3. Função BDEXTRAIR 44 
3.3.4. Função BDCONTARA 45 
3.4. Dicas: Funções de Erro e Data 46 
3.4.1. Função SEERRO 46 
3.4.2. Função HOJE 47 
3.4.3. Função AGORA 48 
 
3 
 
 
 
35 
3 Funções de Busca 
3.1 Função PROCV e PROCH 
Função PROCV 
A função PROCV realiza uma pesquisa verticalmente, ou seja, faz a busca de um 
determinado argumento usando como critério as colunas da planilha. 
Observe a planilha abaixo. 
 
Encontrar informações em uma planilha dessas, é muito simples. Mas, se a planilha 
tiver 100 ou mais itens? Como podemos fazer? Para isso usamos a função PROCV. 
A função PROCV funciona da seguinte forma: 
=PROCV (valor_procurado; matriz_tabela; núm_índice_coluna; 
procurar_intervalo) 
 Valor_procurado: Esse campo determina qual é o valor a ser procurado. 
Você deve estabelecer uma célula em branco para digitar o valor. 
 Matriz_tabela: Local onde o valor_procurado deverá ser procurado. Eles 
podem ser números, textos ou valores lógicos (verdadeiro ou falso). 
 Núm_índice_coluna: Em qual coluna (1,2,3,4 ou mais) o valor estará. Apesar 
da nomenclatura ser alfabética (A, B e C), o Excel ordena as colunas por 
número. 
 
 
36 
 Procurar_intervalo: Esse último termo define se a fórmula deve procurar um 
valor exato ou próximo. No caso de um valor exato, é preciso digitar 0 
(FALSO), enquanto um valor aproximado tem de se usar 1 (VERDADEIRO). 
Agora imagine que você deseja realizar uma busca do Nome da pessoa, Cidade e 
Estado Civil pelo Código. Por exemplo, quando digitarmos o código 7, deverá 
retornar o Nome da pessoa que representa este código. O mesmo também vale 
para Cidade e Estado Civil. Veja o exemplo: 
 
Onde: 
=PROCV(G7;A2:D11;2;0) 
 G7 – Determina o valor a ser procurado. Neste exemplo: o código 7; 
 A2:D11 – Determina as células, onde será procurado o valor da célula G7, ou 
seja, o código 7 será procurado na planilha; 
 2 – Determina a coluna (Nome) que retorna como resultado; 
 0 – Determina que o resultado é uma resposta exata. 
Isso se traduz como: O valor que será colocado na célula G7, será procurado nas 
células A2:D11 (a qual representa toda a planilha), onde deverá retornar como 
resposta a coluna 2 (já que esta refere-se a coluna Nome), retornando o resultado 
exato (por isso, finalizamos a função colocando 0). 
37 
O exemplo acima foi utilizado para exibir o Nome da pessoa sempre que for digitado 
um código. Mas o mesmo procedimento também pode ser utilizado para os campos 
Cidade e Estado Civil. 
A função que define Cidade, é: =PROCV(G7;A2:D11;3;0). A função continua a 
mesma, só muda o núm_índice_coluna, já que a coluna que se encontra Cidade 
está na terceira coluna da planilha. 
 
A função que define Estado Civil, é: =PROCV(G7;A2:D11;4;0). Apenas muda o 
núm_índice_coluna, já que a coluna que se encontra Estado Civil está na quarta 
coluna da planilha. 
 
Função PROCH 
A função PROCH faz o mesmo que a função PROCV, a diferença é que realiza uma 
pesquisa horizontalmente, ou seja, faz a busca de um determinado argumento 
usando como critério as linhas da planilha. 
 
 
38 
Observe a planilha abaixo. 
 
Quando uma planilha se encontra organizada horizontalmente e você deseja realizar 
uma busca, para este caso, utilizamos a função PROCH. 
Função PROCH: 
=PROCH (valor_procurado; matriz_tabela; núm_índice_linha; 
procurar_intervalo) 
 Valor_procurado: Esse campo determina qual é o valor a ser procurado. 
Você deve estabelecer uma célula em branco para digitar o valor. 
 Matriz_tabela: Local onde o valor_procurado deverá ser procurado. Eles 
podem ser números, textos ou valores lógicos (verdadeiro ou falso). 
 Núm_índice_linha: Em qual linha (1,2,3,4 ou mais) o valor estará. 
 Procurar_intervalo: Esse último termo define se a fórmula deve procurar um 
valor exato ou próximo. No caso de um valor exato, é preciso digitar 0 
(FALSO), enquanto um valor aproximado tem de se usar 1 (VERDADEIRO). 
Agora imagine que você deseja realizar uma busca do Total, através do nome da 
Empresa.

Continue navegando