A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
Discursivas Gestao de Carreiras

Pré-visualização | Página 1 de 3

DISCURSIVA FINAL 1:
QUESTÃO:
Há por parte de algumas pessoas o pensamento de que o desenvolvimento de sua carreira é de responsabilidade da empresa em que trabalha e também das lideranças. Essa ideia é equivocada, a expectativa de atribuir à empresa a responsabilidade de valorizar os funcionários pode gerar grandes frustrações na vida das pessoas. Explique como se pode reavaliar o próprio valor pessoal no ambiente profissional.
RESPOSTA ESPERADA:
Percebe-se que as empresas, muitas vezes, embora bem intencionadas, acabam por confundir seus colaboradores ao afirmarem que sabem o que é melhor para eles, entre outras expressões equivalentes. Dessa forma, torna-se adequado repensar esse relacionamento, entre empresa e colaborador, e de uma reavaliação do valor pessoal dentro do ambiente profissional.
Para auxiliar neste processo, é necessário uma autoavaliação a respeito do valor pessoal no ambiente de trabalho, em que é questionado: Qual o seu valor no local de trabalho, na sua percepção?, Quais benefícios você merece, na sua opinião?, Quais qualificações possui?, Quais considera suas maiores realizações?, Quanto tempo você acha que precisa trabalhar em uma determinada função ou tarefa para dominá-la e estar pronto para seguir adiante para outro cargo ou tarefa?, Você possui um plano pessoal para sua vida profissional?
DISCURSIVA FINAL 2:
QUESTÃO:
A escolha por uma carreira é voltada ao alinhamento de expectativas, em que um indivíduo espera do mercado de trabalho ou de uma determinada organização o plano de carreira que possa trazer satisfação e sucesso profissional. No entanto, essas expectativas podem se tornar frustantes. Disserte sobre o alinhamento de expectativas.
RESPOSTA ESPERADA:
Quando um indivíduo tem expectativa de alcançar algo gera uma ansiedade divergida e pensamentos positivos e negativos perante um líder ou gestor, na busca de uma resposta clara e objetiva, podendo, inclusive, transformar o que deveria ser motivo de satisfação em desmotivação para o colaborador. No entanto, esse processo deve ser administrado por pessoas capazes de tornar essas expectativas positivas.
DISCURSIVA FINAL 3:
QUESTÃO:
As pessoas são diferenciadas e selecionadas pela organização quando motivadas para que façam parte do quadro de funcionários, pois elas mostram interesses em atingir resultados, mas também existem pessoas desmotivadas por situações rotineiras causadas ao longo do tempo. Com relação à motivação das pessoas, quais são os fatores necessários para acrescentar motivadores nas organizações?
RESPOSTA ESPERADA:
Pessoas motivadas são como agulhas no palheiro, ou seja, difícil de encontrá-las no dia a dia das organizações. Por isso, para cultivar motivadores, é necessário que as organizações desenvolvam a capacidade de oferecer o reconhecimento, ter um ambiente agradável, proporcionar um relacionamento interpessoal entre as pessoas que nelas trabalham.
DISCURSIVA FINAL 4:
QUESTÃO:
Muitas vezes, o colaborador trabalha insatisfeito com sua função ou cargo que ocupa, tornando-se desmotivado. É neste momento que a organização e o colaborador buscam planejar metas e objetivos por meio de um planejamento de carreiras. Disserte sobre o planejamento de carreiras.
RESPOSTA ESPERADA:
Todo indivíduo deve fazer e participar de um planejamento de carreiras, no que define a carreira e o sucesso profissional de um colaborador. Neste momento são identificadas as oportunidades de trabalho oferecidas pelas organizações e pelo mercado de trabalho. São usados alguns elementos essenciais, como a autoavaliação, plano de ação, objetivos de carreira e, por último, a implementação, alcançando a eficácia do planejamento de carreiras.
DISCURSIVA FINAL 5:
QUESTÃO:
Um dos modelos de carreira surgidos a partir da década de 1990 é a “carreira inteligente”, cujo princípio fundamental é o acúmulo de competências nas pessoas, o que possibilita o ingresso dessas pessoas em empresas diferentes, por serem consideradas talentos altamente competitivos. Dentro desse contexto, explique o que significam as três competências que compõem a “carreira inteligente: por que (knowing why), como (knowing how) e com quem (knowing whom).
RESPOSTA ESPERADA:
Knowing why – por que: representa a identidade, os valores e as motivações pessoais. É o senso de objetivo e a identificação que uma pessoa tem com o seu trabalho. 
Knowing how – como: refere-se ao resultado do aprendizado alcançado e se propaga por meio das competências, das habilidades e do conhecimento tácito e explícito. As habilidades podem ser técnicas, conceituais ou interpessoais. 
Knowing whom – com quem: engloba as relações interpessoais e as redes de relacionamento que a pessoa constrói. Os contatos podem ser pessoas da organização, como: clientes, fornecedores, consultores e outros profissionais. Também são relevantes os contatos não relacionados ao trabalho, como: familiares, amigos, conhecidos e colegas de escola.
DISCURSIVA FINAL 6:
QUESTÃO:
A trajetória da administração de carreira de pessoal tem sido observada desde que o trabalhador tinha apenas como obrigação ser produtivo e disciplinado. No entanto, surge a carreira sem fronteiras, conceituada como o contrário das carreiras tradicionais. Descreva os objetivos da carreira sem fronteiras.
RESPOSTA ESPERADA:
O objetivo da carreira sem fronteiras é envolver o profissional em diferentes empresas, cargos ou funções, tornando-o proativo em suas escolhas diante da empregabilidade e do mercado de trabalho, ser livre para atuar na profissão que almeja, tornando-se competitivo diante das organizações e do mercado de trabalho.
DISCURSIVA FINAL 7:
QUESTÃO:
Através da observação de fatores externos, os administradores procuraram novas maneiras de gerenciar seu encarreiramento, buscando a eficiência. Sob o impacto do aumento das pressões internas e externas, as empresas foram obrigadas a formular novas estratégias empresariais. Descreva como a empresa expressa as estratégias e a característica mais importante para o desenvolvimento organizacional na era do conhecimento.
RESPOSTA ESPERADA:
Com o impacto das pressões internas e externas no processo de encarreiramento, as empresas precisaram criar métodos para adaptar-se ao ambiente por meio de estratégias, ou seja, verificando seus pontos fortes e efetivos para atingir os objetivos, levando em conta as alterações no ambiente. E para que os objetivos sejam alcançados em uma empresa, na era do conhecimento, independente da atividade que exerça, é fundamental que os colaboradores tenham a capacidade de rápida adaptação às novas realidades, gerindo de modo eficiente os recursos financeiros, materiais e principalmente as pessoas.
DISCURSIVA FINAL 8:
QUESTÃO:
Muitas vezes, espera-se que a empresa tome as decisões relacionadas à carreira. No entanto, é preciso ter consciência de que a carreira é de responsabilidade individual. Normalmente, as decisões da vida pessoal são tomadas individualmente sem que outras pessoas se intrometam nesta decisão. Assim também deve ser a atitude com relação à carreira. Para isso, é preciso realizar uma autoavaliação da carreira, para verificar se o caminho que estamos seguindo nos levará em direção do alcance do objetivo proposto. Para auxiliar na autoavaliação da carreira, existem três ferramentas: a reavaliação dos valores pessoais, elaboração do perfil profissional e reconhecimento das possibilidades individuais. Disserte sobre os três métodos de autoavaliação da carreira.
RESPOSTA ESPERADA:
Reavaliação dos valores pessoais: é preciso identificar quais são nossos valores pessoais e se esses valores se alinham com os da empresa em que estamos inseridos. Para isso, existem algumas perguntas que nos auxiliam a reavaliar os valores como: que tipo de benefícios eu mereço em meu local de trabalho? Meus valores e os da empresa estão alinhados? Eu tenho um plano de vida pessoal separado do profissional?
Elaboração do perfil profissional: para a elaboração do perfil profissional, podemos utilizar o método D.A.T.A, que corresponde à identificação dos desejos, aptidões,