A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
177 pág.
600-Questões-AOCP-TRT-RJ-CORRIGIDO

Pré-visualização | Página 45 de 50

o agente que é ou assumiu a condição de garante pode cometer o crime omissivo impróprio. 
c) A legítima defesa exclui a tipicidade da conduta. 
d) Não se computa, na pena privativa de liberdade, o tempo de prisão provisória. 
2. (AOCP – 2017 – SEJUS-CE – AGENTE PENITENCIÁRIO) 
A respeito das penas e de sua aplicação, assinale a alternativa correta, nos termos dos artigos 32 a 52, 
do Código Penal. 
a) O Código Penal adota o sistema bifásico de aplicação da pena. 
b) A pena de reclusão deve ser cumprida em regime fechado, semiaberto ou aberto; a de detenção, em 
regime semiaberto, ou aberto, salvo necessidade de transferência a regime fechado. 
c) As penas restritivas de direitos são autônomas e substituem as privativas de liberdade, quando 
aplicada pena privativa de liberdade não superior a dois anos. 
d) Quando o agente, mediante uma só ação ou omissão, pratica dois ou mais crimes, idênticos ou não, 
aplicam-se, sempre, cumulativamente, as penas privativas de liberdade em que haja incorrido. 
3. (AOCP – 2017 – SEJUS-CE – AGENTE PENITENCIÁRIO) 
Sobre os crimes contra a honra, previstos no Código Penal, assinale a alternativa correta. 
a) Não constitui injúria ou difamação punível a ofensa irrogada em juízo, na discussão da causa, pela 
parte ou por seu procurador. 
b) São crimes contra a honra: a difamação, a ameaça e a injúria. 
c) A exceção da verdade é um instituto exclusivo da calúnia. 
d) A retratação da injúria pelo agente antes da sentença o isenta de pena. 
4. (AOCP – 2017 – SEJUS-CE – AGENTE PENITENCIÁRIO) 
Acerca dos crimes contra a pessoa, disciplinados no Código Penal, assinale a alternativa correta. 
a) São crimes contra a pessoa: o homicídio, o infanticídio, o aborto e o latrocínio. 
b) A pena mínima do infanticídio é maior do que a pena mínima do homicídio simples doloso. 
c) Na hipótese de homicídio culposo, o juiz poderá deixar de aplicar a pena se as consequências da 
infração atingirem o próprio agente de forma tão grave que a sanção penal se torne desnecessária. 
d) O aborto com consentimento é sempre permitido até o terceiro mês da gestação. 
5. (AOCP – 2017 – SEJUS-CE – AGENTE PENITENCIÁRIO) 
Assinale a alternativa INCORRETA em relação aos crimes contra a liberdade individual prescritos no 
Código Penal. 
a) O crime de invasão de domicílio é classificado como crime de mera conduta. 
b) O crime de ameaça somente se procede mediante representação. 
www.estrategiaconcursos.com.br/CursosPorConcurso/trt-1-regiao-rj/
c) O crime de constrangimento ilegal é subsidiário de condutas mais graves. 
d) O crime de sequestro e cárcere privado pressupõe a exigência de vantagem como condição ou preço 
do resgate. 
6. (AOCP – 2017 – SEJUS-CE – AGENTE PENITENCIÁRIO) 
Referente aos crimes contra o patrimônio do Código Penal, assinale a alternativa correta. 
a) A extorsão mediante sequestro é um crime permanente. 
b) O agente que arromba a porta do veículo e o furta responde por furto qualificado. 
c) O agente que arromba a porta do veículo e furta um celular que estava em seu interior responde por 
furto simples. 
d) A extorsão se consuma no momento da obtenção da vantagem. 
7. (AOCP – 2017 – SEJUS-CE – AGENTE PENITENCIÁRIO) 
Em relação aos crimes praticados por funcionário público contra a administração em geral, assinale a 
alternativa correta. 
a) Se o funcionário público se apropria de bem particular de quem tem a posse em razão do cargo, 
comete furto e não peculato, pois esse último só se configura em caso de subtração de bem público. 
b) Ao contrário do furto, o peculato admite a figura culposa. 
c) É pressuposto da prevaricação a obtenção de vantagem econômica. 
d) Considera-se funcionário público, para os efeitos penais, apenas quem exerce cargo, função ou 
emprego público de forma efetiva e remunerada. 
8. (AOCP – 2017 – CODEM-PA – ADVOGADO) 
Um determinado servidor público, ao longo do exercício de sua função, teve acesso às mais variadas 
informações, sendo algumas com características públicas e outras que exigiam silêncio. Supondo que 
esse funcionário público revelou dados confidenciais sobre assuntos funcionais, assinale a alternativa 
correta. 
a) Com a respectiva prática de prevaricação, o referido servidor violou o dever de assiduidade a ele 
imposto. 
b) Com a respectiva prática de concussão, o referido servidor violou o dever de obediência a ele imposto. 
c) Com a respectiva prática de violação de sigilo profissional, o referido servidor violou o dever de 
segredo a ele imposto. 
d) Com a respectiva prática de condescendência criminosa, o referido servidor violou o dever de 
probidade. 
e) Com a respectiva prática de peculato, o referido servidor violou o dever de sigilo profissional. 
9. (AOCP – 2016 – PREF. JUIZ DE FORA-MG – PROCURADOR) 
De acordo com o que estabelece o Código Penal Brasileiro, solicitar ou receber, para si ou para outrem, 
direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem 
indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem, constitui a descrição da conduta típica do crime de 
a) peculato. 
b) concussão. 
c) corrupção passiva. 
d) prevaricação. 
www.estrategiaconcursos.com.br/CursosPorConcurso/trt-1-regiao-rj/
e) peculato. 
10. (AOCP – 2013 – CPII – AUXILIAR DE BIBLIOTECA) 
De acordo com o Código Penal, exigir, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora 
da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida 
a) não é crime, mas caracteriza infração administrativa. 
b) caracteriza o crime de corrupção passiva. 
c) caracteriza o crime de corrupção ativa. 
d) caracteriza o crime de concussão. 
e) não é crime, mas caracteriza ilícito civil. 
11. (AOCP – 2012 – TCE-PA – ASSESSOR TÉCNICO DE PROCURADORIA) 
De acordo com o Código Penal, o agente que, voluntariamente, desiste de prosseguir na execução ou 
impede que o resultado se produza, 
a) terá sua pena reduzida de um a dois terços. 
b) só responde pelos atos já praticados. 
c) terá sua pena reduzida à metade. 
d) fica excluída sua culpabilidade. 
e) fica isento de qualquer penalidade. 
12. (AOCP – 2012 – TCE-PA – ASSESSOR TÉCNICO DE PROCURADORIA) 
De acordo com o Código Penal, o erro sobre a ilicitude do fato, 
a) se inevitável, isenta de pena; se evitável, poderá diminuí-la de um sexto a um terço. 
b) é inescusável. 
c) se inevitável, diminui a pena de um sexto a um terço; se evitável, será inescusável. 
d) se inevitável, exclui a tipicidade; se evitável, exclui a ilicitude do fato. 
e) reduz a pena à metade. 
13. (AOCP – 2012 – TCE-PA – ASSESSOR TÉCNICO DE PROCURADORIA) 
De acordo com o Código Penal, a conduta de “Exigir, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, 
ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida" caracteriza o 
tipo de 
a) Corrupção Passiva. 
b) Prevaricação. 
c) Concussão. 
d) Corrupção Ativa. 
e) Tráfico de Influência. 
14. (AOCP – 2012 – TCE-PA – ASSESSOR TÉCNICO DE PROCURADORIA) 
De acordo com o Código Penal, se o funcionário exige tributo ou contribuição social que sabe ou deveria 
saber indevido, ou, quando devido, emprega na cobrança meio vexatório ou gravoso, que a lei não 
autoriza, ele 
www.estrategiaconcursos.com.br/CursosPorConcurso/trt-1-regiao-rj/
a) pratica o crime de excesso de exação. 
b) pratica o crime de usurpação de função pública. 
c) pratica mera infração administrativa. 
d) estará no estrito cumprimento do dever legal. 
e) pratica desacato. 
15. (AOCP – 2009 – CASAN-SC – ADVOGADO) 
No crime de corrupção passiva, se em consequência da vantagem ou promessa, o funcionário retarda 
ou deixa de praticar qualquer ato de ofício ou o pratica infringindo dever funcional, a pena será 
aumentada de 
a) um terço. 
b) um quarto. 
c) dois terços. 
d) metade. 
e) três quintos. 
16. (AOCP – 2009 – CASAN-SC – ADVOGADO) 
Deixar o funcionário, por indulgência, de responsabilizar subordinado que cometeu infração no exercício