AÇÃO anulatoria caso
2 pág.

AÇÃO anulatoria caso


DisciplinaDireito Privado518 materiais1.486 seguidores
Pré-visualização1 página
EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA ___VARA CÍVEL DA COMARCA DE ____
CARLOS MOREIRA... , vem, a presença de Vossa Excelência com fundamento na lei n. 10.267, de 28 de agosto de 2001, posteriormente regulamentada pelo decreto 4.449/02, lei 6.015/73 e lei 13.838, de 4 de junho de 2019, propor 
AÇÃO ANULATÓRIA DE MATRICULA
em desfavor de JOSÉ, brasileiro, estado civil xxxx, inscrito no RG nº xxx, inscrito no CPF sob o nº xxxxx, residente e domiciliado na Rua xxxxxxxx. pelos fatos a seguir expostos:
I DOS FATOS
Carlos Moreira adquiriu e escriturou um imóvel rural em 1990, situado no município de Itumbiara. No ano de 1992 José adquiriu uma fazenda vizinha. Posteriormente descobriram que 30 alqueires foram escriturados em nome dos dois proprietários, ocorrendo uma sobreposição de registro (ver lei 6.015/73). 
Felipe SEMPRE ESTEVE NA POSSE DA TERRA registrada em nome de ambos, inclusive construiu uma casa nessa faixa de terra da sobreposição. 
Todavia, no ano de 2003, José, ardilosamente, registrou na matrícula de seu imóvel rural o georreferenciamento da terra. Insta ressaltar que não houve assinatura dos confinantes no requerimento para averbação no registro imobiliário, apenas uma declaração do proprietário( José) e do profissional agrimensor de que os limites georreferenciados não invadia propriedade de terceiros.  
Carlos procurou você para tomar as providências cabíveis. O valor do alqueire na região e de R$30.000,00 ( trinta mil reais).
II DO DIREITO
2.1 Da Sobreposição de Registro (transcrever duas doutrinas e duas jurisprudências)
2.2 Pressupostos/requisitos para averbação do georeferenciamento na matricula de imóvel rural
III DOS PEDIDOS E DOS REQUERIMENTOS