A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
prova sociologia critica avaliação II

Pré-visualização | Página 1 de 2

Disciplina: Sociologia Crítica (SOC04) 
Avaliação: Avaliação II - Individual FLEX 
Prova: 
Nota da Prova: 10,00 
Legenda: Resposta Certa Sua Resposta Errada 
1. Benjamin refletiu sobre certos fenômenos culturais de seu tempo, procurando 
entender estes no contexto histórico da sociedade capitalista. Uma das expressões 
artísticas sobre a qual este autor teorizou foi o cinema, que à sua época estava apenas 
nascendo. Quanto ao cinema, na visão de Benjamin, classifique V para as sentenças 
verdadeiras e F para as falsas: 
 
( ) Para Benjamin, o caráter coletivo da produção cinematográfica problematiza a 
questão de autoria da obra de arte. 
( ) Para Benjamin, por manifestar o inconsciente, o cinema pode provocar 
mudanças na relação das massas com a arte. 
( ) Para Benjamin, o cinema poderia servir a causa do materialismo e ser via de 
expressão para a esperança dos proletários. 
( ) Para Benjamin, foi importante o apoio de Adorno à sua concepção otimista das 
possibilidades revolucionárias do cinema. 
 
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA: 
 
FONTE: BENJAMIN, Walter. A obra de arte na época de sua reprodutibilidade 
técnica. In: ADORNO et al. Teoria da Cultura de massa. Trad. de Carlos Nelson 
Coutinho. São Paulo: Paz e Terra, 2000. 
 a) F - F - V - V. 
 b) F - V - F - V. 
 c) V - V - V - F. 
 d) V - F - F - F. 
 
2. Para Habermas (1987), é possível superar a razão instrumental, vista como 
comprometida com a reprodução ideológica do sistema, e se chegar à emancipação 
da humanidade através de uma nova racionalidade. Esta, para ser construída e 
exercida, de que necessita? 
 
FONTE: HABERMAS, Jürgen. Teoria de la acción comunicativa I - Racionalidad de 
la acción y racionalización social. Madri: Taurus, 1987. 
 a) Da realização de uma revolução comunista. 
 b) Do exercício do confronto para a imposição da verdade. 
 c) De um espaço de diálogo para a construção do consenso. 
 d) Da divulgação pelos meios de comunicação. 
 
3. Walter Benjamim foi um colaborador do Instituto de Pesquisa Social que 
compartilhou com Adorno alguns pressupostos teóricos com relação à arte. 
Entretanto, estes pensadores discordavam quanto ao papel das vanguardas no meio 
https://portaldoalunoead.uniasselvi.com.br/ava/notas/request_gabarito_n2.php?action1=RkxYMTU2MA==&action2=U09DMDQ=&action3=NTEyNzIy&action4=MjAyMC8x&prova=MTcwMjc1NDM=#questao_1%20aria-label=
https://portaldoalunoead.uniasselvi.com.br/ava/notas/request_gabarito_n2.php?action1=RkxYMTU2MA==&action2=U09DMDQ=&action3=NTEyNzIy&action4=MjAyMC8x&prova=MTcwMjc1NDM=#questao_2%20aria-label=
https://portaldoalunoead.uniasselvi.com.br/ava/notas/request_gabarito_n2.php?action1=RkxYMTU2MA==&action2=U09DMDQ=&action3=NTEyNzIy&action4=MjAyMC8x&prova=MTcwMjc1NDM=#questao_3%20aria-label=
artístico. Com relação a isto, assinale a alternativa CORRETA: 
 
FONTE: BENJAMIN, Walter. A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica. 
In: Obras escolhidas I. São Paulo: Brasiliense, 1987. 
 a) Para Benjamim, o artista de vanguarda só tem público entre os setores mais 
abastados da burguesia. 
 b) Para Adorno, o artista de vanguarda é incapaz de superar o "espetáculo da 
sociedade". 
 c) Para Adorno, o artista de vanguarda reifica a ordem estabelecida, estando a 
serviço desta. 
 d) Para Benjamim, o artista de vanguarda se coloca no papel de técnico a serviço do 
proletariado. 
 
4. Habermas, com sua Teoria da Razão Comunicativa, projeta uma nova compreensão 
da razão, a partir da perspectiva dialógica. A razão comunicativa representaria assim 
uma superação da razão instrumental, vista como incapaz de levar ao fim as 
contradições da sociedade capitalista. Quanto a este ponto de vista, analise as 
sentenças a seguir: 
 
I- A razão comunicativa tem origem social nas interações espontâneas do discurso. 
II- A razão comunicativa consiste numa argumentação que valida o discurso. 
III- A razão comunicativa constrói a verdade através do consenso. 
IV- A razão comunicativa não necessita da tolerância com relação aos discursos. 
 
Agora, assinale a alternativa CORRETA: 
 
FONTE: FREITAG, Barbara. A teoria crítica: ontem e hoje. São Paulo: Brasiliense, 
1986. 
 a) As sentenças I e IV estão corretas. 
 b) As sentenças II e IV estão corretas. 
 c) As sentenças I, II e III estão corretas. 
 d) Somente a sentença III está correta. 
 
5. Um dos aspectos mais destacados da produção sociológica da chamada Escola de 
Frankfurt foi a análise da superestrutura da sociedade capitalista na atualidade. 
Dentro desta perspectiva, um dos temas mais gratos à reflexão foi a questão da 
indústria cultural. Quanto à perspectiva desta linha teórica sobre o assunto, 
classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas: 
 
( ) A massificação da cultura transformou a arte em mercadoria. 
( ) A industrialização da cultura aumenta o valor existencial do indivíduo. 
( ) A cultura de massa promove a reflexão crítica e o livre pensar. 
( ) A indústria cultural liberta o trabalhador da alienação. 
 
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA: 
 a) F - V - F - V. 
 b) V - V - F - F. 
 c) F - F - V - F. 
https://portaldoalunoead.uniasselvi.com.br/ava/notas/request_gabarito_n2.php?action1=RkxYMTU2MA==&action2=U09DMDQ=&action3=NTEyNzIy&action4=MjAyMC8x&prova=MTcwMjc1NDM=#questao_4%20aria-label=
https://portaldoalunoead.uniasselvi.com.br/ava/notas/request_gabarito_n2.php?action1=RkxYMTU2MA==&action2=U09DMDQ=&action3=NTEyNzIy&action4=MjAyMC8x&prova=MTcwMjc1NDM=#questao_5%20aria-label=
 d) V - F - F - F. 
 
6. Marcuse (1978), em sua obra "Eros e Civilização", advoga a partir de Freud, mas em 
desacordo com este, que a repressão, as pulsões e a imposição do princípio de 
realidade através do trabalho não é uma condição inerente a todas as sociedades, 
podendo ser superada historicamente. Assinale a alternativa CORRETA que 
apresenta um dos caminhos para tal: 
 
FONTE: MARCUSE, Herbert. Eros e Civilização: uma interpretação filosófica do 
pensamento de Freud. Rio de janeiro: Jorge Zahar, 1978. 
 a) O desenvolvimento tecnológico, liberando o ser humano do trabalho. 
 b) O desenvolvimento da cultura, com a popularização da mesma. 
 c) O desenvolvimento da filosofia, com a popularização desta. 
 d) O desenvolvimento do trabalho, com a ampliação do consumo. 
 
7. Para a manutenção da ordem social, as diferentes sociedades contam com um 
conjunto de instâncias que concorrem para tal. Neste sentido, mostra-se fundamental 
a introjeção da ideologia dominante sobre as consciências individuais. Com relação a 
este fato, analise as sentenças a seguir: 
 
I- O aparelho repressivo compõe-se do exército, polícia e correlatos. 
II- O aparelho ideológico encarrega-se da persuasão dos indivíduos. 
III- As mídias de massa possibilitam a crítica à ideologia dominante. 
IV- A comunicação constrói a realidade a partir da ideologia dominante. 
 
Agora, assinale a alternativa CORRETA: 
 a) As sentenças I e III estão corretas. 
 b) As sentenças III e IV estão corretas. 
 c) Somente a sentença IV está correta. 
 d) As sentenças I, II e IV estão corretas. 
 
8. As principais contribuições teóricas dos pensadores do Instituto de Pesquisa Social 
se deram no campo da crítica à cultura de massa e aos aspectos ideológicos do 
sistema capitalista. Foram eles os primeiros a cunhar a expressão "indústria cultural", 
hoje amplamente usada em diversas áreas do conhecimento. Com relação à indústria 
cultural na perspectiva da Teoria Crítica, analise as sentenças a seguir: 
 
I- A indústria cultural forma a opinião pública, manipulando as consciências. 
II- A indústria cultural concorre para a manutenção do modo de produção capitalista. 
III- A indústria cultural transforma a alienação em algo inerente à civilização. 
IV- A indústria cultural eleva o sentido de obra de arte dos bens culturais. 
 
Agora, assinale a alternativa

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.