A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
64 pág.
QUESTOES ESTAGIO 2

Pré-visualização | Página 8 de 11

maternas e a um risco maior de mortalidade materna e perinatal. 
Por isso, o Ministério da Saúde recomenda a medida da pressão arterial 
(PA) em todas as consultas de pré -natal. Define-se hipertensão arterial na 
gestação como a presença de: 
a- PAS ≥130 mmHg e/ou PAD ≥80 mmHg confirmada por outra medida 
realizada com intervalo de 24 horas entre as medidas. 
b- PAS ≥120 mmHg e/ou PAD ≥80 mmHg antes da 20a semana, associada 
a proteinúria significativa. 
c- PAS ≥140 mmHg e/ou PAD ≥90 mmHg confirmada por outra medida 
realizada com intervalo de 4 horas entre as medidas. 
d- PAS ≥110 mmHg e/ou PAD ≥80 mmHg associada a oligúria (≥ 25 ml/h), 
cefaleia ou distúrbios visuais persistentes. 
 
36- Dada a necessidade de procedimentos mais complexos em razão de 
sua condição de alto risco, essas gestantes devem ser atendidas somente 
nos serviços de atenção secundária e terciária, com equipe de saúde 
especializada e tecnologia mais sofisticada. 
a- certo 
b- errado 
37- A.M., 26 anos de idade, primigesta, deverá receber, durante o pré-
natal, um suplemento alimentar específico para prevenir a instalação de 
baixos níveis de hemoglobina no parto e no puerpério. Essa 
suplementação padronizada é de: 
a- Sulfato ferroso. 
b- Complexo B. 
c- Vitamina A. 
d- Piridoxina. 
39- Uma mulher grávida com 34 semanas de gestação, sem história de 
epilepsia ou qualquer outra doença convulsiva, foi atendida no setor de 
urgência de uma maternidade apresentando convulsões tônico-clônicas 
generalizadas, quadro hipertensivo e proteinúria. A síndrome hipertensiva 
que caracteriza esse quadro é a: 
a- pré-eclâmpsia. 
b- hipertensão crônica 
c- eclampsia 
d- síndrome de HELLP. 
40- O rastreamento da diabetes gestacional é realizado entre a _____ e 
_____ semanas 
de gravidez. (BRASIL, 2018) 
Assinale a alternativa que preencha correta e respectivamente as lacunas. 
a- 20 / 24 semanas 
b- 22 / 30 semanas 
c- 24 / 28 semanas 
41- O pré-natal do parceiro pode contribuir para reduzir a transmissão 
vertical da sífilis e do HIV. A realização de testes rápidos para detecção 
dessas doenças e a consequente adesão ao tratamento por parte do 
parceiro infectado pode diminuir consideravelmente o risco de contágio 
da mãe para o filho. Essa medida é importante porque, mesmo que a 
mulher seja devidamente acompanhada ao logo da gravidez, se ela 
mantiver relações sexuais com o parceiro infectado, ela poderá: 
 
a- no caso da sífilis, ter a carga viral aumentada e ser infectada por outra 
IST. 
b- no caso do HIV, ser reinfectada e, no caso da sífilis, ter a carga viral 
aumentada. 
c- no caso da sífilis, ser reinfectada e, no caso do HIV, ter a carga viral 
aumentada. 
d- no caso do HIV, ser reinfectada, e, no caso da sífilis, desenvolver forma 
resistente da 
doença 
42- O período da gestação pode suscitar as mais diversas emoções e até 
mesmo sintomas físicos. Assim como as mulheres gestantes, é comum 
que o futuro pai engorde, sofra enjoos, tenha desejos, crises de choro, 
dentre outros. Tais sintomas não representam um distúrbio ou uma 
doença, pelo contrário, podem demonstrar que o homem assumiu e 
deseja a gravidez juntamente com a sua parceira. Esses sintomas são 
conhecidos como: 
a- Gravidez masculina 
b- Síndrome de Hunter 
c- Gravidez hidatiforme 
d- Síndrome de Couvade. 
 
43- No dia 24/08/14, compareceu na Unidade Básica de Saúde, para 
realizar sua primeira consulta de prénatal a adolescente Juliana Santos de 
16 anos, considerando a DUM em 15/06/14. Calcule a Idade Gestacional e 
data provável do parto de acordo com a Regra de Naegele, e assinale a 
alternativa que apresenta a resposta correta, respectivamente. 
 
a-10 semanas e 22/03/15. 
b-11 semanas e 20/02/15. 
c-12 semanas e 22/03/15. 
d-10 semanas e 20/03/15. 
e-12 semanas e 23/03/15. 
 
44-A manobra de Leopold, realizada em gestantes informa que: 
a-Situação do feto, localização e tamanho. 
b-Maturidade, tamanho e localização. 
c-Situação do feto, apresentação e posição. 
d-Posição, maturidade e situação do feto. 
e-Posição, peso e maturidade 
 
45-A fase do trabalho de parto que tem início logo após o nascimento do 
bebê, com a saída da placenta e das membranas amnióticas e coriônicas, 
é denominada: 
a-Dilatação 
b-Expulsiva 
c-Rotação 
d-Insinuação 
e-Delivramento 
 
46- A dequitação corresponde ao terceiro período clínico do parto, se 
caracteriza por ser: 
a- O período de dilatação total do colo, cabeça do bebê visível, 
contrações de expulsão ou esforço materno ativo. 
b- período que as contrações uterinas ainda possuem intensidade e 
frequência mínimas. 
c- A primeira hora após ao nascimento da criança. 
d- O momento desde o nascimento da criança até a expulsão da placenta 
e membranas. 
e- O período de dilatação cervical quase total (9cm) até a saída do feto. 
 
47- A Rede Cegonha é uma rede de cuidados que assegura, EXCETO 
a- direito ao planejamento reprodutivo. 
b- atenção humanizada à gravidez. 
c- direito ao nascimento seguro. 
d- direito da criança de crescimento e desenvolvimento saudáveis. 
e- exames de rotina para homens acima de 50 anos 
 
48- A infecção urinária representa uma complicação importante durante a 
gestação, sendo muito comum neste período. Assim, quando um gestante 
de 14 semanas comparece à Unidade Básica de Saúde trazendo resultado 
de exame de urocultura positiva, o profissional pré-natalista deve iniciar 
tratamento medicamentoso para evitar: 
a- DHEG. 
b- diabetes gestacional. 
c- descolamento prematuro de placenta. 
d- macrossomia fetal. 
e- trabalho de parto prematuro e restrição de crescimento 
intrauterino. 
 
49- 14) Mulheres que já engravidaram 4 vezes são consideradas: 
a-Primigesta; 
b-Primípara; 
c-Secundigesta; 
d-Multípara; 
e-Secundípara; 
 
50- A gestação de alto risco é aquela na qual a vida ou a saúde da mãe 
e/ou do feto e/ou do recém-nascido têm maiores chances de serem 
atingidas que as da média da população considerada. Sobre o assunto, 
assinale a alternativacorreta. 
a- São fatores de risco para parto prematuro: tabagismo, uso de drogas e 
nuliparidade. 
b- As doenças bucais podem causar algumas complicações, porém não é 
um fator de risco para parto prematuro. 
c- O controle de peso e pressão arterial semanal podem ser medidas 
importantes a nível ambulatorial na gestação de alto risco pré- termo. 
d- O cateterismo vesical deve ser utilizado de forma rotineira nos 
pacientes 
com pré-eclampsia. 
e- Os fatores de risco gestacional podem ser: condições ambientais 
desfavoráveis, baixa estatura e adolescência. 
 
 
GERIATRIA 
 
1 - Para os idosos com 80 anos e mais, os principais fatores de risco, que 
mais se 
associam às quedas, são: 
• A.diminuição da visão; baixo rendimento econômico e sedentarismo. 
• B.polifarmácia; doença de Parkinson e asma brônquica. 
• C.marcha lenta com passos curtos; sexo feminino e história prévia de 
quedas. 
• D.fraqueza muscular de membros inferiores; dano cognitivo e residir na 
periferia 
dos grandes centros urbanos. 
• E.baixa escolaridade; diminuição da audição e ser portador de doenças 
alérgicas. 
 
2 - Na recepção de uma unidade de pronto atendimento (UPA) se 
encontram quatro idosos: a senhora Maria com 70 anos de idade foi a 
primeira a chegar na unidade; em seguida, chegou o senhor José com 75 
anos deambulando com dificuldade; na sequência, o senhor João com 81 
anos e, logo após, a senhora Lúcia com 79 anos. Maria, José e João 
estavam com acompanhantes e a idosa Lúcia estava sozinha. Após serem 
avaliados, os quatro idosos apresentaram classificação de risco com 
prioridade azul, ou seja, não necessitavam de atendimento de 
emergência. De acordo com a situação apresentada e baseado no 
estatuto do idoso, em seu capítulo IV que diz respeito ao direito à saúde, 
a prioridade no atendimento será de 
• A.Maria, pois chegou primeiro à unidade. 
• B.José, pois apresenta dificuldade