A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
798 pág.
Resolucao-ANTT-420

Pré-visualização | Página 4 de 50

6.5.4 Ensaios exigidos para IBCs .................................................................................................. 
 
 
CAPÍTULO 6.6 - EXIGÊNCIAS PARA FABRICAÇÃO E ENSAIO DE EMBALAGENS 
GRANDES ............................................................................................................. 
 
6.6.1 Disposições gerais ................................................................................................................ 
 
6.6.2 Código para designação de embalagens grandes ............................................................... 
 
6.6.3 Marcação .............................................................................................................................. 
 
6.6.4 Exigências específicas para embalagens grandes .............................................................. 
 
6.6.5 Ensaios exigidos para embalagens grandes ........................................................................ 
 
 
CAPÍTULO 6.7 - EXIGÊNCIAS DE PROJETO, FABRICAÇÃO, INSPEÇÃO E ENSAIO DE 
TANQUES PORTÁTEIS ........................................................................................ 
 
 
6.7.1 Aplicabilidade e exigências gerais ........................................................................................ 
 
6.7.2 Exigências de projeto, fabricação, inspeção e ensaio de tanques portáteis destinados ao 
transporte de substâncias das Classes 3 a 9 ..................................................................... 
 
6.7.3 Exigências de projeto, fabricação, inspeção e ensaio de tanques portáteis destinados ao 
transportes de gases liquefeitos não refrigerados. ............................................................... 
 
6.7.4 Exigências de projeto, fabricação, inspeção e ensaio de tanques portáteis destinados ao 
transporte de gases liquefeitos refrigerados ....................................................................... 
 
 
PARTE 7 - PRESCRIÇÕES RELATIVAS ÀS OPERAÇÕES DE TRANSPORTE ............................. 
 
CAPÍTULO 7.1 - PRESCRIÇÕES GERAIS PARA O TRANSPORTE DE PRODUTOS 
PERIGOSOS ............................................................................................................. 
 
7.1.1 Aplicação e disposições gerais ..................................................................................... 
 
7.1.2 Prescrições aplicáveis ao transporte de tanques portáteis em veículos ...................... 
 
7.1.3 Prescrições aplicáveis a veículos e equipamentos do transporte terrestre ................... 
 
7.1.4 Prescrições aplicáveis a veículos e equipamentos do transporte rodoviário ................ 
 
7.1.5 Prescrições aplicáveis a veículos e equipamentos do transporte ferroviário ................ 
 
7.1.6 Prescrições de serviço aplicáveis ao transporte terrestre ............................................. 
 
7.1.7 Prescrições de serviço aplicáveis ao transporte rodoviário ........................................... 
 
7.1.8 Prescrições de serviço aplicáveis ao transporte ferroviário .......................................... 
 
7.1.9 Transporte de bagagens e de pequenas expedições ................................................... 
 
7.1.10 Segregação de produtos perigosos .............................................................................. 
 
7.1.11 Provisões especiais aplicáveis ao carregamento de explosivos .................................. 
 
7.1.12 Provisões especiais aplicáveis ao carregamento de materiais radioativo .................... 
 
 
CAPÍTULO 7.2 - PRESCRIÇÕES PARTICULARES PARA CADA CLASSE DE 
PRODUTOS PERIGOSOS ........................................................................... 
 
7.2.1 Aplicação e disposições gerais ..................................................................................... 
 
7.2.2 Prescrições especiais para o transporte terrestre de cada classe de produtos 
perigosos ...................................................................................................................... 
 
 
 
 
 
 
APÊNDICES .................................................................................................................................. 
 
 
APÊNDICE A ................................................................................................................................. 
 
RELAÇÃO DOS NOMES APROPRIADOS PARA EMBARQUE GENÉRICO E 
NÃO ESPECIFICADOS ................................................................................................................. 
 
 
APÊNDICE B ................................................................................................................................. 
 
GLOSSÁRIO DE TERMOS ........................................................................................................... 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
ÍNDICE DE FIGURAS 
 
 
 
FIGURA 2.1 ESQUEMA DE PROCEDIMENTO PARA CLASSIFICAÇÃO DE 
SUBSTÂNCIA OU ARTIGO ......................................................................... 
 
FIGURA 2.1 (a) FLUXOGRAMA PARA CLASSIFICAÇÃO DE SUBSTÂNCIAS AUTO-
REAGENTES ............................................................................................... 
FIGURA 2.1 (b) FLUXOGRAMA PARA CLASSIFICAÇÃO DE SUBSTÂNCIAS AUTO- 
REAGENTES (continuação) ........................................................................ 
FIGURA 2.2 (a) FLUXOGRAMA PARA CLASSIFICAÇÃO DE PERÓXIDOS ORGÂNICOS . 
FIGURA 2.2 (b) FLUXOGRAMA PARA CLASSIFICAÇÃO DE PERÓXIDOS ORGÂNICOS 
(continuação) ............................................................................................... 
FIGURA 2.3 TOXIDADE À INALAÇÂO DE VAPORES: LIMITES DOS GRUPOS DE 
EMBALAGEM ............................................................................................... 
FIGURA 5.1 SÍMBOLO PARA O TRANSPORTE DE SUBSTÃNCIA PERIGOSA PARA 
O MEIO AMBIENTE ............................................................................... 
MODELOS DE RÓTULO DE RISCO PRINCIPAL E RISCO SUBSIDIÁRIO ................................ 
MODELOS DE SÍMBOLO ESPECIAL E DE MANUSEIO .............................................................. 
FIGURA 5.2 RÓTULO PARA MATERIAL RADIOATIVO - CLASSE 7 .............................. 
FIGURA 5.3 INFORMAÇÕES CONTIDAS NA SINALIZAÇÃO DO VEÍCULO ................. 
FIGURA 5.4 SÍMBOLO PARA O TRANSPORTE A TEMPERATURA ELEVADA ............ 
FIGURA 5.5 SINAL DE ADVERTÊNCIA DE FUMIGAÇÃO ............................................. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
ÍNDICE DE QUADROS 
Quadro 1.2.2.1 Unidades de medidas ............................................................................. 
Quadro 2.0.3.3 Precedência de riscos............................................................................. 
Quadro 2.1.2.1.1 Códigos de classificação ........................................................................ 
Quadro 2.1.2.1.2 Esquema de classificação de explosivos, combinação da subclasse de 
 risco com o grupo de compatibilidade .................................................... 
Quadro 2.6.2.2.4.1 Critérios de classificação por ingestão oral, contato dérmico 
 e inalação de pós e neblinas .................................................................. 
Quadro 4.1.1.10 Exemplos de marcação das pressões de ensaio exigidas para 
embalagens (IBCs inclusive), calculadas de acordo com 4.1.1.10 (c) .... 
Quadro 6.1.2.7 Códigos para designação de tipos de embalagem ................................ 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
PARTE 1 
 
 
 
 
 
DISPOSIÇÕES GERAIS E DEFINIÇÕES