A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
4-Avaliação On-Line 2 (AOL 2) - Questionário - Conforto Ambiental

Pré-visualização | Página 1 de 1

4-Avaliação On-Line 2 (AOL 2) - Questionário - Conforto Ambiental 
 
1- Além dos elementos climáticos e das considerações com relação ao conforto térmico, o arquiteto 
precisa estar ciente dos outros aspectos de conforto, como o conforto acústico e lumínico, por exemplo. 
O conforto lumínico nas edifcações está relacionado aos estímulos ambientais à visão variando com a 
quantidade de luz e distribuição dessa luz nos ambientes. Para prover esse conforto, o arquiteto precisa: 
C- O estudo dos requisitos de iluminância natural podem ser atendidos mediante adequada disposição 
dos cômodos no projeto de arquitetura, e devem ser considerados juntamente com o projeto de 
iluminação artificial. 
2- O estudo do conforto ambiental é essencial para se alcançar propostas de projeto arquitetônico 
compatíveis com as condições ambientais locais. O termo conforto ambiental tem sentido amplo e 
costuma ser dividido em áreas específicas para facilitar o entendimento. Estuda-se então aspectos do 
conforto térmico, lumínico, acústico e ergonômico. A respeito dos conceitos básicos em conforto 
ambiental, é correto afirmar que: 
B- O conforto ambiental está relacionado as sensações humanas, a qualidade de vida e bem-estar, mas 
é algo difícil de mensurar pois se trata de uma avaliação pessoal e subjetiva. 
3- No o estudo da arquitetura e clima, utilizamos as seguintes terminologias: macroclima, mesoclima e 
microclima. A respeito do conceito desses termos, é correto dizer que: 
C-Esses termos são relacionados a escala de observação e estudo, do mais amplo (macroclima) para o 
mais próximo (microclima). 
4- Os estudos de conforto térmico na atualidade visam principalmente analisar e estabelecer as 
condições necessárias para a concepção de ambientes adequados ao homem nas suas diversas tarefas 
cotidianas. Nesse estudo, se faz necessário conhecer as trocas de calor que ocorrem entre o homem e o 
meio ambiente e também entre as edificações e o seu entorno próximo. Dentro deste assunto, é correto 
dizer que: 
A -As trocas térmicas entre os corpos acontecem a partir de uma das duas condições básicas: existência 
de corpos que estejam a temperaturas diferente e mudança de estado de agregação. 
5- O conforto higrotérmico, lumínico e acústico são parâmetros distintos de análise do conforto 
ambiental na arquitetura. Para se chegar a um bom projeto bioclimático, é preciso considerar todas 
ações integradas. Nesse sentido, recomenda-se que o arquiteto: 
A - Estabeleça uma ordem de prioridades, nesse caso é preciso desenvolver um projeto de conforto 
térmico, depois o lumínico e em última análise, o projeto acústico. 
6- O Brasil é um pais de situado grande extensão territorial, apresentando diferentes tipos de clima: 
equatorial, tropical, semiárido, tropical de altitude, tropical atlântico e subtropical. Uma extensa área 
tropical abrange estados das regiões centro-oeste, nordeste, norte e sudeste. Para se projetar nessas 
regiões visando o conforto ambiental, será necessário se familiarizar com o clima tropical. Algumas 
estratégias de controle ambiental em regiões de clima tropical brasileiro permitem boas condições de 
habitabilidade. Como por exemplo de recomendações de controle ambiental dentro da proposta da 
arquitetura bioclimática, podemos citar: 
B- Uso de paredes com baixa inercia térmica, com matérias mais leves na envoltória, quando for 
utilizar também o recurso da ventilação natural diurna. 
 
 
 
7- Na elaboração do diagnostico microclimático, é necessário conhecer a direção do Norte, porém muitas 
vezes os termos, norte magnético e norte geográfico são confundidos. A respeito dos conceitos de Norte 
geográfico, Norte magnético, declinação e o desenvolvimento do projeto de arquitetura, temos: 
C- Devido a existência de um campo magnético, o norte verdadeiro e o magnético raramente irão 
coincidir, ao invés disso, haverá um desvio entre essas direções que chamamos de declinação 
magnética. 
 
8- O ruído nas áreas residências trazem um serie de transtornos: insônia, irritação, desconforto, entre 
outros, mas podem ser evitados. Grande parte das soluções de conforto acústico são feitas durante a 
obra pelos construtores e engenheiros da obra, ou seja, na etapa de construção. Mas, temos também 
algumas recomendações podem ser aplicadas no interior do edifício após a edificação ter sido feita, para 
transformar o ambiente residencial em um ambiente silencioso. Quanto a essas recomendações de 
controle do ruído no interior do edifício, é coreto dizer que: 
D-A prioridade é sempre que possível, resolver o problema na fonte de emissão do ruído. 
9-Todo ser humano possui necessidades lumínicas. Não se vive sem a presença da luz por questões de 
saúde e de comunicação. O sentido da visão é intensamente solicitado pelas atividades cotidianas, 
trazendo a percepção de profundidade, distinção doas forma, cores, brilhos e volumes. O conforto 
lumínico pode ser definido como: 
A- Resultado da criação de condições ao indivíduo de exercer as atividades visuais no espaço 
arquitetônico com o menor esforço possível e o máximo de acuidade, podendo assim trabalhar com 
eficiência, rapidez e segurança. 
10- No mundo atual, após um longo período de produção arquitetônica de alto consumo energético e 
momentos de crise a nível mundial, verifica-se a necessidade de mudança no sistema. Construir com o 
clima não é mais uma posição ideológica, mas sim necessária quando se analisa o panorama mundial da 
evolução do consumo em relação a disponibilidade de energia. (MASCARÓ, 1991). Nesse contexto, 
podemos afirmar que: 
E- A construção civil interfere diretamente no meio ambiente, portanto se os projetos arquitetônicos e 
urbanísticos quando não bem planejados, podem causar impacto ambiental negativo, prejudicando a 
qualidade de vida da população. 
 
 
 
 
 
 
	4-Avaliação On-Line 2 (AOL 2) - Questionário - Conforto Ambiental